Posts Tagged ‘pesquisa’

Pesquisa: Lula mantém liderança; sem petista, Bolsonaro fica em 1º

segunda-feira, maio 14th, 2018

Foi divulgada nesta segunda-feira 14/05 a pesquisa de intenção de voto para Presidente, realizada pelo CNT/MDA. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a primeira colocação , no cenário em que aparece como candidato. O deputado Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança nos cenários sem o petista.

Lula registrou 32,4% das intenções de voto, à frente de Bolsonaro (PSL), com 16,7%, e Marina Silva, da Rede, com 7,6%. Na pesquisa anterior, de março, Lula tinha 33,4%, Bolsonaro tinha 16,8% e Marina aparecia com 7,8%.

Sem Lula, Bolsonaro aparece no levantamento deste mês em primeiro lugar com 18,3%, à frente de Marina, com 11,2%, e com Ciro Gomes, do PDT, em terceiro, com 9%. No levantamento de março, Bolsonaro tinha 20% no cenário sem Lula, enquanto Marina aparecia com 12,8% e Ciro tinha 8,1%.

A 136ª Pesquisa CNT/MDA foi realizada de 9 a 12 de maio de 2018.Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral),com o número BR-09430/2018.

 

 

 

 

Foto: Agência Brasil

Pesquisa revela que Lula é o político que mais envergonha o Brasil

sexta-feira, maio 4th, 2018

Misericórdia. O Instituto Paraná realizou uma pesquisa no país para saber qual é o político que mais envergonha o Brasil.

Lula aparece em primeiro lugar.

Acompanhe o ranking da vergonha:

Lula: 26,4%

Michel Temer: 20,3%

Aécio Neves: 11,7%

Sérgio Cabral: 10%

Dilma Rousseff: 8,6%

Eduardo Cunha: 5,4%

Gleisi Hoffmann: 2,2%

Renan Calheiros: 1,7%

Geraldo Alckmin: 1%

 

 

 

Foto: Reprodução

Pesquisa para governo aponta Neto na frente de Rui; diferença diminui

quinta-feira, novembro 30th, 2017

Cenário para 2018. Nova pesquisa feita e divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisas, com encomenda feita pela Record TV Itapoan, aponta o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), com vantagem contra o governador Rui Costa (PT) nas para a disputa pelo governo da Bahia em 2018. O gestor da capital aparece com 49% das intenções de voto, enquanto que o atual Rui Costa, aparece com 33,7%. Da Luz (PRTB) chega com 2% das intenções de voto. Já Fábio Nogueira (PSOL) tem 1,5%. Não sabem – 5,9% e Nenhum – 7,8%.

Em julho, a pesquisa a pesquisa da época, apontou ACM Neto com 56,4% e Rui com 25,8%. O gestor da Capital perdeu 7,8 pontos e Riu subiu 7 pontos.

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira, dia 30/11, também um cenário de 2º turno, onde o prefeito ACM Neto (DEM) teria 50,6% e Rui Costa (PT) com 35,8%.

 

 

 

Fotos: Reprodução

 

SSP vai medir sensação de segurança no estado

sexta-feira, novembro 17th, 2017

Olha aí. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) quer medir a sensação de segurança do cidadão baiano e, para isso, já iniciou processo de contratação de um instituto de pesquisa. O estudo qualitativo vai aferir também a satisfação e a confiabilidade da população nas instituições, como as Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Departamento de Polícia Técnica.

De acordo com o secretário Maurício Barbosa, a medição será importante para que os gestores e a própria sociedade baiana conheçam a real situação do estado. “Faremos esse levantamento, para sabermos onde precisamos melhorar. Será um indicador fundamental para nossas futuras ações e investimentos”, explicou Barbosa.

Foto: Divulgação SSP

Mais de 500 mulheres são agredidas por hora no Brasil, mostra pesquisa

quarta-feira, março 8th, 2017

A cada hora, 503 mulheres sofreram algum tipo de agressão física em 2016, segundo pesquisa do instituto Datafolha encomendada pelo Fórum de Segurança Pública. O estudo, divulgado hoje (8), foi feito com entrevistas presenciais em 130 municípios brasileiros. No total, foram 4,4 milhões de mulheres, 9% da população acima de 16 anos, que relataram ter sido vítimas de socos, chutes, empurrões ou outra forma de violência.

