Posts Tagged ‘PL’

Roma não descarta apoio do União Brasil a seu nome em 2026

domingo, maio 19th, 2024

Olha aí. O presidente do PL Bahia, João Roma, disse que o apoio dele à reeleição de Bruno Reis (União Brasil) a prefeito de Salvador não é entrave à sua candidatura a governador em 2026, mas um gesto que pode resultar na possibilidade de PL e União Brasil estarem juntos também em torno de seu nome daqui a dois anos no pleito estadual.

“Esse apoio demonstra uma sinalização para que tenhamos um palanque ampliado daqui a dois anos e assim, juntos, mostremos a ineficácia desse governo do PT que não tem melhorado a vida da população”, disse Roma, em entrevista ao programa Frequência Política, da Rádio Interativa FM, de Itabuna, no sábado, dia 18/5.

Roma explicou que a política se faz com gestos que ampliem os horizontes e fortaleçam os laços daqueles que desejam o bem-estar do povo. “A política tem que mostrar caminhos e construir pontes para que sejam criadas as condições de uma vida melhor para a nossa população, que é quem sofre as consequências quando vota em quem não tem compromisso com isso”.

Ainda ao falar sobre o apoio ao prefeito da capital baiana, Roma destacou: “conseguimos encontrar consenso com propostas muito efetivas”. O PL vem defendendo principalmente as bandeiras da liberdade econômica, da redução de impostos como forma de criar um ambiente mais saudável e convidativo para quem deseja empreender.

O dirigente partidário ainda acrescentou que o PL terá neste ano 23 candidaturas próprias a prefeito em importantes cidades baianas, a exemplo de Ilhéus, Itabuna, Teixeira de Freitas e Juazeiro. “Em muitos locais, estamos avaliando nomes, identificando projetos com viabilidade”, disse João Roma que, neste sábado (18), esteve em Itabuna para o lançamento da pré-candidatura a prefeito do engenheiro Chico França.

“França é um quadro de nosso partido que vai levantar nossas bandeiras em Itabuna: redução de impostos, mais empregos e liberdade”, afirmou Roma. Na entrevista, o ministro da Cidadania informou que agenda uma visita do presidente Jair Bolsonaro ao sul da Bahia. O problema, segundo ele, é a questão logística. “O nosso presidente Bolsonaro não está utilizando aviões particulares, então será avaliada a possibilidade de o ex-mandatário pegar um voo para Ilhéus e cumprir agenda também em Itabuna”.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: PL Bahia / Divulgação 

Roma defende vice do PL na chapa de Zé Ronaldo em Feira de Santana

quarta-feira, maio 8th, 2024

Êta. O presidente do PL na Bahia e ex-ministro da Cidadania, João Roma, declarou que a escolha do vice na chapa de Zé Ronaldo (União Brasil) em Feira de Santana são tratados pelo ex-prefeito nas conversas com o PL. “Uma possível escolha para a vice de Zé Ronaldo naturalmente passa por uma interlocução com o PL. Não são exigências pontuais ou cartas colocadas na mesa, mas é natural que o PL, maior partido do Brasil, que tem maior tempo de rádio e TV, que tem uma fatia do eleitorado, que tem também bons serviços prestados, que tenha também bons quadros em uma estrutura organizacional, dentro das possibilidades de fazer parte também da chapa”, declarou Roma, em entrevista à Rádio Princesa FM, na terça-feira, dia 7/5.

O dirigente partidário citou três membros do partidos em Feira que podem assumir a missão: o atual presidente municipal da sigla, Raimundo Júnior, a ex-candidata a vice-governadora Leonídia Umbelino e Neto Bahia, representante da Unagro. João Roma destacou que o apoio a Zé Ronaldo se deu após muito diálogo, com a decisão de respaldar quem estava à frente nas pesquisas e com maiores chances de derrotar o candidato do PT, partido que já comanda o estado e a União. Mas ele ressaltou: “A forma nossa de fazer política no PL não tem sido diálogo político em que se ponha faca no pescoço. Não chegamos com exigências pontuais, mas é mais que natural que estejamos na vice”.

João Roma destacou o avanço da organização do partido na Bahia, que tinha somente 30 diretórios municipais instalados e atualmente possui mais de 240. O ex-ministro da Cidadania ressaltou a posição antagônica entre PL e PT e explicou a visão estratégia que tem conduzido as decisões da sigla. Em Feira de Santana, por exemplo, estava posta a pré-candidatura do deputado federal Capitão Alden, mas o PL entendeu que o mais importante era somar esforços para impedir que a maior cidade do interior baiano, assim como a capital, sejam controladas pelo petismo. “Quando não vislumbramos chapas consistentes, estamos buscando alianças estratégicas”, reiterou o presidente estadual do PL.

O ex-ministro também foi questionado a respeito de uma possível candidatura para disputar o governo estadual em 2026. “A nossa meta de fato é a organização e estruturação do partido por toda a Bahia, mas uma candidatura em 2026 seria natural, como um contraponto ao desmando e ineficácia dos governos do PT”, respondeu João Roma.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Max Haack

“Temos muitos pensamentos que nos unem”, diz Bruno Reis ao receber apoio do PL

quarta-feira, maio 1st, 2024

Oficializou. A Executiva Estadual do PL Bahia se reuniu nesta terça-feira, dia 30/4, e decidiu apoiar a pré-candidatura à reeleição do prefeito de Salvador, Bruno Reis(União Brasil). A decisão está de acordo com a diretriz do partido de se aliar a projetos de oposição comprometidos com a liberdade e a redução de impostos, e também evitar vitórias da base petista no Estado.

O presidente do PL Bahia, João Roma, destacou que, no ano passado, foi apresentado ao prefeito Bruno Reis um documento com sugestões de redução de impostos e desburocratização das atividades produtivas para dinamizar a economia da capital baiana. 

“As nossas propostas foram bem acolhidas, sendo o primeiro passo para o apoio do maior partido do Brasil ao prefeito Bruno Reis que hoje se oficializa. Que se ressalte: o apoio do PL não se fundamenta em cargos, mas no compromisso com a liberdade e uma política de redução de impostos para a geração de emprego e renda em Salvador”, alinhavou Roma.

Demonstrando grande satisfação com o apoio oficializado, o prefeito Bruno Reis afirmou que o PL vai contribuir com sua gestão. “Temos muitos pensamentos que nos unem, principalmente a questão da pauta econômica, da melhora do ambiente de negócio, de simplificar a vida de quem quer empreender, de estímulos e incentivos fiscais para atrair mais investidores que dinamizem a economia de nossa Cidade”.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação 

“O PL chega para decidir a parada”, diz Roma em anúncio de apoio a Bruno Reis

terça-feira, abril 30th, 2024

Olha aí. O presidente do PL na Bahia, João Roma, destacou que o partido não declarou apoio à reeleição do prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), para preencher espaço, mas para ser decisivo na manutenção do caminho de desenvolvimento que se verifica na capital baiana. “O PL chega não para compor, o PL não chega para ser um adereço, o PL chega para decidir a parada, arregaçar as mangas e estar com você nas ruas”, declarou João Roma, nesta terça-feira, dia 30/4, durante o anúncio de apoio a Bruno Reis.

O dirigente estadual do PL e ex-ministro da Cidadania destacou que todos os integrantes da sigla na Bahia o fazem por afinidade aos valores defendidos pela sigla, o que torna o time do PL muito eclético, mas muito consistente ao reunir ex-prefeito, ex-vereadores e ex-deputados. “São pessoas que chegam muito aguerridas e para fazer a diferença”, destacou Roma. O dirigente partidário também ressaltou que desistiu de uma pré-candidatura que poderia trazer para ele bons frutos pessoais, mas que escolheu seguir um projeto coletivo em benefício da primeira capital do Brasil.

“Teve uma pesquisa que me colocava já com 13% das intenções de voto, talvez fruto do excelente evento que tivemos aqui com a primeira-dama Michelle Bolsonaro, organizado pela nossa deputada Roberto Roma e com a presença do nosso presidente Bolsonaro. Até me balançou”, brincou João Roma, para depois afirmar que o fundamental é entender o momento que o Brasil passa, entender o quanto é fundamental a estruturação do partido. “O melhor caminho é fazer com que Salvador, primeira capital do Brasil, siga no caminho certo”, pontuou.

