Posts Tagged ‘PL’

Vice-presidente diz que TSE voltou a extrapolar: “multa absurda”

sexta-feira, novembro 25th, 2022

Detonou. Vice-presidente de Bolsonaro e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, Hamilton Mourão (Republicanos), usou as redes sociais na quinta-feira, 24/11, para criticar a decisão de Alexandre de Moraes, que rejeitou o pedido da coligação Pelo Bem do Brasil e ainda multou o PL em quase R$ 23 milhões.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Fabio Rodrigues Pozzebom/Divulgação/Agência Brasil


Representação do PL quer invalidar votos de alguns modelos de urnas

terça-feira, novembro 22nd, 2022

Olha aí. O presidente nacional do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, anunciou nesta terça-feira, dia 22/11, que a sigla entrou com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para anular votos de cerca de 280 mil urnas eletrônicas usadas no segundo turno das eleições, no último dia 30 de outubro.

O documento aponta que “em todas as 279.336 urnas eletrônicas dos modelos UE2009, UE2010, UE2011, UE2013 e UE2015, utilizadas no Segundo Turno das Eleições Gerais de 2022” foram verificadas inconsistências.

Segundo o presidente do partido, laudo técnico de uma auditoria realizada pela entidade Instituto Voto Legal, contratada pelo PL, indica que foram constatadas evidências de mau funcionamento de urnas eletrônicas, por meio de eventos registrados nos arquivos logs de urna, que são os registros com dados dos equipamentos eleitorais. As falhas teriam ocorrido apenas no segundo turno das eleições, em cinco dos seis modelos usados.

“Nós do PL não somos especialistas em segurança de dados, por isso fomos atrás de técnicos que fizessem esse trabalho para garantir a transparência do processo eleitoral. Até porque eu, Valdemar, fui eleito com urna eletrônica, e a bancada do PL foi eleita por urna eletrônica, as bancadas do PL foram eleitas por urna eletrônica. Então, é natural que se peça um trabalho de fiscalização para que não fique nenhuma dúvida em relação ao nosso sistema eleitoral”, disse Costa Neto.

O relatório aponta que, a partir da auditoria realizada apenas com base nos resultados decorrentes das urnas do modelo UE2020 (40,82% do total das urnas utilizadas no segundo turno) – deveriam ser computados 26.189.721 votos ao para Jair Messias Bolsonaro e 25.111.550 votos ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva, resultando em 51,05% dos votos válidos para Bolsonaro, e 48,95% para Lula.

“Esse relatório não expressa a opinião do Partido Liberal, mas é o resultado de estudos elaborados por especialistas graduados em uma das universidades mais respeitadas do mundo e que, no nosso entendimento, deve ser analisado pelos especialistas do TSE de forma que seja assegurada e resguardada a integridade do processo eleitoral”, argumentou o presidente do PL.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Valter Campanato/Divulgação/Agência Brasil

Valdemar Costa Neto anuncia que PL será oposição ao Governo Lula

quarta-feira, novembro 9th, 2022

 O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, anunciou na terça-feira, dia 8/11, que o partido vai fazer oposição ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso Nacional, a partir de 2023. O anúncio foi feito durante coletiva, realizada no auditório do Complexo Brasil 21, em Brasília.

“O PL não renunciará às suas bandeiras de ideias, será oposição aos valores comunistas e socialistas, será oposição ao futuro presidente”, disse Costa Neto. “O Partido Liberal seguirá mais forte do que nunca na busca pela construção de uma nação unida pela liberdade, verdade e fé”, acrescentou ao dizer que a maioria dos deputados e senadores escolhidos pela nação são defensores dos mesmos ideais que a sigla defende. “Ideais, valores e bandeiras que foram glorificados com a chegada do presidente Bolsonaro ao nosso Partido”, destacou ao exaltar o atual Chefe do Executivo.

Ao responder perguntas dos jornalistas, Valdemar afirmou que convidou Bolsonaro para ser presidente de honra do PL. “Nós queremos que ele comande o nosso partido, queremos o Bolsonaro à frente, nessa luta que ele construiu para levar o nosso partido a um patamar mais importante”, ressaltou.

“O presidente Bolsonaro devolveu ao nosso povo o orgulho de ser brasileiro, enfrentou uma crise mundial gerada pela pandemia e pela guerra, e ainda assim fez nossa economia crescer, gerando empregos e oportunidades”, disse o mandatário do PL ao elogiar o presidente.

