Posts Tagged ‘Bolsonaro’

Condomínio de Bolsonaro no Rio vira local turístico

sexta-feira, novembro 16th, 2018

Desde o primeiro turno das eleições, o número 3.100 da Avenida Lúcio Costa, o condomínio Vivendas da Barra, onde mora o presidente eleito Jair Bolsonaro, entrou no circuito turístico do Rio de Janeiro. Ele costuma sair de casa em um comboio de três Mitsubishi Pajeros pretas com vidros totalmente escuros.

Depois de eleito, o sinal de que Bolsonaro vai sair é a chegada de motocicletas de batedores da Polícia Militar, pelo menos seis a cada saída. Um carro da Polícia Federal também passou a acompanhar o comboio.

No último dia 19, foram colocadas grades em volta dos canteiros entre a entrada do condomínio de Bolsonaro e da do prédio vizinho. Um carro da Polícia Militar também está sempre no local.

Além dos jornalistas que fazem plantão permanente no local, protegidos por árvores, a movimentação de curiosos é intensa. Vendedores ambulantes também são assíduos frequentadores.

Papito, cujo nome de batismo não é revelado, é um dos mais conhecidos. Ele oferece camisetas com o rosto do presidente eleito com slogans relacionados a ele, copos e bandeiras do Brasil.

O ambulante disse que teve mais lucro durante a campanha do que agora. “Está fraco. Já baixou a movimentação. Antes da eleição que estava bom. Mas eu continuo vindo, porque a mulher manda, né? Estou desempregado, sem nada pra fazer, então eu venho. A mulher não quer que eu fique dentro de casa”, justificou.

 

 

 

Foto:/Fonte: Agência Brasil

Prestação de contas de campanha devem ser apresentadas até sábado (17)

quinta-feira, novembro 15th, 2018

Chegou a hora. Candidatos e partidos políticos que disputaram o segundo turno das eleições 2018, têm até as 7 da noite do sábado, dia 17/11, para prestar contas da campanha à Justiça Eleitoral. No âmbito nacional, participaram do segundo turno das eleições Jair Bolsonaro, eleito presidente pela coligação PSL/PRTB, e Fernando Haddad, pela aliança PT/ PCdoB/Pros, além de seus respectivos vices.

 

 

 

Foto: Reprodução

Posse de Bolsonaro acontece às 3 da tarde do dia 1º de janeiro, diz Eunício

quarta-feira, novembro 14th, 2018

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), confirmou que a solenidade de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro foi antecipada em duas horas e ocorrerá às 15h, em 1º de janeiro. Segundo ele, a mudança foi para atender a um pedido do próprio Bolsonaro.

A cerimônia está sendo organizada por uma equipe multidisciplinar com integrantes do Congresso Nacional, da Presidência da República e do Ministério das Relações Exteriores.

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Bolsonaro diz que vai trabalhar por um país em que todos sejam felizes

segunda-feira, novembro 12th, 2018

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que tem intenção de fazer com que todos vivam bem e em harmonia no Brasil. Segundo ele, é preciso “transformar o nosso país” em um local onde todos consigam conviver mais felizes. O esforço, de acordo com Bolsonaro, é conjunto de todos aqueles que contribuem para o governo eleito.

“Tem como transformar o nosso país. Mas não só habitável, mas [um lugar em] que as pessoas possam viver em harmonia e mais felizes.”

Bolsonaro surpreendeu no sábado 10/11, à noite o empresário Silvio Santos, que conduzia o Teleton, uma campanha do SBT em favor de ajuda financeira para a Associação Brasileira de Assistência para a Criança Brasileira (AACB). O presidente eleito ligou direto para o apresentador para pedir doações.

“Sou um fã teu. Tenho acompanhado o Teleton à medida do possível, realmente há um reconhecimento muito grande por parte da sociedade”, disse. “A grande contribuição não é minha. É pedir, respeitosamente, para quem votou em mim ou não, mas é fã do Silvio Santos, que faça uma doação que seja de R$ 5.”

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Bolsonaro: “querem colocar na minha conta decisões sobre Previdência”

sábado, novembro 10th, 2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro reclamou na sexta-feira 9/11, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, que querem colocar na conta dele decisões sobre a Previdência que não foram tomadas. “O que recebi em Brasília foram projetos”, destacou, afirmando que não fechou ainda nenhuma proposta de reforma.

Ele voltou a negar a ideia de aumentar de 11% para 22% a alíquota do INSS e também fixação mínima de 40 anos para concessão de aposentadoria integral.

“O que estou vendo (sobre as propostas atuais) é que pouca coisa pode ser aproveitada”, disse.

Bolsonaro ressaltou que a Previdência do funcionalismo público é a mais deficitária e precisa ser revista. Mais uma vez, ele disse que não quer ver o Brasil “transformado” em uma Grécia – onde os contribuintes tiveram que aumentar o pagamento do desconto linear para 30%, segundo Bolsonaro.

O presidente eleito apelou para a compreensão da sociedade sobre a necessidade de aprovar mudanças no sistema previdenciário. “Todos têm de entender que está difícil”, afirmou. “Não podemos falar em salvar o Brasil, quebrando o Brasil.”

Bolsonaro se reuniu na quinta-feira 8/11, em Brasília, com parlamentares de vários partidos na tentativa de buscar acordos para aprovar a reforma da Previdência. Inicialmente, ele estuda discutir apenas as medidas infraconstitucionais – aquelas que não dependem de mudanças na Constituição -, apressando assim o processo.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro diz que vai abrir “caixa-preta” do BNDES

quinta-feira, novembro 8th, 2018

Vixe. O presidente eleito Jair Bolsonaro, confirmou mesta quinta-feira, dia 8/11, que vai abrir os sigilos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assim que assuma o governo em 1º de janeiro de 2019. Nas redes sociais, o presidente usou a expressão “abrir a caixa-preta”, que, segundo o presidente eleito, é um “anseio” dos brasileiros.

“Firmo o compromisso de iniciar o meu mandato determinado a abrir a caixa-preta do BNDES e revelar ao povo brasileiro o que foi feito com seu dinheiro nos últimos anos. Acredito que esse é um anseio de todos”, escreveu Bolsonaro, no Twitter.

Na quarta-feira, dia 7/11, o presidente eleito afirmou que essa é uma prioridade para ele. “Vamos abrir todos os sigilos do BNDES, sem exceção. É o dinheiro do povo e nós temos que saber onde está sendo usado.”

O BNDES foi alvo de investigações da Polícia Federal, que indiciou os ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, o ex-presidente da instituição Luciano Coutinho, além do empresário Joesley Batista, da JBS, por suspeitas de operações ilícitas. Fonte: Agência Brasil

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Afastado de Bolsonaro: Depois de polêmica, Mourão decide viajar em outro voo

quinta-feira, novembro 8th, 2018

Mudou de ideia. O vice-presidente da República eleito, Hamilton Mourão (PRTB), resolveu seguir a orientação de segurança de não viajar na mesma aeronave que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Ao falar para jornal Folha de S. Paulo, Mourão disse retornaria ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, dia 8/11, em um voo comercial. “E será pago por mim”, completou o general.

O que chamou á atenção foi fato de na terça-feira, dia 6/11, ambos voaram lado a lado em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira), ignorando um protocolo mundial, conforme o qual não se deve transportar juntos os dois primeiros nomes da linha de sucessão presidencial.

 

 

Foto: Reprodução/Facebook

Bolsonaro negocia reforma da Previdência com parlamentares

quinta-feira, novembro 8th, 2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro se reúne nesta quinta-feira 8/11, pela manhã, com parlamentares no apartamento funcional dele em Brasília, para negociar a parte da reforma da Previdência. A finalidade é garantir a aprovação ainda este ano de algumas propostas de tramitação mais simples no Congresso Nacional.

Em meio a dificuldades pela falta de consenso no Congresso Nacional, Bolsonaro indicou na quarta-feira 7/11 que a negociação passa por buscar a aprovação de medidas que não alterem a Constituição.

Segundo o presidente eleito, a aprovação da reforma da reforma da Previdência é um avanço também para buscar soluções para as contas públicas. “O que queremos é votar alguma coisa o quanto antes”, ressaltou Bolsonaro em entrevista ontem.