O dirigente do PL, assim como o prefeito Bruno Reis, destacaram a longa experiência que possuem em trabalhar juntos, o que não foi afetado pelo fato de ambos terem trilhado caminhos distintos nas últimas eleições de 2022. O prefeito de Salvador agradeceu ao apoio do PL e destacou que propostas do partido já foram colocadas em prática em sua gestão. “Esse trabalho que eu fiz para conquistar o PL já veio há algum tempo”, disse Bruno Reis, ao mencionar a defesa comum da Constituição, da família, da vida desde a sua concepção, da liberdade de expressão, da propriedade privada, do legítimo direito à defesa e da diminuição da carga tributária.

Neste último ponto, o prefeito destacou uma contribuição do PL já adotada em seu governo. “Já lá em 2023, quando iniciamos as conversas com o PL, o nosso presidente Roma disse: ‘Bruno, eu contratei uma consultoria, nós estamos estudando uma série de medidas econômicas para melhorar o ambiente de negócios para facilitar a vida de quem quer empreender, para conseguir conceder benefícios e incentivos fiscais, para reduzir a carga tributária na cidade”, lembrou Bruno Reis. Esses princípios auxiliam no fortalecimento da liberdade econômica na cidade.

O prefeito disse que foi a partir dessas conversas que houve a regulamentação da lei de liberdade econômica. “Nós consideramos diversas atividades de baixo risco: 767 atividades que hoje não precisam de alvará para funcionamento, pode ser de imediato instalado”. Essa iniciativa foi adotada a partir de uma entrega de um estudo feito pelo PL e entregue ao prefeito em 2023. “Todas as medidas que foram sugeridas pelo partido nós incorporamos ao projeto de lei e os benefícios estão aí”, apontou Bruno que também destacou as contribuições do PL para a formulação do Renova Centro e do Programa de Estímulo à Atividade Imobiliária.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Max Haack / Divulgação 

Executiva do PL oficializa apoio à reeleição de Bruno Reis

terça-feira, abril 30th, 2024

Oficializou. A Executiva Estadual do PL Bahia se reuniu nesta terça-feira, dia 30/4, e decidiu apoiar a pré-candidatura à reeleição do prefeito de Salvador, Bruno Reis(União Brasil). A decisão está de acordo com a diretriz do partido de se aliar a projetos de oposição comprometidos com a liberdade e a redução de impostos, e também evitar vitórias da base petista no Estado.

O presidente do PL Bahia, João Roma, destacou que, no ano passado, foi apresentado ao prefeito Bruno Reis um documento com sugestões de redução de impostos e desburocratização das atividades produtivas para dinamizar a economia da capital baiana. 

“As nossas propostas foram bem acolhidas, sendo o primeiro passo para o apoio do maior partido do Brasil ao prefeito Bruno Reis que hoje se oficializa. Que se ressalte: o apoio do PL não se fundamenta em cargos, mas no compromisso com a liberdade e uma política de redução de impostos para a geração de emprego e renda em Salvador”, alinhavou Roma.

Demonstrando grande satisfação com o apoio oficializado, o prefeito Bruno Reis afirmou que o PL vai contribuir com sua gestão. “Temos muitos pensamentos que nos unem, principalmente a questão da pauta econômica, da melhora do ambiente de negócio, de simplificar a vida de quem quer empreender, de estímulos e incentivos fiscais para atrair mais investidores que dinamizem a economia de nossa Cidade”.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação 

PL oficializa apoio a Zé Ronaldo em Feira de Santana

sexta-feira, abril 19th, 2024

Olha aí. O PL oficializou o apoio à pré-candidatura de José Ronaldo (União Brasil) a prefeito de Feira de Santana, nesta quinta-feira, dia 18/4. O anúncio foi feito em evento no diretório municipal da legenda, quando o deputado federal Capitão Alden (PL) também comunicou a desistência dele à postulação do cargo.

Para o presidente do PL Bahia, João Roma, o recuo de Alden foi um gesto de grandeza. “Zé Ronaldo reúne as maiores condições políticas eleitorais para levar adiante o projeto de uma Feira de Santana que possa orgulhar seu cidadão e que possa trabalhar para melhorar a vida daqueles que mais precisam”.

O Capitão Alden explicou que, se a manutenção de sua pré-candidatura fosse representar um risco ao projeto maior de derrotar o PT em Feira, ele poderia recuar tranquilamente para apoiar a candidatura mais forte. “Por isso a desistência em apoio a Zé Ronaldo”.

Roma reiterou que um dos pontos determinantes do apoio do PL a José Ronaldo é evitar que o PT, que tanto atraso tem trazido ao Brasil e à Bahia, seja vitorioso nas maiores cidades do estado, conquistando uma hegemonia que o torne bastante difícil de ser batido em 2026.