“Bolsonaro fez o Brasil voltar a crescer e hoje somos o país que mais gera emprego entre os 20 maiores países do mundo. Hoje somos o país com a maior eficiência no combate verdadeiro a pobreza. Sentir-nos-íamos muito felizes se o presidente Bolsonaro assumisse a presidência de honra do Partido Liberal”, continuou.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação

João Roma assume presidência do PL na Bahia

segunda-feira, novembro 7th, 2022

No comando. O deputado federal João Roma assumiu nesta segunda-feira, dia 7/11, a presidência do diretório Estadual do Partido Liberal. João Roma foi candidato ao Governo da Bahia este ano. 

Outros nomes também estão presentes no diretório estadual:  André Porciúncula, Alexandre Aleluia, Kátia Bacelar, Ivan Leite, Coronel Sturaro, James Meira e Rebeca Martins.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação


“Não vamos desistir do nosso Brasil”, diz Flavio Bolsonaro

segunda-feira, outubro 31st, 2022

Olha aí. Flavio Bolsonaro (PL-RJ), senador e primogênito do presidente da República Jair Bolsonaro (PL), usou as redes sociais nesta segunda-feira, dia 31/10, para se manifestar, pela primeira vez, sobre o presidente eleito Lula (PT). Foi a primeira vez que um integrante do clã bolsonarista se manifestou após a eleição de Lula. A aliados, Bolsonaro afirmou que vai se manifestar ainda nesta segunda, mas sem parabenizar Lula.

“Obrigado a cada um que nos ajudou a resgatar o patriotismo, que orou, rezou, foi para as ruas, deu seu suor pelo país que está dando certo e deu a Bolsonaro a maior votação de sua vida”, escreveu no Twitter, o senador. “Vamos erguer a cabeça e não vamos desistir do nosso Brasil! Deus no comando.”

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Moreira Mariz/Divulgação/Agência Senado


PL elege quase 100 deputados federais e se torna maior bancada da Câmara

terça-feira, outubro 4th, 2022

Se ligue. Apesar de ter ficado em segundo lugar na votação do primeiro turno, o atual presidente Jair Bolsonaro se saiu melhor que o ex-presidente Lula na eleição para a Câmara dos Deputados.

Isso porque o Partido Liberal, do presidente, foi a legenda que mais elegeu deputados federais ao conquistar 99 cadeiras do parlamento, 23 a mais que a bancada atual do PL, que é de 76 deputados.

A federação composta pelo PT, PCdoB e PV ficou em segundo lugar, elegendo 80 deputados, 12 a mais que a atual bancada desse bloco.

O partido que ficou em terceiro lugar foi o União Brasil, com 59 cadeiras. O União é o resultado da fusão do DEM, antigo PFL, com o PSL, partido que elegeu Bolsonaro em 2018.

O quarto lugar ficou com o Partido Progressista, com 42 vagas conquistadas. Apesar do bom posicionamento, a legenda do atual presidente da Câmara, Arthur Lira, foi uma das que mais perdeu cadeiras no parlamento, 11 a menos que a atual composição. Também perdeu 11 cadeiras na federação do PSDB e do Cidadania.

O terceiro pior resultado foi o do PSB, que perdeu 10 cadeiras na comparação com a bancada atual.

Já o deputado federal mais votado do Brasil foi o mineiro Nikolas Ferreira, do PL, com mais de 1 milhão e 470 mil votos. Em seguida, ficou o candidato Guilherme Boulos, do PSOL paulista, com mais de 1 milhão de votos.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação

Agora: Saiba o que Eduardo Bolsonaro falou de João Roma; clique aqui

terça-feira, agosto 16th, 2022

Palavras do coligado. O deputado federal Eduardo Bolsonaro, durante passagem por Barreiras destacou que o candidato a governador da Bahia e deputado federal, João Roma (PL), “é o melhor ministro da Cidadania de todos os tempos”. Eduardo se referiu aos feitos de Roma à frente do ministério que é o braço social do governo Bolsonaro, quando mais que triplicou o repasse de recursos para programas sociais, mas garantindo aos beneficiários incentivo para uma verdadeira emancipação.

No jingle que foi lançado no domingo, dia 14/8, foi destacado o papel do ex-ministro da Cidadania como pai do Auxílio Brasil e do Vale Gás e do Auxílio Bahia, que haverá no Estado se Roma for eleito. “Fico muito feliz com as palavras do deputado Eduardo Bolsonaro. Mas os meus feitos como ministro só foram possíveis porque o presidente Bolsonaro é quem, de fato, quer cuidar e emancipar os mais necessitados no Brasil”, ressaltou João Roma.

Eduardo Bolsonaro ainda disse que “Roma tem que ser governador para copiar o modelo de sucesso de Jair Bolsonaro para a Bahia. O país inteiro praticamente reduziu o número de homicídios, menos a Bahia. A Bahia conseguiu gerar emprego na Refinaria de Landulpho Alves porque ela foi privatizada pelo governo Bolsonaro. Bolsonaro está conseguindo reduzir o desemprego no país. E por que que a Bahia demora tanto para isso chegar para cá?”

O deputado federal pelo PL de São Paulo ainda apontou outros benefícios aos cidadãos que chegaram com o Governo Bolsonaro e que precisam ainda chegar à Bahia como a redução do preço dos combustíveis e da inflação. “Roma, certamente, é o progresso chegando na Bahia e rompendo as décadas de domínio do PT. A Bahia não é reduto de petista e nem de Lula não, é terra de gente trabalhadora e certamente essas pessoas vão votar em João Roma”, destacou Eduardo Bolsonaro.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Max Haach/Divulgação/Assessoria

Roma aposta no esporte para afastar jovens das drogas

segunda-feira, agosto 1st, 2022

Compromisso do candidato. O candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), participa da abertura do Campeonato Municipal de Futebol da Cidade de Anguera, na manhã do domingo, dia 31/7. Ele, que, quando à frente do Ministério da Cidadania, desenvolveu várias ações de promoção do esporte no país, vê nessa atividade um dos meios de desviar a juventude do caminho das drogas. “A promoção do esporte entre os jovens, estimulando e criando condições para a sua prática em toda a Bahia será uma das prioridades em meu governo para manter os jovens longe das armadilhas do crime organizado”, assinala.

No sábado, dia 30/7, durante a Marcha para Jesus, em Feira de Santana, Roma destacou a alegria que sente ao ver pessoas que, com o desejo de estarem unidas a Deus, quererem também definir o futuro do Brasil e da Bahia.

“Eu fico muito encorajado quando vejo pessoas de bem, todas de mãos dadas, com Deus iluminando seu caminho, querendo pregar o bem, fazer o bem. É dessa maneira que nós temos que fazer o nosso Brasil continuar a acontecer”, disse Roma, que participou do ato junto a cristãos evangélicos ao lado da candidata ao Senado, Raíssa Soares (PL).

Roma declarou que o Brasil já despertou ao eleger o presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2018 e que a Bahia também dará em outubro um grande exemplo de que também enxerga essa necessidade de mudança que o país já experimenta. “A Bahia caminhará de mãos dadas com o Brasil, porque a Bahia não é problema, é solução para o Brasil”, enfatizou o ex-ministro da Cidadania.

Ele ainda complementou: “Estou ao lado do presidente Bolsonaro, que defende Deus, pátria, família e liberdade. Nunca foi tão fácil escolher. Nesse ano de 2022, quando celebramos o bicentenário da independência do Brasil, teremos que ser muito assertivos em busca do nosso direito de andar de cabeça erguida e viver de acordo com o que acreditamos”, salientou Roma.

O ex-ministro destacou ainda que baianos e brasileiros precisam alcançar cidadania plena. “É isso que está em jogo nessa eleição: se queremos um Brasil que tenha orgulho do nosso verde e amarelo ou se vamos voltar para o passado que decepcionou milhões de brasileiros”, declarou durante a Marcha para Jesus em Feira de Santana.

Fotografia: Max Haack/Divulgação/Assessoria

João Roma provoca e chama Bruno Reis de “submisso” de ACM Neto

segunda-feira, julho 25th, 2022

Vixe. O candidato do PL ao governo da Bahia, ex-ministro da Cidadania e atual deputado federal, João Roma disse que o ex-prefeito de Salvador e pré-candidato do União Brasil a governador, ACM Neto, “deixou de ser prefeito, mas a Prefeitura não saiu dele” e que, por conta disso, o atual prefeito da capital, Bruno Reis, tem sido submisso à figura do ex-gestor.

Roma detonou: “O ex-prefeito de Salvador ACM Neto deixou de ser prefeito, mas a Prefeitura não saiu dele. E ele tem usado a Prefeitura para os seus projetos políticos, inclusive sufocando a gestão de Bruno Reis, que tem sido submisso à figura de ACM Neto desde sempre”, disse João Roma, em entrevista ao apresentador Adelson Carvalho na Rádio Sociedade da Bahia, nesta segunda-feira, di 25/7.