As agressões verbais e morais, como xingamentos e humilhações, atingiram 22% da população feminina. Ao longo do ano passado, 29% das mulheres passaram por algum tipo de violência, física ou moral. Entre as pretas (expressão usada pelo IBGE), o índice sobe para 32,5% e chega a 45% entre as jovens (de 16 a 24 anos).

Foram vítimas de ameaças com armas de fogo ou com facas 4% – 1,9 milhão de mulheres. Espancamentos e estrangulamentos vitimaram 3%, o que representa 1,4 milhão de mulheres, enquanto 257 mil, 1% do total, chegaram a ser baleadas.

A cada três brasileiros, incluídos homens e mulheres, dois presenciaram algum tipo de agressão a mulheres em 2016, desde violência física direta, a assédio, ameaças e humilhações. O percentual é de 73% entre as pessoas pretas e 60% entre as brancas. Agência Brasil

 

 

Foto: Reprodução

Obesidade em adolescentes pode ser causada por falhas de mastigação, diz estudo

segunda-feira, janeiro 23rd, 2017

IMG_5407

Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostra que a maioria dos adolescentes obesos apresenta problemas na mastigação. De acordo com o estudo, que analisou a forma de comer de 230 jovens, a maioria mastiga de um lado só da boca, ou usa técnicas para ajudar na mastigação, como adição de molho à comida e ingestão de líquidos.

Segundo a dentista Paula Midori Castelo, professora adjunta do Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da Unifesp, que coordenou a pesquisa, foram selecionados para a análise adolescentes saudáveis com idade entre 14 e 17 anos. Entre os adolescentes, havia os considerados magros, com sobrepeso e, em um nível mais preocupante, os obesos. Nenhum apresentava problemas dentários como cárie ou necessidade de tratamento ortodôntico.

Nos testes, feitos na Faculdade de Odontologia da Unicamp, na cidade de Piracicaba, os voluntários foram filmados enquanto se alimentavam, para que os pesquisadores avaliassem seus possíveis hábitos alimentares que podem contribuir para a obesidade.

Paula disse que a maior parte dos obesos pratica a mastigação unilateral, um problema comportamental, sem relação com problemas dentários. Essa falha sobrecarrega os dentes, ossos e musculatura de um lado da arcada dentária.

“No dia a dia, as pessoas podem querer mastigar de um lado só por restaurações mal feitas ou próteses. Mas não é legal mastigar de um lado só, porque você não mistura adequadamente o alimento com a saliva, não tritura tão bem, não forma o bolo alimentar adequado”, disse ela.

Outro hábito observado com mais frequência entre os obesos é a adição de molho aos alimentos secos, o que facilita a mastigação e a deglutição. Eles também mostraram preferência por alimentos cortados em pedaços menores, carnes desfiadas e dispensam morder uma maçã inteira, por exemplo.

Tomar sucos, refrigerantes e água durante as refeições também é prejudicial, porque a tendência entre os voluntários foi engolir pedaços grandes de comida usando os líquidos para facilitar o processo. “Quando as partículas diminuem, elas chegam no estômago prontas para serem digeridas, para que as enzimas atuem para absorver os nutrientes. O alimento mal mastigado causa fricção no esôfago e a absorção dos nutrientes é prejudicada. O obeso também tem carência nutricional”, explicou.

Foto: Agência Brasil

Custo da cesta básica cresce em todas as capitais em 2016

quarta-feira, janeiro 4th, 2017

cesta_basica

O custo da cesta básica aumentou nas 27 capitais brasileiras no acumulado de 2016, segundo pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores altas ocorreram em Rio Branco (23,63%), Maceió (20,69%) e Belém (16,70%). As menores variações foram em Recife (4,23%), Curitiba (4,61%) e São Paulo (4,96%).

Na comparação entre novembro e dezembro, o valor da cesta diminuiu em 25 cidades. As quedas mais expressivas foram em Aracaju (-5,11%), Campo Grande (-4,16%) e São Luís (-4,13%). Apenas Manaus (0,22%) e Rio Branco (0,97%) registraram alta.

O maior custo do conjunto de bens alimentícios básicos foi apurado em Porto Alegre (R$ 459,02), seguido de Florianópolis (R$ 453,80), Rio de Janeiro (443,75) e São Paulo (R$ 438,89). Os menores valores médios foram observados em Recife (R$ 347,96), Aracaju (R$ 349,68) e Natal (R$ 351,96). Agência Brasil

 

 

Foto: Reprodução

 

Governo Rui Costa é aprovado por mais de 60% dos moradores de Salvador

sexta-feira, setembro 2nd, 2016

ruicosta

Bem na fita. Em pesquisa encomendada pela TV Record Bahia e realizada pelo instituto Paraná, 61,1% dos entrevistados se dizem satisfeitos com a administração do governador Rui Costa (PT). A desaprovação atinge 32,9% dos entrevistados, enquanto 6,1% não souberam ou optaram por não responder à pergunta. A pesquisa foi feita com 760 entrevistados, entre os dias 26 e 30 de agosto. 

 

Lauro de Freitas: Pesquisa mostra liderança de Moema Gramacho

terça-feira, agosto 30th, 2016

13216,prefeitura-de-lauro-de-freitas-deve-receber-mais-de-r-180-mil-de-moema-gramacho-2

Se dando bem. Uma pesquisa do instituto Paraná Pesquisas sobre o cenário eleitoral em Lauro de Freitas mostra a candidata Moema Gramacho (PT) com 50,7% das intenções de voto. A pesquisa foi encomendada pela Record Bahia e foi divulgada nesta segunda-feira, dia 29/8.

Na estimulada, a petista é seguida pelo candidato tucano Mateus Reis, que vem em segundo lugar com 15,3%. Em terceiro, aparece o democrata Chico Franco com 11,9%. Não souberam opinar representam 10,7% no levantamento.

Quando a pergunta é espontânea, Moema aparece liderando com 25,7%, seguida por Mateus Reis com 5% e Chico Franco com 3,4%. Outros nomes somaram 2,4%.

A pesquisa ainda aferiu a avaliação dos laurofreitenses em relação à administração do prefeito Márcio Paiva (PP) e mostrou que a rejeição é de 77,1%. Foram ouvidos 580 eleitores entre os dias 20 e 24 desse mês e a margem de erro é de 4%.

 

Foto: Reprodução/Metro 1

Técnico em Eletromecânica está em alta no mercado mesmo com a crise, diz pesquisa

quarta-feira, abril 6th, 2016

eletromecanica

Muitas pessoas formadas em engenharia estão sofrendo com o impacto da crise econômica, exceto o Engenheiro Eletricista. As empresas de energia renovável, telecomunicações e redes elétricas estão solicitando muito esse profissional. O fato foi apontado pela pesquisa realizada pela Wyser, uma empresa especializada em recrutamento e seleção, que fez um panorama sobre as carreiras blindadas pela crise no Brasil, neste mês de fevereiro. E quem se beneficia com o “conforto” dos Engenheiros Eletricistas são os técnicos em Eletromecânica. O profissional, apontado desde o ano passado como “profissional do futuro”, normalmente atua como assistente dos engenheiros em atividades voltadas para o desenvolvimento de projetos de máquinas, equipamentos, aparelhos e materiais elétricos. “Todo contexto de crise é prejudicial para alguns, mas abre possibilidades para outros segmentos. É o caso do Técnico em Eletromecânica. A carreira já vem sendo há alguns anos se destacando e quem apostar numa formação para a área, pode, de fato, driblar as dificuldades que o país enfrenta”, comenta Anderson Braga, mantenedor do CETTPS, instituição de referência no ensino técnico, localizada na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

Foto: Ilustração

Avaliação negativa do governo Dilma é de 69%, diz Ibope

quarta-feira, março 30th, 2016

BRASÍLIA, DF, 03.03.2016: GOVERNO-CARGOS - A presidente Dilma Rousseff dá posse aos novos ministros Wellington César Lima e Silva (Justiça), José Eduardo Cardozo (Advocacia-Geral da União) e Luiz Navarro de Brito (Controladoria-Geral da União), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), nesta quinta-feira (3). (Foto: Alan Marques/Folhapress)

Êta. A rejeição à presidente Dilma Rousseff oscilou para baixo em março, em meio à batalha do impeachment no Congresso e forte recessão econômica. Pesquisa CNI/Ibope mostra que a avaliação ruim/péssima do governo foi a 69%, ante 70% em dezembro.

