Posts Tagged ‘JOÃO ROMA’

Auxílio Brasil vai ter reajuste de 20% em relação ao Bolsa Família

quinta-feira, outubro 21st, 2021

Novidade na área. O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou na quarta-feira, dia 20/10, em pronunciamento no Palácio do Planalto, que o programa Auxílio Brasil, sucessor do Bolsa Família, começará a ser pago a partir de novembro e terá um reajuste geral de 20% no valor dos benefícios, com relação ao programa que o antecedeu.

“O programa permanente, que é o Auxílio Brasil, que sucede o Bolsa Família, esse programa tem um tíquete médio, portanto, o valor do benefício varia de acordo com a composição de cada família. Então, existem famílias que estão recebendo menos de R$ 100, e tem outras que estão recebendo até mais de R$ 500. Esse programa terá um reajuste de 20 [%]”, explicou. 

O ministro acrescentou que os 20% de aumento não serão sobre o valor unitário do benefício, mas sobre a execução de todo o Auxílio Brasil, que começa a ser pago no mês de novembro.

O início dos pagamentos do Auxílio Brasil coincide com o fim do auxílio emergencial, programa lançado no ano passado para apoiar famílias vulneráveis durante a pandemia e que terá a última parcela creditada este mês de outubro. Ao todo, o programa atendeu mais de 68 milhões de famílias com um orçamento de R$ 379 bilhões.

Valor mínimo  

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, informou o ministro, todas as famílias classificadas em situação de pobreza e de pobreza extrema, vinculadas ao Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico) e ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS), deverão receber um valor mínimo de R$ 400 dentro do novo programa. Para atender essa demanda, João Roma informou que o governo vai estruturar uma espécie de programa transitório de transferência de renda, que deve durar até dezembro do ano que vem. 

“Estamos estruturando um benefício transitório, que funcionaria até dezembro do próximo ano, e esse benefício transitório teria por finalidade equalizar o pagamento desses benefícios para que nenhuma família beneficiária receba menos de R$ 400”.

O ministro fez questão de dizer que o governo, em diálogo com parlamentares no Congresso Nacional, busca uma saída para financiar o novo programa dentro do orçamento previsto para o ano que vem.

“Não estamos aventando que o pagamento desses benefícios se dê através de créditos extraordinários. Estamos buscando, dentro do governo, todas as possibilidades para que o atendimento desses brasileiros necessitados sigam também de mãos dadas com a responsabilidade fiscal”.

Novos beneficiários

Outro anúncio do governo é que, com o Auxílio Brasil, a fila de pessoas que aguardam inclusão no programa social do governo federal será zerada. Atualmente, mais de 2 milhões de famílias esperam receber o benefício. 

“Hoje, o programa permanente contempla 14,7 milhões de famílias, e pretendemos chegar a quase 17 milhões de famílias”, prometeu João Roma.

Mais cedo, durante um evento em Russas (CE), o presidente Jair Bolsonaro declarou que o governo vai aumentar o valor do Auxílio Brasil para uma patamar mínimo de R$ 400 por família. 

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Valter Campanato/Divulgação/Agência Brasil

“Já vamos para 16 anos de desesperança”, diz João Roma sobre governos do PT na Bahia

segunda-feira, outubro 4th, 2021

Detonou. O ministro da Cidadania João Roma, voltou a criticar os qusae 16 anos de Governos do PT na Bahia. Através do Twitter, o ministro se referiu à falta de competitividade e liderança pública por parte do Governo do Estado e chegou a escrever: “Já vamos para 16 anos de desesperança. É hora de mudar”.

“A Bahia do PT é apenas a 18ª colocada no Ranking de Competitividade do CLP (Centro de Liderança Pública). Isso significa menos empregos, oportunidades e falta de estímulo para o empresário investir em nosso Estado. Já vamos para 16 anos de desesperança. É hora de mudar”, escreveu Roma em uma das publicações.

Em outra publicação, o ministro chamou de vergonho o legado do PT na Bahia. “O ranking leva em conta 86 indicadores em dez pilares e, em três deles (segurança pública, educação e potencial de mercado), a Bahia fica abaixo dos 20. Mais um legado vergonhoso do PT”.

Fotografia: Divulgação

João Roma diz que Rui Costa transfere culpa da violência para o Presidente Bolsonaro

segunda-feira, setembro 13th, 2021

Vixe. O ministro da Cidadania, João Roma, rebateu nesta segunda-feira 13/9, as declarações do governador Rui Costa (PT) sobre os elevados índices de violência na Bahia e disse que o “pior pecado é a transferência de responsabilidade”. Ao comentar sobre a morte de dois policiais militares da Rondesp, o governador petista colocou a culpa na política de armas do governo do presidente Jair Bolsonaro para a escalada da violência.

Roma, por outro lado, ressaltou que o Brasil vem registrando redução no número de homicídios, enquanto a Bahia vai na contramão e tem tido aumento. Dados do Monitor da Violência, do G1, por exemplo, mostram que o estado teve crescimento de 7,1% nas mortes violentas no primeiro semestre deste ano em relação a 2020 – saiu de 2.737 para 2.931. Neste mesmo período, o Brasil registrou queda de 8%.

“Caiu por terra o argumento do governador”, rebateu Roma. “Pior pecado: transferência de responsabilidade. A violência vem caindo no Brasil todo graças a uma política firme do governo Bolsonaro no combate à criminalidade. Temos registrado, por exemplo, recordes de apreensão de drogas. Já a Bahia vai na contramão do país. Até quando vamos tolerar a falta de planejamento e investimentos na Segurança pública?”, continuou o ministro.

Em seu Twitter, Roma ainda lamentou a morte dos policiais e criticou os governos petistas pela escalada da violência na Bahia. “Me solidarizo com as famílias dos PMs Sd. Antônio Elias e Ten. Grec, vítimas da violência. Jovens comprometidos a nos proteger e que nos deixam muito cedo com um exemplo de dedicação ao ofício. Mais um triste fim de semana de rotina de homicídios na Bahia. Lamentável legado do PT”, escreveu.

A mais recente edição do Atlas da Violência, divulgada no mês passado, mostrou que a Bahia novamente lidera o ranking de homicídios no Brasil. O estado registrou 6118 casos em 2019 (ano mais recente considerado pela pesquisa), com mais de 2500 mortes a mais em relação ao segundo colocado.

O Atlas da Violência mostra que, entre 2018 e 2019, o Brasil teve uma queda de 21,4% no número de assassinatos – saindo de 57956 para 45503. Na Bahia até houve uma diminuição dos números, mas bem abaixo ao registrado no país. A redução no estado foi de 9,8% – foi de 6787 para 6118.

Para Roma, os números evidenciam que os governos do PT na Bahia fracassaram na gestão da segurança pública. “O que temos na Bahia é uma insegurança pública provocada por um governo que não combateu o crime organizado, não investiu na valorização das forças policiais, não reforçou as estruturas de segurança, principalmente no interior. Um verdadeiro fracasso, e quem paga o preço é o povo baiano”, afirmou.

Fotografia: Agência Brasil
 

Presidente Bolsonaro na Bahia

sexta-feira, setembro 3rd, 2021

O presidente Jair Bolsonaro, desembarca na Bahia nesta sexta-feira 3/9, onde visita a cidade de Tanhaçu, no sertão baiano, para realizar a cerimônia de autorização da retomada das obras a Ferrovia de Integração Oeste Leste.

No cerimônia, o presidente estará acompanhado dos ministros Tarcísio Freitas (Infraestrutura) e João Roma (Cidadania).

“A Bahia mora no coração da gente. A capital do Brasil”, disse o presidente em um post publicado por João Roma, no Twitter.

João Roma detona o PT e a demora na construção da ponte Salvador-Itaparica

segunda-feira, agosto 30th, 2021

Olha aí. O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), usou as redes sociais para detonar o PT e criticar o atraso na construção da ponte Salvador-Itaparica, anunciada em março de 2009, na primeira gestão do governador Jaques Wagner (PT).

“A ponte para o descaso e a incompetência generalizada foi a única erguida pelo PT nesses 14 anos de governo. O senador Jaques Wagner disse que não sei fazer conta. Mas pelo visto, foi ele quem faltou aula nesse dia. A ponte de Itaparica deveria estar pronta em 2013…”, escreveu Roma, no Twitter, ao responder a uma recente declaração de Wagner.

Fotografia: Reprodução

João Roma admite que vai disputar o Governo da Bahia, diz coluna

segunda-feira, agosto 30th, 2021

De olho. O Ministro da Cidadania, o deputado João Roma (Republicanos-BA) admitiu a colegas de governo, nos últimos dias, que pretende mesmo se candidatar a governador da Bahia em 2022. A informação foi divulgada pelo site Metrópoles.

Segundo outros ministros do governo federal, Roma contou que, para não “perder a vaga” na Câmara, lançará sua mulher, Roberta Roma, como candidata a deputada federal.

Até o início de 2021, Roma estava certo de ser candidato à reeleição na Câmara. O que o animou a tentar o governo baiano foi uma pesquisa divulgada em julho, na qual apareceu com 15% das intenções de voto.

Fotografia: Reprodução

Depois de romper com Rui Costa, deputado Robinho recepciona João Roma em Eunápolis

sábado, agosto 28th, 2021

Roma na Bahia. O deputado estadual Robinho (PP), apareceu bem à vontade ao lado do ministro da Cidadania, João Roma, na sexta-feira, durante visita de Roma à Cidade de Eunápolis, no Extremo Sul da Bahia. O parlamentar pepista, que rompeu com o governador Rui Costa (PT), recentemente.

“Essa coragem de Damares, Robinho, lhe sobra. Você orgulha a todos nós que sabemos o que é seguir o caminho das nossas convicções, do que acreditamos, do que esperamos da vida pública e que não baixamos a cabeça quando as pessoas querem nos forçar, tapar a nossa visão e calar a nossa voz. Essa semana você foi notícia no Brasil porque não se permitiu subjugar e externou suas opiniões para o futuro da Bahia e do Brasil”, detonou Roma.

O ministro ainda afirmou que a gestão do Governo Estadual quer tratar os “prefeitos como pedintes”. Robinho deixou o grupo de Rui Costa reclamando de não ter recebido as emendas que tem direito.

Fotografia: Divulgação

João Roma detona o PT: “ Violência em Valéria e por toda a Bahia”

sexta-feira, agosto 20th, 2021

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), detonou e criticou o PT na Bahia, na quinta-feira 19/8, através do Twitter.

Segundo Roma, a violência registrada no bairro de Valéria, em Salvador, nos últimos dias, é por conta do “desgoverno do PT”.

“Violência em Valéria e por toda a Bahia. Comércio fechando e comunidade assustada. Recorde em mortes violentas é o resultado de 16 anos de desgoverno do PT. A Polícia precisa de apoio, gestão e estrutura para combater o crime. Mas o PT não pensa assim. Quem sofre é o povo baiano”, escreveu no Twitter.

Fotografia: Reprodução

Agora: Saiba da maior novidade sobre o novo Bolsa Família

quarta-feira, agosto 11th, 2021

Se ligue. Em entrevista ao programa A Voz do Brasil, o ministro da Cidadania, João Roma, falou na terça-feira 10/8, sobre as mudanças trazidas pelo novo auxílio do governo federal, que deve substituir o Bolsa Família até novembro.

Chamado de Auxílio Brasil, o benefício social visa ampliar a base de beneficiários do antigo Bolsa Família e alocar o máximo possível de recursos para garantir um reajuste de, pelo menos, 50% sobre o valor atual. Com isso, o governo tenta contornar a queda de renda de populações vulneráveis que será causada pelo fim do auxílio emergencial.

“O Auxílio Brasil vem aperfeiçoar o programa de renda para brasileiros em situação de vulnerabilidade. Objetivamos tornar mais efetivas as políticas públicas para que as pessoas encontrem trilhas de emancipação, para que possam caminhar com as próprias pernas e conquistar uma melhor qualidade de vida”, disse o ministro.

“Buscamos, inclusive, ampliar o número de beneficiários. Isso será feito logo após o envio da lei orçamentária ao Congresso Nacional”, complementou.

João Roma afirma que haverá transição automática dos beneficiários do Bolsa Família para o Auxílio Brasil. Para quem ainda não faz parte do programa social, mas atende aos requisitos, o método de cadastro e solicitação do auxílio é o mesmo: através do CadÚnico.

Uma das inovações do novo auxílio do governo federal é que ele oferecerá um bônus para beneficiários que conseguirem emprego formal durante o período em que receberão o benefício.

O valor final do Auxílio Brasil será definido após o fim das tramitações de medidas legais relacionadas ao programa que ainda estão sob análise do Congresso Nacional.

Alimenta Brasil

João Roma falou ainda sobre o programa Alimenta Brasil, também foi criado pela medida provisória (MP) que substitui o Bolsa Família, a MP 1.061/2021.

Segundo explicou o ministro, o programa incentivará pequenos produtores e agricultores familiares na venda de produtos agrícolas diretamente para o governo, o que garantirá renda mínima para essa população.

Para agricultores em situação de extrema pobreza, o programa garantirá, além do Auxílio Brasil, o Auxílio Inclusão Produtiva Rural. O benefício poderá ser recebido por até 36 meses. 

“Ele [Alimenta Brasil] garante aos produtores de agricultura familiar a compra de produtos em até R$ 500 por mês. Para beneficiários do Auxílio Brasil, teremos também o Alimenta Brasil – para estimular que quem possa produzir alimentos também possa acessar essa trilha de emancipação. Mesmo aqueles que não são agricultores serão estimulados a participar desse programa, que sem dúvida nenhuma irá fortalecer a segurança alimentar e nutricional do nosso país”, complementou.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

Assista: João Roma diz que governador da Bahia “tá requentando promessa”

segunda-feira, agosto 9th, 2021

A pressão subiu. O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), voltou a criticar o governador da Bahia, Rui Costa (PT), durante entrevista ao lado do presidente Jair Bolsonaro, para comunicadores da Rádio Brado, nesta segunda-feira, dia 9/8.

O presidente Bolsonaro falava que o governador não investiu no Bolsa Atleta ao citar os baianos nas Olimpíadas. Naquele instante, Roma deu sequência às críticas dizendo que Rui Costa “requenta promessas”.

https://www.instagram.com/p/CSWyM-hldIw/

Fotografia: Fábio Rodrigues Pozzebom/Divulgação/Agência Brasil

João Roma detona suspensão de compra da Sputnik: “Fracasso do PT”

sexta-feira, agosto 6th, 2021

Detonou. João Roma (Republicanos-BA), ministro da Cidadania e provável pré-candidato ao Governado da Bahia, voltou criticar o PT quanto a suspensão da importação de vacinas russas da marca Sputnik V pelo Consórcio Nordeste.

Através das redes sociais, o ministro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que o imunizante é um “fracasso do PT na Bahia”. “A vacina que foi sem nunca ter sido”, detonou.

“Sputnik V, a vacina que foi sem nunca ter sido. Fracasso do PT da Bahia, que fez propaganda, falou, falou e agora saem de fininho e desistem. O fato é que quem tem disponibilizado vacina para nosso povo é o governo @jairbolsonaro”, escreveu.

“Hoje, inclusive, a Bahia deve receber mais de 253 mil doses de vacinas. Para o nosso estado, o governo @jairbolsonaro já enviou mais de 11,3 milhões de doses. No Brasil já são mais de 184 milhões, o que nos coloca entre os países que mais vacinam no mundo”, acenou ao presidente.

Fotografia: Fábio Rodrigues Pozzebom/Divulgação/Agência Brasil

João Roma detona Rui Costa sobre vacinas enviadas pelo Governo Federal

sexta-feira, julho 30th, 2021

Largou a joça. João Roma (Republicanos), ministro da Cidadania fez criticas o governador da Bahia, Rui Costa (PT), por causa das vacinas enviadas pelo Gestão do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Através das redes sociais, o ministro detonou: “Mais vacinas chegaram à Bahia! O governo Jair Bolsonaro enviou ontem ao nosso estado mais um lote com 468 mil doses. No total, já foram mais de 10,8 milhões de doses distribuídas ao estado, com mais de 7,6 milhões aplicadas, segundo o Ministério da Saúde. Vacina, proteção e cuidado. Infelizmente, o governador Rui Costa não tem dado o devido crédito ao governo Jair Bolsonaro, que tem feito um enorme esforço para enviar imunizantes aos estados. Chegamos a 100 milhões de brasileiros imunizados. O Governo Federal seguirá com essa prioridade”, criticou Roma.

Fotografia: Reprodução/Twitter

Em Tóquio, João Roma se reúne com ministro da Educação do Japão

sexta-feira, julho 23rd, 2021

Roma em Tóquio. O ministro da Cidadania, João Roma, se reuniu nesta sexta-feira, dia 23/7, com o ministro da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (MEXT) do Japão, Hagiuda Koichi. Roma que é o representandte do Governo Brasileiro nas Olimpíadas, destacou a parceria do país asiático com o Brasil. O encontro, contou ainda com a participação do embaixador do Brasil, Eduardo Saboia.

“O governo japonês, através desse ministério, desenvolve programa anual que disponibiliza bolsas de estudos para brasileiros que desejam se aperfeiçoar em instituições do país, oferecendo aos nossos estudantes uma experiência cultural enriquecedora”, disse João Roma, ao desejar que “essa parceria Brasil-Japão na educação se fortaleça cada vez mais”.

Fotografia: Reprodução/Redes Sociais

Roma viaja para representar o presidente Bolsonaro e o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

segunda-feira, julho 19th, 2021

O presidente Jair Bolsonaro, informou ao COI (Comitê Olímpico Internacional) que não vai comparecer aos jogos de Tóquio, de 23 de julho a 8 de agosto deste ano. No lugar dele, o ministro da Cidadania João Roma será o representante brasileiro.

“Hoje à noite viajo para representar o @governodobrasil nos jogos olímpicos e paralímpicos de Tóquio, do outro lado do mundo…”, escreveu Roma nas redes sociais.

Fotografia: Reprodução/Instagram

João Roma confirma extensão do auxílio e lança novo programa social

terça-feira, julho 13th, 2021

Benefícios pra população. O ministro da Cidadania, João Roma, disse na segunda-feira 12/7, durante uma entrevista no programa A Voz do Brasil,que um novo programa social deve ser lançado em novembro, após o fim do pagamento da última parcela da prorrogação do auxílio emergencial. “Nós pretendemos transformar os programas de transferência de renda em um programa social mais robusto, com várias ações integradas. Será uma política pública, portanto, que abrirá caminho para a autonomia e emancipação do cidadão”, disse.

Segundo o ministro, o novo programa vai além do atual Bolsa Família, porque integra outras ações sociais do governo federal e vai incluir programas como a aquisição de alimentos que, segundo Roma, virá para “fortalecer o quesito de segurança alimentar e nutricional”, de capacitação, de empreendedorismo e de microcrédito. “O que nós queremos oferecer ao cidadão é ir além de uma teia de proteção para sua situação de vulnerabilidade, mas também oferecer todas as ferramentas do estado brasileiro para que ele possa alcançar maior condição e uma melhor qualidade de vida para si e para sua família”, explicou.

Auxílio emergencial

O ministro também explicou sobre a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial e disse que o calendário com as datas da extensão de três meses do auxílio deve ser divulgado na próxima semana. “Todos os que já estão recebendo vão receber normalmente a extensão de 3 meses do auxílio. As parcelas serão pagas em agosto, setembro e outubro e todos os beneficiários que cumprem os requisitos na medida provisória serão contemplados. Hoje contemplamos quase 40 milhões de beneficiários [do auxílio emergencial] em todo o Brasil”. 

Para pagar a prorrogação de três meses do auxílio emergencial, o Ministério da Cidadania recebeu um crédito extraordinário de mais de R$ 20 bilhões. 

Roma destacou que, junto com a  Polícia Federal, Caixa Econômica Federal, Ministério Público Federal, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, é feito um esforço coletivo para se combater as fraudes. “Esse trabalho integrado é essencial para combater com eficiência os criminosos que tentam fraudar o pagamento do auxílio”. O ministro também disse que o cidadão pode denunciar irregularidades por meio da conta digital www.cidadania.gov.br/auxilio.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

Com moral: Presidente Bolsonaro aparece em evento de João Roma e diz que ministro “é o futuro do Estado”

domingo, junho 20th, 2021

Mostrando força. O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) apareceu através de vídeo chamada em conversa com o Ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), na Cidade de Amargosa, neste domingo, dia 20/6.

O ministro João Roma está em uma fazenda na Cidade para encontro com prefeitos, apoiadores e outros políticos do Vale do Jiquiriçá. Durante o evento, ele ligou diretamente para o presidente. Do outro lado da tela, o presidente Bolsonaro afirmou que o ministro, representante da Bahia, é o “futuro do Estado”. 

O presidente falou: “Aos meus amigos da Bahia, um grande abraço para vocês. Parabéns pela liderança do João Roma, queremos o melhor para o Brasil. João Roma é o cara aí, é o futuro com certeza”, disse o comandante da Nação.    

Fotografia: Reprodução

Coronel Sturaro posta foto com Roma e “abala” o mundo político para 2022

segunda-feira, junho 7th, 2021

Olha aí. O Coronel Humberto Sturaro (PM-BA) postou uma foto ao lado do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), nas redes sociais, no domingo 6/6. A publicação aumentou as conversas com relação à disputa eleitoral em 2022, onde Roma é sondado como possível candidato do presidente Jair Bolsonaro ao Governo da Bahia.

Já Sturaro é tido como provável candidato à Câmara dos Deputados. “Bahia, deixa eu cuidar de você! Conhecer, conviver e acreditar”, escreveu, no post.

Fotografia: Reprodução/Instagram

“Longe” de ACM Neto, João Roma articula autorização para início do trecho 2 do BRT de Salvador

sexta-feira, junho 4th, 2021

Êta. Deposi que se afastou do ex-correligionário e ex-porefeito de Salvador, ACM Net, João Roma, ministro da Cidadania, tem buscado o diálogo com o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). Roma, o prefeito de Salvador, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinaram na quarta-feira, dia 2/6, a autorização para início da execução do trecho 2 do BRT da capital baiana. Serão investidos R$ 215,2 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União e contrapartida da prefeitura.

Com isso, a elaboração dos projetos básico e executivo deve ser iniciada já em julho, com previsão para conclusão de três meses. Em seguida, a prefeitura fará a licitação para início da implantação do trecho 2, que vai da estação BRT Cidade Jardim (Parque da Cidade) à estação da Lapa. João Roma buscou articulação junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para agilizar o projeto para que as obras possam logo ser iniciadas, uma vez que se trata de uma ação importante para a mobilidade da capital baiana, envolvendo transporte público e outras intervenções viárias.

“Nós trabalhamos para ajudar a agilizar este projeto, porque sei que ele vai ser importante para melhorar a vida das pessoas em Salvador, principalmente daquelas que mais precisam, daquelas que utilizam o transporte público diariamente. Agora, com a autorização para a elaboração dos projetos, nosso desejo é que o processo possa caminhar e que as obras sejam logo iniciadas. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro Rogério Marinho pelo carinho e atenção com Salvador. Vamos continuar à disposição para ajudar no que puder nossa capital baiana”, afirmou Roma ao site dele.

Fotografia: Divulgação

João Roma escalado: Ministro vai representar o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

domingo, maio 23rd, 2021

Cheio de moral. O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), informou ao COI (Comitê Olímpico Internacional) que não vai comparecer aos jogos Olímpicos de Tóquio que acontecem de 23 de julho a 8 de agosto deste ano, no Japão, País da Ásia. No lugar do chefe da Nação, o ministro da Cidadania João Roma foi escalado e será o representante brasileiro durante o evento.

Fotografia: Reprodução/YouTube

Ligado a ACM Neto, Kaio Moraes vai comandar as Prefeituras-Bairro de Salvador

sexta-feira, maio 14th, 2021

A volta. O ex-chefe de gabinete na gestão do ex-prefeito ACM Neto (DEM) Kaio Moraes está de volta ao centro do poder municiapal. Ele tem nomeação prevista para esta sexta-feira, dia 14/5, como secretário das Prefeituras-Bairro de Salvador no lugar de Luiz Galvão, que acabou exonerado assim que aconteceu o rompimento político entre ACM Neto e o atual ministro da Cidadania João Roma. O anúncio do nome de Kaio Moraes foi feito pelo prefeito da Capital, Bruno Reis (DEM), durante entrevista coletiva virtual.

O prefeito falou sobre as qualidades do novo integrante da equipe: “Ele tem o perfil de uma pessoa executiva, operacional, ele é mais de campo do que de retaguarda e de articulação política. Eu já vinha cogitando essa possibilidade. Eu queria uma pessoa que tivesse mais aptidão política, Kaio está vindo para somar, é um quadro público experiente”, elogiou Bruno Reis.

Fotografia: Divulgação