João Roma assinalou ainda que a troca de uma pré-candidatura própria pelo apoio a José Ronaldo teve aprovação total do partido, tanto do presidente Valdemar da Costa Neto quanto do ex-presidente Jair Bolsonaro. “Tivemos plena autonomia para tomar a decisão”.

Presente ao evento, José Ronaldo revelou que trabalhou pelo apoio do PL. “Agradeço muito ao ex-ministro João Roma, ao presidente municipal Raimundo e todos que fazem o PL na Bahia e em Feira. O PL é o maior partido do Brasil. Tem quase 20% do horário de televisão e rádio. A sua militância é muito importante e sem dúvida, o apoio é muito importante”.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia / Fonte: PL 

Carlos Bolsonaro se filia ao PL

sexta-feira, março 15th, 2024

Mudou. Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro, trocou o Republicanos pelo PL de forma discreta e sem evento oficial para anunciar a mudança. Agora, o parlamaentar municipal passa a compor o mesmo partido que o pai, ex-presidente Jair Bolsonaro, e os irmãos, o senador Flávio Bolsonaro (RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP).

Com essa mudança, Carlos Bolsonaro deve se tornar o presidente do partido no Rio de Janeiro. O PL deve ainda contar com o nome de Alexandre Ramagem, ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência e atual deputado federal, na disputa pela Prefeitura do Município.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Redes Sociais

Roma diz que insegurança jurídica acirra conflitos fundiários na Bahia

quarta-feira, janeiro 24th, 2024

Olha aí. O presidente do PL na Bahia, João Roma, apontou a ausência do Governo do Estado como principal motivador para os conflitos entre produtores rurais, indígenas ou integrantes de movimentos de sem-terra que, no domingo, dia 21/1, na região de Itapetinga, causou a morte de uma indígena, deixou outro ferido e deixou ainda um produtor rural ferido. “O que ocorreu é resultado da falta de segurança jurídica e de providência do estado brasileiro”, destacou João Roma, em entrevista à Rádio Brado, na manhã de terça-feira, dia 23/1.

O ex-ministro da Cidadania disse que o cenário observado no domingo poderia ter sido evitado: “produtores alertaram e oficiaram autoridades sobre o clima de beligerância”. Roma lembrou que, em 2023, um movimento realizado por produtores rurais na Assembleia Legislativa da Bahia expôs a gravidade da situação e sobre a necessidade de ser garantido o direito à propriedade privada.

“Temos irmãos se digladiando por causa de uma ausência do estado. O que queremos? Segurança jurídica. Estamos quase roucos de repetir isso, mas precisamos ter uma consolidação da lei”, destacou Roma. Ele inclusive pontuou que a área invadida por indígenas não faz parte de área demarcada como reserva. “Além disso, um relatório da PM da Bahia diz que o primeiro disparo partiu dos invasores”, comentou o ex-ministro.

O presidente do PL destacou a necessidade de uma política fundiária que realmente realize a reforma agrária e traga a paz ao campo. “Todos nós defendemos a reforma agrária e foi o presidente Jair Bolsonaro quem mais entregou títulos de terras”, lembrou o ex-parlamentar.

O dirigente do PL na Bahia destacou que os produtores continuam a pedir uma providência do governo estadual. “A Unagro solicitou audiência com o governador Jerônimo. Os fatos foram levados em uma reunião ampla, inclusive com a presença de muitos partidos”, disse.

Roma também voltou a anunciar que o ex-presidente Jair Bolsonaro e a ex-primeira-dama Michele Bolsonaro estarão na Bahia na primeira semana de março. Na ocasião, Michele deve receber uma comenda na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Após o Carnaval, teremos a presença do presidente Jair Bolsonaro e a presença da primeira-dama Michele Bolsonaro. A agenda começa por Salvador. Vou ainda tratar com ele para detalhar esse passo a passo para que possamos reunir uma grande quantidade de patriotas e fortalecer as principais candidaturas do PL no Estado da Bahia”, disse João Roma.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação 

PL tende a apoiar Bruno Reis, diz João Roma

segunda-feira, novembro 27th, 2023

Olha aí. O presidente do Partido Liberal (PL) na Bahia, João Roma, admitiu que a tendência da legenda é apoiar a reeleição do prefeito Bruno Reis em Salvador. Para ele, o encontro da executiva do partido com o atual prefeito deixou as portas abertas. As conversas continuam, embora o martelo ainda não tenha sido batido para a aliança na capital baiana. “A tendência é de buscar aproximação e apoio a Bruno”, disse Roma em entrevista à Brado Rádio na manhã desta segunda-feira, dia 27/11.


