Posts Tagged ‘Bolsonaro’

Moro se encontra com presidente Bolsonaro

quinta-feira, novembro 1st, 2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) conversa nesta quinta-feira  (1º), no Rio de Janeiro, com o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância. Moro foi convidado por Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça, que deverá ser transformado em um superministério para combater a violência e a corrupção.

Ainda à espera de confirmação oficial, o superministério da Justiça deverá reunir Segurança Pública, Controladoria-Geral da União e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Moro desembarca agora de manhã no Rio de Janeiro e retorna no começo da tarde para Curitiba, onde mora.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro visita igreja e declara: “Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”

quarta-feira, outubro 31st, 2018

“Tenho certeza de que não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”. Foi com esta frase que o presidente eleito Jair  Bolsonaro começou seu discurso no culto em que compareceu na noite de terça-feira 30/10, na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, na Penha, zona norte do Rio. Foi nessa igreja, do pastor Silas Malafaia, que Bolsonaro e Michelle se casaram há 11 anos, em celebração feita pelo próprio Malafaia – que recebeu Bolsonaro na noite de hoje. Logo após dizer que se considera o escolhido de Deus, Bolsonaro disse que o momento é especial por estar ao lado de Malafaia, que realizou o seu casamento. “Chorei muito naquele dia e também chorei muito depois das eleições. Quero agradecer a esse povo de Deus pela confiança depositada em meu nome”, afirmou.

O presidente eleito também disse que estava ali para agradecer a Deus por ter salvado a sua vida quando foi esfaqueado. Segundo ele, Deus agiu por meio dos profissionais de saúde de Juiz de Fora e de São Paulo. Em seguida, Bolsonaro lembrou que é uma pessoa comprometida com os valores da família cristã.

“O Malafaia falou que pirou [sobre Bolsonaro ser presidente]; e eu também pensei que pirei naquele momento. Mas nós temos que buscar mudar as coisas. Não basta apenas reclamar. Eu tinha tudo para não chegar: um partido pequeno, sem fundo partidário, sem televisão, com 90% da grande mídia batendo na gente. Fui acusado do que eles são: de calúnia, difamações, mas eu escolhi um sloganpara a campanha. Eu fui na Bíblia, que alguns dizem que é caixa de ferramenta para consertar o ser humano, fui lá em João: Conheceis a verdade e a verdade vos libertará”.

Bolsonaro chegou ao culto às 20h17, cercado de um forte aparato policial. O pastor contou que, no dia do casamento, Bolsonaro comunicou a ele, enquanto esperava a chegada da noiva: “Não é possível o povo brasileiro ser enganado. Não é possível o povo brasileiro viver de migalha. Não é possível. Eu vou ser candidato à Presidente da República”.

O pastor disse que, no seu íntimo, sem dizer a Bolsonaro, pensou: “Pirou”. “Esse cara é louco, vai ser presidente do Brasil. É. Não acreditei. E se esse cara chegou aqui e nós temos a nossa certeza e a nossa fé. Claro que a vontade de Deus não é absoluta; é permissiva,  feita através do povo. Foi o povo que botou Bolsonaro como presidente”.

Malafaia disse que ia fazer uma oração rápida, pois, por medidas de segurança, Bolsonaro não poderia ficar muito tempo no templo. O pastor começou citando Israel –  que o presidente eleito, segundo ele, gosta muito e enaltece a força do povo israelense.

Malafaia disse: “Lá em Israel é pior do que o semiárido do Nordeste. Quero deixar uma palavra aqui para esse povo nordestino, que é abençoado. Tem nordestino em tudo que é lugar do Brasil, fazendo a história dessa nação. E por quê eles saíram do Nordeste? Porque esses corruptos, esses cínicos, deram esmola pra eles, pensando que podem manipular a vida toda”.

Malafaia disse ainda que “Bolsonaro sabe que é possível resgatar o Nordeste. Israel tem uma das maiores produções agrícolas do mundo de exportação e pode fazer o Nordeste ser um centro agrícola do mundo e ele não vai dar paliativo não; ele vai mudar a história do Nordeste. Nordestino vai esquecer do cara aí que dizia que era filho da Terra”, disse, referindo-se inidretamente ao ex-presidente Lula. O Nordeste votou, em sua maioria, em Fernando Haddad (PT)  .

Na oração, Malafaia fez uma longa bênção para o presidente eleito. “Declaro o espírito de sabedoria, de inteligência, sobre você para governar esse país”.

“Bolsonaro, Deus vai te dar sabedoria, graça e saúde para fazer a diferença nessa nação. Você vai marcar a história desse país. Vamos ter um novo paradigma nessa nação. Deus vai mudar a sorte desse povo, a miséria, a violência, o desemprego, a corrupção, a desgraça. O Brasil é do Senhor Jesus. Deus abençoe o Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro. Concordamos que você faça a diferença”.

Bolsonaro ouviu as palavras em silêncio, com lágrimas nos olhos, e em seguida, se despediu do público, acompanhado de Malafaia. Agência Brasil 

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Encrenca: Deputados eleitos na base de Rui sinalizam apoio a Bolsonaro

terça-feira, outubro 30th, 2018

 

Mudando de lado. Alguns deputados federais da base do governador Rui Costa (PT) reeleito em 7 de outubro, para os próximos quatro anos, já mostram tendência de apoio ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que derrotou o candidato petista Fernando Haddad, coligado de Rui. Pelas contas que estão sendo feitas previamente, pelo menos cinco parlamentares que caminharam com Rui Costa na Bahia mostram que, a nível de Brasil, devem afinar o discurso com Bolsonaro.

 

 

 

Assessor de Bolsonaro pede desculpas por ter ofendido jornalistas em grupo no WhatsApp

segunda-feira, outubro 29th, 2018

O assessor de imprensa Carlos Eduardo Guimarães, que trabalha para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), pediu desculpas nesta segunda-feira 29/10, em um grupo de jornalistas. A reação ocorreu um dia depois de Guimarães ofender repórteres e produtores de televisão e rádio incluídos no grupo, afirmando que os jornalistas são “o maior engodo do jornalismo do Brasil”.

Em nota, Guimarães reconheceu que agiu “de forma rude e equivocada”. A mensagem enviada ontem (28) por ele, no grupo de WhatsApp de jornalistas, após a confirmação da vitória de Bolsonaro foi bem objetiva. “Não estava quase empatado? Vocês são o maior engodo do jornalismo do Brasil. Lixo.” 

Guimarães justificou que estava “insatisfeito” com a cobertura jornalística sobre Bolsonaro. Segundo ele, não quis generalizar, atacar ou desmerecer qualquer dos jornalistas e acrescentou que esta não é a orientação do presidente eleito. 

“Visivelmente empolgado com o resultado da apuração eleitoral usei palavras absolutamente inadequadas, extrapolando na minha manifestação”, diz a nota de Guimarães.

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Com segurança reforçada e colete à prova de bala, Bolsonaro vota ao lado da mulher

domingo, outubro 28th, 2018

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, votou pouco depois das 9h na Escola na Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, no Rio de Janeiro. Por recomendação da Polícia Federal, o candidato usou entrada alternativa, pelos fundos da escola, e colete à prova de bala. Bolsonaro chegou à seção eleitoral escoltado por policiais federais, acompanhado da esposa, Michele Bolsonaro, que estava vestida de branco. Antes de votar, o candidato beijou a mulher e fez sinal de vitória com os dedos.

“A expectativa é a que ouvi das ruas ao longo dos últimos meses, a de vitória”, disse Bolsonaro dentro da seção.

Após votar, o candidato foi até a frente da escola e saudou os eleitores que estavam na parte de fora do prédio. Ele saiu também pelos fundos. Já no carro, Bolsonaro abriu a porta, ficou de pé, agradeceu o apoio aos eleitores e fez sinal de coração.

Segurança reforçada

A Justiça Eleitoral reforçou a segurança na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, local de votação do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Além dos policiais federais e militares que já trabalharam no local no primeiro turno, também há mais de 20 militares do 11º Batalhão de Polícia do Exército na entrada da escola. Bolsonaro enfrenta o candidato do PT, Fernando Haddad, neste segundo turno.

