Posts Tagged ‘COVID’

Bahia registra mais de 4 mil novos casos e 68 óbitos por Covid-19 em 24h

sábado, fevereiro 20th, 2021

A Bahia registrou 4.100 casos de coronavírus e 68 mortes em decorrência da Covid-19, nas últimas 24 horas, segundo boletim divulgado neste sábado 20/2, pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Ao todo, a Bahia tem 651.484 casos confirmados e 11.128 óbitos desde o início da pandemia.

Ao todo, 623.069 pessoas já estão curadas da doença. Na Bahia, 26.331 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

No estado, dos 2.145 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.503 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de UTI adulto de 78%. Vale lembrar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia.

Fotografia/Fonte: Sesab

Covid 19: Insumos para vacina devem chegar até o dia 3 de fevereiro

terça-feira, janeiro 26th, 2021

O Instituto Butantan prevê a chegada de 5,4 mil litros de insumos necessários para a produção da vacina CoronaVac ao Brasil até o dia 3 de fevereiro. A informação foi dada em entrevista coletiva nesta terça-feira, dia 26/1, logo após o governo paulista se reunir virtualmente com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming. A CoronaVac é uma vacina contra o novo coronavírus produzida em uma parceria do Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, esses 5,4 mil litros serão suficientes para produzir em torno de 8,6 milhões de doses da vacina. Ele explicou que mais 5,6 mil litros deverão chegar ao país em breve, o suficiente para produzir mais 8,6 milhões de doses. Após chegarem ao país, essas vacinas serão produzidas e envasadas, além de passar por um processo de qualidade que deve durar em torno de 20 dias. Só então elas são liberadas para a vacinação.

“Uma dose de vacina tem 0,62 ml”, explicou Dimas Covas. “Na verdade, uma dose da vacina aplicada corresponde a 0,50 ml. Mas, pela regulamentação internacional, temos que colocar 0,62 ml no frasco. Então, um frasco que tenha 10 doses, se houver precisão na hora de retirada de 0,50 ml, um frasco pode render não só dez, mas 12 doses. Se houver grande observação de quem aplica a vacina, não houver desperdício, teremos a possibilidade de, com um frasco de dez doses imunizar 12 pessoas”, explicou Dimas Covas.

Pelo contrato estabelecido entre o Instituto Butantan e a Sinovac, o Brasil irá receber, até abril, 46 milhões de doses da vacina, quantidade que pode se expandir para até outras 54 milhões de doses, caso haja interesse do Brasil. Até este momento, o Instituto Butantan já recebeu 10,8 milhões de doses, sendo que mais de 6 milhões delas já estão sendo empregadas na vacinação no país.

Participando da entrevista coletiva, de forma virtual, o embaixador ressaltou a parceria entre Brasil e China e falou da importância da vacina para conter a pandemia do novo coronavírus. “Vacinas são uma arma para conter a pandemia e garantir a saúde do povo e não instrumento político”, disse. “A situação da pandemia é incerta. Haverá demanda urgente e de longo prazo pelas vacinas”, acrescentou.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Depois de contrair coronavírus, prefeito de Vitória da Conquista é internado

sábado, dezembro 19th, 2020

Enfrentando a doença. O prefeito reeleito da Cidade de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), está internado desde a sexta-feira, dia 18/12, para continuação do tratamento contra o coronavírus. O político apresentou complicações nos pulmões.

Segundo a assessoria da Prefeitura, Herzem Gusmão evoluiu para a necessidade da utilização de oxigênio. A confirmação do diagnóstico para Covid-19 ocorreu na segunda-feira, dia 7/12.

Fotografia: Divulgação

Deputado Elmar Nascimento afirma que está curado da covid

sábado, dezembro 19th, 2020

Venceu. O deputado federal Elmar Nascimento (DEM-BA) anunciou na sexta-feira, dia 18/12, que está curado da covid-19. Em publicação no Twitter, o parlamentar agradeceu o apoio dos familiares e de profissionais da saúde.

“Quero agradecer a Deus, à minha família que esteve sempre ao meu lado, à Dra. Noara e a todos que estavam torcendo pela minha recuperação. É com muito alívio e alegria que venho dizer a vocês que venci a Covid-19 e tive alta na tarde dessa quinta-feira”, escreveu.

No início da semana, o deputado baiano foi internado em um hospital de Brasília após apresentar piora no quadro de saúde devido às complicações da covid-19. Elmar Nascimento é um nome do DEM para disputar a Presidência da Câmara dos Deputados.

Fotografi: Agência Câmara

Auxílio emergencial tem saque liberado; confira

quinta-feira, julho 9th, 2020

Presete atenção. Cerca de 400 mil beneficiários do auxílio emergencial, contemplados no terceiro lote do benefício, podem sacar nesta quinta-feira, dia 9/7, os recursos da primeira parcela. O saque está liberado para os nascidos em abril.

O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia de covid-19. A liberação do saque e a transferência da poupança social da Caixa para outros bancos estão sendo feitas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Os recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas.

O calendário de saque segue o seguinte cronograma: segunda-feira (6) foi a vez dos nascidos em janeiro; terça-feira, dia 7/7, nascidos em fevereiro, quarta-feira, dia 8/7, nascidos em março; na quinta-feira, dia 9/7, nascidos em abril; na sexta-feira, dia 10/7, nascidos em maio; no sábado, dia 11/7, nascidos em junho; na segunda, dia 13/7, nascidos em julho; na terça-feira, dia 14/7, nascidos em agosto; na quarta-feira, dia 15/7, nascidos em setembro; na quinta-feira, dia 16/7, nascidos em outubro; na sexta-feira, dia 17/7, nascidos em novembro; e no sábado, dia 18/7, nascidos em dezembro. No total, o saque será liberado para cerca de 4 milhões e 800 mil pessoas.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Atenção: Beneficiários do Bolsa Família recebem boa notícia

quarta-feira, junho 17th, 2020

Boa notícia. A população inscrita no programa Bolsa Família começou a receber nesta quarta-feira, dia 17/6, a terceira parcela do auxílio emergencial. Os repasses de R$ 600 a R$ 1.200 obedecem ao calendário habitual do programa, que segue até 30 de junho.

Os primeiros a receber são os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) final 1. Em maio, 14,28 milhões de famílias receberam o benefício, no valor total de R$ 15,2 bilhões. O calendário de pagamento para os demais cidadãos com direito ao auxílio emergencial será divulgado em breve, segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

O auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. O governo deve estender o pagamento do auxílio em pelo menos mais duas parcelas , mas com valor inferior aos R$ 600 pagos atualmente.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 59 milhões de pessoas já receberam a primeira parcela do benefício. A segunda parcela, de acordo com o ministro Onyx Lorenzoni, foi paga a 51 milhões. Cada parcela do auxílio emergencial custa aos cofres públicas cerca de R$ 48 bilhões. Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Atenção: Notícia atualizada sobre o auxílio emergêncial para sexta-feira (12) e sábado (13)

quarta-feira, junho 10th, 2020

Em boa hora. As agências da Caixa Econômica Federal (CEF) não funcionarão nesta quinta-feira, dia 11/6, feriado de Corpus Christi. Na sexta-feira, dia 12/6, as agências abrem normalmente, inclusive para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para beneficiários nascidos no mês de novembro.

No sábado, dia 13/6, 680 agências farão atendimento para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial para beneficiários nascidos em dezembro. No site da Caixa Econômica, há informação da localização das agências. Também estão na internet orientações sobre o uso de aplicativos da Caixa para movimentar o dinheiro creditado.

Tem direito ao auxílio pessoas que estejam desempregadas ou exerçam atividades que foram afetadas pela pandemia da covid-19 na condição de trabalhador informal, microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual da Previdência Social e que pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00).

Segundo o vice-presidente da Caixa para Rede de Varejo, Paulo Henrique Angelo, já foram pagos R$ 76,6 bilhões a 58,6 milhões de beneficiários inscritos por meio do Cadastro Único, do Programa Bolsa Família, ou pelo site e pelos aplicativos da CEF.

Em live no YouTube para atualização de números das operações de pagamento, Paulo Henrique informou que o maior volume de pagamentos foi feito nas regiões mais populosas: Sudeste (R$ 27,7 bilhões) e Nordeste (R$ 27,4 bilhões). No Norte, foram pagos R$ 8,3 bilhões. No Sul, R$ 7,8 bilhões. E no Centro-Oeste, R$ 5,4 bilhões. São Paulo foi o estado que ficou com a maior proporção do dinheiro, 17,3%.

Mais de 107 milhões de pessoas se cadastraram para receber o benefício, sendo que desse total, 59,2 milhões foram considerados elegíveis, 42,7 milhões inelegíveis, cinco milhões e meio de pessoas estão com a demanda em análise e 5,2 milhões de pessoas que tiveram o pedido negado para receber o benefício estão em nova análise. Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Reprodução

Transmissão por pacientes assintomáticos de coronavírus é “muito rara”, afirma OMS

terça-feira, junho 9th, 2020

Olha aí. A médica infectologista e chefe do departamento de doenças emergentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove, afirmou na segunda-feira, dia 8/6, na conferência de imprensa sobre o coronavírus que acontece diariamente, que a chance de transmissão por parte de pacientes assintomáticos parece ser “muito rara”.

Segundo a médica Kerkhove, os dados levantados até o momento mostram que pessoas que não apresentam sintomas dificilmente contaminariam indivíduos saudáveis. “Nós sabemos que existem pessoas que podem ser genuinamente assintomáticas e ter o PCR (teste realizado para detectar a presença do vírus no organismo) positivo. Esses indivíduos precisam ser analisados cuidadosamente para entender a transmissão. Há países que estão fazendo uma análise detalhada desses indivíduos, e eles não estão achando transmissão secundária. É muito rara”, respondeu a médica a uma pergunta de jornalistas. 

A profissional afirmou, entretanto, que a maioria das vítimas apresenta sintomas, mesmo que brandos. Além disso, é importante alertar que muitas pessoas podem possuir o vírus, mas estar em estágio pré-sintomático, ou seja, ainda vão passar pelos efeitos e podem ser potenciais transmissores. 

Fotografia: Christopher Black/Divulgação/OMS

Atenção: Mães menores de idade já podem pedir auxílio emergencial

domingo, maio 31st, 2020

Em boa hora. A partir de sábado, dia 30/5, as mães com menos de 18 anos podem pedir o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). A novidade está disponível na 16ª versão do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está sendo liberada hoje pela Caixa Econômica Federal.

Incluída pelo Congresso durante a tramitação da medida provisória que instituiu o benefício, a extensão do auxílio emergencial para mães menores de idade havia sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 15. O cadastro no auxílio emergencial pode ser pedido até 3 de junho.

A vice-presidente de Tecnologia da Caixa, Tatiana Thomé, explicou como funcionará a novidade em entrevista coletiva hoje à tarde. A mãe menor de idade precisa cadastrar pelo menos dois membros da família (ela própria mais um filho, no mínimo). Caso a adolescente pertença a uma família maior, com algum membro que tenha se cadastrado no auxílio emergencial, precisará fazer o cadastro compatível com o do outro membro da família.

Mães grávidas não poderão fazer o cadastro porque o aplicativo pedirá o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do filho. O processo se dará de forma igual ao dos demais cadastramentos. Ao entrar no aplicativo, a mãe digitará nome completo, número do CPF, nome da mãe e data de nascimento, conforme constam nos cadastros da Receita Federal. O aplicativo oferece a opção “mãe desconhecida”, caso a requerente não conheça a mãe.

Finalizado o cadastro, os dados serão enviados à Dataprev, empresa estatal de tecnologia, que comparará as informações prestadas com as 17 bases de dados disponíveis para ver se o requerente cumpre as condições da lei para receber o auxílio emergencial. A usuária poderá acompanhar, no próprio aplicativo, se o benefício foi aprovado, negado ou se o cadastro foi considerado inconclusivo (quando as informações prestadas não conferem com os bancos de dados do governo). Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Marcello Casal Jr/Divulgação/Agência Brasil

Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio

terça-feira, abril 7th, 2020

Cerca de 600 mil trabalhadores informais já se cadastram na manhã desta terça-feira, dia 7/4, para receber o auxílio emergencial anunciado na semana passada pelo governo federal. A previsão do governo é que entre 15 milhões a 20 milhões de trabalhadores informais façam o cadastro para receber o benefício. 

site e o aplicativo para fazer o cadastramento já está disponível. As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito ao auxílio, poderão se cadastrar também pelo aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial. A Caixa disponibiulizou ainda a central 111 para tirar dúvidas sobre como fazer o cadastramento. 

Após essa etapa, a expectativa do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, é que em quatro ou cinco dias úteis o benefício possa ser liberado. 

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente. De acordo com o ministro, houve um acordo com empresas de telefonia para que mesmo as pessoas sem crédito no celular possam baixar o aplicativo.

Auxílio emergencial

Na última quinta-feira (2), foi publicada a lei que prevê o pagamento de uma renda básica emergencial no valor R$ 600 a trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. O texto foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro com três vetos, mas nenhum altera o valor ou os critérios para participação no programa.

O pagamento do benefício será feito ao longo de três meses (três parcelas), com operacionalização final pelas redes dos bancos públicos federais: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil (BB), Banco da Amazônia (Basa) e Banco do Nordeste (BNB), além de casas lotéricas, após o cruzamento de dados para definir quem tem direito ao benefício. O recebimento do auxílio emergencial está limitado a dois membros da mesma família.

Aplicativo disponível

Já está disponível, desde as 9h de hoje, o aplicativo da Caixa Econômica que pode ser baixado por trabalhadores informais não inscritos em programas sociais. O governo estima que de 15 milhões a 20 milhões de trabalhadores se cadastrem para receber a renda básica emergencial. O auxílio de R$ 600 pode chegar a R$ 1,2 mil para mães solteiras.

A Caixa também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro. 

Boletim mais recente

De acordo com o último boletim sobre a situação da pandemia no país, divulgado nessa segunda-feira (6) pelo governo, o Brasil chegou a 553 mortes, com um aumento de 13% em relação ao dia anterior (486). 

O número de casos da infecção subiu para 12.056, com um crescimento de 8% em relação a domingo, quando o balanço do Ministério da Saúde marcou 11.130. A taxa de letalidade do país ficou em 4,4%.

Fonte: Agência Brasil