Posts Tagged ‘AGRONEGÓCIO’

Agropecuária nordestina ganha plano de ação para o desenvolvimento

segunda-feira, agosto 19th, 2019

A agropecuária nordestina tem a partir desta segunda-feira, dia 19/8, um instrumento importante para o seu desenvolvimento. A Portaria 164, de 16 de agosto, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, estabelece no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento o Plano de Ação para o Nordeste (AgroNordeste).

O AgroNordeste vai apoiar a organização das cadeias agropecuárias da região para ampliar e diversificar os canais de comercialização, “atuando com pertinência social, ambiental e econômica e buscando aumentar a eficiência produtiva e o benefício social”.

De acordo com a portaria, o plano trabalhará também na identificação de obstáculos que travam a competitividade de setores da agropecuária nordestina com potencial de crescimento e apoiar a melhoria dos sistemas produtivos, do beneficiamento e do processamento de produtos.

O AgroNordeste trabalhará também no acesso dos produtores a crédito, assistência técnica e tecnologias, objetivando o desenvolvimento de produtos com maior valor agregado e de estratégias de convivência com a seca. Fonte: Agência Brasil

Foto: Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Ministra da agricultura visita Bahia Farm Show

sábado, junho 1st, 2019

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse na sexta-feira, dia 31/5, durante a Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães (BA), que o Plano Safra 2019/20, previsto para ser lançado no dia 12 de junho, deverá ser feito nos mesmos moldes dos anos anteriores. “Vai ser igual aos outros. É um plano safra muito parecido”, afirmou.

Para a ministra, é essencial que o produtor rural tenha previsibilidade na hora de tomar crédito. Ela defendeu que o país caminhe  para um modelo permanente. “O Brasil e o agronegócio brasileiro ficaram tão grandes que a gente tem que ter uma política agrícola definida, sem ter que todo ano o produtor ficar preocupado se o juro vai subir, se vai cair, se vai ter a subvenção, se vai ter o seguro.

Ela tranquilizou os produtores presentes com relação ao Plano Safra deste ano. “Fiquem tranquilos. Não vamos ter ainda o plano safra que desejávamos, mas vamos ter uma programação que o produtor vai poder ter, com novas ferramentas”. 

Tereza Cristina voltou a lembrar a necessidade da aprovação no Congresso Nacional do projeto de crédito suplementar (PLN 4/19), que inclui R$ 10 bilhões em recursos para equalização dos financiamentos do Plano Safra.

“Neste ano, com esse orçamento super apertado, precisamos da votação urgente do PLN 4 para que o governo tenha esses recursos do orçamento do ano passado à disposição e possa fazer plano safra e colocar dinheiro na educação, na saúde, enfim, onde tem obrigação de investir”.

A ministra comemorou a boa fase que vive o setor agropecuário brasileiro e disse que o presidente Jair Bolsonaro é um “grande amigo” do setor. “Vivemos hoje um grande momento para essa classe produtora que foi massacrada durante muito tempo e que nos colocou contra a classe urbana, que acha que somos transgressores. E não somos, somos produtores colocando alimento barato e seguro no prato do brasileiro e ainda gerando excedente para alimentar 1 bilhão de pessoas no mundo todo ano.”

Foto: Divulgação

Estado incentiva desenvolvimento do Oeste na Bahia Farm Show

sexta-feira, maio 31st, 2019

Do agronegócio à agricultura familiar. A Bahia Farm Show chega à 15ª edição em Luis Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, com expectativa de atrair 70 mil pessoas. O Governo do Estado apoia o evento com diversas ações, a exemplo da atração de negócios, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), e do lançamento de linhas de crédito, com a Agência de Fomento da Bahia (Desenbahia). Já a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) atua como articuladora entre os produtores e os órgãos do governo estadual. 

A feira, que começou na terça-feira (28) e segue até sábado (1º), reforça a visibilidade do oeste da Bahia, que já atrai os olhos do país inteiro e também de fora do Brasil. Sasha Thompson, por exemplo, é produtora de leite originária da Nova Zelândia e está há 10 anos na região. “Nós observamos o mundo em busca de oportunidades. Estamos sempre vindo à Bahia Farm Show para ver a disponibilidade de tecnologia”, afirmou a produtora. A expectativa é atrair 70 mil pessoas nos cinco dias de evento.

SDE

Segundo o coordenador de Atração de Investimentos da SDE, Humberto Bonfim, é a primeira vez que a secretaria monta um estande na Bahia Farm Show. “Estamos oferecendo consultoria gratuita e temos o objetivo de atrair novos investimentos para o agronegócio, gerando mais empregos e renda. Nós prestamos informações relacionadas aos programas de incentivos fiscais, de infraestrutura, para que as empresas se instalem na região”, explicou. 