Contam a favor do apoio do PL, além da boa receptividade do prefeito Bruno Reis às propostas de avanços na política tributária municipal, apresentadas pelo PL, a necessidade de se evitar uma possível vitória do PT em Salvador. “O PT tem o objetivo de conquistar as maiores cidades da Bahia no ano que vem. Estão investindo pesado nisso. Uma vitória petista na capital dificultaria bastante os nossos planos para as eleições de 2026”, disse Roma.

Siga o @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação 

Valdemar diz que PL será contrário às pautas econômicas do PT sobre aumento de impostos

domingo, outubro 22nd, 2023

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, em entrevista ao Poder360 na sexta-feira, dia 20/10, declarou que a legenda se posiciona contrária ao apoio das propostas de tributação de fundos exclusivos e offshores, que estão em discussão no Congresso como parte das medidas propostas pelo governo do PT com o objetivo de aumentar a arrecadação fiscal.

“Não discutimos isso ainda, mas tenho certeza de que não vamos apoiar. Somos totalmente contra o aumento de impostos, enquanto eles querem aumento. Nós temos que prestigiar quem dá emprego, que estimular que esse pessoal invista mais no país. Com essas decisões do PT, tem muita gente que está levando o dinheiro para fora, quando eles falam em querer taxar herança, isso é um negócio que tem que ser muito bem-visto, amanhã levam todas as empresas para fora, cria uma empresa lá fora que é dona da empresa aqui, acabou. Acho muito difícil passar essas medidas”, explicou.

Ao ser questionado sobre a postura de Lula em relação ao confronto entre Israel e Hamas, ele classificou como “um desastre” e afirmou que não há justificativa para tal comportamento. “Ninguém pode defender isso aí, o que aconteceu em Israel é um crime. Isso é uma loucura, às vezes você vê gente do PT defendendo esse pessoal. A direita não aceita isso de jeito nenhum. Não há justificativa para uma covardia dessas. E isso é um erro, porque essas pessoas não podem ser prestigiadas em lugar nenhum, eles não podem ser prestigiados”, disse.

Além disso, Costa Neto disse haver dificuldades no governo do PT e criticou o aumento dos ministérios para 38 durante o governo Lula, o que segundo ele, gera custos significativos. “Isso custa uma fortuna, eles estão com déficit. Nós entregamos o país com superávit. Quando chegou no final do governo Bolsonaro tudo estava em ordem, todo mundo feliz com Paulo Guedes, todo o comércio, indústria, os empresários, todos contentes”, declarou. E lembrou que na pandemia, o ex-chefe do Executivo garantiu empregos para todos os 5.568 municípios e estados brasileiros. “Bolsonaro optou por dar emendas para o deputado levar para o município e não dar o cargo e isso favoreceu muito as cidades”, lembrou.

O trabalho de Michelle Bolsonaro à frente do PL Mulher também foi outro assunto destacado pelo presidente do PL durante a entrevista. “A Michelle está empenhada para trazer mais mulheres para a política, nós tivemos agora, nesse pouco tempo, 40 mil filiações de mulheres no partido e isso está crescendo dessa maneira porque a Michelle é um fenômeno”, enfatizou ao elogiar o empenho da ex-primeira-dama para engajar mais mulheres na política.

Ele também salientou que Michelle e o presidente de Honra do PL, Jair Bolsonaro, serão influentes cabos eleitorais nas próximas eleições municipais de 2024. “Acho que vamos passar de mil prefeitos, e com o trabalho de Bolsonaro e Michelle, nós vamos ter condição de fazer muito mais, em cidades que não tem segundo turno ele define uma eleição porque ele tem os votos firmes”, frisou Valdemar.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: PL

Fotografia: Beto Brata/Divulgação/PL

Valdemar Costa Neto reafirma oposição do PL ao governo do PT

domingo, setembro 10th, 2023

Tá decidido. O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, usou as redes sociais para reafirmar que a legenda seguirá numa oposição firme ao Governo do PT.

