Posts Tagged ‘debate’

Sobre apoio de Zé Ronaldo a Bolsonaro, João Henrique ironiza: “Aí eu tenho que dar risada”

quinta-feira, outubro 4th, 2018

Vixe. Caiu como uma verdadeira bomba a declaração do candidato ao Governo da Bahia, José Ronaldo (DEM), em apoio ao candidato à Presidência pelo PSL Jair Bolsonaro no debate da TV Bahia na terça-feira, dia 2/10. A declaração surpreendeu o prefeito de Salvador e apoiador, ACM Neto, e provocou susto até no governador Rui Costa (PT). O anúncio ainda promoveu risadas ironia do pretendente ao governo da Bahia João Henrique Carneiro (PRTB), que se diz o autêntico representante de Bolsonaro no Estado. Abordado pela imprensa, João Henrique largou: “Aí eu tenho que dar risada, só dando risada”.

 

 

Foto: Hora do Bico

Neto retou: “O governador tem que acordar e deixar de ter tanta paixão por mim”

sexta-feira, agosto 17th, 2018

Pegou ar. O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) detonou os ataques feitos à sua gestão pelo governador Rui Costa (PT) no debate da TV Bandeirantes, que aconteceu na noite da quinta-feira, dia 16/8.

Rui fez duras críticas a ação da Guarda Municipal contra professores da rede municipal de Salvador, durante protestos durante a greve que durou mais de um mês.

Indagado, Neto pegou respondeu. “Aquilo não era um fuzil. O governador tem que acordar e deixar de ter tanta paixão por mim, uma obsessão”, largou.

 

 

 

Fotos: Reprodução

Justiça nega pedido de Lula para participar de debate na TV

terça-feira, agosto 7th, 2018

A juíza Bianca Arenhart, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, negou na segunda-feira 6/8, pedido feito pelo PT para autorizar a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no debate que será realizado quinta-feira 9/8, na TV Bandeirantes, com candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro.

Lula está preso desde 7 de abril, na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos de prisão na ação penal do caso do tríplex do Guarujá (SP). Para o PT, como pré-candidato, Lula tem direito de participar do debate.

Ao analisar o caso, a juíza decidiu rejeitar o pedido por razões processuais e entendeu que o PT não tem legitimidade para fazer o pedido em nome do ex-presidente.

“De fato, nos termos da Lei de Execução Penal, cabe ao próprio executado, por meio de sua defesa constituída ou, na sua falta, à Defensoria Pública da União, pleitear benefícios ao preso”, decidiu a magistrada.

De acordo com o partido, o pedido de registro de candidatura do ex-presidente deve ser protocolado no dia 15 de agosto, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte: Agência Brasil

 

 

 

Foto: Reprodução

Vídeo: Apresentador da Rede Globo e candidato à prefeitura de Salvador discutem durante debate

sexta-feira, setembro 30th, 2016

isidorio

O último debate antes da eleição de 02 de outubro deu no que falar. Durante o programa realizado na TV Bahia, filiada da Rede Globo na capital baiana, Alexandre Garcia, o mediador, e Sargento Isidório (PDT), candidato à prefeitura da cidade, discordaram sobre a utilização da Bíblia no debate.

Tudo ocorreu porque o candidato começou a ler alguns versículos e foi advertido pelo apresentador, fazendo-o lembrar que o acordo firmado com os assessores dizia de que nenhum documento deveria ser apresentado durante o debate. “Pastor, o senhor está cumprindo o que foi combinado. Não pode citar documentos aqui”, disse Alexandre.

Isidório não aceitou a intervenção de Garcia e os dois começaram uma pequena discussão. “Isso aqui não é um documento não. Isso aqui é patrimônio imaterial do estado da Bahia, provado por 63 deputados, que os senhores devem está sabendo.” disse o pastor.

O mediador lembrou ao candidato o compromisso feito antes de começar o debate e aproveitou para indagar Isidório. “Nós assumimos um compromisso. O senhor costuma cumprir seus compromissos? Então cumpra esse, por favor! O senhor está perdendo seu tempo.” disse Alexandre. Rapidamente Isidório respondeu. “Não estou perdendo se o senhor quiser ser um bom mediador”, declarou o candidato. O apresentador não se conteve e rebateu. “Nós não vamos discutir quem é bom candidato ou é bom mediador. Sinto Muito!”, declarou Alexandre. O pastor Isidório ainda disse que queria que o tempo fosse devolvido. “A questão é que o senhor deveria devolver o meu tempo”. finalizou Isidódio.

Assista ao vídeo:

Foto: Montagem Hora do Bico

Candidatos criticam ausência de ACM Neto em debate na TVE

sexta-feira, setembro 23rd, 2016

22656ausente-no-debate-da-tve-neto-e-alvo-de-criticas-dos-seus-adversarios-2-2

Chuva de críticas. O debate realizado pela TVE Bahia, na noite desta quinta-feira, dia 22/9, provocou o acirramento dos adversários de ACM Neto (DEM). Mas o embate entre os prefeituráveis soteropolitanos foi considerado frio. A ausência de ACM Neto (DEM) roubou a cena e causou uma chuva de críticas à postura do prefeito e candidato à reeleição em Salvador.

Os candidatos tiveram uma mesma linha de pensamento quando souberam que Neto não iria ao debate e mandou uma carta assinada por Silvio Pinheiro, coordenador de campanha, explicando sua ausência. O documento foi lido e sua cadeira foi deixada vazia nos estúdios da emissora.

 

Foto: Divulgação

ACM Neto só confirma presença no debate da TV Bahia

quarta-feira, setembro 21st, 2016

neto-250x145-250x145

Só um debate. ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador e candidato à reeleição confirmou que vai comparecer ao debate eleitoral a ser realizado na Rede Bahia na próxima quinta-feira, dia 29/9. A participação nos debates em outras emissoras não foi confirmada.

Em nota, a campanha do democrata afirma que a decisão foi tomada nesta quinta-feira, dia 21/9, após a Rede Bahia determinar que serão convidados apenas os candidatos com pelo menos nove deputados na Câmara Federal. Assim, devem comparecer também Alice Portugal (PCdoB), Pastor Sargento Isidório (PDT) e Cláudio Silva (PP). “As regras apresentadas pela direção da emissora favorecem a realização de uma discussão produtiva de propostas e ideias para Salvador”, disse.

 

Foto: Hora do Bico

Para Aladilce, “ACM Neto não foi um bom prefeito para os servidores”

sexta-feira, julho 1st, 2016

aladilce

A pressão subiu. Na noite de quinta – feira, dia 30/6, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB)refeito disse “ACM Neto não foi um bom prefeito para os servidores”. A declaração foi feita pela vereadora Aladilce Souza (PCdoB), em um debate com o vereador Claudio Tinoco (DEM), na rádio Itapoan FM, no Programa Se Liga Bocão. Conforme a parlamentar municipal, o prefeito poderia ter oferecido o reajuste aos servidores municipais, mas optou pela negativa.

“Ele podia dar reajuste esse ano e não deu. Os servidores foram à greve e os professores tiveram os salários cortados,” disse.

Corrupção, crise de água e troca de farpas marcam último debate presidencial

sábado, outubro 25th, 2014

aeciodilma

Eu hein. O último debate presidencial deste segundo turno entre Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), realizado na noite desta sexta-feira, dia 24, pela TV Globo, foi marcado por troca de farpas sobre corrupção, revista Veja, falta de água em São Paulo e governo Fernando Henrique Cardoso. A votação do segundo turno acontece neste domingo, dia 26.

Logo de cara, Aécio questionou Dilma sobre a reportagem da revista Veja, que envolvia a petista e o ex-presidente Lula como “sabedores” do esquema de propina na Petrobras. “Dou a oportunidade para você se explicar”, atacou. “As declarações do doleiro [Alberto Youssef] foram em delação premiada, que só dá o benefício se ele apresentar provas.”

Dilma se defendeu afirmando que a revista faz campanha para Aécio. “Candidato, eu jamais persegui jornalista na minha vida pública. Jamais reprimi a imprensa porque vivi os anos escuros desse País. As duas revistas que o senhor menciona, nós sabemos para quem fazem campanha”, declarou.

O tema corrupção voltou a ser destaque quando uma eleitora mineira perguntou quais medidas os candidatos utilizariam para tentar amenizar o problema. Dilma prometeu criar cinco normas. “Transformar em crime eleitoral o Caixa Dois, criminalizar funcionários públicos com enriquecimento ilícito, que o poder público possa reaver o bem, e uma instância especial para julgamento rápido dos crimes”, afirmou.

O tucano, por sua vez, afirmou que a melhor solução contra a corrupção seria tirar o PT do poder. “Minha conterrânea expressa os sentimentos de milhões de brasileiros. A Dilma apresenta propostas que o próprio PT não se moveu para que andasse no Congresso. O PT não se preocupou em combater a corrupção. A melhor maneira é tirar o PT do governo”.

Falta de água
A crise hídrica em São Paulo não foi deixada de lado por Dilma, que acusou Aécio e Geraldo Alckmin (PSDB) de não planejarem o futuro. “Vou concordar com o humorista José Simão [BandNewsFM]. Você vai levar para o Estado o programa Meu Banho, Minha Vida”, afirmou a petista.

Aécio se defendeu e afirmou que a culpa pela falta de água é da petista. “O seu governo não acionou os órgãos na região Sudeste. Não é só São Paulo que passa pelo problema. O Alckmin propôs um bônus e acabou reeleito pela população. A ausência de planejamento é uma vergonha no seu governo no Brasil”.

FHC
O ex-presidente tucano também foi lembrado no debate. Dilma disse que FHC não tinha como prioridade a área social e a manutenção do emprego, além de ter “engavetado todas as suspeitas de corrupção”. Aécio, por sua vez, defendeu o governo tucano e disse que FHC “adotou as medidas necessárias naquele governo”, além de ter garantido “a estabilidade da moeda”.

 
Foto: Reprodução
*Com informações do Portal da Band

VIDEO: Dilma passa mal ao vivo após debate na TV

sexta-feira, outubro 17th, 2014

A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), teve uma queda de pressão e passou mal ao vivo, durante uma entrevista que concedia para a repórter Simone Queiroz, do SBT, depois do debate com Aécio Neves (PSDB) na emissora.

Depois de errar palavras, interromper frases, tornando-as sem  sentido, Dilma avisou que não estava se sentindo bem, e foi acudida pela repórter, que a segurou e a acompanhou até uma cadeira.
Foto: Reprodução/ Uol ao vivo

 

 

Assista ao vídeo:

Dilma passa mal , ao vivo, depois de debate no SBT

quinta-feira, outubro 16th, 2014

dilma

Susto. A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), teve uma queda de pressão e passou mal ao vivo, durante uma entrevista que concedia para a repórter Simone Queiroz, do SBT, depois do debate com Aécio Neves (PSDB) na emissora.

Depois de errar palavras, interromper frases, tornando-as sem sentido, Dilma avisou que não estava se sentindo bem, e foi acudida pela repórter, que a segurou e a acompanhou até uma cadeira.

Foto: Reprodução/ Uol ao vivo

Assista o momento:

 

Candidatos trocam farpas em debate

sexta-feira, outubro 3rd, 2014

f_270675

Em último debate entre os candidatos à Presidência da República, realizado na noite desta quinta-feira, dia 3, pela TV Globo, os principais concorrentes “pegaram ar” e trocaram farpas. Estiveram presentes: Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Luciana Genro (PSOL), Pastor Everaldo (PSC), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB).

Dilma, primeira colocada nas pesquisas, e Marina, segunda, debateram sobre economia. A candidata do PSB acusou a petista de não saber controlar a inflação. Dilma retrucou e disse que a proposta de Marina sobre autonomia ao Banco Central poderia não surtir efeito.

O tema da corrupção também foi destaque. Luciana Genro e Aécio Neves trocaram farpas acaloradas sobre o assunto. A candidata do PSOL disse que Aécio escondia a corrupção no mensalão tucano e na privataria. Aécio rebateu afirmando que ela não estava preparada para assumir o cargo. Luciana ficou irritada e chegou a dizer para o tucano “não levantar o dedo”.

A corrupção na Petrobras no governo Dilma também foi o principal alvo dos opositores. Marina, Pastor Everaldo e Aécio disseram que a presidente errou quando estava no controle da estatal. Dilma se defendeu afirmando que em seu governo a Polícia Federal tem autonomia para investigar.

Foto: Reprodução

Levy Fidelix “se reta” e manda Eduardo Jorge “virar a boca pra lá” em debate

sexta-feira, outubro 3rd, 2014

f_270667

Êta parafernália. O clima ficou quente no último debate entre os candidatos à Presidência da República na noite de quinta-feira, dia 2. Levy Fidelix (PRTB) se recusou a pedir desculpas para os homossexuais após as declarações homofóbicas e, inclusive, bateu boca com Eduardo Jorge (PV) na TV Globo.

Eduardo Jorge pediu para Levy pedir perdão. O candidato do PRTB se exaltou. “Você não tem moral nenhuma para falar disso. Você, acima de tudo, propôs que o jovem consuma maconha, apologia ao crime, e ao aborto. Eu apenas me expressão e defendi as tradições da família”.

O candidato do PV retrucou. “Abrimos um processo no ministério e seremos testemunha. Quero aproveitar o momento para dizer que você envergonhou o Brasil”.

Levy “pegou ar”. “Envergonhado está quem pratica apologia ao crime, com jovens em clínicas para abortos. Isso é uma vergonha, você vire sua boca prá lá”.

Foto:Reprodução

Aécio Neves e Luciana Genro batem boca em último debate antes das eleições

sexta-feira, outubro 3rd, 2014

f_270672

Pegaram um ar retado. O clima esquentou entre Aécio Neves (PSDB) e Luciana Genro (PSOL) durante o último debate antes das eleições do primeiro turno  na noite desta quinta-feira, dia 2, na TV Globo.

Luciana Genro afirmou que Aécio esconde a corrupção. “Tu e a Dilma [Rousseff], é o sujo falando do mal lavado. Você acusa o governo do PT de corrupção, só que você deveria ter vergonha do mensalão mineiro e da privataria tucana”.

Aécio não gostou da pergunta e largou a joça. “Vejo que você faz aqui seu espetáculo, sem menor conexão com a realidade. Se não fosse o governo do PSDB, não teríamos a modernização da economia e o Plano Real”.

Luciana não gostou como Aécio falou com ela e disparou. “Não levanta o dedo pra mim”.

Aécio emendou: “Você não está preparada para ser presidente da República”.

 

 

Foto:Reprodução

Debate na Record Bahia é marcado por críticas ao PT e ao DEM

sábado, setembro 27th, 2014

debaterecordbahia

O debate dos candidatos ao governo do Estado, realizado na noite de sexta-feira, dia 26, pela Record Bahia, foi pontuado pelas críticas ao PT (Partido dos Trabalhadores) e DEM (Democratas), que possuem os candidatos com as melhores colocações nas pesquisas eleitorais.
Ao fazer sua primeira participação no confronto, a candidata Renata Mallet (PSTU) criticou as privatizações realizadas durante os governos do DEM durante pergunta dirigida ao candidato Marcos Mendes. Segundo Renata, Paulo Souto (DEM) foi campeão de privatizações na Bahia.

Em outro momento do debate, quando Rogério da Luz perguntou sobre o que ele achava da forma de gerir dos últimos 32 anos do DEM e PT, os partidos foram alvo de mais críticas por parte do candidato Marcos Mendes (PSOL), que acusou os partidos de serem iguais quando se trata de corrupção.

— Eu fico imaginando, o DEM falando da corrupção do PT. Eu fico pensando: é como se fosse o sujo falando do mal lavado.

Com as declarações, o candidato do DEM solicitou e conseguiu direito de resposta. O candidato foi irônico ao afirmar que “eu pensei que departamento de criação fosse uma coisa que existia apenas nas agências de publicidade, mas to [sic] vendo aqui um autêntico departamento de criação, com tudo que disseram aqui”.

Mais uma vez, o candidato Marcos Mendes entrou em confronto com Paulo Souto. O candidato do PSOL questionou se o democrata, caso eleito governador, se compromete a pagar nos quatro primeiros anos o URV. O democrata disse que é necessário esperar a decisão do supremo, discutir com os servidores e cumprir as obigações do Estado. Não satisfeito com a resposta de Paulo Souto, Marcos Mendes insistiu com a pergunta e disse para o democrata “deixar de enrolação”.

Irritado, Paulo Souto pediu que o candidato do PSOL se referisse com respeito e disse que não tinha nada a acrescentar.

— Eu pediria que você se referisse com respito, como aliás tem a praxe aqui de todos os candidatos e você, infelizmente, não está se comportando dessa forma.

Renata Mallet voltou a criticar os dois partidos ao falar sobre o funcionalismo público. A candidata criticou o PT ao falar sobre a greve dos professores de 2012 que durou 115 dias. Renata afirmou que os petistas seguiram a mesma lógica do carlismo, ao cortar ponto e não respeitar os grevistas.

O candidato do PT também atacou o DEM ao perguntar sobre as propostas de saúde ao candidato Rogério da Luz. Rui Costa afirmou que no governo de Paulo Souto só foi contruído um hospital e 300 leitos de UTI em oito anos. Da Luz disse que vai valorizar dos médicos, fazer um projeto Plano de Saúde da Família, que é a integração dos hospitais particulares para dar assistência aos hospitais e que a população possa ser atendida nos hospitais e laboratórios particulares e construir oito hospitais regionais.

Foto: Divulgação
Fonte: R7 Bahia

 

Candidatos ao governo do Estado participam de debate na Record Bahia

quinta-feira, setembro 25th, 2014

image008

A Record Bahia promove nesta sexta-feira, dia 26, o debate do primeiro turno entre os candidatos ao Governo do Estado nas Eleições 2014.Participarão do encontro Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM), Renata Mallet (PSTU), Rogério da Luz (PRTB) e Rui Costa (PT). Os seis candidatos ficarão frente a frente, a partir das 22h40, respondendo questionamentos e apresentando propostas.

Mediado pela jornalista Cristina Lemos, especializada em política e repórter especial do Jornal da Record, o debate tem previsão de duração de cento e vinte minutos e também será transmitido através do R7 Bahia (r7.com/bahia).

Dilma,Marina e Aécio participam de debate da CNBB e defendem reforma política

quarta-feira, setembro 17th, 2014

f_268164

Debate. Os três principais candidatos à Presidência da República defenderam na noite desta terça-feira, dia 16, uma reforma política no Brasil, em debate promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida, em São Paulo.

A CNBB perguntou se os candidatos concordariam com o fim do financiamento de campanha por empresas privadas, eleições em dois turnos, a maior participação da mulher da política e a regulamentação sobre o voto universal e secreto.

Aécio Neves (PSDB) defendeu a volta da ética. “Que a política e a ética voltem a ser objetivas. Minha proposta de governo não é uma proposta do improviso. Defendemos a reforma política que enxugue o quadro partidário, promova o voto distrital misto e o fim da reeleição com mandato de 5 anos”.

Marina Silva defendeu uma maior representatividade. “Que se volte a fazer uma ligação entre representantes e representados. Há um forte reconhecimento da sociedade que parte das instituições políticas não os representa. As manifestações deram esse sinal. A sociedade brasileira está à frente de suas lideranças”.

Dilma Rousseff, por sua vez, quer a participação do povo. “Temos de ter uma reforma na base popular por meio de plebiscito. Concordo com os pontos básicos da CNBB, do fim do financiamento empresarial, a participação proporcional de homens e mulheres, voto em lista partidária e fim das coligações proporcionais.”

No debate promovido pela CNBB, também estiveram presentes os candidatos: Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB) e Eymael (PSDC).

 

Foto: Reprodução

Levy Fidelix pega ar com jornalista do SBT durante debate

terça-feira, setembro 2nd, 2014

levyfidelix

Pegou um ar retado. O segundo debate entre os candidatos à Presidência da República, realizado nesta segunda-feira, dia 1, pelo SBT em parceria com a Folha, UOL e Jovem Pan, foi marcado pela reação do candidato do PRTB, Levy Fidelix, com o jornalista Kennedy Alencar, do SBT. O embate entre ambos foi um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Tudo começou quando Kennedy Alencar perguntou a Levy sobre o PRTB ser um partido de aluguel. A questão deixou o candidato retado. “Isso é o típico ponto fora da curva. É típico também de perseguição dos ditos partidos ideológicos pequenos. Meu partido existe há mais de 20 anos e eu sempre disputo campanha majoritária. Você [jornalista] é um típico representante dessa mídia vendida… é sim língua de aluguel, você se comporta como tal e outros da mídia”.

Levy ficou tão enfurecido com a pergunta que em todos os demais blocos passou a atacar o jornalista, ao qual chamava de “língua de trapo”. No final, o candidato do PRTB ainda disparou “sei que não vou ganhar mesmo”.

O candidato do PV, Eduardo Jorge, que comentou após o embate entre Levy e o jornalista, soltou um irônico: “eu não tenho nada a ver com isso”.

Foto: Reprodução

Empatadas em pesquisa, Dilma Rousseff e Marina Silva trocam farpas em debate no SBT

segunda-feira, setembro 1st, 2014

MARINAEDILMA

Êta. A presidente Dilma Rousseff (PT) resolveu adotar uma postura diferente e atacou Marina Silva (PSB) no segundo debate entre os candidatos promovido por Folha, UOL, SBT e Jovem Pan, nesta segunda-feira, dia 1.

Pela primeira vez Dilma fez um tom mais agressivo na campanha. Logo de início, a petista questionou Marina como ela anteciparia 10% do PIB para a educação. “Você diz que irá antecipar R$ 70 bilhões para a educação, mais 10% da receita bruta para a saúde, R$ 40 bilhões. Passe livre estudantil, R$ 14 bilhões. Mais dinheiro para os municípios, R$ 9 bilhões. Todas as promessas dão R$ 140 bilhões. De onde a senhora vai arranjar dinheiro?”, questionou Dilma.

Marina então respondeu à petista. “Não são promessas, são compromissos. E esses compromissos são assumidos a partir dos esforços que iremos fazer. Temos um desperdício muito grande dos recursos públicos, inclusive nos projetos que estão desencontrados. Quando se trata de subsidiar o juro dos bancos, não ficam preocupados em saber de onde veio o dinheiro, mas para a educação, aí vem essa pergunta”.

Dilma disse que a resposta de Marina foi ineficiente. “Candidata, quero dizer que você falou, mas não respondeu a pergunta. Quem governa tem de responder como vai fazer, não basta se comprometer. O montante prometido pela senhora equivale a quase tudo que se gasta em saúde e educação”.

Em sua tréplica, Marina atacou Dilma. “O pensamento da ideia cartesiana de governo só consegue olhar para uma alternativa, nesse momento, o mundo caminha para ter várias alternativas”.

Marina aparece empatada em primeiro lugar com Dilma na última pesquisa Datafolha.

Foto: Reprodução/Folhapress

Paulo Souto e Rui Costa são criticados em primeiro debate televisivo

sexta-feira, agosto 29th, 2014

debatebandba

Críticas e ataques. Os candidatos ao governo do Estado da Bahia participaram do primeiro debate eleitoral na noite desta quinta-feira, dia 28, na Band Bahia. Compareceram ao encontro Marcos Mendes (PSOL), Rui Costa (PT), Lídice da Mata (PSB), Paulo Souto (DEM) e Rogerio da Luz (PRTB).

Depois das perguntas do primeiro bloco, quando todos os políticos responderam a uma pergunta sobre a segurança pública na Bahia, o clima esquentou nas rodadas subsequentes, com as perguntas diretas e comentários entre os concorrentes.

Rogério da Luz (PRTB) votou a questionar Paulo Souto (DEM), que lidera as pesquisas eleitorais, sobre a questão de segurança, dizendo que seu opositor já governou o Estado por oito anos e se ele tinha a “consciência tranquila” em relação ao que fez no poder.

O ex-governador “pegou ar” e criticou a postura de Luz e disse que o candidato do PRTB não tinha autorização para “falar em seu nome”.

Pouco depois Souto foi novamente atacado, desta vez por Marcos Mendes (PSOL), que chamou o ex-governador de mentiroso por dizer, em sua propaganda eleitoral, que havia construído um hospital em Alagoinhas.

Souto pediu direito de resposta e foi atendido. “Lamento quebra de cordialidade do candidato”, afirmou o candidato do DEM na resposta, antes de explicar que reconstruiu inteiramente o hospital em questão porque o prédio “tinha boa localização”, mas que agora considerava a instituição médica como inteiramente nova.

O candidato Rui Costa (PT), que aparece em segundo lugar nas sondagens das intenções de voto, também foi alvo dos adversários. Lídice da Mata (PSB), a o ser perguntada pelo petista sobre suas propostas para os problemas no abastecimento de água, ironizou o adversário ao ouvir que ele construiria 10 barragens em um hipotético novo mandato

“Vossa excelência não conseguiu nem fazer as barragens que foram prometidas no atual governo”, rebateu Lídice, a terceira colocada na corrida ao governo.

Rui Costa voltou a ser criticado por Rogério da Luz quando o debate recaiu sobre o transporte público em Salvador, descrito pelo candidato do PRTB como caótico. “O governador anda de helicóptero, a um custo de R$ 56 mil por dia, para não pegar congestionamento. Deveria acordar mais cedo para trabalhar”, afirmou o opositor.

Foto: Reprodução
*Com informações da Band

Confronto entre Dilma, Marina e Aécio marca primeiro debate

quarta-feira, agosto 27th, 2014

debateband

O primeiro debate entre os presidenciáveis da TV Bandeirantes, foi marcado por intenso confronto entre os candidatos que lideram as pesquisas de intenção de voto, nesta terça-feira, dia 26. O encontro aconteceu horas após a divulgação do levantamento feito pelo Ibope, que mostrou uma pequena queda de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB) isolada em segundo, à frente de Aécio Neves (PSDB). Talvez por influência do resultado, a candidata do PSB foi atacada pelos dois rivais diretos.

Pelas regras do debate, um mesmo candidato pdoeria responder até duas perguntas por bloco. Com isso, Dilma, Marina e Aécio foram os que mais falaram – e acabaram se enfrentando mais.

Marina Silva tentou reforçar o posicionamento como alternativa à polarização entre PT e PSDB e clamou que a maioria da população quer mudança. Mas foi constantemente questionada sobre uma suposta falta de clareza ao explicar como governaria sem apoio no Congresso.

A presidente Dilma foi o maior alvo do debate, e citou os programas e feitos do governo para se defender. A candidata foi confrontada com assuntos espinhosos, como as denúncias de corrupção na Petrobras.

Aécio Neves manteve o tom crítico a Dilma, mas evitando atacar diretamente os anos Lula. Ainda assim, defendeu que o PT “surfou” na onda iniciada pelo governo de Fernando Henrique Cardoso.

Pastor Everaldo, do PSC, reforçou o discurso em defesa do livre mercado, posicionando-se contra a legalização do aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Luciana Genro, do PSOL, que no início do debate clamou por mais oportunidades de falar, lembrou a forma como foi expulsa pelo PT e mirou principalmente em Marina Silva e Dilma.

Levy Fidelix (PRTB) e Eduardo Jorge proporcionaram os momentos de maior descontração do debate. Muito críticos aos governos (o passado e o atual), arrancaram gargalhadas dos presentes com ironias. No final de um dos discursos, Fidélix chegou a ser cumprimentado por Jorge.

Foto: AFP
*Com informações do Portal da Band