Empresário do ramo de recicláveis, Márcio Pes aprovou o atendimento da SDE. “Eu vim à procura de informação. Nós temos uma indústria de reciclagem há sete anos, geramos 50 empregos diretos e estamos querendo expandir o negócio. Fomos muito bem recebidos. Viemos saber como a SDE pode nos ajudar, desde o incentivo, na relação com a Coelba e com a Embasa, e no apoio com o financiamento para ampliação”. 

O SAC Empresarial também está presente no estande da SDE para divulgar o órgão, em parceria com a Secretaria da Administração (Saeb) e com o Sebrae. “Nós temos um serviço de formalização e atendimento ao microempreendedor individual e de orientação sobre a abertura de empresas. Temos também atendimento específico para o microempreendedor individual [MEI]. Neste evento, temos o intuito de divulgar os nossos atendimentos e serviços”, disse a coordenadora do SAC Empresarial, Ana Luiza Mascarenhas. 

Desenbahia

A Desenbahia lança na Bahia Farm Show uma linha de crédito específica para realização de novos investimentos no setor do agronegócio. Com recursos próprios e taxas competitivas, a Desenbahia busca financiar a aquisição de máquinas e equipamentos ligados à atividade agropecuária. A agência de fomento participou de todas as edições do evento, sendo líder por vários anos em intenções de negócio. 

Gerente de Desenvolvimento da Desenbahia, João Pedro Cardoso destacou que a agência tem quebrado recordes de captação de investimentos a cada ano. “Este ano, temos linhas para máquinas, conversão de solo, energia renováveis, pecuária, irrigação e as mais diversas áreas. Pretendemos fechar, hoje, no mínimo R$ 20 milhões, e este é apenas o início da feira. O nosso maior lucro é o crescimento do produtor”, ressaltou. 

Segundo João Pedro, basta o produtor apresentar a documentação e o orçamento da máquina para protocolar a intenção de financiamento. “Estaremos atendendo até o último minuto da feira. A cada dia que passa, as propostas aumentam. O agronegócio está cada vez mais pujante. Os clientes fidelizados estão voltando e temos clientes novos a cada dia”, finalizou. 

Agricultura familiar
A agricultura familiar baiana também tem espaço na Bahia Farm Show. Por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa ligada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), representantes da agricultura familiar e da economia solidária de mais de 20 municípios expõem produtos no evento. 

Um deles é o agricultor familiar Tilson Prates, de Itabuna. “Expor nossos produtos é muito importante para nós, porque esta é uma região muito próspera. É um novo nicho de mercado, para onde vem gente do país inteiro. Nosso estande já foi visitado por gente de todo o Brasil”.

Foto:

Presidente Jair Bolsonaro diz que não quer atrapalhar quem produz

segunda-feira, abril 29th, 2019

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, dia 29/4, que, como chefe do Executivo, não quer atrapalhar quem produz no Brasil. “Nós queremos e estamos tirando o Estado do cangote daqueles que produzem, daqueles que investem e dos grandes empreendedores”, disse na abertura da 26ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow), feira do agronegócio que acontece em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

“O agronegócio, a agropecuária, é um dos setores que está dando certo há muito tempo, e nós devemos valorizar quem trabalha nessa área”, ressaltou.

Ao lado dos ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, Bolsonaro disse que uma das medidas para o setor é “fazer um limpa” no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), e colocar pessoas que estejam ao lado daqueles que produzem. “Tem que haver fiscalização sim, mas o homem do campo tem que ter o prazer de receber o fiscal e, num primeiro momento, ser orientado para que ele possa cumprir as leis”, disse.

De acordo com o presidente, “em torno de 40% das multas aplicadas no campo serviam para retroalimentar uma fiscalização xiita, que buscava atender apenas nichos que não ajudavam o meio ambiente e muito menos aqueles que produzem”.

Segurança jurídica

Bolsonaro disse ainda que busca segurança jurídica para o produtor rural, para garantir a propriedade privada e a segurança no campo. De acordo com o presidente, em conversa ontem (28) com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o parlamentar prometeu colocar em pauta um projeto para que o produtor rural possa portar armas de fogo em todo o perímetro de sua propriedade.

Outro projeto que deve ser encaminhado pelo Executivo “vai dar o que falar”, segundo Bolsonaro. “É um projeto para fazer com que, ao defender sua propriedade privada ou sua vida, o cidadão do bem entre no excludente de licitude, ou seja, ele responde [um processo], mas não tem punição. É a forma que temos para quem do outro lado, que não teme em desrespeitar a lei, temam vocês, temam o cidadão de bem, e não o contrário”, disse.

O presidente disse também que a reforma agrária deve ser feita “sem viés ideológico”, que comece por terras ociosas e que haja acordos de conciliação em áreas judicializadas.

Mercado

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que fará uma viagem à China no segundo semestre, “até para desfazer aquela imagem criada pela imprensa, como se fossemos inimigos dos chineses”. “Eu sou inimigo, sim, de governos que, no passado, faziam negócios estando à frente o viés ideológico. Isso deixou de existir”, afirmou. A China é o principal destino das exportações brasileiras.

Índia

No âmbito do comércio internacional, a ministra Tereza Cristina anunciou a abertura do mercado indiano para a carne de frango brasileira. Além disso, os produtores rurais terão mais R$ 500 milhões no Plano Safra para a compra de máquinas e equipamentos, totalizando R$ 1,5 bilhão.

A Agrishow é a maior feira de tecnologia agropecuária do Brasil e acontece até sexta-feira (3). A expectativa da organização é que mais de 150 mil vistantes de diversos países passem pela feira. Além de palestras e exposições, o evento conta com demonstrações de áreas de plantio, equipamentos e novas tecnologias para o setor. Agência Brasil

 

 

 

 

Foto: Alan Santos/Divulgação/PR

 

 

 

 

 

 

Fenagro: Organizadores têm expectativa de atrair 300 mil visitantes

segunda-feira, novembro 26th, 2018
Uma semana de oportunidade para empresários do agronegócio e agricultores familiares movimentarem a economia, e também para turistas e baianos conhecerem o que é produzido no interior do estado. Até o próximo domingo (2), estão abertas ao público, simultaneamente, a 31ª Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro) e a 9ª Feira da Agricultura Familiar, no Parque de Exposições da Bahia, em Salvador. A abertura foi realizada neste domingo (25), com a presença do vice-governador, João Leão, secretários e outras autoridades. Este ano a feira também comemora os 40 anos do Parque de Exposições. Nesta edição, a Fenagro tem como expectativa atrair 300 mil visitantes e movimentar R$ 100 milhões. 
O vice-governador João Leão lembrou que a Bahia é o estado brasileiro que tem o maior número de agricultores familiares do país, são 750 mil pequenos produtores, mais de três milhões de famílias vivendo da agricultura. “Temos também mais 300 mil  médios e grandes produtores. São mais de um milhão de produtores no estado, e isso é uma alta produtividade. A Bahia está se tornando um dos maiores celeiros do Brasil na produção agrícola, e agora nós estamos avançando na industrialização”, destacou. 
Para o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, a Fenagro é uma oportunidade de o Brasil conhecer a força do rural baiano. Aqui estão representados da pecuária ao artesanato, passando pelo agronegócio, os quilombos, indígenas, mostrando cadeias estratégicas, com produtos de qualidade sendo apresentados”. Ainda segundo ele, é uma oportunidade de se marcar um encontro entre quem produz e quem comercializa, que são as redes de supermercado, hotéis, restaurantes. Além disso, as feiras oferecem ao público diversão, cultura e gastronomia”. 
O licuri do Sertão do São Francisco, o mel e o artesanato da região da Bacia do Rio Corrente e todos os territórios de identidade da Bahia estão representados. O prefeito Marcão, do município de Santana, localizado no oeste da Bahia, na Bacia do Rio Corrente, destacou a importância da Fenagro para o pequeno agricultor. “É um fortalecimento da geração de emprego e renda dentro da Agricultura Familiar. Nós temos um grande número de famílias na região vivendo da agricultura, a nossa bacia não é do agronegócio. Portanto, esta feira vem fortalecer os agricultores familiares que são responsáveis por 75% dos produtos que chegam à mesa do brasileiro”. 
Foto: Divulgação/GOVBA

Bahia: Cerca de 9 mil empregos são criados no agronegócio

domingo, setembro 30th, 2018

Agro dá certo. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, afirmou que o número de empregos no setor agropecuário da Bahia cresceu 9,04%. De janeiro a agosto deste ano, foram criados cerca de 9 mil empregos.

Os números são positivos ainda em comparação a 2017. Entre agosto de 2017 e agosto de 2018, quase 3.600 novos empregados foram captados pelo segmento agropecuário da Bahia, significando aumento de 3,41% (3.548).

Foto: Reprodução/Incra

Bahia Farm Show estende programação por causa da greve dos caminhoneiros e carreteiros

sábado, maio 26th, 2018

Agronegócio em alta. A 14ª Bahia Farm Show, vai ter mais um dia de programação por conta da greve dos caminhoneiros e carreteiros que acabou provocando atraso na chegada de alguns expositores para uma das maiores feiras do agronegócio da Bahia. A programação do evento estava confirmada de terça-feira 29/5 até sábado, dia 2/6, porém agora, vai até o domingo, dia 3/6, na Cidade de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia. A informação foi divulgada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), organizadora do evento.

Conforme a entidade, até quinta-feira, dia 24/5, pelo menos 70% dos estandes estavam montados. Para este ano, são esperados 260 expositores, entretanto, alguns estão tendo problemas para levar materiais até o local em função dos bloqueios feitos nas rodovias federais em todo o Brasil.

A feira deve movimentar mais de R$1 bilhão e 500 milhões em negócios. A AIBA informou que não espera um impacto no volume de negócios e a expectativa é ainda superar os número do ano passado, quando a feira atingiu R$ 1 bilhão 531 milhões em negócios.

 

 

Foto: Divulgação