“Que fique bem claro: Não existe nenhuma hipótese de coligação com o PT. Somos oposição e assim seguiremos”, escreveu ele na publicação.

Costa Neto reiterou o compromisso do Partido na defesa dos valores conservadores, e ressaltou que foi o povo que transformou o PL no maior partido do Brasil.

“O Partido Liberal valoriza a família, a liberdade de expressão e sentimos orgulho do nosso país quando ouvimos o hino nacional. É por isso que o povo brasileiro fez do PL o maior partido do país”, alinhavou.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/fonte: PL

Deputado quer proibir uso de celulares por funcionários responsáveis pelas bagagens em aeroportos

quinta-feira, julho 27th, 2023

Preste atenção. O Projeto de Lei 1710/23 do deputado Capitão Augusto (PL-SP) proíbe o uso de celulares e outros dispositivos eletrônicos por funcionários responsáveis pelo manuseio de bagagens no interior de aeroportos.

A proposta prevê penalidades que podem variar de advertências, multas e até a cassação da autorização da empresa aérea para operar no aeroporto ou de administrar o local.

Pelo texto, as empresas responsáveis pelos aeroportos e as companhias aéreas deverão adotar medidas administrativas e tecnológicas adequadas para garantir o cumprimento da regra.

O autor da proposta afirma que a proibição é uma medida preventiva, com o objetivo de dificultar a comunicação e a coordenação entre membros de quadrilhas de traficantes.

“Além disso, a proibição do uso de dispositivos eletrônicos contribuirá para aumentar a segurança e a integridade das bagagens dos passageiros, reduzindo as chances de extravio, furto ou violação. A medida ainda contribui para melhorar o foco e a atenção dos funcionários no desempenho de suas atividades, garantindo um serviço mais eficiente e seguro aos usuários do transporte aéreo”, explica Augusto.

Tramitação

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizadode Viação e Transportesde Trabalhode Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Fotografia: Marina Ramos/Divulgação/Câmara dos Deputados

Valdemar determina que PL abra processo para expulsar deputado Yury do Paredão

terça-feira, julho 18th, 2023

Olha aí. O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, solicitou ao Diretório do partido no Ceará que inicie a abertura de um processo para expulsar o deputado federal Yury do Paredão. A decisão foi tomada após o congressista desrespeitar alguns princípios levantados pela bandeira da sigla.

Em publicação nas redes sociais, Costa Neto enfatiza que as atitudes do parlamentar não compactuam com as ideologias da legenda.

“Solicitei ao Diretório do PL no Ceará a abertura do processo de expulsão do deputado federal Yury do Paredão. Ao que tudo indica, o parlamentar licenciado parece não comungar com os ideais do Partido Liberal”, escreveu.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: PL

Fotografia: Augusto César/Divulgação/PL

PL fez reunião para mostrar união em torno do ex-presidente Bolsonaro

domingo, julho 9th, 2023

Olha aí. O Partido Liberal, comandado por Valdemar Costa Neto, promoveu na quinta-feira, dia 6/7, em Brasília, reunião com as bancadas federais, estaduais, governadores e presidentes regionais para reafirmar a defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro.

O encontro, que teve como coordenador Valdemar, contou com as presenças do presidente de Honra do Partido, Jair Bolsonaro, do Secretário Nacional de Relações Institucionais, Braga Netto, dos governadores Cláudio Castro (PL-RJ), Jorginho Mello (PL-SC), deputados federais, estaduais, senadores, e com os presidentes estaduais da sigla.

A reunião aconteceu também para reiterar a importância do papel dos dirigentes para o crescimento do PL, além de unir mais apoio e discutir a atuação da legenda para fortalecer as prioridades e seguir trabalhando pelos interesses do Brasil.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/fonte: PL

Com presença do ex-presidente Bolsonaro, PL reúne parlamentares de olho nas eleições municipais

quarta-feira, junho 28th, 2023

Olhando pro futuro. O presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, reuniu as bancadas federal e estadual do partido de São Paulo, para debater a consolidação das forças políticas do Estado e alinhar estratégias para as eleições municipais de 2024.

O encontro, realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), com a presença do presidente de Honra do partido, Jair Bolsonaro, e do presidente estadual do PL-SP, José Tadeu Candelária, discutiu também pautas relevantes do cenário político do país, atuação do partido e os projetos para o estado.

