Posts Tagged ‘PRESIDENTE BOLSONARO’

Presidente Bolsonaro anuncia novo ministro da Educação

quinta-feira, junho 25th, 2020

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na tarde desta quinta-feira 25/6, que o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva será o novo ministro da Educação. O decreto de nomeação foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União. Em uma postagem nas redes sociais, Bolsonaro publicou uma foto ao lado de Decotelli e destacou sua formação acadêmica. 

“Decotelli é bacharel em Ciências Econômicas pela UERJ, mestre pela FGV, doutor pela Universidade de Rosário, Argentina, e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha”, escreveu.

O novo ministro ocupava até recentemente o cargo de presidente do Fundo Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, responsável por executar parte das ações da pasta relacionadas à educação básica em apoio aos municípios, como alimentação e transporte escolar. Ele entra no lugar de Abraham Weintraub, demitido na semana passada. É o terceiro ministro a comandar o MEC desde o início do governo Bolsonaro. 

Segundo informações oficiais, Decotelli atuou durante toda a transição de governo após a eleição de Bolsonaro, em 2018, e ajudou a definir ideias e novas estratégias para as políticas educacionais da atual gestão. Financista, autor de livros e professor, Decotelli fez pós-doutorado na Bergische Universitãt Wuppertal (Alemanha), é doutor em administração financeira pela Universidade Nacional de Rosário (Argentina), mestre em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), possui MBA em administração também pela (FGV) e é bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O novo ministro ainda passou pelas Forças Armadas como professor, e atualmente é oficial da reserva da Marinha. 

Fotografia: Divulgação/PR

Fonte: Agência Brasil

Auxílio Emergencial: Presidente Bolsonaro diz que não consegue manter R$ 600

segunda-feira, junho 22nd, 2020

E aí? O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira 22/6, que não será possível manter do valor de R$ 600 do auxílio emergencial, repassado pela União durante a pandemia da Covid-19.

“União não aguenta outro dese mesmo montante que, por mês, nos custa cerca de R$ 50 bilhões. Se o país se endividar demais, vamos ter problema”, disse em entrevista à Folha de S. Paulo. “Vai ser negociado com o presidente da Câmara e do Senado um valor um pouco mais baixo podendo prorrogar por mais dois meses. Talvez a gente suporte, mas não o valor cheio de R$ 600”, concluiu.

Fotografia: Agência Brasil

“Parecia que estavam prendendo o maior bandido da face da terra”, diz Presidente Bolsonaro sobre Queiroz

sexta-feira, junho 19th, 2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, em live realizada na noite de quinta-feira 18/6,que a prisão de Fabrício Queiroz foi “espetaculosa” e parecia que estavam prendendo “o maior bandido da face da terra”. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi detido preventivamente na manhã desta quinta em Atibaia, interior de São Paulo.

Ele é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio e por lavagem de dinheiro. “O Queiroz não estava foragido e não havia nenhum mandado de prisão contra ele. Foi feita uma prisão espetaculosa”, disse o mandatário em transmissão ao vivo no Facebook.

Sobre o motivo de Queiroz ter sido encontrado no imóvel em Atibaia pertencente a Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, o presidente falou apenas que o local era próximo ao hospital onde o ex-assessor faz tratamento de câncer. “E por que estava naquela região de São Paulo? Porque é perto do hospital onde faz tratamento de câncer. Então, esse é o quadro e da minha parte está encerrado o caso Queiroz”, afirmou.

Fotografia: Reprodução/Facebook

Auxílio emergencial: Presidente Bolsonaro fala da 3ª parcela

sexta-feira, junho 12th, 2020

Na próxima semana, deve ser divulgado o calendário de pagamento da terceira e última parcela prevista de R$ 600 para o auxílio emergencial. A possibilidade do anúncio foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal pelas redes sociais.

O presidente Bolsonaro também disse que está em discussão a hipótese de pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial. Ele descartou a manutenção do atual valor. “A gente não pode gastar mais R$ 100 bilhões. Se nós nos endividarmos muito, a gente extrapola nossa capacidade de endividamento. Estamos com a taxa Selic [taxa básica de juros da economia] a 3%, o juro a longo prazo baixou bastante, se nós não tivermos cuidado a Selic pode subir. Cada vez mais o que produzirmos de riqueza vai para pagar dívidas.”

O presidente estima que com gastos com o auxílio emergencial, mais as despesas de saúde e o socorro a estados e municípios, entre outras iniciativas, o Tesouro Nacional já tenha gasto R$ 1 trilhão.

