Posts Tagged ‘eleições 2024’

Bruno Reis amplia vantagem na disputa pela reeleição, diz pesquisa

terça-feira, julho 16th, 2024

Olha aí. O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), ampliou a vantagem na disputa pela reeleição e tem mais de 55 pontos percentuais de frente em relação ao segundo colocado, conforme aponta levantamento do instituto Paraná Pesquisas. Bruno aparece agora com 67,6% das intenções de voto, enquanto em junho tinha 64%. 

A nova pesquisa foi divulgada nesta terça-feira, dia 16/7, e foi contratada por um consórcio formado entre o Bahia Notícias, a TV Aratu e a rádio Salvador FM. Na segunda posição aparece o vice-governador Geraldo Júnior (MDB), com 12,5%, seguido pelo pré-candidato do PSOL, Kleber Rosa, que pontuou com 3%, e por Victor Marinho (PSTU), que tem 2,8%.

Levando em consideração as intenções de votos válidos, Bruno Reis chega a 78%. Neste cenário, o vice-governador chega a 14,5%. A diferença entre os dois, portanto, supera a casa dos 63 pontos percentuais. 

Bruno Reis também lidera com ampla vantagem no cenário espontâneo, quando os nomes dos pré-candidatos não são apresentados. Segundo a pesquisa, o prefeito foi lembrado por 28,9% dos entrevistados, enquanto Geraldo foi citado por 2,9%. 

Por outro lado, Geraldo Júnior lidera a rejeição com 37,1% – ou seja, mais de um terço dos entrevistados. Já Bruno Reis tem o menor percentual, com 17,7%. 

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 15 de junho na capital baiana e ouviu 800 eleitores. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-02875/2024 e tem margem de erro de 3,5% e intervalo de confiança de 95%.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Jefferson Peixoto/Arquivo/Secom

PL Salvador prepara pré-candidatas à Câmara Municipal

segunda-feira, julho 15th, 2024

Olha aí. “Mais mulheres na política” é o lema do PL Salvador para as eleições municipais deste ano. A legenda iniciou a preparação das pré-candidatas a vereadoras da capital baiana na manhã desta segunda-feira, dia 15/7. A meta é habilitar um número de mulheres superior ao mínimo de 14 do total de 44, exigido por lei, para a disputa da Câmara. “Hoje reunimos 19 pretendentes, mas a participação feminina ainda pode aumentar na chapa do PL Salvador”, disse o presidente do diretório municipal, João Lages. “A democracia não abre mão da mulher atuando na política brasileira”

Registro de candidatura, propaganda eleitoral e prestação de contas foram os principais temas abordados pelos advogados do partido, Ícaro Rocha e Alexandre Abreu, e o contador Raimundo Vieira. Rocha destacou a necessidade de as pré-candidatas expedirem pela internet as certidões da justiça e de quitação eleitoral para o registro das candidaturas. “É imprescindível que toda a documentação esteja em dia para o registro transcorrer sem problemas”.

A reunião com as pré-candidatas do PL ocorreu em momento oportuno. Está deflagrada a corrida contra o tempo. No sábado, dia 20/7, começa o prazo para a realização das convenções partidárias, que vão até 5 de agosto. O presidente do PL Salvador, João Lages, anunciou que a convenção da legenda será no dia 25 de julho, quando haverá a oficialização das candidaturas a vereador. Para prefeito, o partido decidiu apoiar a reeleição de Bruno Reis.

O advogado Ícaro Rocha informou que, depois da convenção, as candidatas com seus registros devidamente deferidos pela Justiça Eleitoral já poderão requerer o CNPJ e abrir as respectivas contas bancárias para a movimentação dos recursos da campanha. O contador Raimundo Vieira alertou que não é permitido a realização de pagamentos avulsos das despesas da campanha e se colocou à disposição das postulantes para tirar quaisquer dúvidas.

A importância da atenção às notificações e comunicados da Justiça Eleitoral foi ressaltada pelo advogado Alexandre Abreu. Ele orientou que cada uma das postulantes preenchesse o formulário de registro com e-mail e número de whatsapp devidos para o acompanhamento diário dos informes judiciais. “Os prazos da Justiça Eleitoral são céleres. No caso de propaganda irregular, a candidata deverá removê-la em até 24 horas sob pena de multa de alto valor pecuniário”. Um novo encontro com pré-candidatos a vereadores será realizado brevemente.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Max Haack/Divulgação

A pesquisa das intenções de voto para Prefeitura de Ouriçangas

segunda-feira, julho 15th, 2024

Olha aí. Rony do PT lidera a disputa eleitoral em Ouriçangas, segundo pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo Instituto de Pesquisa e Análise Política (IPAP) e divulgada nessa segunda-feira (15). Na pergunta espontânea, o petista alcançou 55,6% contra 19,5% de Simone do Iraí (Avante) e 15% de Tarcísio de Milton (MDB).

A liderança de Rony do PT é mantida quando avaliada a intenção de voto estimulada. No primeiro cenário, o petista obteve 59%, ficando Simone do Iraí em segundo lugar com 20% e Tarcísio de Milton em terceiro com 15,7%. Brancos e nulos somaram 3,5% e os indecisos foram somente 1,9% dos entrevistados.

O segundo cenário estimulado testado pela pesquisa foi o embate direto de Rony do PT (59,5%) e Tarcísio de Milton (30,3%), mantendo-se a liderança isolada do pré-candidato petista. Já o terceiro cenário estimulado testou o embate entre Rony do PT (62,1%) e Simone do Iraí (29%), sendo que o petista amplia a margem de diferença de intenção de voto, mantendo-se isolado na liderança.

Quando os entrevistados foram perguntados sobre quem tem mais chance de vitória independente da intenção de voto, Rony do PT obteve 63,5%, consolidando um cenário eleitoral de ampla liderança do pré-candidato a prefeito na percepção quanto à maior chance de vitória no pleito municipal.

O levantamento está registrado junto à Justiça Eleitoral sob o número BA-04395/2024.

Avaliação da gestão:

O cenário eleitoral confirma um viés governista na preferência dos eleitores de Ouriçangas (BA), já que 61,4% entendem que o atual prefeito Tonho de Fiito foi o melhor prefeito dos últimos 20 anos.

A gestão do prefeito Tonho de Fiito é aprovada por 80,2% dos entrevistados, sendo que a sua avaliação positiva (ótima/boa) alcançou 65,8%, sendo o principal cabo eleitoral para a definição da disputa municipal do mês de outubro próximo.

Os serviços públicos e a avaliação sobre a organização das festas de São João no município obtiveram aprovação maciça dos eleitores ouvidos pela pesquisa, com opiniões favoráveis superiores a 70% dos consultados.

A força do presidente Lula (PT) e do governador Jerônimo Rodrigues (PT) em Ouriçangas fez parte de uma pergunta específica sobre a chance de voto de um pré-candidato com o apoio de ambas as lideranças políticas da Bahia e do Brasil, sendo que 40% afirmam votar com certeza em um candidato apoiado pelas lideranças petistas.

A eleição no município está mobilizada, sendo que 49,6% têm um interesse grande pelas eleições e 29% um interesse médio, confirmando que as eleições municipais são de grande importância para a população.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografias: Reprodução e Divulgação 

Faltando 3 meses para as eleições, presidente declara apoio a Geraldo Jr.

terça-feira, julho 2nd, 2024

Indo pra cima. Faltando três meses para as eleições municipais, o presidente Lula declarou apoio público a Geraldo Jr. para prefeito de Salvador. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 2 de julho, em entrevista a Rádio Sociedade da Bahia.

“Eu apoio o Geraldo, ele é o pré-candidato da base. Com ele, podemos ter a experiência de cuidar das pessoas aqui em Salvador. Fico torcendo por ele. Eu respeito a decisão e o voto do povo da Bahia”, disse o presidente.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Reprodução 

Principais restrições do calendário eleitoral começam em julho

segunda-feira, julho 1st, 2024

Abra o olho. A partir deste mês, começam a valer as principais restrições previstas no calendário eleitoral para impedir o uso da máquina pública a favor de candidatos às eleições municipais de outubro. As vedações estão previstas na Lei das Eleições (Lei 9.504/1997).

No dia 6 de julho, três meses antes do pleito, começam as restrições para contratação e demissão de servidores públicos. A partir do dia 20, os partidos podem realizar suas convenções internas para a escolha dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores.

O primeiro turno das eleições será no dia 6 de outubro. O segundo turno da disputa poderá ser realizado em 27 de outubro nos municípios com mais de 200 mil eleitores, nos quais nenhum dos candidatos à prefeitura atingiu mais da metade dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos, no primeiro turno. 

Confira as principais restrições

6 de julho 

Nomeação de servidores – a partir de sábado (6/7), três meses antes do pleito, os agentes públicos não podem nomear, contratar e demitir por justa causa servidores públicos. A lei abre exceção para nomeação e exoneração de pessoas que exercem função comissionada e a contratação de natureza emergencial para garantir o funcionamento de serviços públicos essenciais.

Concursos  – A nomeação de servidores só pode ocorrer se o resultado do concurso foi homologado até 6 de julho.

Verbas  – Os agentes públicos também estão proibidos de fazer transferência voluntária de recursos do governo federal aos estados e municípios. O dinheiro só pode ser enviado para obras que já estão em andamento ou para atender situações de calamidade pública.

Publicidade estatal – A autorização para realização de publicidade institucional de programas de governo também está proibida. Pronunciamentos oficiais em cadeia de rádio e televisão e a divulgação de nomes de candidatos em sites oficiais também estão vedados e só podem ocorrer com autorização da Justiça Eleitoral. 

Inauguração de obras – Também fica proibida a participação de candidatos em inaugurações de obras públicas.

20 de julho 

Convenções – A partir do dia 20 de julho, os partidos políticos e as federações poderão escolher seus candidatos para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. O prazo para realização das convenções termina em 5 de agosto.

Gastos de campanha – Na mesma data, o TSE divulgará o limite de gastos de campanha para os cargos que estarão em disputa. 

Direito de resposta – Também começa a valer a possiblidade de candidatos e partidos pedirem direito de resposta contra reportagens, comentários e postagens que considerarem ofensivas na imprensa e nas redes sociais.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia / Fonte: Agência Brasil 

Bruno Reis oficializa pré-candidatura à reeleição em Salvador

segunda-feira, junho 3rd, 2024

Olha aí. O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), anunciou oficialmente, na tarde desta segunda-feira, dia 3/6, sua pré-candidatura à reeleição. Em coletiva de imprensa realizada no Quality Hotel & Suítes São Salvador, no Stiep, o chefe do Executivo municipal também confirmou a manutenção de Ana Paula Matos (PDT) na chapa como vice-prefeita.

“Nesta tarde, falo em alto e bom som, afirmar a vocês que a partir de hoje eu estou a disposição do povo dessa terra que eu tanto amo”, discursou o prefeito.

“Esse sonho, de continuar conduzindo os destinos dessa terra, não podia ser só meu. E para isso, eu sempre disse que iria ouvir a cidade. Ouvir as pessoas. As pessoas que iriam decidir qual seria o meu destino. Conversei com vocês que estão aqui, lideranças políticas, pré-candidatos, vereadores e deputados, e aqui estamos hoje com o apoio de 13 partidos”, completou.

A coligação encabeçada por União Brasil e PDT ainda conta com DC, PRTB, Mobiliza, PMB, Novo, PL, PRD, PSDB, Cidadania, Republicanos, Progressistas. 

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Reprodução / Redes Sociais 

Lúcio Vieira Lima esclarece quantidade de candidatos que o MDB vai lançar

quinta-feira, abril 18th, 2024

Olha aí. O presidente de honra do MDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima, revelou quantos candidatos às Prefeituras a sigla deve lançar para as eleições de 2024 – há quatro anos, o partido elegeu 15 prefeitos e, recentemente, passada a janela partidária, a legenda conta com 21 gestores municipais.

Para o pleito deste ano, o MDB tem pré-candidatos em quatro das cinco maiores Cidades da Bahia: Salvador, Geraldo Júnior; Vitória da Conquista, com Lúcia Rocha; Camaçari, com Oswaldinho Marcolino; e Juazeiro, com Andrei da Caixa. Em Feira de Santana, a decisão foi por apoiar a candidatura de Zé Neto (PT).

“Desses 21 municípios que governamos, vamos ter candidato à reeleição ou sucessor do MDB”, disse ele ao Política Livre. “No total, já chegamos a ter 200 pré-candidatos a prefeito. Mas depois do prazo de filiações, esse número caiu para cerca de 170, por conta de composições. Com as convenções, o número deve ficar em torno de 150 pelo menos”, completou.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Lúcio Bernardo Jr/Câmara dos Deputados

Visto como esquerda “raiz”, Kleber Rosa define pré-candidatura à Prefeitura de Salvador

sexta-feira, abril 5th, 2024

Olha aí. O PSOL já tem data para o lançamento da pré-candidata à prefeitura de Salvador de Kleber Rosa, e da vice na chapa, Miralva Alves Nascimento. O evento será no dia 13 de abril, às 14h, na Casa do Olodum, localizada no Pelourinho, Rua Maciel de Baixo, n°22. Na ocasião,  será feito o lançamento também de um aplicativo que pretende facilitar a comunicação entre a população e a equipe da pré-campanha. 


A atividade será o pontapé inicial para a “construção coletiva” do Programa de Governo destinado à capital baiana com propostas voltadas ao direito à cidade,  mobilidade urbana, segurança pública, saúde, moradia, educação, defesa das áreas verdes e de preservação ambiental, dentre outros eixos temáticos de interesse da população soteropolitana. 


O evento vai contar com a participação massiva da militância do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e da Rede Sustentabilidade, de lideranças comunitárias, movimentos de moradia popular, lideranças LGBTQIAPN+, categorias do funcionalismo público, sindicatos, movimentos de mulheres, entidades dos movimentos negros, representantes de terreiros de candomblé, de comunidades quilombolas, de fundo e fecho de pasto, e de marisqueiras da capital baiana. 

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação 

De olho nas eleições, secretários de Jerônimo podem deixar pastas logo logo

quarta-feira, março 27th, 2024

Olha aí. Ligados nas eleições municipais, em outubro deste ano, pelo menos dois secretários do governo Jerônimo Rodrigues (PT), devem deixar os postos, já na próxima semana, para se dedicar às respectivas pré-campanhas.

Apesar de terem até o dia 5 de junho para saírem das pastas – quatro meses antes das eleições -, conforme o calendário eleitoral, Adélia Pinheiro (Educação) e Luiz Caetano (Relações Institucionais) vão antecipar a preparação de suas campanhas para às Prefeituras de Ilhéus e Camaçari, respectivamente.

Segundo o Política Livre, Caetano já teria inclusive comunicado à sua equipe que vai deixar a pasta no dia 4. Na Secretaria de Educação, por sua vez, Adélia pode comunicar sobre a data de saída dela da pasta estadual na próxima semana.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação / GOVBA

O que foi aprovado pelo TSE nas eleições de outubro

quarta-feira, fevereiro 28th, 2024

Olha aí. Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na terça-feira, dia 27/2, uma resolução para regulamentar o uso da inteligência artificial durante as eleições municipais de outubro.

A norma proíbe manipulações de conteúdo falso para criar ou substituir imagem ou voz de candidato com objetivo de prejudicar ou favorecer candidaturas. A restrição do uso de chatbots e avatares para intermediar a comunicação das campanhas com pessoas reais também foi aprovada. 

O objetivo do TSE é evitar a circulação de montagens de imagens e vozes produzidas por aplicativos de inteligência artificial para manipular declarações falsas de candidatos e autoridades envolvidas com a organização do pleito.

Os ministros também aprovaram na sessão desta noite diversas resoluções que vão balizar o pleito deste ano.

Redes sociais

Para combater a desinformação durante a campanha, o TSE vai determinar que as redes sociais deverão tomar medidas para impedir ou diminuir a circulação de fatos inverídicos ou descontextualizados. As plataformas que não retirarem conteúdos antidemocráticos e com discurso de ódio, como falas racistas, homofóbicas ou nazistas, serão responsabilizadas.

Armas

O TSE voltou a proibir o transporte de armas e munições no dia das eleições municipais de outubro. A restrição foi adotada na disputa presidencial em 2022 e será inserida na norma geral do pleito deste ano.

Conforme a medida, quem tem porte não poderá circular nas ruas com armas e munições entre as 48 horas que antecedem o dia do primeiro ou segundo turnos e nas 24 horas posteriores.

Transporte gratuito

Em outra resolução aprovada, o TSE garantiu que os municípios deverão disponibilizar transporte público gratuito no dia do primeiro e segundo turnos.

Artistas

Após limitações da liberdade de expressão nas eleições passadas, os ministros decidiram que artistas e influenciadores poderão demostrar apoio a candidatos durante suas apresentações, desde que as manifestações sejam de forma voluntária e gratuita.

Fundo de Campanha

Sobre o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), os partidos deverão informar em suas páginas na internet o valor total recebido dos cofres públicos e os critérios adotados para distribuir as quantias para os candidatos.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia / Fonte: Agência Brasil 

Geraldo Júnior e o grupo político que não tem candidato

segunda-feira, dezembro 11th, 2023

As articulações. O vice-governador da Bahia, Geraldo Júnior (MDB), disse, nesta segunda-feira 11/12, que o grupo político dele ainda não tem candidato escolhido para a eleição municipal de 2024, e que o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), é o único pré-candidato, hoje, à prefeitura. “Ninguem aqui é principiante de achar que Bruno não vai pra uma reeleição. O prefeito é o único candidato que tem, hoje, pra 2024. Nosso grupo político ainda não tem um candidato escolhido”, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole.

Antes, Geraldo reforçou que há condições impostas por ele para sair candidato a prefeito da capital baiana. “Queria deixar claro aos pesos que esse não é um projeto pessoal. Eu só entro num enfrentamento como esse se para um projeto político de grupo”, disse.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Reprodução/ Redes Sociais 

O conselho para as próximas eleições

sábado, dezembro 9th, 2023

Olha aí. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta sexta-feira, dia 8/12, em Brasília, da abertura da Conferência Eleitoral do Partido dos Trabalhadores (PT), evento que debate as estratégias da legenda para as eleições municipais do ano que vem, quando serão definidos os prefeitos e vereadores de mais de 5,5 mil municípios do país.

Cerca de 2,5 mil militantes, dirigentes partidários e políticos compareceram ao auditório de um centro de convenções, incluindo ministros do governo, governadores, a primeira-dama Janja Lula da Silva e o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB). 

Em discurso que durou cerca de 50 minutos, Lula disse que os resultados das ações do governo ainda vão aparecer e projetou que, no ano que vem, a disputa eleitoral deverá repetir uma polarização ideológica similar a que ocorreu nas eleições de 2022.