Ao agradecer o presidente Valdemar pela oportunidade de viajar o país para fortalecer o partido nas eleições municipais de 2024, o ex-chefe do Executivo, Jair Bolsonaro, afirmou que o PL tem tudo para atrair o maior número de prefeitos e vereadores.

“Muito obrigado pela oportunidade. Agradeço ao Valdemar mais uma vez pela liberdade que eu tenho para viajar por todo Brasil. Tenho certeza de que enquanto vivo for, ainda terei o prazer de ver o Brasil ser uma grande nação. Temos uma procura muito grande para a disputa. Nós temos tudo para crescer muito nos municípios do Brasil”, reiterou.

O presidente da Assembleia Legislativa de SP, deputado estadual André do Prado (PL-SP), descreveu a reunião como importante para que o partido possa mostrar a força nas eleições municipais de 2024. “Quem irá unir a todos nós é o presidente Valdemar Costa Neto e Jair Bolsonaro”, destacou. Ele também elogiou o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo ex-presidente, que tem contribuído para o crescimento do PL. “Seu trabalho, Bolsonaro, seu prestígio vai ser importante para todos nós aqui nas suas bases, esse prestígio que você conquistou com todo trabalho que desenvolveu para o nosso Brasil”, disse Prado.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/fonte: PL

Presidente do PL passa mal e é internado

segunda-feira, abril 10th, 2023

Internado às pressas. O presidente nacional do PL e ex-deputado federal, Valdemar Costa Neto, foi internado na noite de domingo de Páscoa, dia 9/4, em um Hospital em Brasília.

Segundo a assessoria do partido, o presidente da sigla deu entrada na unidade de saúde após sentir um mal-estar, mas não deu detalhes sobre o estado de saúde. De acordo com informações com a imprensa de Brasília, ele deve passar por um procedimento de cateterismo nesta segunda-feira, dia 10/4.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação

Rogério Marinho pede inclusão de Lula no inquérito das fake news

sábado, março 25th, 2023

Tá esquentando. O senador Rogério Marinho (PL-RN), encaminhou pedido ao STF solicitando que inclua o presidente Lula (PT) no inquérito das fake news. O motivo da representação é a fala do chefe do Executivo de que a operação da Polícia Federal para desarticular o plano de uma facção criminosa, que pretendia tirar a vida de autoridades, teria sido uma armação do senador Sérgio Moro.

Na quarta-feira, dia 22/3, a PF realizou uma operação para desarticular um grupo criminoso que planejava ataques contra servidores públicos e autoridades, incluindo homicídios e extorsão mediante sequestro. A ação, que foi executada nos estados do Mato Grosso do Sul, Rondônia, São Paulo, Paraná e Distrito Federal, prendeu 9 pessoas.

De acordo com o parlamentar, a propagação de informações falsas para tentar desmoralizar o sistema judiciário brasileiro, é grave. “Não vamos tolerar esse comportamento”, disse.

“Questionar o trabalho desenvolvido pela Polícia Federal, pelo Ministério da Justiça e pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, sem qualquer embasamento, é atentar contra as instituições republicanas. O direito à liberdade de expressão do Presidente da República não é absoluto”, diz um trecho do pedido encaminhado pelo senador ao STF.

“Tais episódios, relatados e provados, demonstram reprovável conduta adotada pelo Exmo. Senhor Presidente da República, de se utilizar das prerrogativas do cargo para divulgar informações falsas e, assim, desacreditar sérias investigações conduzidas pela Polícia Federal e acompanhadas pelo Poder Judiciário Federal, além de atentar contra o exercício do mandato parlamentar de um Senador da República”, acrescentou o líder da oposição no Senado.

O senador também enviou representação à Advocacia Geral da União (AGU), responsável pela Procuradoria Nacional de Defesa da Democracia, uma instância destinada ao enfrentamento à desinformação sobre políticas públicas. No documento, ele apresentou novas manifestações de Lula contra o senador Sérgio Moro ditas nesta semana.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/fonte: PL

Vice-presidente diz que TSE voltou a extrapolar: “multa absurda”

sexta-feira, novembro 25th, 2022

Detonou. Vice-presidente de Bolsonaro e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, Hamilton Mourão (Republicanos), usou as redes sociais na quinta-feira, 24/11, para criticar a decisão de Alexandre de Moraes, que rejeitou o pedido da coligação Pelo Bem do Brasil e ainda multou o PL em quase R$ 23 milhões.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Fabio Rodrigues Pozzebom/Divulgação/Agência Brasil


Representação do PL quer invalidar votos de alguns modelos de urnas

terça-feira, novembro 22nd, 2022

Olha aí. O presidente nacional do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, anunciou nesta terça-feira, dia 22/11, que a sigla entrou com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para anular votos de cerca de 280 mil urnas eletrônicas usadas no segundo turno das eleições, no último dia 30 de outubro.