Fotografia: Divulgação/Assessoria

“Bahia de mãos dadas com o Brasil”, diz Roma em lançamento da candidatura do presidente Bolsonaro

segunda-feira, julho 25th, 2022

Com presidente Bolsonaro. O candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), foi no domingo, 24/7 à Convenção do PL, no Rio de Janeiro, que confirmou a candidatura à reeleição do presidente da República Jair Bolsonaro e destacou que este é um marco que vai manter o Brasil no rumo de exaltação dos valores que regem a nação e da real melhora de vida dos cidadãos. Ao lado da candidata ao Senado, Raíssa Soares (PL), Roma também pontuou que a Bahia precisa estar “de mãos dadas com o Brasil”.

“Chegamos aqui ao Maracanãzinho para a convenção que vai levar o presidente Bolsonaro à reeleição, para que todos nós continuemos a ter orgulho dessa bandeira verde e amarela e também para colocar a Bahia de mãos dadas com o Brasil”, disse João Roma, que foi calorosamente recebido pelo público que lotou o Ginásio do Maracanãzinho neste domingo. Ao lado de Raíssa Soares, o ex-ministro da Cidadania foi ovacionado pelo público presente e cumprimentou os convencionais.

O candidato a governador da Bahia destacou, na convenção do PL no Rio de Janeiro, que o Brasil com o presidente Bolsonaro “deu oportunidade a cada um filho de Deus poder melhorar de vida, com um Brasil unido”. Roma, quando esteve à frente do Ministério da Cidadania, idealizou o Auxílio Brasil que triplicou os recursos do antigo Bolsa Família e ainda estimula que o cidadão trabalhe, pois, mesmo quem consegue emprego com carteira assinada, mantém o benefício por dois anos, com acréscimo de R$ 200. A partir de agosto o Auxílio Brasil terá valor mínimo de R$ 600.

João Roma conversou com ex-ministros do governo Bolsonaro, como Tereza Cristina, que comandou a Agricultura. “João Roma representa os baianos, representa o agro da Bahia e do Brasil”, disse a ex-ministra da Agricultura e candidata a senadora pelo Mato Grosso do Sul. Já o ex-ministro da Infraestrutura e candidato ao Governo de São Paulo, Tarcízio de Freitas, defendeu “a Bahia e São Paulo juntos com o presidente Bolsonaro, para transformar o Brasil”.

Roma lançou oficialmente a sua candidatura a governador do Bahia na sexta-feira, dia 22/7, em Salvador, em Convenção do PL da Bahia, quando também foi confirmado o nome de Raíssa Soares (PL) e o da candidata a vice-governadora, Leonídia Umbelina (MDB). O PL também lançou chapas com 40 candidatos a deputado estadual e 30 para deputado federal.

Fotografia: Reprodução/Assessoria

“A Bahia precisa de uma mudança de verdade”, diz João Roma em convenção do PL

sexta-feira, julho 22nd, 2022

Vixe. O candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), que teve a candidatura confirmada em Convenção do PL realizada na manhã desta sexta-feira, dia 22/7, em Salvador, disse que a Bahia precisa de uma mudança de verdade e que sua prioridade, se eleito governador, será reduzir os impostos para atrair investimentos para o estado.

“Todos observam que nós precisamos de uma mudança para valer. Não adianta uma mudança de seis por meia dúzia, queremos uma mudança efetiva nas práticas políticas da Bahia, porque a outra matriz que está aí é a política do atraso, da perseguição, do empreguismo e o que nós queremos é uma Bahia liberta, uma Bahia que caminhe de mãos dadas no Brasil”, disse Roma, durante entrevista coletiva que antecedeu os discursos dos convencionais.

Questionado pela imprensa, Roma disse que sua prioridade será baixar impostos. “Minha prioridade será baixar impostos, pois não é possível que um estado fique perdendo competitividade. Isso faz com que os investimentos corram da Bahia”, explicou. O candidato do PL disse que tem uma ligação com o interior do estado e também com o setor produtivo.

“Não farei como esses governantes que viram as costas para toda essa Bahia grandiosa, com muitas vocações, com muitos vetores de desenvolvimento, literalmente abandonados, pois não é nem o estado nem a prefeitura que geram emprego, quem gera emprego é quem atrai investimentos e colocam uma roça para produzir, uma pequena indústria, um comércio e um serviço”, exemplificou.

Fotografia: Divulgação/Assessoria

Eduardo Bolsonaro promete denunciar deputada por “trapaça” em convenção do PL; assista

quinta-feira, julho 21st, 2022

Detonou. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) informou que vai entrar com representação contra a também deputada Tabata Amaral (PSB-SP) no Conselho de Ética da Câmara. O parlamentar acusa a colega de Câmara de “trapaça” por  incentivar grupos de esquerda a retirarem ingressos para a Convenção Nacional do PL, que vai oficializar a candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL) à reeleição.

Através de postagem no twitter, Eduardo detonou: “Na incapacidade de lotar os seus eventos e sem ter condições sequer de pisar nas ruas porque ninguém aparece, os aliados do Lula [ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva], como a deputada Tabata Amaral, estão incentivando os internautas a entrarem no link de convite para o evento de lançamento da candidatura do presidente Bolsonaro, que será no Maracanãzinho no dia 24 de julho, se inscreverem com a intenção de lotar o evento e não irem lá participar, para dar ares de que o evento do Bolsonaro estaria vazio”, disse o filho 03 do presidente.

“Estou informado que através do PL, a gente está entrando no Conselho de Ética contra a deputada Tabata Amaral porque isso daí não é normal, isso daí não é jogo limpo na eleição, isso daí é trapaça, é falsificação, é quase um ataque hacker e a gente não vai admitir. Fora isso, outras providências estão sendo tomadas”, acrescentou, sem detalhar quais são as outras providências.

Fotografia: Divulgação/Câmara dos Deputados


Doutora Raíssa defende “o direito do cidadão de bem ao armamento”

quarta-feira, julho 20th, 2022

Chegou junto. A pré-candidata ao Senado pelo PL na Bahia, a ex-secretária da Saúde de Porto Seguro, Dra. Raíssa Soares utilizou as redes sociais na terça-feira, dia 19/7, para garantir o seu apoio aos Colecionadores, Atiradores Esportivos e Caçadores (CACs) caso vença as eleições deste ano.

“Sou a única pré-candidata ao Senado pela Bahia que defende abertamente os CACs e o direito do cidadão de bem de se defender”, escreveu a médica, em uma publicação feita em seu perfil no Instagram.

A aliada do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Bahia aproveitou para criticar o governador Rui Costa (PT) em relação aos números da violência no Estado: “A bandidagem e a criminalidade estão em alta graças à péssima administração do governador”.

“Os números da violência não param de crescer em todo o estado. Não podemos ser reféns dos criminosos e terceirizar a nossa segurança e a segurança da nossa família”, continuou a pré-candidata.

Fotografia: Divulgação

Urgente: Presidente Bolsonaro detona Jerônimo Rodrigues: “Pior secretário de Educação do Brasil”

quarta-feira, abril 13th, 2022

Êta. O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) detonou em entrevista, o pré-candidato ao Governo da Bahia pelo PT. Segundo o presidente Bolsonaro, o Estado tem a pior educação do Brasil. “Ao que me consta, o candidato do PT na Bahia é o secretário de Educação. E a educação da Bahia é a pior do Brasil. É isso que o PT está apresentando para sucessão no governo do estado: o pior secretário de Educação do Brasil”, detonou durante entrevista à TV Aratu.

O presidente elogiou o pré-candidato do PL ao Governo da Bahia, ex-ministro da Cidadania João Roma. “Conduziu a criação do Auxílio-Brasil. Já é um herói para mim por estar enfrentando a velha política da Bahia”, avaliou.

Fotografia: Reprodução/Twitter

O que disse Roma após se filiar ao PL

segunda-feira, março 28th, 2022

O ministro da Cidadania, João Roma, oficializou sua filiação ao PL, no domingo 27/3 em evento que ocorreu em Brasília e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em discurso realizado após a filiação, Roma afirmou que quer que a “Bahia de mãos dadas pelo Brasil”. A ida de Roma para o PL foi acordada com o Republicanos, partido ao qual foi filiado por quase 7 anos.

“Hoje estou com muito entusiasmo, assumindo esse novo compromisso, essa caminhada para todos que querem o Brasil uma sociedade unidade e para todos nós que na Bahia queremos a Bahia de mãos dadas pelo Brasil”, disse Roma.

Fotografia: Reprodução/Facebook

João Roma muda de partido; acompanhe agora

sexta-feira, março 25th, 2022

De mudança. O ministro da Cidadania, João Roma, anunciou nessa sexta-feira 25/3, através das redes sociais, a saída do Republicanos. O ministro vai ingressar no PL. O político é pré-candidato ao governo da Bahia em 2022.

“Aceitei com entusiasmo o desafio de, junto ao PL e apresentar a Bahia um modelo que resgate nosso orgulho e protagonismo nacional. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pela confiança e ao presidente do Republicanos, Marcos Pereira pelo acolhimento e elevado espírito público”, publicou Roma.

Roma terá em sua chapa de disputa como candidata ao Senado a médica Raissa Soares, que ficou conhecida como “Capitã Cloroquina”.

“Quero uma Bahia de mãos dadas com o Brasil, retirando obras do papel e transformando a vida das pessoas com educação, segurança e emprego. Colocamos de pé o maior programa de transferência de renda da nossa história, o Auxílio Brasil. E trabalharemos com dedicação e compromisso”, concluiu.

Fotografia: Divulgação

Deputado Abílio Santana deixa o PL e entra no PSC

sábado, março 12th, 2022

De mudança. Abílio Santana, deputado federal, t rocou o PL pelo PSC. A ficha de filiação acabou assinada na sexta-feira, dia 11/3, na sede da nova casa em Salvador. Abílio Santana deixou o partido do presidente Jair Bolsonaro para atender a uma convergência eleitoral local, na intenção de apoiar a pré-candidatura de ACM Neto (UNIÃO BRASIL), ao Governo da Bahia. “Em Brasília o PSC defende o que o nosso presidente defende, é da base do nosso capitão Jair Messias Bolsonaro. E eu sou bolsonariano. E na Bahia, é Neto até debaixo d’água”, disse o parlamentar.

Fotografia: Divulgação

José Carlos Araújo anuncia saída do PL e permanece no grupo de ACM Neto

quinta-feira, março 10th, 2022

Oxente. O ex-deputado federal José Carlos Araújo anunciou na quarta-feira, dia 9/3, a saída do PL, partido que ele presidia no Estado. O ex-parlamentar está deixando a legenda porque o partido não vai apoiar o ex-prefeito de Salvador e pré-candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto (UNIÃO BRASIL). Zé Carlos Araújo mandou um carta ao presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, para informar a desfiliação do partido. O PL na Bahia pode lançar o ministro da Cidadania, João Roma, como candidato ao Governo do Estado nas eleições de outubro.

Fotografia: Hora do Bico

De olho no senado, doutora Raíssa se filia ao PL

segunda-feira, dezembro 27th, 2021

Eleição 2022. A médica baiana Raíssa Soares se filiou ao PL, partido também do presidente da República Jair Bolsonaro, e deve disputar o Senado em 2022. A ex-secretária de Saúde da Cidade de Porto Seguro, no Extremo Sul, ganhou notoriedade como uma das principais apoiadoras do presidente da República na Bahia. Raíssa assinou a filiação na quarta-feira, dia 22/12, em companhia do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto.

Fotografia: Reprodução

Presidente Bolsonaro assina filiação ao PL

terça-feira, novembro 30th, 2021

Nova casa. O presidente Jair Bolsonaro se filiou ao Partido Liberal (PL). O ato de assinatura da ficha de filiação foi realizado durante uma cerimônia promovida pela legenda.

Eleito em 2018 pelo PSL, Bolsonaro deixou o partido em novembro de 2019 e não estava filiado a nenhum partido. A condição é necessária para a disputa das eleições gerais de 2022. Até o momento, a eventual candidatura do presidente à reeleição não foi oficializada.

Durante o evento, Bolsonaro destacou que a cerimônia foi uma simples filiação ao partido e que não estava “lançando ninguém a cargo nenhum”.

“Estou me sentindo aqui em casa, dentro do Congresso Nacional, aquele plenário da Câmara dos Deputados, tendo em vista a quantidade enorme de parlamentares aqui presentes. Vocês me trazem lembranças agradáveis, lembranças de luta, de embate, mas, acima de tudo, momentos em que nós, juntos, fizemos pelo nosso país. Eu vim do meio de vocês. Fiquei 28 anos dentro da Câmara dos Deputados”, disse.

Pelas redes sociais, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, confirmou que também se filiou ao partido e que será pré-candidato ao Senado pelo Rio Grande do Norte.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Marcelo Camargo/Divulgação/Agência Brasil