“90% das coisas que anunciamos ainda não brotaram”, disse Lula, ao destacar que é preciso que as pessoas continuem cobrando e pedindo mais. “Agora, a economia vai crescer no mínimo 3%. Os empregos, nós vamos chegar a 2 milhões. É muito? Não, é pouco. Eu quero mais. E vocês têm que querer mais. Nunca se contentem com o que a gente faz. Peçam mais. Quanto mais reivindicação, mais a gente tem coragem e motivação de fazer as coisas”, completou.

Polarização

Sobre as eleições municipais em 2024, Lula afirmou que a polarização deverá voltar e ser encarada sem medo, de forma competitiva. “A gente vai ter que mostrar que nós queremos exercitar a democracia, vamos fazer as eleições mais competitivas possíveis, mas a gente não vai ter medo de ninguém.”

O presidente fez uma defesa enfática da democracia, ao citar os últimos quatro anos e as ameaças de ruptura democrática. “A democracia é um valor fundamental, não é uma coisa qualquer. Aprendemos a amar o que é democracia, que é viver democraticamente na adversidade conviver com os diferentes, aprender a respeitar, a não ser negacionista”. 

Ele também disse que vai participar da campanha em 2024, visitando algumas cidades, fora do horário de trabalho na Presidência da República.

Trabalho de base

Durante a abertura da conferência, Lula lembrou vários momentos da história do PT e pediu que o partido volte a ser um pouco como era no começo, “para reconquistar credibilidade”, pedindo a retomada de um trabalho de base diretamente nas comunidades, ouvindo o povo. 

Para o presidente, a legenda deve aprender a dialogar com os setores da sociedade que não são majoritariamente próximos do partido, citando os evangélicos. 

“Gente trabalhadora, gente de bem, gente que muitas vezes agradece à igreja por ter tirado o marido da cachaça para cuidar da família”, acrescentou, mencionando ainda o setor do agronegócio e os pequenos e médios empresários.

Siga @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/fonte: Agência Brasil

ACM Neto debate eleição de Salvador em dezembro 

sexta-feira, novembro 17th, 2023

Articulações começando. Com o prefeito Bruno Reis (União Brasil) tido como principal aposta para representar a direita contra a base governista, liderada pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), o principal cacique da oposição, ex-prefeito ACM Neto (União Brasil) debate a disputa pela Prefeitura de Salvador no próximo dia 11/12.

Ele que é presidente da Fundação Índigo e secretário-geral do União Brasil, ACM Neto defendeu na manhã desta sexta-feira (17), na contramão do discurso do aliado [Bruno Reis] que reitera a tese de que só debaterá a eleição em 2024, defende que os candidatos às próximas eleições discutam os problemas de suas cidades com muita antecedência.

“Compreenda a entender os problemas vividos pelas cidades, quais são as expectativas que as pessoas têm de mudanças para o futuro de forma antecipada. E como é que a gente faz isso, porque fazer discurso é fácil, falar é fácil, agora operacionalizar, tirar do papel e colocar na prática é outra coisa”, frisou nesta sexta-feira, dia 17/11, durante o seminário “Novos Caminhos para Aracaju”, durante coletiva no Hotel Delmar, na capital sergipana.

Segundo Neto, “nós colocaremos à disposição de todos muitas ideias para permitir que os quadros se coloquem de maneira muito mais qualificada nos debates. E aí, no dia 1º de janeiro de 2025, quando assumirem seus cargos, os nossos filiados já vão saber o que fazer no primeiro dia de mandato”.

Ex-prefeito de Salvador por oito anos, ACM Neto ressaltou que o grande problema no Brasil é que muitos candidatos sequer têm plano de governo. “A realidade é que muitos candidatos não têm compromisso eleitoral e não sabem o que fazer depois da vitória eleitoral. Não podemos governar de acordo com a nossa cabeça, temos de governar de acordo com que as pessoas pensam e desejam”, disse ACM Neto.

Siga o @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia/Fonte: Ascom ACM Neto