Cães farejadores da Polícia Federal vasculham o interior da escola. Grades foram colocadas na entrada, para separar jornalistas e curiosos do candidato. No primeiro turno, Bolsonaro só conseguiu entrar na escola com a ajuda de um cordão de isolamento humano feito por agentes de segurança. Agência Brasil

 

 

 

Foto: Tiago Regô/Agência Brasil

Salvador: Ônibus circulam com adesivos petistas e DEM aciona TRE

quarta-feira, outubro 24th, 2018

Mistério. O DEM da Bahia promete acionar o TRE-BA contra as empresas de ônibus que passaram a circular nesta quarta-feira, dia 24/10, por Salvador com o adesivo do PT no para-brisa. O argumento usado pelo DEM é de que não se pode usar uma concessão de transporte público para fins eleitorais.

 

 

 

Foto: Reprodução

IBOPE: Bolsonaro tem 57%; Haddad, 43%

terça-feira, outubro 23rd, 2018

 

Corrida presidencial. O resultado da segunda pesquisa do Ibope contratada pela TV Globo e jornal “O Estado de São Paulo”, sobre o 2º turno da eleição presidencial, foi divulgada nesta terça-feira, dia 23/10. O levantamento foi feito entre domingo, dia 21/10 e terça-feira, dia 23/10, e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.  

Segundo o Ibope, foram entrevistados 3010 eleitores em 208 Cidades. O nível de confiança é de 95%, com registro no TSE: BR‐07272/2018

Votos válidos, os resultados são os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 57%

Fernando Haddad (PT): 43%

Fotos: Reprodução

Empresários que somam mais de 30% do PIB nacional declaram apoio a Bolsonaro

terça-feira, outubro 23rd, 2018

Peso pesado. Vários empresários dos segmentos químico, automobilístico, têxtil, de maquinário, construção civil, aço e siderurgia declararam apoio ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, na segunda-feira, dia 22/10.

Pelo menos dez empresários liderados pelo deputado federal Onix Lorenzoni (DEM-RS), apontado como provável futuro ministro da Casa Civil, assinou um manifesto em favor do presidenciável.

“Os setores industriais que representam 32% do PIB industrial e geram 30 milhões de empregos diretos e indiretos e R$ 250 bilhões em pagamento de impostos colocam-se a favor do diálogo com o candidato Jair Messias Bolsonaro (PSL) na Presidência da República para encontrar caminhos para a retomada do desenvolvimento da indústria, crescimento do país e geração de empregos”, expões o texto.

Por meio de uma foto postada na conta de Bolsonaro no Twitter e na página dele no Facebook, Bolsonaro agradece o apoio. Os empresários seguram a carta compromisso, firmada na casa do presidenciável, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“Hoje me reuni com muitos empresários de diversos setores do Brasil! Deixo o registro de uma destas produtivas reuniões. Vamos juntos livrar o Brasil das garras ideológicas da esquerda”, fala o texto postado nas redes sociais.

 

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fotos: Multidão pró-Bolsonaro invade a Barra e afirma que vai “enterrar o PT”

domingo, outubro 21st, 2018

Chegaram junto. Militantes pró-Bolsonaro, marcam presença em ato no Farol da Barra, na manhã deste domingo, dia 21/10, e detonaram o PT. Os Bolsonaristas afirmam que pretendem enterrar o PT.

“Não é possível que um presidiário condenado em duas instâncias ainda conte com ministros que afirmam que ele possa ser candidato”, bradou uma eleitora de Bolsonaro, se referindo ao ex-presidente Lula.

 

Fotos: Juraci do Bravo/Leitor Hora do Bico

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro tem 59% dos votos; Haddad tem 41%

quinta-feira, outubro 18th, 2018

Eleições 2018. O instituto Datafolha divulgou nessa quinta-feira, dia 18/10, nova pesquisa de intenções de votos que aponta o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, com 59% no 2º turno. Fernando Haddad, do PT, aparece com 41%.

No cenário em que são considerados os votos totais, os números desta quinta são os seguintes: Bolsonaro aparece com 50% e Haddad com 35%

Votos branco/nulo/nenhum, somam 10%

Não sabe: 5%

O Instituto Datafolha entrevistou 9.137 eleitores em 341 Cidades, na quarta e quinta, dias 17 e 18. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-07528/2018.

Fotos: Reprodução

Paraná Pesquisas: Bolsonaro aparece com 60,9% dos votos válidos

quarta-feira, outubro 17th, 2018

Êta. A primeira pesquisa eleitoral do Instituto Paraná Pesquisas, para o segundo turno, publicada nesta quarta-feira, dia 17/10, em parceria com a Crusoé, aponta que Jair Bolsonaro (PSL) tem 60,9% das intenções de votos válidos para a Presidência da República. O candidato Fernando Haddad (PT), aparece com 30,1%.

