Posts Tagged ‘SESAB’

Números da covid na Bahia

domingo, agosto 7th, 2022

Cuidado. A Bahia registrou, nas últimas 24h, 1.399 casos de covid-19 e 4 mortes pela doença, segundo o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no sábado, dia 6/8. Além disso, 3.219 casos estão ativos.

Dos 1.668.396 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.634.729 são considerados recuperados e 30.448 morreram, mas a Sesab alerta que os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim da Sesab também traz dados com 1.967.554 casos descartados e 358.432 em investigação. O Estado contabilizou 67.914 profissionais da saúde que testaram positivo covid-19.

Fotografia: Divulgação

Bahia registra mais de 1.500 casos de covid-19 e 22 óbitos

sexta-feira, agosto 5th, 2022

Números da covid. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.512 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,09%), 1.704 recuperados (+0,10%) e 22 óbitos. Dos 1.665.393 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.631.292 já são considerados recuperados, 3.680 encontram-se ativos e 30.421 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

boletim epidemiológico da quinta-feira, dia 4/8, contabiliza ainda 1.963.476 casos descartados e 358.631 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 67.821 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.644.520 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.807.737 com a segunda dose ou dose única, 6.825.614 com a dose de reforço e 1.491.957 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.009.566 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 618.922 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 e 4 anos, 11.959 tomaram a primeira dose.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fonte: SESAB

Fotografia: Reproduçao

Bahia registra quase 1.500 casos de Covid-19 e mais 5 óbitos

domingo, julho 31st, 2022

Se ligue. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.489 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,09%) e 2.105 recuperados (+0,13%) e mais 5 óbitos. Dos 1.660.378 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.623.884 já são considerados recuperados, 6.140 encontram-se ativos e 30.354 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

boletim epidemiológico deste sábado (30) contabiliza ainda 1.955.983 casos descartados e 357.760 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste sábado. Na Bahia, 67.675 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.643.151 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.755.981 com a segunda dose ou dose única, 6.769.596 com a dose de reforço e 1.418.122 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.006.743 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 613.143 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 e 4 anos, 7.980 tomaram a primeira dose.

Fonte: Sesab

Fotografia: Divulgação

Bahia confirma mais dois casos de varíola do macaco

terça-feira, julho 26th, 2022

Atenção. Mais dois casos da doença causada pelo vírus Monkeypox (conhecida como varíola dos macacos) foram confirmados na Bahia, um laboratorialmente e outro por critério clínico-epidemiológico. O Estado agora soma cinco registros da doença, todos de pessoas que residem em Salvador. O primeiro foi no dia 13 de julho, o segundo em 14 de julho e o terceiro em 20 de julho.

Outros 31 casos suspeitos estão sendo investigados. São notificações dos municípios de Barra (01), Ibicaraí (02), Ilhéus (02), Laje (01), Mutuípe (03), Porto Seguro (01), Salvador (14), Santo Antônio de Jesus (03), São Miguel das Matas (01) e Vitória da Conquista (03). Em todos os casos, as medidas sanitárias de monitoramento dos contactantes próximos, bem como isolamento foram adotadas.

Monkeypox é uma zoonose viral, do gênero Orthopoxvirus, da família Poxviridae, que se assemelha à varíola humana, erradicada em 1980. A doença cursa com febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, podendo ser dividida em dois períodos: invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa. A erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre e tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

Fonte: Sesab

Fotografia: Reprodução

Bahia não registra óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

sábado, junho 25th, 2022

O boletim epidemiológico deste sábado 25/6, não registra óbito por Covid-19 na Bahia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 162 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,01%) e 660 recuperados (+0,04%). Dos 1.566.377 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.530.231 já são considerados recuperados, 6.135 encontram-se ativos e 30.011 tiveram óbito confirmado.

Vacinação

Até o momento temos 11.628.907 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.683.878 com a segunda dose ou dose única, 6.241.469 com a dose de reforço e 596.187 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 966.246 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 546.196 já tomaram também a segunda dose.

Foto: Sesab

Médica Adélia Pinheiro é a nova secretária de Saúde do Estado da Bahia

sábado, fevereiro 5th, 2022

Nova gestora. A médica Adélia Pinheiro vai ser a nova secretária de Saúde da Bahia. Ela substitui Tereza Paim, neonatologista que ocupava o cargo, interinamente, desde agosto de 2021. O anúncio foi feito na sexta-feira, dia 4/2, pelo governador Rui Costa.

A nomeação sai publicada na edição deste sábado, dia 5/2, do Diário Oficial do Estado (DOE). Adélia Pinheiro tem mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo.

Fotografia: Mateus Pereira/Divulgação/GOVBA

Bahia zera fila da regulação de intubados com Covid-19, informa Sesab

sábado, setembro 4th, 2021

A Bahia zerou a fila de pacientes intubados com Covid-19 que aguardavam transferência em unidades de emergência e de Pronto Atendimento (UPAs) na sexta-feira 3/9. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Segundo o boletim divulgado pela pasta, a Bahia tem 2.056 leitos ativos para tratamento da Covid-19. Desse total, 561 estão com pacientes internados, o que representa taxa de ocupação geral de 27%.

Do total, 1.000 são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto e estão com taxa de ocupação de 30%. Já nas UTIs pediátricas, 20 das 29 vagas estão com pessoas internadas, o que representa taxa de ocupação de 69%.

Em Salvador, dos 622 leitos ativos, 171 estão ocupados (27% de ocupação geral). A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto é de 22% e o pediátrico está em 65%.

Fotografia/Fonte: Sesab
 

Sesab nega aplicação de vacinas com validade vencida

sábado, julho 3rd, 2021

Olha aí. A Secretaria da Saúde do Estado esclarece que não houve aplicação de doses de vacina contra Covid-19 com data de validade vencida em Salvador e outros municípios, a exemplo de Juazeiro, como está sendo erroneamente divulgado.

Conforme explica a superintendente de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), Rívia Barros, os imunizantes foram aplicados no prazo de validade, mas a notificação, ou seja, o registro no sistema do Ministério da Saúde ocorreu depois da data de vencimento da vacina.

A Sesab acrescenta que pode também ter acontecido um erro de digitação no sistema do Ministério da Saúde.

Fotografia/Fonte: Ascom/ Sesab

A reforma que vai custar mais de R$ 30 milhões

sexta-feira, julho 2nd, 2021

Olha pra isso. Com investimento superior a R$ 30 milhões na reforma e modernização do Hospital Especializado Octávio Mangabeira, a unidade estadual, inaugurada em 1942, para atender pacientes com tuberculose, até hoje não havia passado por grandes intervenções. As obras terão início em 12 de julho, com previsão de término em dez meses, e adequarão a unidade às normas vigentes do ambiente hospitalar.

Durante as obras, o ambulatório de pneumologia, que contempla serviços assistenciais nas áreas de Fibrose Cística, Asma Grave, Tuberculose, Controle de Tabagismo. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Pós-Covid-19, permanecerá funcionando e atendendo cerca de 4 mil pessoas por mês. Também permanece aberto o serviço de bioimagem e o laboratório especializado, que faz análises diferenciadas, como o teste do suor.

Já os serviços de infectologia clínica, vascular e cirurgia torácica serão incorporados por outras unidades da rede estadual na capital baiana, garantindo o acesso e assistência aos pacientes.

A unidade terá 168 leitos, sendo 39 de UTI adulto e pediátrica, além de enfermarias dedicadas a pacientes de cirurgia torácica, cirurgia de cabeça e pescoço e oncologia.

Serão realizadas intervenções em toda a unidade, incluindo a substituição de toda a rede elétrica e hidráulica, construção de banheiros nas enfermarias, novas torres de elevadores, novas UTIs, novo centro cirúrgico, além de caixa d’água superior e novo telhado.

Fotografia/fonte: Sesab

Próximas doses da vacina Janssen enviadas pelo Governo Federal serão destinadas a todas as Cidades baianas

quarta-feira, junho 30th, 2021

Mudança de plano. As próximas doses das vacinas contra a Covid-19 fabricadas pelo laboratório Janssen que chegarem à Bahia enviadas pelo Governo Federal, serão destinadas aos 417 municípios baianos. A decisão foi aprovada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite realizada na terça-feira, dia 29/6. A primeira remessa havia sido distribuída apenas para as Cidades da Região Metropolitana de Salvador, Conde, Saubara e Santo Amaro.

Ficou acertado também durante a reunião da CIB, que será destinado o mínimo de 10% das doses para os grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e também em resolução CIB. Os municípios que já concluíram os grupos prioritários poderão utilizar 100% das doses de forma escalonada, por idade.

Fotografia/fonte: Sesab

O crescimento da fila para novos leitos

sexta-feira, março 5th, 2021

Alerta. A secretária da Saúde em exercício, Tereza Paim, voltou a alertar nesta sexta-feira 5/3, sobre a alta ocupação dos leitos de Covid-19. Atualmente, fila de espera por um leito para tratamento da doença tem mais de 320 pessoas. Para ela, mais do que abrir novos leitos, a necessidade é de conscientização da população, para que evite novas contaminações e a consequente sobrecarga do sistema de saúde. Justamente para conter os casos, é que estão sendo adotadas as medidas restritivas.

Fotografia: GOVBA

Centro de Operações da Sesab recomenda proibição de comícios e passeatas

domingo, outubro 11th, 2020

O Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes) recomendou, neste sábado 10/10, medidas sanitárias mais restritivas em relação ao período eleitoral, a exemplo da proibição de comícios, passeatas e caminhadas, bem como o acompanhamento de pessoas a pé durante as carreatas.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, as recomendações foram enviadas à Justiça Eleitoral, a quem compete normatizar a questão. “O objetivo é evitar o crescimento acelerado de casos e redobrar atenção em diversas localidades, a exemplo das regiões Sudoeste, Sul, Norte e Nordeste que tem permanecido com um platô elevado de infectados e taxas de ocupação de leitos em percentuais de atenção”, explica o secretário.

O titular da pasta estadual da Saúde reitera ainda que medida semelhante foi adotada em outros estados, a exemplo da Paraíba.

Nota Técnica 81 está disponível no site www.saude.ba.gov.br/coronavirus e detalha as recomendações, sempre ratificando o uso de máscara, higienização frequente das mãos e manutenção do distanciamento social.

Fotografia: Reprodução

Fonte: Sesab

Primeiro tomógrafo do Brasil com inteligência artificial é instalado na Bahia​

quinta-feira, julho 16th, 2020

O primeiro tomógrafo do Brasil com inteligência artificial na captura de imagens e reduzido índice de radiação foi instalado no Hospital Geral Clériston Andrade 2 (HGCA 2), em Feira de Santana, e atenderá apenas pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Ele compõe parte do moderníssimo parque de imagem do HGCA 2, que possui ainda um tomógrafo de 16 canais, três aparelhos de ultrassonografia, dois raio-X com digitalizadora de imagem e, em breve, uma ressonância magnética. ​​

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, o investimento é superior a R$ 11 milhões apenas em equipamentos. “A saúde sempre foi uma bandeira prioritária para o governador Rui Costa, que vem ampliando, descentralizando e modernizando a rede assistencial em toda a Bahia. Ele escolheu Feira de Santana para instalar o único tomógrafo do país com inteligência artificial e capacidade de aprendizado profundo, chamado de Deep Learning Reconstruction. O equipamento possibilita aquisições de imagens em apenas 0,23 segundos com até 160 cortes simultâneos, além de capacidade de reconstrução interativa com até 70 imagens por segundo”, explica o secretário. ​

Vilas-Boas também destaca que, “na prática, as reconstruções de imagens se tornam extraordinariamente eficientes e precisas, sem demandar um tempo elevado, sendo aplicável a todas regiões do corpo, incluindo cérebro, pulmão, sistemas cardíacos e músculo-esqueléticos. Ele permite reduzir drasticamente a exposição de radiação aplicada ao paciente durante o exame, o que é mais seguro para o paciente”.​

De forma geral, o Deep Learning é uma rede neural composta por camadas de neurônios treinados para entender tarefas complexas, com um grande volume de dados e com base no aprendizado de exemplos.​​A Bahia vem se consolidando como referência nacional em inovação e gestão em saúde. Além de avançar na gestão informatizada de leitos, prontuário eletrônico, central de regulação e telemedicina, a Bahia também inovou em modelos de gestão como as Parcerias Público-Privadas (PPPs) de Imagem e dos hospitais do Subúrbio e Instituto Couto Maia, além dos consórcios de saúde.

Fotografia/fonte: GOVBA

Bahia registra mais de 3.600 casos novos de Covid-19 e 48 óbitos nas últimas 24 horas

terça-feira, julho 7th, 2020

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.675 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +4,2%), 48 óbitos (+2,2%) e 3.428 curados (+5,7%). Dos 91.954 casos confirmados desde o início da pandemia, 63.207 já são considerados curados, 26.531 encontram-se ativos e 2.216 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 394 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,25%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.293,00), Itajuípe (2.152,16), Ipiaú (1.796,26), Uruçuca (1.520,54) e Itabuna (1.496,56).

O boletim epidemiológico contabiliza 91.957 casos confirmados, 186.383 casos descartados e 90.571 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira 7/7.

Na Bahia, 10.222 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. 

Fotografia: Agência Senado

Fonte: Sesab

Feira de Santana vai ganhar 40 novos leitos de UTI exclusivos para Covid-19

terça-feira, maio 19th, 2020

Tá ficando pronto. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, inspecionou no domingo, dia 17/5, as obras do Hospital Geral Clériston 2, em Feira de Santana, que terá 40 leitos de UTI dedicados ao coronavírus (Covid-19). “A previsão é que dentro de um mês a Bahia ganhe mais 40 novos leitos de UTI para enfrentamento ao Coronavírus, com uma das estruturas mais modernas do estado”, afirma Vilas-Boas.

De acordo com o titular da pasta estadual da Saúde, estão sendo investidos R$ 50 milhões entre obras e equipamentos. “A nova unidade possui 8.000 m², em três pavimentos. No andar térreo será instalado o setor de bioimagem, com dois tomógrafos e ressonância, bem como o maior Centro de Hemorragia Digestiva do interior do estado. O primeiro pavimento será destinado a 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e o segundo terá o segundo maior centro cirúrgico do estado, com 12 salas operatórias”, ressalta o secretário.

No início de maio a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) já tinha colocado em operação dez leitos de UTI dedicado à Covid-19, no Hospital Geral Clériston Andrade 1. “Todos os leitos em funcionamento possuem ventilação mecânica, monitores e equipamentos tecnológicos que asseguram aos pacientes graves da Covid-19, um tratamento de excelência”, destaca o titular da pasta da Saúde na Bahia.

Fotografia/fonte: Sesab

Governo abre 20 leitos de UTI no Hospital do Subúrbio para pacientes com covid-19

sábado, maio 2nd, 2020

O Governo do Estado abriu mais 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital do Subúrbio (HS), neste sábado, dia 2/5, para receber pacientes com diagnóstico da covid-19 e que apresentam quadro mais grave da doença. A unidade irá atender os pacientes que forem encaminhados via Central de Regulação e oriundos de diversas partes da Bahia.

Segundo a subsecretária da Saúde, Tereza Paim, os pacientes serão transferidos para esses leitos ainda neste sábado, dia 2/5. “O primeiro paciente a ocupar um dos leitos será uma pessoa que já estava internada no Hospital do Subúrbio e teve o diagnóstico do novo coronavírus confirmado. Além deste, estão sendo encaminhados via UTI aérea dois pacientes da região sul e mais um do norte do estado”, revela Tereza Paim.

A previsão é de que sejam abertos 58 leitos de UTI no Hospital do Subúrbio de forma progressiva. Para colocar esses leitos em funcionamento foram investidos mais de R$ 2,4 milhões. “Com a transferência de pacientes de outras regiões para a capital, nós conseguimos liberar esses leitos no interior e, com isso, o Estado pode ampliar o atendimento à população. É um esforço conjunto para não deixar os pacientes desassistidos”, acrescenta a subsecretária.

Na área externa do HS está em fase de finalização a tenda do hospital de campanha que irá abrigar 60 leitos de UTI. A obra será finalizada na segunda-feira feira (4) e ficará aguardando a instalação dos equipamentos. A previsão é de que a unidade comece a funcionar em até duas semanas.

O diretor-técnico do Hospital do Subúrbio, Rogério Palmeira, destaca a relevância da estratégia de aumento dos leitos de UTI. “Esses novos leitos são fundamentais para o combate à pandemia da covid-19. O Hospital do Subúrbio, dentro deste cenário de maior disponibilização de leitos de UTI, tem dois projetos. Um deles foi a transformação da unidade de emergência em UTI dedicada para a covid-19, com 58 leitos. O outro é o hospital de campanha que estará finalizado no início da semana. Com essa estratégia, a gente consegue se preparar para um eventual aumento muito grande de casos, assim como conseguimos dar o suporte adequado para os pacientes mais graves”.

Hospital Ernesto Simões

Ainda de acordo com Tereza Paim, neste sábado (2), também foram abertos mais 20 leitos clínicos de internação no Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF). Com isso, a unidade passa a ter 60 leitos clínicos para pacientes com covid-19. Já na segunda-feira (4), serão abertos outros 20 leitos de UTI no hospital.

Hospital Riverside

Desde sexta-feira (1º), o Hospital Riverside, em Lauro de Freitas, recebe os primeiros pacientes com diagnóstico de coronavírus, bem como casos suspeitos. O hospital é uma unidade de retaguarda que possui 110 leitos clínicos, que serão ocupados mediante encaminhamento da Central Estadual de Regulação, o que significa que não receberá pacientes por demanda espontânea.

Hospital Espanhol

O Hospital Espanhol foi reaberto no dia 22 de abril, quando começou a receber os primeiros pacientes. A unidade, que estava fechada há mais de cinco anos, possui 220 leitos instalados, sendo 140 de UTI e 80 leitos clínicos.

Fotografia/fonte: SESAB

Governo investe quase R$ 10 milhões em tomógrafos para assistência à Covid-19

sexta-feira, abril 24th, 2020

Reforço importante. Seis tomógrafos comprados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) no início deste mês começam a ser entregues a partir desta sexta-feira, dia 24/4, a quatro unidades de saúde em Salvador, uma em Caetité e outra em Paulo Afonso. O investimento de R$ 9,2 milhões vai ajudar no tratamento de pessoas contaminadas com o novo coronavírus.

Segundo o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, os novos equipamentos asseguram um tratamento mais preciso. “Estamos trabalhando para garantir que os pacientes sejam diagnosticados e tratados da forma mais adequada. Temos o compromisso de investir em inovação e tecnologia, reduzindo assim o tempo de espera por exames de imagem de alta complexidade e melhorar os níveis de qualidade no atendimento dos pacientes”, afirma o Secretário.

As entregas estão previstas para o hospital de campanha que está sendo montado na Arena Fonte Nova, nesta sexta-feira (24), no Hospital Metropolitano, na segunda-feira (27), no Hospital Mater Dei, na terça-feira (28), e, na quarta-feira, no Hospital Espanhol e no Hospital Municipal de Caetité. O Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, em breve, também vai receber um tomógrafo.

A subsecretária da Saúde, Tereza Paim, explica a importância dos tomógrafos para o tratamento da Covid-19. “A tomografia computadorizada de tórax é um exame muito esclarecedor, é bem sensível para pacientes que apresentam insuficiência respiratória por causa da Covid-19. O exame traduz anatomicamente a condição do pulmão e faz com que esse diagnóstico fique mais preciso. É também um exame de rastreio intermitente da melhora ou piora clínica do paciente. É um equipamento imprescindível para todos os hospitais que cuidam dos pacientes covid positivos”.

Tereza Paim informa que quando o surto estiver controlado, os equipamentos serão realocados para reforçar outras unidades. “Quando passar essa fase, os equipamentos serão destinados a outros hospitais que estamos montando, que estão sendo terminados, e serão incluídos também em ampliações de leitos que nós já temos dentro da própria rede de saúde. São equipamentos que não deixarão de ser utilizados, todos serão aproveitados em locais onde é necessário se manter a assistência à saúde, independente da pandemia”.

Foto/fonte: Secom/GOVBA

Sesab e Osid iniciam transferência de pacientes do Hospital Santo Antônio

segunda-feira, abril 20th, 2020

Ao longo dos últimos 15 dias, foi verificado um aumento do número de casos diagnosticados de coronavírus (Covid-19) no Hospital Santo Antônio, pertencente às Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), afetando profissionais de saúde e pacientes internados. Considerando a emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus e visando adotar medidas precoces para o controle na instituição, a Diretoria da Osid desencadeou, imediatamente, todas as medidas de contingência recomendadas, incluindo isolamento de funcionários e pacientes, assim como a realização de testes RT-PCR para Covid-19 em todos os colaboradores sintomáticos.

Diante do continuado progresso do aumento de casos na instituição, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e a Osid decidiram transferir, provisoriamente e de modo inicial, 200 pacientes internados no Hospital Santo Antônio para outras unidades de saúde da rede pública estadual. Desses, apenas 26 possuem diagnóstico positivo para Covid-19. Os demais, com perfil etário acima de 60 anos, serão transferidos como medida protetiva. O processo de transferência foi iniciado neste domingo (19).

A subsecretária estadual da Saúde, Tereza Paim, destaca que o Governo do Estado está ofertando toda a assessoria necessária para a Osid. “Em um planejamento conjunto, estamos ofertando vagas tanto na rede própria quanto no centro de acolhimento montado no Rio Vermelho para dar o tratamento a esses pacientes, até que todas as providências sejam efetuadas pela entidade”, garantiu.

Durante os próximos dias, serão realizadas medidas operacionais e adequações físicas para que, o mais breve possível, os pacientes possam retornar progressivamente ao hospital. A gestora de saúde da Osid, Lucrécia Savernini, explica que a Sesab vem dando “todo o apoio necessário para que pacientes com testagem positiva para Covid-19 não fiquem próximos a pacientes com outra doenças. Por isso, a transferência dos pacientes com o novo coronavírus e que tenham acima de 60 anos, somando 200 pessoas”.

Lucrécia ainda conta que “depois da saída desses pacientes, o Santo Antônio vai passar por outra higiene terminal e, por orientação da Sesab, será reduzido o número de leitos na unidade para que os pacientes fiquem mais dispersos na diferentes áreas do hospital”.

Entre as medidas adotadas será realizada a desinfecção terminal de todas as áreas assistenciais do hospital; redução de 50% do número de leitos em cada enfermaria; adequações dos sistemas de renovação de ar; realização de testes RT-PCR em todos os funcionários e pacientes, mesmo os assintomáticos; intensificação das auditorias da utilização correta dos EPIs por todos os profissionais de saúde, além da desparamentação desses profissionais; entre outras ações.

O Governo do Estado, por meio da Sesab, dará todo apoio necessário para que o Hospital Santo Antônio possa retornar ao pleno funcionamento e com segurança para pacientes e funcionários.

Foto/fonte: Sesab

Bahia registra 26º óbito por Covid-19​

terça-feira, abril 14th, 2020

Pai do céu. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informa que registrou, nesta terça-feira, dia 14/4, mais um óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no Estado. A 26ª morte foi de uma paciente de 62 anos, residente na Cidade de Itapé, Sul da Bahia, com histórico de cirrose, hepatite B e cardiopatia.

A mulher estava internada em um hospital público em Ilhéus desde 3 de abril, vindo a falecer em 10 de abril. A data da coleta para o diagnóstico da Covid-19 foi em 11 de abril e o resultado confirmatório foi divulgado no dia seguinte, sendo que a investigação epidemiológica foi concluída nesta terça-feira, dia 14/4.

Foto: Divulgação

Bahia autoriza tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina para pacientes com coronavírus​

quarta-feira, abril 8th, 2020

Mudança de plano. O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou nesta quarta-feira, dia 8/4, que o Governo do Estado vai liberar, mediante prescrição médica, o uso da associação dos medicamentos hidroxicloroquina e azitromicina para pacientes internados no Sistema Único de Saúde (SUS) com diagnóstico positivo para coronavírus (Covid-19). A deliberação ocorreu durante reunião da comissão científica criada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para analisar as evidências científicas envolvendo a Covid-19, na tarde desta quarta-feira, dia 8/4.

De acordo com Vilas-Boas, que preside a comissão, “a recomendação é que os pacientes hospitalizados recebam os medicamentos o mais precocemente possível após a internação”, ao apontar que há estoque suficiente para atender até 50 mil pacientes.​​Já o infectologista e presidente do Comitê Estadual de Combate ao Coronavírus, Antônio Bandeira, destaca que “outras alternativas terapêuticas também serão disponibilizadas para emprego no tratamento de pacientes hospitalizados, tais como Ivermectina e Tocilizumabe”. ​​

O pesquisador e infectologista Roberto Badaró, integrante do Comitê Científico do Consórcio Nordeste e diretor do Instituto de Ciências da Saúde do Cimatec, explica como funciona a adoção de protocolos. “Há uma evolução muito grande nos modos de tratamento, visto que é uma doença nova e estamos aprendendo como realmente é a epidemia. Os especialistas procuram organizar protocolos de tratamento para não prejudicar os pacientes com remédios experimentais, nem com tentativas desesperadoras de salvar o paciente”. 

Badaró acrescenta que “a experiência já acumulada nos direciona pra saber quem deve tomar hidroxicloroquina, quem não deve, quem deve ficar em casa e quem deve ser hospitalizado e tratado o mais precocemente possível. E isso só consegue ser ordenado se fizermos esses protocolos. E eles são feitos por quem tem experiência e responsabilidade com a saúde pública”.​​

Participam também do comitê técnico-científico da Sesab a subsecretária da Saúde, Tereza Paim, o diretor geral de Gestão das Unidades Próprias, Igor Lobão, a infectologista e diretora geral do Instituto Couto Maia, Ceuci Nunes, o pneumologista Sérgio Jezler e o superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia em Saúde, Luiz Henrique d’Utra. Fonte: Secom/GOVBA

Foto: Divulgação/Secom/GOVBA