Após as reuniões com os parlamentares em Brasília, Bolsonaro retorna ainda hoje para o Rio de Janeiro. A previsão é que na próxima semana ele desembarque novamente na capital federal.

Na quarta-feira 14/11, o presidente eleito deve se reunir com os 27 governadores – eleitos e reeleitos – em Brasília. A disposição é para fechar o chamado pacto federativo.

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Bolsonaro pede união entre Poderes para governar: “Não podemos errar”

quarta-feira, novembro 7th, 2018

Olha aí. O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira 7/11, ao lado do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse que “ninguém governa sozinho” um país como o Brasil. Ele apelou para a união entre os Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário. “Não sou eu, nós não podemos errar.”

Bolsonaro prometeu trabalhar em conjunto com os poderes Judiciário e Legislativo a fim de aperfeiçoar as leis de combate à violência e à criminalidade. “O Brasil tem desafios enormes a serem vencidos, mas temos potencial para superá-los.”

O presidente eleito disse que entre os desafios estão a necessidade de mudanças nas regras da Previdência Social, na responsabilidade fiscal e tributária e na melhoria da segurança pública.

“Temos grandes desafios, mas com a união das autorides e do povo, temos condições de encontrar alternativas”, destacou.

Bolsonaro se encontra hoje à tarde com o presidente Michel Temer para formalizar o início do governo de transição. Em Brasília desde terça-feira 6/11, o presidente eleito já conversou com comandantes do Exército, da Marinha e Aeronáutica, além do ministro da Defesa e dos presidentes do STF e do Superior Tribunal de Justiça, João Noronha.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro defende aprovação da idade mínima para aposentadoria

segunda-feira, novembro 5th, 2018

Olha aí. O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), defendeu nesta segunda-feira 5/11, que seja aprovado ainda este ano algum passo, “por menor que seja”, na Reforma da Previdência. Ele propõe a fixação da idade mínima para 61 anos para os homens e 56 para mulheres. O presidente prevê “majorar” em determinas carreiras que serão especificadas. A intenção é aprovar as mudanças ainda este ano.

“Um grande passo, no meu entender, se este ano for possível, vamos passar para 61 anos [a idade mínima] o serviço público para o homem, 56 para a mulher, e majorar também o ano nas demais carreiras. Acredito que seja um bom começo para entrar no ano que vem já tendo algo de concreto para nos ajudar na economia”, disse o presidente eleito em entrevista à TV Aparecida.

Segundo Bolsonaro, não se pode generalizar a fixação da idade mínima de 65 anos porque certas atividades são incompatíveis com a aposentadoria até mesmo aos 60. O presidente eleito usou como exemplo os policiais militares do Rio de Janeiro. “Não é justo colocar lá em cima [a idade mínima].”

No projeto que está na comissão especial da Câmara dos Deputados, a idade mínima é de 65 anos para homens e 62 para mulheres. A proposta já foi aprovada na comissão especial, ainda tem de passar por outras instâncias na Casa.

Prioridades

Bolsonaro reiterou que o tema está entre as prioridades para o governo eleito. “Não adianta ter uma boa proposta previdenciária, se ela não vai passar na Câmara e no Senado. Queremos dar um passo, por menor que seja, mas dar um passo na Reforma da Previdência, que é necessário.”

Para o presidente eleito, é necessário eliminar as incorporações de cargos de comissão aos salários de servidores que desempenham essas funções por algum tempo.

 

 

Foto: Reprodução

*Com informações da Agência Brasil

Policiais homenageiam Bolsonaro e dão de presente capacete e camisa

segunda-feira, novembro 5th, 2018

Um grupo de 10 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) do Rio homenageou no domingo 4/11, o presidente eleito Jair Bolsonaro. Os policiais, que são do pelotão de escolta presidencial, foram à casa dele, na Barra da Tijuca, no Rio, e o presentearam com um capacete branco e a camiseta preta que é uniforme do “Choque”.

Bem-humorado, Bolsonaro agradeceu e fez uma confissão. “Quero um dia pilotar uma moto”, disse o presidente eleito.

Bolsonaro posou para fotografia com o grupo de policiais. Os homens fazem parte do grupo de batedores do comboio do presidente eleito.

Segundo os assessores, não há previsão de atividades este domingo na agenda do presidente eleito. Mas é possível que ele faça uma transmissão ao vivo por meio de rede social. *Agência Brasil

 

 

Foto: Divulgação/Assessoria de Jair Bolsonaro

Onyx Lorenzoni deve ser oficializado ministro na segunda (5)

domingo, novembro 4th, 2018

Martelo batido. O nome do deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), será oficializado como ministro extraordinário do governo Bolsonaro nesta segunda-feira, dia 5/11. O cargo é previsto em lei e é atribuído ao coordenador de transição do governo eleito. Sundo a Agência Brasil, a nomeação de Lorenzoni, será publicada no Diário Oficial da União da segunda-feira, dia 5/11. A nomeação será assinada pelo presidente Michel Temer.

 

 

 

Foto: Luis Macedo/Reprodução/Câmara dos Deputados

Celebridade: Bolsonaro corta cabelo e deixa rua entupida de fãs

sábado, novembro 3rd, 2018

Tapa no visual. O presidente eleito, Jair Biolsoaro (PSL), cortou os cabelos em um salão de beleza no Rio de janeiro, local que frequenta há mais de 20 anos, onde funciona um comitê de campanha do futuro presidente desde quando era vereador do Rio.

A visita do presidente Bolsonaro atraiu mais de 100 pessoas para o local. A rua ficou parcialmente interditada com batedores da Polícia Militar e escolta da Polícia Federal.

O barbeiro responsável pelo corte dos cabelos do presidente eleito é Antônio, que já teve o trabalho registrado em um vídeo postado há cerca de quatro meses no Facebook em que Bolsonaro aparece cortando em público os cabelos.

Seu Antônio disse que conhece Bolsonaro desde a época que ele vinha na Vila Militar. Ele era militar na época que começou a frequentar aqui. Antônio tem 69 anos e corta o cabelo de Bolsonaro há 26 anos.

 

Foto: Divulgação/Redes Sociais

 

 

 

Moro aceita convite para ser ministro da Justiça no governo Bolsonaro

quinta-feira, novembro 1st, 2018

O juiz federal Sergio Moro, que comanda as investigações da Operação Lava Jato, aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro e será o ministro da Justiça. O anúncio foi feito por Moro, em nota. “Após reunião pessoal, na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite”,afirmou.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou o nome de Moro no ministério. “Sua agenda anticorrupção, anticrime organizado, bem como o respeito à Constituição e às leis será o nosso norte”, escreveu o presidente eleito. Em suas redes sociais, Bolsonaro anunciou a fusão das pastas da Justiça e da Segurança Pública.

Sergio Moro ficou cerca de uma hora e meia com o presidente eleito. Ao sair da reunião, acenou para as pessoas que se aglomeravam em frente à casa, mas não deu entrevista.

O juiz lamentou abandonar 22 anos de magistratura. “No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Para ele, na prática o cargo significa “consolidar os avanços contra o crime e a corrupção e afastar riscos de retrocessos por um bem maior”.

Segundo Moro, a Operação Lava Jato continuará em Curitiba. “Para evitar controvérsias desnecessárias, devo, desde logo, afastar-me de novas audiências, acrescentou.

Natural de Maringá (PR), Sergio Fernando Moro, além de magistrado é escritor e professor universitário. Graduado em Direito pela Universidade Estadual de Maringá, tem mestrado e doutorado pela Universidade Federal do Paraná. É juiz federal desde 1996, com especialização em crimes financeiros.

No julgamento do mensalão, Moro auxiliou a ministra Rosa Weber, no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Moro se encontra com presidente Bolsonaro

quinta-feira, novembro 1st, 2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) conversa nesta quinta-feira  (1º), no Rio de Janeiro, com o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância. Moro foi convidado por Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça, que deverá ser transformado em um superministério para combater a violência e a corrupção.

Ainda à espera de confirmação oficial, o superministério da Justiça deverá reunir Segurança Pública, Controladoria-Geral da União e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Moro desembarca agora de manhã no Rio de Janeiro e retorna no começo da tarde para Curitiba, onde mora.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro visita igreja e declara: “Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”

quarta-feira, outubro 31st, 2018

“Tenho certeza de que não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”. Foi com esta frase que o presidente eleito Jair  Bolsonaro começou seu discurso no culto em que compareceu na noite de terça-feira 30/10, na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, na Penha, zona norte do Rio. Foi nessa igreja, do pastor Silas Malafaia, que Bolsonaro e Michelle se casaram há 11 anos, em celebração feita pelo próprio Malafaia – que recebeu Bolsonaro na noite de hoje. Logo após dizer que se considera o escolhido de Deus, Bolsonaro disse que o momento é especial por estar ao lado de Malafaia, que realizou o seu casamento. “Chorei muito naquele dia e também chorei muito depois das eleições. Quero agradecer a esse povo de Deus pela confiança depositada em meu nome”, afirmou.

O presidente eleito também disse que estava ali para agradecer a Deus por ter salvado a sua vida quando foi esfaqueado. Segundo ele, Deus agiu por meio dos profissionais de saúde de Juiz de Fora e de São Paulo. Em seguida, Bolsonaro lembrou que é uma pessoa comprometida com os valores da família cristã.

“O Malafaia falou que pirou [sobre Bolsonaro ser presidente]; e eu também pensei que pirei naquele momento. Mas nós temos que buscar mudar as coisas. Não basta apenas reclamar. Eu tinha tudo para não chegar: um partido pequeno, sem fundo partidário, sem televisão, com 90% da grande mídia batendo na gente. Fui acusado do que eles são: de calúnia, difamações, mas eu escolhi um sloganpara a campanha. Eu fui na Bíblia, que alguns dizem que é caixa de ferramenta para consertar o ser humano, fui lá em João: Conheceis a verdade e a verdade vos libertará”.

Bolsonaro chegou ao culto às 20h17, cercado de um forte aparato policial. O pastor contou que, no dia do casamento, Bolsonaro comunicou a ele, enquanto esperava a chegada da noiva: “Não é possível o povo brasileiro ser enganado. Não é possível o povo brasileiro viver de migalha. Não é possível. Eu vou ser candidato à Presidente da República”.

O pastor disse que, no seu íntimo, sem dizer a Bolsonaro, pensou: “Pirou”. “Esse cara é louco, vai ser presidente do Brasil. É. Não acreditei. E se esse cara chegou aqui e nós temos a nossa certeza e a nossa fé. Claro que a vontade de Deus não é absoluta; é permissiva,  feita através do povo. Foi o povo que botou Bolsonaro como presidente”.

Malafaia disse que ia fazer uma oração rápida, pois, por medidas de segurança, Bolsonaro não poderia ficar muito tempo no templo. O pastor começou citando Israel –  que o presidente eleito, segundo ele, gosta muito e enaltece a força do povo israelense.

Malafaia disse: “Lá em Israel é pior do que o semiárido do Nordeste. Quero deixar uma palavra aqui para esse povo nordestino, que é abençoado. Tem nordestino em tudo que é lugar do Brasil, fazendo a história dessa nação. E por quê eles saíram do Nordeste? Porque esses corruptos, esses cínicos, deram esmola pra eles, pensando que podem manipular a vida toda”.

Malafaia disse ainda que “Bolsonaro sabe que é possível resgatar o Nordeste. Israel tem uma das maiores produções agrícolas do mundo de exportação e pode fazer o Nordeste ser um centro agrícola do mundo e ele não vai dar paliativo não; ele vai mudar a história do Nordeste. Nordestino vai esquecer do cara aí que dizia que era filho da Terra”, disse, referindo-se inidretamente ao ex-presidente Lula. O Nordeste votou, em sua maioria, em Fernando Haddad (PT)  .

Na oração, Malafaia fez uma longa bênção para o presidente eleito. “Declaro o espírito de sabedoria, de inteligência, sobre você para governar esse país”.

“Bolsonaro, Deus vai te dar sabedoria, graça e saúde para fazer a diferença nessa nação. Você vai marcar a história desse país. Vamos ter um novo paradigma nessa nação. Deus vai mudar a sorte desse povo, a miséria, a violência, o desemprego, a corrupção, a desgraça. O Brasil é do Senhor Jesus. Deus abençoe o Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro. Concordamos que você faça a diferença”.

Bolsonaro ouviu as palavras em silêncio, com lágrimas nos olhos, e em seguida, se despediu do público, acompanhado de Malafaia. Agência Brasil 

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Encrenca: Deputados eleitos na base de Rui sinalizam apoio a Bolsonaro

terça-feira, outubro 30th, 2018

 

Mudando de lado. Alguns deputados federais da base do governador Rui Costa (PT) reeleito em 7 de outubro, para os próximos quatro anos, já mostram tendência de apoio ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que derrotou o candidato petista Fernando Haddad, coligado de Rui. Pelas contas que estão sendo feitas previamente, pelo menos cinco parlamentares que caminharam com Rui Costa na Bahia mostram que, a nível de Brasil, devem afinar o discurso com Bolsonaro.

 

 

 

Assessor de Bolsonaro pede desculpas por ter ofendido jornalistas em grupo no WhatsApp

segunda-feira, outubro 29th, 2018

O assessor de imprensa Carlos Eduardo Guimarães, que trabalha para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), pediu desculpas nesta segunda-feira 29/10, em um grupo de jornalistas. A reação ocorreu um dia depois de Guimarães ofender repórteres e produtores de televisão e rádio incluídos no grupo, afirmando que os jornalistas são “o maior engodo do jornalismo do Brasil”.

Em nota, Guimarães reconheceu que agiu “de forma rude e equivocada”. A mensagem enviada ontem (28) por ele, no grupo de WhatsApp de jornalistas, após a confirmação da vitória de Bolsonaro foi bem objetiva. “Não estava quase empatado? Vocês são o maior engodo do jornalismo do Brasil. Lixo.” 

Guimarães justificou que estava “insatisfeito” com a cobertura jornalística sobre Bolsonaro. Segundo ele, não quis generalizar, atacar ou desmerecer qualquer dos jornalistas e acrescentou que esta não é a orientação do presidente eleito. 

“Visivelmente empolgado com o resultado da apuração eleitoral usei palavras absolutamente inadequadas, extrapolando na minha manifestação”, diz a nota de Guimarães.

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Com segurança reforçada e colete à prova de bala, Bolsonaro vota ao lado da mulher

domingo, outubro 28th, 2018

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, votou pouco depois das 9h na Escola na Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, no Rio de Janeiro. Por recomendação da Polícia Federal, o candidato usou entrada alternativa, pelos fundos da escola, e colete à prova de bala. Bolsonaro chegou à seção eleitoral escoltado por policiais federais, acompanhado da esposa, Michele Bolsonaro, que estava vestida de branco. Antes de votar, o candidato beijou a mulher e fez sinal de vitória com os dedos.

“A expectativa é a que ouvi das ruas ao longo dos últimos meses, a de vitória”, disse Bolsonaro dentro da seção.

Após votar, o candidato foi até a frente da escola e saudou os eleitores que estavam na parte de fora do prédio. Ele saiu também pelos fundos. Já no carro, Bolsonaro abriu a porta, ficou de pé, agradeceu o apoio aos eleitores e fez sinal de coração.

Segurança reforçada

A Justiça Eleitoral reforçou a segurança na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, local de votação do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Além dos policiais federais e militares que já trabalharam no local no primeiro turno, também há mais de 20 militares do 11º Batalhão de Polícia do Exército na entrada da escola. Bolsonaro enfrenta o candidato do PT, Fernando Haddad, neste segundo turno.

Cães farejadores da Polícia Federal vasculham o interior da escola. Grades foram colocadas na entrada, para separar jornalistas e curiosos do candidato. No primeiro turno, Bolsonaro só conseguiu entrar na escola com a ajuda de um cordão de isolamento humano feito por agentes de segurança. Agência Brasil

 

 

 

Foto: Tiago Regô/Agência Brasil

Salvador: Ônibus circulam com adesivos petistas e DEM aciona TRE

quarta-feira, outubro 24th, 2018

Mistério. O DEM da Bahia promete acionar o TRE-BA contra as empresas de ônibus que passaram a circular nesta quarta-feira, dia 24/10, por Salvador com o adesivo do PT no para-brisa. O argumento usado pelo DEM é de que não se pode usar uma concessão de transporte público para fins eleitorais.

 

 

 

Foto: Reprodução