A pesquisa, contratada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), apontou nesta quarta-feira que apenas 10% avaliam o governo como ótimo ou bom, ante 9% de três meses antes. A desaprovação da maneira de governar da presidente se manteve em 82%.

Além disso, 18% disseram confiar em Dilma, enquanto 80% afirmaram não confiar. Outros 2% não souberam ou não responderam.

O levantamento foi realizado entre 17 e 20 de março, com 2.002 pessoas em 143 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

Foto: Reprodução

Fonte: Reuters

Rui Costa é terceiro melhor governador avaliado do Brasil, diz pesquisa

sexta-feira, outubro 23rd, 2015

rui costa

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), é o terceiro melhor avaliado, segundo o Instituto Paraná Pesquisas, entre os governadores do país. Segundo o site Diário do Poder, o petista fica atrás de Renan Filho (PMDB), governador de Alagoas e Raimundo Colombo (PSD), de Santa Catarina, que foram avaliados em 67,5% e 64,4%, respectivamente.

De acordo com o levantamento, Rui registrou 59,5%. Em quarto lugar, surge José Ivo Sartori (PMDB), do Rio Grande do Sul, com 54,4% de aprovação.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, com 53,8%, é o tucano com o melhor avaliação. O paulista Geraldo Alckmin tem 47,0%. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg (PSB) soma 45,7%.

Os governadores mais mal avaliados pelo Paraná Pesquisas, são Pezão (PMDB), do Rio de Janeiro, com 33,3%, e Beto Richa (PSDB) no Paraná com 24,5%.

Foto: adelsoncarvalho.com.br

BAHIA: Aécio venceria Lula ou Wagner para presidente, diz pesquisa

sexta-feira, outubro 16th, 2015

17_10_14_Aecio_SSA_foto_Marcelo_Gandra_Coperphoto(2)

Viu aí? Um levantamento eleitoral realizado pelo instituto Paraná Pesquisas mostra uma mudança no cenário de disputa para presidente da República na Bahia. No estado em que Dilma Rousseff (PT) teve ampla vantagem contra Aécio Neves (PSDB) em 2014, se a eleição fosse hoje, o senador tucano levaria a melhor em uma amostra que o coloca contra o ex-presidente Lula ou até mesmo contra o ex-governador do estado, Jaques Wagner.

De acordo com a publicação da coluna Satélite, do jornal Correio, Aécio tem 30,4%, contra 27,5% de Lula. Se o adversário fosse Wagner, o tucano apresentaria 32,6% e o petista, hoje ministro da Casa Civil, teria 20,3%, atrás de Marina Silva (Rede), que aparece em segundo lugar com 21,5%.

O instituto ouviu 1.325 eleitores em 70 cidades baianas e mediu também a rejeição dos baianos aos eventuais candidatos. Cerca de 48% não votaria em Lula, 36,4% não votaria em Marina e Aécio tem rejeição de 29,2%.

Foto: Reprodução

Bahia tem maior número de homicídios do país, diz estudo

quinta-feira, outubro 15th, 2015

viatura

A região com a maior taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes do país é o Nordeste (33,76), seguida da Região Norte (31,09) e do Centro-Oeste (26,26). As regiões Sudeste e Sul apresentam taxas menores, 16,91 e 14,36, respectivamente. No Nordeste, o estado com a maior taxa por grupo de 100 mil habitantes é o Ceará, com 46,9 homicídios, equivalente a 4.144 mortes, seguido de Sergipe (45 assassinatos por 100 mil habitantes).

Os dados, de 2014, estão no relatório Diagnóstico dos Homicídios no Brasil: Subsídios para o Pacto Nacional pela Redução de Homicídios, divulgado nesta quinta-feira, dia 15, pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça.

No estado do Ceará, as maiores taxas de homicídios dolosos são registradas nas cidades de Fortaleza (72,7), Maracanaú (73,7) e Caucaia (65,8), na região metropolitana.

Em números absolutos, o estado que registrou o maior número de assassinatos em 2014 foi a Bahia, com 5.450 (36 por 100 mil habitantes). Em seguida, estão Rio de Janeiro (4.610) e São Paulo (4.294), com taxas de 28 e 9,8 por grupos de 100 mil habitantes. No ranking absoluto, o Ceará aparece em quarto lugar. Santa Catarina, com 587 mortes, registra a menor taxa do país (8,7 homicídios por 100 mil habitantes).

“Para se ter uma noção comparativa no âmbito internacional sobre essa taxa, países com históricos de guerra civil, como o Congo (30,8), e com altas taxas de homicídio associadas ao narcotráfico, como a Colômbia (33,4), possuem taxas menores que as do Nordeste brasileiro”, informa o relatório.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) informou que o estudo divulgado nesta quinta-feira, dia 15, será devidamente analisado pela área técnica da secretaria, para que assim a instituição possa se posicionar publicamente sobre o assunto.

Metodologia
De acordo com o Ministério da Justiça, o diagnóstico fez um recorte com 80 municípios, localizados nas 26 unidades da Federação e a região administrativa de Ceilândia, no Distrito Federal, somando 81 localidades prioritárias de ação, agregando 22.569 registros de homicídios dolosos em 2014, o que representa, aproximadamente, 50% do total de assassinatos registrados no Brasil.

A intenção do ministério é que o estudo sirva de ferramenta de gestão para os estados no enfrentamento da criminalidade, observando as coincidências entre as altas taxas de homicídio e outros problemas sociais, econômicos e culturais. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) de 2014.

Distribuição dos homicídios nas UFs em 2014
(Fonte: SINESP)

 

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

Metade do país acha que ‘bandido bom é bandido morto’, diz pesquisa

segunda-feira, outubro 5th, 2015

viatura

Será? Metade da população das grandes cidades brasileiras acha que “bandido bom é bandido morto”. A constatação aparece em pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, ONG que reúne especialistas em violência urbana do país.

O levantamento foi realizado no final de julho e fará parte do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que será divulgado nesta semana, conforme informou a Folha de S. Paulo. O instituto ouviu 1.307 pessoas em 84 cidades com mais de 100 mil habitantes. Para a pergunta se bandido bom é bandido morto, 50% disseram concordar, 45% discordaram e o restante não soube responder ou não concorda nem discorda.

Para o sociólogo Renato Sérgio de Lima, vice-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, essa divisão no país é um bom sinal. “Como o copo está meio cheio e meio vazio, metade da população é contra (à afirmação), e isso pode ser visto com uma janela para a construção de políticas públicas. Há espaço para a mudança”, afirma.

Foto: adelsoncarvalho.com.br

Rui Costa tem aprovação de 57,1%, diz pesquisa

quinta-feira, julho 30th, 2015

Governador Rui Costa tem aprovação de 57,1%, diz pesquisa

Olha aí. A gestão do governador Rui Costa (PT) é aprovada por 57,1% do eleitorado baiano, segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta-feira, dia 30. O estudo entrevistou 1.284 pessoas de 68 municípios do estado, espalhados por sete regiões, e é o primeiro deste que o petista assumiu o cargo há sete meses. A pesquisa aponta ainda que 36,7% avaliam a gestão negativamente, enquanto 6,4% não responderam, e que há uma impressão de descolamento entre Rui Costa e a presidente Dilma Rousseff (PT). Entre os baianos, a presidente foi bem avaliada por apenas 13,2%, enquanto o índice de reprovação foi de 84,4%. O instituto também questionou aos entrevistados se achavam a atuação de Rui Costa acima, abaixo ou dentro do que esperavam de seu governo. A maioria (55%) considerou sua performance dentro do imaginado, quando o resto se dividiu entre pior (19,7%) e melhor (18,6%). Os resultados mostram ainda que o governo estadual é melhor avaliado entre o eleitorado masculino e entre as idades de 45 e 59 anos. O levantamento mostra ainda que, de forma espontânea, a maioria dos baianos vê a saúde como o maior problema do estado. Ao todo, 35,1% dos ouvidos citou a área, seguida por segurança pública (22,6%), desemprego (14,3%) e corrupção (9,3%). A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 26 de julho.

Foto: Divulgação

Rejeição a Dilma aumenta e avaliação ótima/boa do governo cai, diz pesquisa

quarta-feira, julho 1st, 2015

Brazilian President Dilma Rousseff gestures during signing of agreements South Korean President Park Geun-hye at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil, on April 24, 2015. Park is on a 12-day South America tour, which also includes Colombia, Peru and Chile. AFP PHOTO/EVARISTO SA

A rejeição à presidente Dilma Rousseff aumentou ainda mais no fim de junho num quadro de inflação alta, fraqueza na atividade econômica e desemprego crescente, mostrou pesquisa CNI (Confederação Nacional da Indústria)/Ibope divulgada nesta quarta-feira, dia 1.

A avaliação ruim/péssima foi a 68% no fim de junho, ante 64% em março. A pesquisa, contratada pela CNI, apontou ainda que apenas 9% avaliam o governo como ótimo ou bom, ante 12% três meses antes.

A desaprovação da maneira de governar da presidente também aumentou, passando para 83%, ante 78%, enquanto a aprovação foi a 15%, ante 19%.

A pesquisa foi realizada entre 18 e 21 de junho, com 2.002 pessoas em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Foto: Reprodução

Fonte: Agencia  Reuters

Pesquisa aponta que sete entre dez profissionais estão insatisfeitos com o trabalho

sexta-feira, junho 26th, 2015

11122413_923247054406362_431125596_n

Mudar de função ou até mesmo de área é o sonho de muitos profissionais. Segundo um levantamento do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (Ipom), realizado com trabalhadores de todo o Brasil, sete em cada dez profissionais estão insatisfeitos com o trabalho. O que chama a atenção na pesquisa é que 61% das pessoas entrevistadas responderam que não fazem o que gostam, mas permanecem no trabalho porque precisam do dinheiro e têm que manter a família. Em outros casos, estão simplesmente acomodadas ou não sabem exatamente o querem fazer. Geralmente, os jovens são os mais apressados no crescimento profissional. “Existe uma pressa dessa geração em crescer na carreira e uma falsa expectativa de empregar pouco esforço pessoal em seu crescimento. Há jovens que acreditam que já estão preparados para o próximo passo e, na verdade, não estão”, conta Anderson Braga, mantenedor da instituição de ensino técnico e profissionalizante CETTPS, que fica em Camaçari. Para o especialista, nesse momento de confusão quanto ao rumo da carreira é que entram os testes vocacionais e a procura por profissionais que possam ajudar na orientação e na busca pelo caminho dos sonhos. Eles irão ajudar a enxergar os objetivos e a explorar o próprio potencial para alcançar o sucesso. Setenta por cento das pessoas que procuram o auxílio de profissionais especializados nem sequer sabem o que querem fazer ou aonde querem chegar. “O mais importante é a pessoa avaliar o que realmente gosta de fazer e com qual área ela mais se identifica. Após isso, é necessário buscar conhecimento específico na área que se pretende atuar, seja ele presencial, à distância, técnico, ou profissionalizante”, aconselha ainda Anderson Braga.

ACM Neto diz que pesquisa que o coloca como melhor prefeito do Brasil “serve de estímulo”

segunda-feira, dezembro 15th, 2014

acm-neto1

O prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), disse que ficou estimulado com a pesquisa Vox Populi que o coloca como melhor prefeito do Brasil. “serve de estímulo para trabalhar ainda mais por Salvador”, disse neste domingo, dia 14.
“Esse resultado claro que nos deixa alegres, pois é fruto do trabalho que está sendo feito na cidade, que vem melhorando e elevando a autoestima do cidadão. É um reconhecimento e uma satisfação saber que Salvador volta a liderar esse ranking”, afirmou. “Salvador tem que ser primeiro lugar em tudo. Isso aumenta a nossa responsabilidade e de toda equipe em trabalhar cada vez mais. Para mim serve de estímulo”, ressaltou.

Foto: Reprodução

Datafolha: Dilma aparece na frente de Aécio

terça-feira, outubro 21st, 2014

f_272757

Olha aí. A nova pesquisa Datafolha divulgada na noite desta segunda-feira, dia 20, mostra a candidata petista à reeleição, Dilma Rousseff, pela primeira vez na frente contra Aécio Neves (PSDB).

Dilma tem 52% das intenções nos votos válidos, contra 48% de Aécio – os números são parecidos com a pesquisa Vox Populi.

Pela margem de erro do instituto, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados.

No levantamento anterior, Aécio liderava por 51% a 49%.

Ainda nesta pesquisa, nos votos estimulados, Dilma tem 46%, contra 43% do tucano. O número de brancos e nulos é de 5%. Os indecisos somam 6%.

A pesquisa foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. Foram entrevistados 4.389 eleitores em 257 municípios.

 

Foto: Reprodução