Na pesquisa estimulada, Bolsonaro aparece com 52,9% das intenções de votos, e o petista tem 33,9%. Outros 9,4% não escolhem nenhum e 3,8% não sabem.

A pesquisa foi feita nos 26 estados e no Distrito Federal (162 Cidades) com 2.080 eleitores e realizada durante os dias 14 e 17 de outubro. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2% para cima ou para baixo.

Foto: Divulgação

Barcelona retira status de embaixador de Ronaldinho por apoio a Bolsonaro

terça-feira, outubro 16th, 2018

Êta. O apoio de Ronaldinho Gaúcho ao candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, pode ter custado caro ao ex-jogador. Segundo o jornal espanhol Sport, o Barcelona retirou de Ronaldinho o status de embaixador do clube.

Em manifestação nas redes sociais, o jogador publicou uma foto vestindo a camisa amarela do Brasil e com o número 17, em alusão a Bolsonaro. “Por um Brasil melhor, desejo paz , segurança e alguém que nos devolva a alegria. Eu escolhi viver no Brasil, e quero um Brasil melhor para todos”, escreveu o jogador.

De acordo com a publicação, o Barcelona não quer se posicionar publicamente sobre o assunto, mas “dar voto explícito a posições totalitárias contra a defesa dos direitos humanos” vai contra os valores do clube e fará com que a presença de Ronaldinho em eventos institucionais da entidade seja suspensa.
Confira a publicação:

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Por um Brasil melhor, desejo paz , segurança e alguém que nos devolva a alegria. Eu escolhi viver no Brasil, e quero um Brasil melhor para todos!!!

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Paulo Câmara aponta erros do PSDB e assume que votou em Bolsonaro no 1º turno

terça-feira, outubro 16th, 2018

Largou a joça. O vereador de Salvador e deputado estadual eleito, Paulo Câmara arrepiou nas críticas ao partido dele, o PSDB, durante entrevista ao apresentador Adelson Carvalho, na Rádio Sociedade, nesta terça-feira, dia 16/10. Na opinião do parlamentar, o PSDB precisa e tem obrigação de se reorganizar após o resultado negativo acumulado nas últimas eleições deste ano.

Perguntado por Adelson Carvalho sobre o desastre eleitoral em 7 de outubro, Câmara respondeu: “O PSDB tem que ter humildade, reconhecer os erros e se reinventar”. Ainda inconformado com o PSDB, o tucano adiantou que vai fazer críticas internas, sem descartar a mudança de legenda caso não perceba a intenção de mudança. É preciso pensar lá na frente senão, em 2020, vai diminuir mais ainda”, detonou.

Outra bomba largada por Paulo Câmara foi de ter votado no primeiro turno em Jair Bolsonaro (PSL). Para ele, “Geraldo Alckmin não lograria êxito”. “Não se cresce destruindo as pessoas”, disse, ressaltando a importância das redes sociais para o crescimento de Bolsonaro.

 

 

 

 

Foto: Hora do Bico

Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula

terça-feira, outubro 16th, 2018

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou na segunda-feira 15/10, no Dia do Professor, que pretende valorizar a categoria e resgatar o respeito em sala de aula.

Lembrando que é formado em educação física, ele disse que estava falando como professor da área.

“A inversão de valores dificulta a autoridade do professor em sala de aula. São muitos os relatos e registros de agressão, desrespeito e humilhação. Resgatar a referência que sempre representaram é também uma forma de valorizá-los”, disse o candidato no Twitter.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Ibope: Bolsonaro dispara e chega a 59%; Haddad tem 41%

segunda-feira, outubro 15th, 2018

 

Olha aí. O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) disparou contra o adversário Fernando Haddad (PT), nas intenções de votos pelo segundo turno, conforme pesquisa Ibope divulgada na tarde desta segunda-feira, dia 15/10. Nos votos válidos, Bolsonaro chega a 59% das intenções, contra 41% do petista. Quando são consultados os votos totais, o candidato do PSL, registra 52% contra 37% do segundo colocado. Votos brancos/nulos 9% e não sabem 2%.

A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e “O Estado de S.Paulo”. Foram entrevistados 2506 eleitores em 176 Cidades nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Registro no TSE sob número BR‐01112/2018.
Fotos: Divulgação

Datafolha: Bolsonaro chega a 58%; Haddad tem 42%

quarta-feira, outubro 10th, 2018

Olha aí. O Instituto Datafolha divulgou nesta quarta-feira, dia 10/10, a primeira pesquisa de intenção de voto para o segundo turno da eleição presidencial. A pesquisa foi feita nesta quarta, dia 10/10, e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos. Nos votos válidos, os resultados são os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 58%
Fernando Haddad (PT): 42%

 

 

 

Fotos: Reprodução

ACM Neto declara apoio a Bolsonaro

quarta-feira, outubro 10th, 2018

E aí? O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, reuniu a imprensa na tarde desta quarta-feira 10/10 e anunciou que vai apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. O comunicado aconteceu em coletiva no Hotel Golden Tulip, no Rio Vermelho, ao lado de José Ronaldo, ex-candidato ao governo pelo DEM.

Segundo Neto, o posicionamento dele é de coerência com um partido que sempre se opôs ao PT. “O DEM deixou claro qual sua linha de pensamento, uma posição que guarda coerência com sua história. Não tinha cabimento um partido que combateu o PT deixarmos de dizer toda nossa posição clara de que nosso campo não é o do PT”, disse.

 

 

 

Foto: Reprodução

Bolsonaro faz avaliação médica; Haddad fala a jornalistas estrangeiros

quarta-feira, outubro 10th, 2018

A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita no segundo turno, os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) concedem entrevistas e indicam o tom que vão dar nesta reta final da campanha. Haddad passa o dia em São Paulo com uma série de compromissos. Bolsonaro define hoje (10), após exame médico, como será o ritmo nos próximos dias.

O candidato do PSL será submetido a uma avaliação da junta médica que cuidou dele no Hospital Albert Einstein. Depois de duas cirurgias e com uma colonoscopia, os médicos farão as recomendações sobre como ele deve agir nas campanhas de rua. Há dois dias, Bolsonaro admitiu que o ritmo não pode ser muito intenso.

Haddad passa o dia em São Paulo, onde concede uma série de entrevistas para rádios e também para jornalistas estrangeiros. A expectativa é de reuniões com correligionários e apoiadores ainda hoje. Não está na agenda, mas a possibilidade foi indicada por petistas que acompanham de perto o candidato.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

PSDB da Bahia decide apoiar Bolsonaro no segundo turno

terça-feira, outubro 9th, 2018

Martelo batido. A direção do PSDB na Bahia fechou questão e declarou apoio ao candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno contra Fernando Haddad (PT). No país, a sigla decidiu nesta terça-feira, dia 9/10, liberar os diretórios estaduais para apoiar quem preferir.

Segundo o presidente do PSDB na Bahia, o deputado federal João Gualberto, Bolsonaro representa a única opção que pode dar esperança ao país. “Hoje, a opção para o Brasil que pode dar uma esperança é Bolsonaro”, falou. “O PT a gente conhece as práticas. O PT nunca fez auto-crítica”, observou.

 

 

Foto: Reprodução

Contra o medo e o ódio, a política, a democracia

terça-feira, outubro 9th, 2018

Quando o general Vernon Walters desembarcou no Brasil ali por 1962, encarregado de preparar o golpe de 1964 depois que isso foi decidido numa reunião no salão oval da Casa Branca, ele deu uma receita fundamental para criar o clima necessário: disseminar o medo. Instrumento fundamental na manipulação de multidões, o medo é utilizado à larga, conscientemente, para a criação de cenários de instabilidade, apreensão, insegurança. Ele sempre provoca nas pessoas desavisadas, criadas sob estruturas ideológicas conformistas, um anseio de normalidade, de segurança, de ordem diante da propagação daquele clima de incerteza, importando pouco, nesse caso, o que é verdadeiro, o que é falso.

A propagação do medo é um trabalho ideológico, entendido aqui como falsa representação da realidade. Falsa, mas que se torna verdadeira na alma das pessoas. Não há cenário de construção de golpes em que o medo não seja acionado para contaminar as massas, e fazê-las com que chamem os que possam representar um retorno a uma situação de paz, harmonia, serenidade – insista-se, pouco importando aos construtores desse cenário sobre a verdade ou mentira dos que se apresentam como os arautos desse retorno, dessa busca do tempo perdido. Com Hitler foi assim. Com Mussolini. Com o golpe de 1964. Com Pinochet. Com os diversos fascismos. Com todas as tiranias. Há sempre uma busca do apoio de massa, invariavelmente conquistado, ao menos em parte. Combater esse clima requer serenidade e firmeza. Estamos vivendo uma situação assim no Brasil de hoje.

Do medo à propagação do ódio, um pulo. Aí surgem as falanges, os camisas-pardas, os camisas-verdes, as falanges, as tropas de choque, a vontade de agredir, de matar. Os malhados, os sarados, saem às ruas, músculos à mostra, à procura de quem agredir. Os impulsos destrutivos do ser humano vêm à tona com toda gana. Freud explica: tudo aquilo que restava submerso na sociedade, contido pela civilização, aparece com sua marca de terror, de sangue, de violência. Abre-se a Caixa de Pandora, todos os monstros escapam, e medo e ódio se misturam, e o apelo para o retorno à normalidade vai grassando em meio ao vale de lágrimas, e quanto mais vale de lágrimas, melhor.

Criaram o clima no Brasil desde todo o trabalho para derrubar Dilma, e seguiram depois na construção de Bolsonaro que, para além de todas as suas propostas ultraconservadoras no campo moral, não é outra coisa senão a continuidade do golpe, sua radicalização no campo econômico-social. Prenderam Lula para tentar evitar solução de continuidade do golpe. Sabiam que ele ganharia eleição no primeiro turno. E as classes dominantes, incluindo o capital internacional, embarcaram na candidatura fascista quando sentiram que as alternativas apresentadas à direita não decolavam. Têm confiança de que, caso ele seja vitorioso, elas o domarão, o que não parece improvável. Com Bolsonaro, o medo e o ódio cresceram, e tenho convicção que muitos dos que votaram nele no primeiro turno o fizeram pela promessa de ordem e segurança, com a ideia de que isso afastaria o medo, estaria resolvida a busca do paraíso perdido.

Ontem, aqui em Salvador, no enterro de Moa do Catendê, homem da cultura, da paz, da capoeira, da poesia, de tantas músicas, do Badauê, do Ilê, morto por um bolsonarista com doze facadas pelas costas por ter votado em Haddad, dizia-se isso, contrariando qualquer expectativa de que o fascismo possa trazer tranquilidade às famílias: “matam primeiro um negro, um negro de paz, um negro pobre”. Temos que nos levantar contra o medo e contra o ódio. Nos unirmos para derrotar o fascismo. Estamos em meio a uma encruzilhada decisiva: barbárie ou democracia. Não se pode dizer, não mesmo, que Bolsonaro tenha enganado ninguém. Já expressou seu ódio aos pobres, aos nordestinos, às mulheres, aos negros, aos homossexuais, já disse das políticas públicas voltadas à penalização dos mais pobres, já falou que pretende favorecer aos mais ricos, promete resolver tudo na bala, abertamente.

Ter serenidade e coragem. Nós já derrotamos uma ditadura. Vamos derrotar o fascismo. Não contavam pudesse Haddad crescer tanto, decorrente da inegável força de Lula. Nesse segundo turno, nós, com argumentos, com nossa palavra, vamos conversar com nossa gente e mostrar o quanto a radicalização do golpe representada por Bolsonaro pode trazer infelicidade, miséria, fome, desemprego, tudo aquilo que o golpe vem fazendo com disciplina. Fará isso tudo em escala ampliada. Com a política, muita ação política, nós podemos derrotá-lo, unindo todos os que têm apreço à democracia, à liberdade e a políticas públicas voltadas aos desassistidos, elegendo Haddad. A ninguém que tenha algum amor ao País, à democracia, é permitido descansar. Vamos lutar e vamos vencer o medo e o ódio. Da Caixa de Pandora, diz a mitologia, saíram todos os monstros. No fundo, lá no fundo, restou a esperança. É ela que cabe ser resgatada nessa caminhada para que, vencendo, recuperemos tantos direitos perdidos e consigamos garantir a democracia no País, sem medo e sem ódio.

*jornalista, escritor, militante político

 

 

 

Foto: Divulgação