Forografia/Fonte: Agência Brasil

Presidente Bolsonaro fala da responsabilidade de governadores e prefeitos no combate à covid-19

segunda-feira, junho 8th, 2020

Largou a joça. O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), usou o Twitter, nesta segunda-feira, dia 8/6, para rebater críticas sobre condução das medidas de combate ao coronavírus, afirmando que as decisões são de governadores e prefeitos.

Fotografia: Isac Nóbrega/Divulgação/Agência Brasil

Atenção: Presidente Bolsonaro confirma mais duas parcelas do auxílio emergencial

sexta-feira, junho 5th, 2020

Olha a novidade. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira 4/6, que foi acertado o pagamento de mais duas parcelas do auxílio emergencial, mas com valor inferior aos atuais R$ 600. A informação foi dada pelo presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.  

“Vai ter, também acertado com o [ministro da Economia] Paulo Guedes, a quarta e a quinta parcela do auxílio emergencial. Vai ser menor do que os R$ 600, para ir partindo exatamete para um fim, porque cada vez que nós pagamos esse auxílio emergencial, dá quase R$ 40 bilhões. É mais do que os 13 meses do Bolsa Família. O Estado não aguenta. O Estado não, o contribuinte brasileiro não aguenta. Então, vai deixar de existir. A gente espera que o comércio volte a funcionar, os informais voltem a trabalhar, bem como outros também que perderam emprego”, disse. 

O auxílio emergencial foi aprovado pelo Congresso Nacional em abril e prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. Mais de 59 milhões tiveram o benefício aprovado. O novo valor ainda não foi anunciado pelo governo.  

O presidente também antecipou um possível aumento no valor do benefício do Bolsa Família, pago a cerca de 14 milhões de famílias em situação de pobreza e pobreza extrema. O valor do eventual aumento ainda será anunciado, garantiu o presidente, sem especificar uma data.  

“Acho que o pessoal do Bolsa Família vai ter uma boa surpresa, não vai demorar. São pessoas que necessitam desse auxílio, que parece que está um pouquinho baixo. Então, se Deus quiser, a gente vai ter uma novidade no tocante a isso aí”, afirmou.

Fotografia /Fonte: Agência Brasil

Polícia Federal vai investigar vazamento do Presidente Bolsonaro e outras autoridades

terça-feira, junho 2nd, 2020

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, informou nesta terça-feira 2/6, que a Polícia Federal vai investigar o vazamento de informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus familiares e outras autoridades por um grupo de hackers. Uma das contas do Twitter que supostamente pertence ao grupo foi suspensa por causa da ação.

Em publicação no Twitter, o ministro Mendonça explicou que as investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

O telefonema do presidente Bolsonaro para Donald Trump

terça-feira, junho 2nd, 2020

Agradecimento. O presidente Jair Bolsonaro publicou em sua conta no Twitter na segunda-feira 1º/6 à noite que conversou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na tarde desta segunda-feira e agradeceu o envio de mil respiradores à América do Sul, sendo que 50 serão cedidos ao Paraguai e os demais ficaM no Brasil.

A informação do envio dos respiradores foi divulgada no domingo 31/5, pelo Itamaraty.

Bolsonaro disse que os dois presidentes também trataram sobre o “G7 [grupo que  reúne os países mais industrializados do mundo, composto por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido] expandido, o qual o Brasil deverá integrar, bem como questões do aço brasileiro.”

Nesta segunda-feira, o Ministério das Relações Exteriores informou que o governo dos Estados Unidos entregou ao Brasil 2 milhões de doses de hidroxicloroquina, “como demonstração da solidariedade” entre os dois países na luta contra o coronavírus.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

Presidente Bolsonaro pede que apoiadores não saiam às ruas no domingo (7)

segunda-feira, junho 1st, 2020
O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa no Palácio da Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta segunda-feira 1/6, a seus apoiadores que não compareçam às ruas no próximo domingo 7/6, quando estão previstas manifestações contrárias ao governo. No domingo 31/5, houve tumulto na Avenida Paulista, em São Paulo, quando a polícia militar tentou dispersar atos contrários e favoráveis ao governo.

Nas últimas semanas, aos domingos, grupos que apoiam o presidente têm se manifestado pela continuidade das ações do Executivo e com críticas à atuação do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF). Em Brasília, eles se reúnem na Esplanada dos Ministérios e Praça dos Três Poderes, onde o presidente também comparece para cumprimentá-los.

“Estão marcando domingo um movimento, né? Deixa sozinho domingo. Eu não coordeno nada, não sou dono de grupo, não participo de nada, eu só vou prestigiar vocês que estão me apoiando, fazem um movimento limpo, decente, pela democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço. Não conheço praticamente ninguém desses grupos. Eu acho que, já que marcaram para domingo, deixa eles domingo lá”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília.

Na manhã desta segunda-feira, os seguranças da Presidência encaminharam os apoiadores para uma área interna do Alvorada, longe da imprensa, onde Bolsonaro parou para cumprimentá-los. Normalmente, eles ficam em um espaço reservado aos visitantes na área externa da residência oficial. A conversa foi transmitida ao vivo na página pessoal do presidente no Facebook.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

Urgente: Novidades sobre possível quarta parcela do auxílio emergencial

sexta-feira, maio 29th, 2020

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na quinta-feira 28/5, que o governo deve propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente em R$ 600, mas que o valor ainda está em estudo pelo governo, que poderá reduzir.

“Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar”, afirmou o presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.

auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 59 milhões de pessoas já receberam o benefício. Cada parcela do auxílio emergencial custa aos cofres públicas cerca de R$ 48 bilhões.

Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a permanênciapor mais tempo do pagamento do auxílio emergencial, mantendo-se o valor de R$ 600.

Fonte/Fotografia: Agência Brasil

Ação contra fake news é para censurar mídias sociais, diz presidente Bolsonaro

quinta-feira, maio 28th, 2020

Detonou. O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira 28/5, que a operação da Polícia Federal (PF) desencadeada na quarta-feira 27/5, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), tem como objetivo censurar as mídias sociais e atingir quem o apoia. “Estão perseguindo gente que apoia o governo de graça. Querem tirar a mídia que eu tenho a meu favor sob o argumento mentiroso de fake news. Não teremos outro dia igual ontem, chega, chegamos no limite”, disse, em pronunciamento à imprensa ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira.

Fonte/Fotografia: Agência Brasil

Urgente: Saiba como foi a reunião do presidente Bolsonaro com governadores

quinta-feira, maio 21st, 2020

Mudou o tom. O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) se reuniu com governadores na manhã desta quinta-feira 21/5, através de uma videoconferência, e pediu que eles apoiem o veto que pretende fazer ao projeto de socorro a Estados e municípios para proibir que o funcionalismo tenha reajustes até o fim de 2021.

Bolsonaro estava acompanhado de ministros e dos presidentes da Câmara e do Senado. O encontro também teve como tema ações relacionadas ao enfrentamento da crise de saúde e econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Antes da videoconferência, o presidente voltou a criticar, de forma velada, a atuação de governadores dos Estados em conversa com apoiadores. Ele reclamou da postura de “autoridades estaduais” em fala na frente do Palácio da Alvorada. 

Na conversa com populares na saída da residência oficial, Bolsonaro ouviu reclamações de um apoiador sobre um suposto recolhimento de bandeiras do Brasil de automóveis durante uma carreata pró-governo em Fortaleza. Em resposta ao apoiador o presidente disse: “imaginem uma pessoa do nível dessas autoridades estaduais na Presidência da República, o que teria acontecido com o Brasil já. Esse é o recado. Então vocês vão ter que sentir um pouco mais na pele quem são essas pessoas para, juntos, a gente mudar o Brasil. Mudar, à luz da Constituição, da lei, da ordem”.

Já na videoconferência, Bolsonaro mudou o tom. “Temos que trabalhar em conjunto a sanção de um socorro aos senhores governadores, de aproximadamente R$ 60 bilhões, também extensivo a prefeitos”, disse o presidente na abertura do encontro. “O que se pede apoio aos senhores é a manutenção de um veto muito importante”, declarou Jair Bolsonaro.

Foto: Reprodução/TV Brasil

Vídeo: Sorridente, Regina Duarte deixa secretaria do governo Bolsonaro; saiba mais agora

quarta-feira, maio 20th, 2020

Tá fora. O presidente da República Jair Bolsonaro, anunciou nesta quarta-feira, dia 20/5, a saída da atriz Regina Duarte da secretaria especial de Cultura. Em publicação nas redes sociais, o presidente afirmou que Regina vai assumir a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

A Cinemateca Brasileira é a instituição responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira e é vinculada à Secretaria da Cultura.

Regina Duarte assumiu a secretaria no dia 4 de março com a missão que seria “pacificar” o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o Governo Federal.

Fotografia: Marcos Corrêa/Divulgação/PR

Presidente Bolsonaro reconduz Aleluia e Marun ao conselho de Itaipu

sábado, maio 16th, 2020

A volta. O Presidente da República, Jair Bolsonaro reconduziu neste sábado, dia 16/5, os políticos Carlos Marun (MDB-MS) e José Carlos Aleluia (DEM-BA) ao conselho de Itaipu Binacional, hidrelétrica localizada na fronteira com Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e Cidade del Leste, no Paraguai Itaipu. 

As nomeações foram publicadas em edição extra da sexta-feira, dia 15/5, do “Diário Oficial da União” e assinadas pelo presidente Bolsonaro e o próprio ministro de Minas e Energia. As nomeações valem até maio de 2024.


Foto: Michel Jesus/Divulgação/Câmara dos Deputados

Em passeio de jet ski, presidente Bolsonaro usa camisa do Esporte Clube Bahia

sábado, maio 9th, 2020

Camisa de campeão. O presidente da Repúblia Jair Bolsonaro (sempartido), estava vestido com a camisa do Esporte Clube Bahia em meio a um passeio de jet ski, na tarde deste sábado, dia 9/5, pelo Lago Paranoá, em Brasília.

A camisa do Esporte cLube Bahia teria sido a mesma que o presidente Bolsonaro ganhou de presente do vereador de Salvador, Alexandre Aleluia (DEM), durante visita à Bahia, em dezembro de 2019.

Fotografia: Reprodução/Redes Sociais

“Não adianta Rui Costa ficar nessa palhaçada”, diz presidente Bolsonaro sobre medidas do governador

quarta-feira, abril 29th, 2020

A pressão subiu. O presidente da República Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, dia 29/4, durante entrevista coletiva, na saída do Palácio da Alvorada, que “não adianta Rui Costa ficar nessa palhaçada”, se referindo às medidas de isolamento social feitas pelo governador baiano. O presidente Bolsonaro também citou João Doria, governador de São Paulo.

A Bahia chegou nesta quarta-feira, dia 29/4, a 100 mortes por Covid-19. O Brasil atingiu o patamar de 5.466 óbitos pela doença. O país já acumula 78.162 casos confirmados do novo coronavírus.

Fotografia: Isac Nóbrega/Divulgação/PR

“Será que a equipe atual descobriu algo que está incomodando o governo”; pergunta Angelo Coronel

sexta-feira, abril 24th, 2020

Vixe. O senador Angelo Coronel (PSD-BA), não perdeu tempo e comentou a saída do ministro da Justiça e Segurança Pública do Governo do presidente Jair Bolsonaro, Sergio Moro. Deacordo com o senador baiano do PSD, o ex-ministro deixou claro durante coletiva de imprensa que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quer interferir na Polícia Federal. 

Nas redes sociais, Coronel questiona: “Moro sai deixando claro que Bolsonaro quer interferir na PF. Porquê? Será que a equipe atual descobriu algo que está incomodando o governo? E disse que Bolsonaro quer alguém de sua confiança na PF para obter diretamente informações. Qual objetivo disso? Não é papel da PF esse tipo de serviço”.

Foto: Divulgação/PSD

Depois da fama como juiz que mandou prender ex-presidente, Moro deixa Ministério da Justiça

sexta-feira, abril 24th, 2020

Saiu. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou nesta sexta-feira, dia 24/4, em um pronunciamento à imprensa a própria demissão. A saída de Moro acontece depois de o presidente da República Jair Bolsonaro exonerar o direto-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, braço-direito e homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato.

No dia 5 de abril de 2018, o então juiz federal Sérgio Moro determinou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em duas instâncias da Justiça no caso do triplex em Guarujá (SP).

Fotografia: Marcelo Camargo/Divulgação/Agência Brasil

ACM Neto após reunião com presidente Bolsonaro: “De bom nível”

sexta-feira, abril 24th, 2020

O encontro. A reunião entre o prefeito de Salvador e presidente Nacional do DEM, ACM Neto e o presidente da República Jair Bolsonaro na quinta-feira, dia 26/4, foi considerada positiva. A reunião foi em Brasília e o prefeito de Salvador a classificou como de “muito bom nível”, mas não entrar em detalhes sobre a conversa. Neto preferiu não falar para a imprensa o que foi abordado na reunião.


Fotografia: Alan Santos/PR

Maurício Valeixo não é mais diretor-geral da Polícia Federal

sexta-feira, abril 24th, 2020

Exonerado. O presidente da República, Jair Bolsonaro, exonerou a pedido Maurício Leite Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal.

O decreto com a exoneração de Valeixo está publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 24/4.

O documento é assinado pelo presidente da República e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Foto: José Cruz/Divulgação/Agência Brasil