O documento aponta que “em todas as 279.336 urnas eletrônicas dos modelos UE2009, UE2010, UE2011, UE2013 e UE2015, utilizadas no Segundo Turno das Eleições Gerais de 2022” foram verificadas inconsistências.

Segundo o presidente do partido, laudo técnico de uma auditoria realizada pela entidade Instituto Voto Legal, contratada pelo PL, indica que foram constatadas evidências de mau funcionamento de urnas eletrônicas, por meio de eventos registrados nos arquivos logs de urna, que são os registros com dados dos equipamentos eleitorais. As falhas teriam ocorrido apenas no segundo turno das eleições, em cinco dos seis modelos usados.

“Nós do PL não somos especialistas em segurança de dados, por isso fomos atrás de técnicos que fizessem esse trabalho para garantir a transparência do processo eleitoral. Até porque eu, Valdemar, fui eleito com urna eletrônica, e a bancada do PL foi eleita por urna eletrônica, as bancadas do PL foram eleitas por urna eletrônica. Então, é natural que se peça um trabalho de fiscalização para que não fique nenhuma dúvida em relação ao nosso sistema eleitoral”, disse Costa Neto.

O relatório aponta que, a partir da auditoria realizada apenas com base nos resultados decorrentes das urnas do modelo UE2020 (40,82% do total das urnas utilizadas no segundo turno) – deveriam ser computados 26.189.721 votos ao para Jair Messias Bolsonaro e 25.111.550 votos ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva, resultando em 51,05% dos votos válidos para Bolsonaro, e 48,95% para Lula.

“Esse relatório não expressa a opinião do Partido Liberal, mas é o resultado de estudos elaborados por especialistas graduados em uma das universidades mais respeitadas do mundo e que, no nosso entendimento, deve ser analisado pelos especialistas do TSE de forma que seja assegurada e resguardada a integridade do processo eleitoral”, argumentou o presidente do PL.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Valter Campanato/Divulgação/Agência Brasil

Valdemar Costa Neto anuncia que PL será oposição ao Governo Lula

quarta-feira, novembro 9th, 2022

 O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, anunciou na terça-feira, dia 8/11, que o partido vai fazer oposição ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso Nacional, a partir de 2023. O anúncio foi feito durante coletiva, realizada no auditório do Complexo Brasil 21, em Brasília.

“O PL não renunciará às suas bandeiras de ideias, será oposição aos valores comunistas e socialistas, será oposição ao futuro presidente”, disse Costa Neto. “O Partido Liberal seguirá mais forte do que nunca na busca pela construção de uma nação unida pela liberdade, verdade e fé”, acrescentou ao dizer que a maioria dos deputados e senadores escolhidos pela nação são defensores dos mesmos ideais que a sigla defende. “Ideais, valores e bandeiras que foram glorificados com a chegada do presidente Bolsonaro ao nosso Partido”, destacou ao exaltar o atual Chefe do Executivo.

Ao responder perguntas dos jornalistas, Valdemar afirmou que convidou Bolsonaro para ser presidente de honra do PL. “Nós queremos que ele comande o nosso partido, queremos o Bolsonaro à frente, nessa luta que ele construiu para levar o nosso partido a um patamar mais importante”, ressaltou.

“O presidente Bolsonaro devolveu ao nosso povo o orgulho de ser brasileiro, enfrentou uma crise mundial gerada pela pandemia e pela guerra, e ainda assim fez nossa economia crescer, gerando empregos e oportunidades”, disse o mandatário do PL ao elogiar o presidente.

“Bolsonaro fez o Brasil voltar a crescer e hoje somos o país que mais gera emprego entre os 20 maiores países do mundo. Hoje somos o país com a maior eficiência no combate verdadeiro a pobreza. Sentir-nos-íamos muito felizes se o presidente Bolsonaro assumisse a presidência de honra do Partido Liberal”, continuou.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação