Posts Tagged ‘CORONAVÍRUS’

Turismo registra crescimento em 2020, mas ainda abaixo de 2019

sexta-feira, julho 16th, 2021

Melhorou. O setor de turismo brasileiro registrou em maio, último mês com dados consolidados, faturamento de R$ 9 bilhões e 600 milhões, 47,5% superior ao de maio do ano passado. No entanto, em comparação ao mesmo mês de 2019, antes do início da pandemia de covid-19, houve redução de 31,2% no faturamento do setor. Os dados, divulgados nesta sexta-feira, dia 16/7, são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Em maio, o transporte aquaviário foi o único, entre os seis grupos de atividades analisados pela FecomercioSP, que conseguiu superar o patamar pré-pandemia, com alta de 20% no faturamento em relação ao mesmo mês de 2019. O transporte aéreo registra a maior queda em relação a 2019, de 50,5% – variação similar à da redução da demanda de passageiros, na mesma comparação, de 43%.

Em maio de 2021, os restaurantes e alojamentos faturaram R$ 2,8 bilhões, 33,5% abaixo do obtido no mesmo mês em 2019, com variação muito próxima do grupo atividades culturais, recreativas e esportivas (-33,8%), também afetado pelo isolamento social.

O conjunto de atividades de locação de veículos, agências e operadoras de turismo registrou queda de 13,2% em maio em relação a 2019, e o setor de transporte terrestre, redução de 6,6%.

“A vacinação ainda é a principal variável para os turistas voltarem a viajar com segurança e para os empresários se planejarem de forma mais sólida”, diz, em nota, a FecomercioSP. “Iniciativas como a redução das restrições, a ampliação das ofertas dos serviços turísticos e a aceleração da vacinação em todo o país são fundamentais para uma melhora gradativa e mais consistente do setor”, acrescenta a entidade.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação

“Sempre usei máscaras, álcool gel e não participei de aglomerações”, diz Otto Alencar

sábado, julho 10th, 2021

Exame deu positivo. O senador Otto Alencar (PSD-BA) testou positivo para covid-19. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do senador na sexta-feira 9/7. O político tomou as duas doses da vacina contra a doença.

De acordo com a nota pública divulgada na rede social de Otto Alencar, desde a terça feira 6/7, o senador sentiu sintomas de gripe, coriza e discreta cefaléia. O resultado saiu após a realização de exame PCR. Ainda segundo a assessoria, Otto Alencar está sendo acompanhado na Bahia, por um médico infectologista. 

“Com fé em Deus, logo estarei de volta ao trabalho. Sempre usei máscaras, álcool gel e não participei de aglomerações. O vírus está comunitário. Todos devem se cuidar muito e manter as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias”, disse o senador na nota pública. 

Em um dos trechos da nota, o político baiano diz: “Sempre usei máscaras, álcool gel e não participei de aglomerações. O vírus está comunitário. Todos devem se cuidar muito e manter as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias”.

Fotografia: Divulgação/Agência Senado

Wilson Dias/Agência Brasil

Nenhuma dose de vacina vencida é repassada aos estados, diz ministério

sábado, julho 3rd, 2021

A resposta. O Ministério da Saúde na sexta-feira, dia 2/7, em Brasília, que nenhuma dose vencida de vacina contra a covid-19 é repassada aos estados e ao Distrito Federal. A pasta acrescentou que o prazo de validade dos imunizantes é rigorosamente acompanhado desde o recebimento até a distribuição. 

A divulgação da informação foi motivada pela publicação de uma matéria do jornal Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, cerca de 26 mil doses de vacinas da AstraZeneca teriam sido aplicadas após o vencimento em 1.532 municípios. 

Segundo o ministério, os estados são orientados a distribuírem imediatamente os imunizantes recebidos, sendo obrigação dos gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS) fazer o armazenamento correto e a aplicação das doses dentro do prazo de validade. 

Divergências no preenchimento de dados

Em nota, a prefeitura de Maringá (PR), apontada pela reportagem como o município que mais teria aplicado doses vencidas, afirmou que nenhuma dose fora da validade foi usada. Segundo o secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, há divergências no preenchimento de dados no sistema eletrônico do SUS. 

“O lançamento no Sistema Conect SUS está diferente do dia da aplicação da dose. Isso porque, no começo da vacinação, a transferência de dados demorava a chegar no Ministério da Saúde, levando até dois meses. Portanto, os lotes elencados são do início da vacinação e foram aplicados antes da data do vencimento. Concluindo, não houve vacinação de doses vencidas em Maringá e sim erro no sistema do SUS”, explicou. 

A Secretaria de Saúde do governo do Distrito Federal também disse que é improcedente a informação sobre aplicação de vacinas vencidas. 

“Ocorre que nem sempre a vacina aplicada é registrada no sistema do Ministério da Saúde na mesma data em que foi administrada no paciente. Caso o digitador não altere esta data de aplicação na hora de fazer o registro no sistema, corre-se o risco de a vacina ser registrada como uma aplicação fora do prazo de validade”, afirmou a secretaria. 

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro declarou que recebeu do Ministério da Saúde todos os lotes de vacinas dentro do prazo de validade. Informou, também, que está verificando se houve aplicações de doses vencidas. 

Segundo o Ministério da Saúde, o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a covid-19 (PNO) orienta que doses aplicadas fora do prazo de validade não podem ser consideradas para imunização, sendo recomendado recomeçar o ciclo vacinal, respeitando intervalo de 28 dias entre as doses. 

Fiocruz 

Em nota, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou que os lotes que estariam com prazo de validade expirado não foram feitos no Brasil. O órgão pertence ao Ministério da Saúde e é responsável pela produção nacional dos imunizantes da AstraZeneca contra a covid-19.

Segundo a Fiocruz, os lotes sob suspeita foram importados da Índia e são do tipo do imunizante da AstraZeneca chamado de Covishield. Os demais carregamentos foram enviados pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS).

“Todas as doses das vacinas importadas da Índia (Covishield) foram entregues pela Fiocruz em janeiro e fevereiro dentro do prazo de validade e em concordância com o MS [Ministério da Saúde], de modo a viabilizar a antecipação da implementação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, diante da situação de pandemia. A Fiocruz está apoiando o PNI [Programa Nacional de Imunização] na busca de informações junto ao fabricante, na Índia, para subsidiar as orientações a serem dadas pelo programa àqueles que tiverem tomado a vacina vencida”, informou a Fiocruz.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Fábio Rodrigues Pozzebom/Divulgação/Agência Brasil

Brasil chega à marca de 100 milhões de doses de vacinas aplicadas

quinta-feira, julho 1st, 2021

Notícia importante. Segundo dados oficiais do Vacinômetro – ferramenta de dados do Ministério da Saúde que acompanha o ritmo de vacinação no Brasil – o país ultrapassou na quarta-feira, dia 30/6, a marca de 100 milhões de doses aplicadas.

Em redes sociais, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, comemorou a marca.

O Brasil é o 4º país do mundo em número absoluto de doses aplicadas. Segundo o Vacinômetro, o país registra 135.060.376 doses distribuídas para os estados e o Distrito Federal, com 101.476.804 doses tendo sido aplicadas. Destas, 74,3 milhões são relativas à primeira dose, enquanto 27,1 milhões correspondem à segunda dose ou dose única (no caso da vacina Janssen).

De acordo com o painel de dados, 2,2 milhões de doses foram aplicadas apenas em 24 horas – ritmo acima das expectativas do ministro Marcelo Queiroga.

Os dados do Ministério da Saúde mostram que a região Sudeste – a mais populosa do Brasil – foi a que mais vacinou, com 40,8 milhões de doses aplicadas. Nordeste está em segundo, com 22,6 milhões de doses. Sul, Centro-Oeste e Norte seguem nas respectivas posições.

A vacina mais aplicada no Brasil é a Butantan Sinovac, que equivale à CoronaVac. Em segundo lugar está a vacina AstraZeneca, que é envasada pela Fiocruz e que deverá passar a ter fabricação nacional até 2022. A vacina ComiRNAty, da Pfizer/BioNTech, segue em terceiro. A vacina da Janssen está em quarto lugar, já que ainda não teve grande volume de entrega e é restrita, no momento, para grupos específicos.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Grávidas vacinadas com AstraZeneca podem receber 2ª dose da Pfizer

terça-feira, junho 29th, 2021

Muita atenção. As grávidas imunizadas contra a covid-19 com a primeira dose da AstraZeneca/Oxford vão poder receber a segunda dose com a vacina da Pfizer, na Cidade do Rio de Janeiro. A autorização foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde, a partir de recomendação do comitê científico da pasta.

A informação foi divulgada na madrugada nesta terça-feira, dia 29/6, pelo secretário de Saúde, Daniel Soranz, em seu perfil no Twitter. Segundo ele, a vacinação pode ocorrer, desde que haja avaliação dos riscos e benefícios, feitos pelo médico que atende a gestante.

Soranz usou como exemplo países como Alemanha, Canadá, Dinamarca, França, Finlândia, Portugal, Suécia, Inglaterra e Itália, que recomendam ou autorizam o uso da Pfizer como segunda dose para quem se imunizou, na primeira dose, com a AstraZeneca.

A vacinação de grávidas com AstraZeneca foi suspensa por orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), devido a possíveis efeitos adversos do imunizante.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Teofilândia chega a 20 mortes por coronavírus

domingo, junho 27th, 2021

Misericórdia. A Secretaria de Saúde da Cidade de Teofilândia no território do Sisal divulgou no boletim de sexta-feira, dia 25/6, mais um óbito em função do coronavírus, chegando a 20 o némero de mortes pela doença.

Segundo a Secretaria, a vítima fatal é uma mulher de 30 anos, residente do Povoado de Barreiro, Zona Rural da Cidade, que estava internada no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana onde foi a óbito.

Fotografia: Divulgação

Fiocruz entrega cerca de 5 milhões de doses da vacina contra covid-19

sábado, junho 19th, 2021

Mais entrega. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou na sexta-feira, dia 18/6, entrega ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) mais cerca de cinco milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19, produzida no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos).

Com a entrega desta semana, chega a 54,8 milhões o total de doses produzidas em Bio-Manguinhos e disponibilizadas ao Ministério da Saúde. Outras quatro milhões de doses do imunizante foram importadas prontas da Índia, onde foram produzidas pelo Instituto Serum. 

As doses fabricadas em Bio-Manguinhos são produzidas a partir de ingrediente farmacêutico ativo (IFA), importado do laboratório chinês WuXi Biologics. Segundo a Fiocruz, um novo carregamento do insumo está previsto para chegar ao Rio de Janeiro na próxima quarta-feira (23), desembarcando no Aeroporto Internacional do Galeão. 

Com a próxima remessa de IFA, poderão ser produzidas mais 5,8 milhões de doses, o que garante entregas de vacinas até o dia 16 de julho. 

Enquanto trabalha no processamento do IFA que já está em Bio-Manguinhos e avança na transferência de tecnologia para nacionalizar a produção do insumo, a Fiocruz também aguarda a confirmação da farmacêutica europeia sobre a possibilidade de antecipação dos próximos envios de IFA produzido na China. 

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação/MS

Covid-19: Ministério recebe 1 milhão de doses de vacina

quarta-feira, junho 16th, 2021

Em boa hora. O Instituto Butantan entregou nesta quarta-feira, dia 16/6, ao Ministério da Saúde um lote de um milhão de doses da vacina CoronaVac contra covid-19. Essa remessa é parte das 5 milhões de doses previstas para serem liberadas ao longo do mês de junho para o Programa Nacional de Imunizações (PNI). As doses entregues hoje já contemplam o segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de vacinas. O primeiro, de 46 milhões, foi cumprido no dia 12 de maio.

O novo lote de 5 milhões de doses está sendo produzido a partir dos 3 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) recebidos no dia 5 de maio. Desse total, já houve a liberação de 2,8 milhões de vacinas desde o dia 11, quando foram entregues 800 mil doses e, no dia 14, mais 1 milhão. 

Segundo informações do Instituto Butantan, o envase da matéria-prima foi iniciado no dia 27 e terminou na madrugada do dia 30. Parte das doses já envasadas está em outras etapas do processo produtivo, como inspeção de controle de qualidade. O Butantan informou, ainda, que até o fim de junho receberá um novo lote de 6 mil litros de IFA para a produção de mais 10 milhões de doses.

Ainda de acordo com o Butantan, com a entrega de hoje, já foram fornecidas ao PNI  50,012 milhões de doses desde 17 de janeiro, quando o uso emergencial do imunizante foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação

Bahia registra mais de 1.800 novos casos de Covid-19 e mais 88 óbitos em 24h

segunda-feira, junho 14th, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.805 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.373 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira 14/6, também registra 88 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados nesta segunda (14). Dos 1.066.552 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.030.977 já são considerados recuperados, 12.974 encontram-se ativos e 22.601 tiveram óbito confirmado.

Fotografia: Agência Brasil

Fonte: Sesab

Bahia registra mais de 4 mil novos casos de Covid-19 em 24h

sábado, junho 12th, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.146 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 4.225 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta sexta-feira 11/6, também registra 127 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados na sexta (11). Dos 1.057.177 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.021.005 já são considerados recuperados, 13.851 encontram-se ativos e 22.321 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

Brasil recebe terceiro lote de vacinas da Pfizer na semana

sexta-feira, junho 11th, 2021

Uma nova remessa com 936 mil doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), na quinta-feira, dia 10/6. Com isso, o Ministério da Saúde recebeu da farmacêutica um total de 2 milhões e 300 mil doses do imunizante somente nesta semana.

Na terça-feira, dia 8/6, foram recebidas cerca de 527 mil doses e, na quarta-feira, dia 9/6, mais 936 mil doses. De acordo com o planejamento do ministério, deverão ser entregues no mês de junho mais de 12 milhões de doses da vacina da Pfizer.

Os dois contratos fechados com a farmacêutica preveem um total de 200 milhões de doses até o fim deste ano. Até o momento, mais de 5 milhões e 900 mil doses da Pfizer/BioNTech foram enviadas para todo o Brasil.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação

Bahia recebe mais de 200 mil doses de vacina do Governo Federal

quinta-feira, junho 10th, 2021

Chegando mais. A Bahia recebeu do Governo Federal, uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19, nesta quinta-feira 10/6. O lote com 227.000 doses de imunizantes da Astrazeneca/Oxford chegou no voo comercial trazendo a carga às 0h25 no aeroporto de Salvador. As vacinas serão destinadas para a primeira aplicação.

Os imunizantes que chegaram nesta madrugada começarão a ser enviados, na manhã desta quinta-feira, para as regionais de saúde em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador, após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. A remessa da Pfizer/BioNTech recebida na terça-feira 9/6, também será remetida para as regionais de saúde nesta logística.

As vacinas serão enviadas exclusivamente aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado.

Com esta nova carga, a Bahia ultrapassará a marca de 7 milhões de vacinas recebidas, chegando ao total de 7.186.400 doses, sendo 3.035.800 da Coronavac, 3.793.750 da AstraZeneca/Oxford e 356.850 da Pfizer/BioNTech.

Fotografia/Fonte: Sesab

Covid-19: Bahia registra segundo maior número de casos confirmados em 24h

quinta-feira, junho 10th, 2021

Pai do céu. A Bahia registrou nesta quarta-feira 9/6, mais um triste marco da pandemia do coronavírus (Covid-19), ao contabilizar o segundo maior incremento de casos confirmados em 24h.

Foram registrados 6.733 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%), 5.216 recuperados (+0,5%) e 125 óbitos, no boletim epidemiológico de quarta (9). A maior marca é do dia em 27/06/2020, com 8.822 casos. Dos 1.048.084 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.012.358 já são considerados recuperados, 13.662 encontram-se ativos e 22.064 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

Bahia registra mais de 2 mil novos casos de Covid-19 e 80 óbitos em 24h

segunda-feira, junho 7th, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.400 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.946 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira 7/6, também registra 80 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados nesta segunda (7). Dos 1.037.924 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.003.088 já são considerados recuperados, 13.007 encontram-se ativos e 21.829 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

Hora Marcada abre vagas para agendamento da 2ª dose contra Covid-19

segunda-feira, junho 7th, 2021

Se ligue. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) abre agendamento da vacina para as pessoas com a 2ª dose da Oxford indicada no cartão de vacinação para data igual ou anterior a 11 de junho. A marcação pode ser feita através do site Hora Marcada, no endereço  

www.vacinahoramarcada.saude.salvador.ba.gov.br . 

Mais de mil vagas estão disponíveis na plataforma on-line para agendar a aplicação entre as seguintes datas: segunda-feira, dia 7/6, quarta-feira, dia 9/6 ou sexta-feira, dia 11/6. Com isso, as 5.067 pessoas em atraso para completar a imunização com a dose da Oxford têm a oportunidade de fechar o esquema vacinal com mais conforto.

Fonte: PMS

Fotografia: Divulgação

Ex-prefeito de Itabuna está internado com covid-19

domingo, junho 6th, 2021

Internado. O ex-prefeito da Cidaade de Itabuna, Vane do Renascer (Pros), foi internado no sábado, dia 5/6, no Hospital de Campanha da Cidade por conta de complicações da Covid-19. 

Conforme informação da imprensa local, a esposa do político também foi diagnosticada com a doença. Os dois estão na enfermaria do hospital, com quadro estável. 

Fotografia: Reprodução/Políticos do Sul da Bahia

Bahia registra mais de 2 mil casos de Covid-19 em 24 horas

sexta-feira, junho 4th, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.531 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 3.801 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta sexta-feira 4/6, também registra 97 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados nesta sexta (4). Dos 1.028.518 casos confirmados desde o início da pandemia, 992.591 já são considerados recuperados, 14.318 encontram-se ativos e 21.609 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

Bahia registra mais de 4 mil casos de Covid-19 em 24h

quarta-feira, junho 2nd, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.887 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.431 recuperados (+0,5%). O boletim epidemiológico desta quarta-feira 2/6, também registra 93 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.021.367 casos confirmados desde o início da pandemia, 984.348 já são considerados recuperados, 15.597 encontram-se ativos e 21.422 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

Bahia registra mais de 4 mil novos casos de Covid-19 em 24h

terça-feira, junho 1st, 2021

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.280 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 4.657 recuperados (+0,5%). O boletim epidemiológico desta terça-feira 1/6 também registra 88 óbitos.

Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados nesta terça 1/6. Dos 1.016.480 casos confirmados desde o início da pandemia, 979.917 já são considerados recuperados, 15.234 encontram-se ativos e 21.329 tiveram óbito confirmado.

Fotografia/Fonte: Sesab

“No que depender do governo federal a Copa América será realizada no Brasil”, diz presidente

terça-feira, junho 1st, 2021

Já decidiu. O presidente da República, Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, dia 1º de junho em Brasília, que, “no que depender do governo federal”, a Copa América será realizada no Brasil. Segundo ele, a decisão foi tomada após consulta feita a ministros.

“Fui procurado pela CBF [Confederação Brasileira de Futebol] com a informação de que a Argentina não iria mais sediar a Copa América, e perguntaram se o Brasil poderia sediá-la. A primeira resposta foi ‘a princípio, sim’. Conversei com ministros [de pastas] que poderiam estar envolvidos no evento, e eles foram unânimes. Todos deram sinal positivo”, disse o presidente em cerimônia no Palácio do Planalto, destinada à assinatura de contratos de patrocínio com outras confederações esportivas.

Bolsonaro acrescentou: “Considero este um assunto encerrado. Todos os meus ministros são favoráveis à Copa América no Brasil, com os mesmos protocolos das Eliminatórias [da Copa do Mundo] e da Libertadores das Américas. Caso encerrado”.

Na avaliação do presidente, as críticas à realização do evento no Brasil partem de emissoras que não detêm os direitos de transmissão dos jogos. Bolsonaro disse que não vê problema na realização de eventos futebolísticos, caso os times sigam os protocolos, e criticou os veículos midiáticos que, para ele, exageram nas afirmações de que a realização das partidas poderia piorar a situação pandêmica no país. 

“Quando dei sinal verde houve quase uma hecatombe no meio jornalístico, de que estaríamos importando numa nova cepa [do vírus]”, disse. A Copa América está prevista para ser realizada entre 13 de junho e 10 de julho.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação