Posts Tagged ‘segundo turno’

ACM Neto declara apoio a Bolsonaro

quarta-feira, outubro 10th, 2018

E aí? O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, reuniu a imprensa na tarde desta quarta-feira 10/10 e anunciou que vai apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. O comunicado aconteceu em coletiva no Hotel Golden Tulip, no Rio Vermelho, ao lado de José Ronaldo, ex-candidato ao governo pelo DEM.

Segundo Neto, o posicionamento dele é de coerência com um partido que sempre se opôs ao PT. “O DEM deixou claro qual sua linha de pensamento, uma posição que guarda coerência com sua história. Não tinha cabimento um partido que combateu o PT deixarmos de dizer toda nossa posição clara de que nosso campo não é o do PT”, disse.

 

 

 

Foto: Reprodução

Bolsonaro faz avaliação médica; Haddad fala a jornalistas estrangeiros

quarta-feira, outubro 10th, 2018

A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita no segundo turno, os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) concedem entrevistas e indicam o tom que vão dar nesta reta final da campanha. Haddad passa o dia em São Paulo com uma série de compromissos. Bolsonaro define hoje (10), após exame médico, como será o ritmo nos próximos dias.

O candidato do PSL será submetido a uma avaliação da junta médica que cuidou dele no Hospital Albert Einstein. Depois de duas cirurgias e com uma colonoscopia, os médicos farão as recomendações sobre como ele deve agir nas campanhas de rua. Há dois dias, Bolsonaro admitiu que o ritmo não pode ser muito intenso.

Haddad passa o dia em São Paulo, onde concede uma série de entrevistas para rádios e também para jornalistas estrangeiros. A expectativa é de reuniões com correligionários e apoiadores ainda hoje. Não está na agenda, mas a possibilidade foi indicada por petistas que acompanham de perto o candidato.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

PSB decide apoiar Fernando Haddad no segundo turno

terça-feira, outubro 9th, 2018

Em reunião nesta terça-feira 9/10, o diretório nacional do PSB decidiu apoiar o candidato do PT, Fernando Haddad, no segundo turno na disputa presidencial.

O apoio está condicionado ao compromisso por parte da candidatura petista da formação de uma frente ampla democrática.

Os diretórios de São Paulo e do Distrito Federal, cujos candidatos concorrem no segundo turno, ficaram livres para decidir o apoio presidencial de acordo com a resolução do diretório nacional do PSB.

No primeiro turno, o PSB não declarou apoio formal a nenhuma candidatura. 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

PSB, PSDB, Rede, DC e PPL devem anunciar hoje (9) apoios para o segundo turno

terça-feira, outubro 9th, 2018

Hora de apoios. Após breve descanso com o fim do primeiro turno das eleições, os partidos políticos se reúnem para definir o apoio aos candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). A expectativa é de que PSB, PSDB, Rede, DC e PPL anunciem hoje (9), em Brasília, as decisões.

Informalmente, alguns líderes políticos sinalizaram como atuarão nesta reta final. O comando do PDT, do candidato Ciro Gomes, que ficou em terceiro lugar na disputa presidencial, indicou que deve assumir um “apoio crítico” à candidatura de Haddad.

Sofrendo com uma redução nos quadros, o PSDB, que lançou o candidato Geraldo Alckmin, deve ter uma divisão interna, segundo analistas políticos. Mesmo se houver uma decisão fechada em torno de um dos nomes, a tendência é de racha. A vice na chapa de Alckmin, Ana Amélia, afirmou que apoiará Bolsonaro.  

Nas redes sociais, o candidato do PPL à Presidência, João Goulart Filho, fez elogios a Ciro Gomes, mas não apontou se pretende apoiar Bolsonaro ou Haddad. A candidata da Rede, Marina Silva, fez severas críticas aos dois que disputarão o segundo turno, assim como João Amoêdo, do Partido Novo.   

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro e Haddad disputam segundo turno

domingo, outubro 7th, 2018

Com 96% das urnas apuradas, Bolsonaro estava com 46,70%% e Haddad, 28,37%.

Analise os demais resultados dos candidatos:

Ciro Gomes (PDT): 12,52%
Geraldo Alckmin (PSDB): 4,83%
João Amoêdo (Novo): 2,58%
Cabo Daciolo (Patri): 1,21%
Henrique Meirelles (PMDB): 1,21%
Marina Silva (Rede): 1%
Alvaro Dias (Pode): 0,82%
Guilherme Boulos (Psol):0,58%
Vera Lucia (PSTU): 0,05%
Eymael (DC): 0,04%
João Goulart Filho (PPL): 0,03%

Deputados aprovam em 2º turno a reforma política;Veja como votaram os baianos

quarta-feira, julho 8th, 2015

2047,em-segundo-turno-camara-dos-deputados-aprova-reforma-politica-2

A Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno,  na noite de terça-feira, dia 7, o texto-base da proposta de reforma política. Foram 420 votos a favor, 30 contra e uma abstenção. Entre os assuntos aprovados estão o fim da reeleição, a possibilidade de empresas doarem a partidos políticos, o voto obrigatório, a manutenção do sistema proporcional e das coligações para o Legislativo.

Nesta quarta-feira, dia 8, a Câmara deve analisar o texto infraconstitucional para regulamentar alguns pontos da reforma. Na próxima terça-feira, dia 14, acontecerá a votação dos destaques que podem retirar do texto alguns temas aprovados no primeiro turno.

A votação da reforma política teve início no fim do mês de maio e teve o primeiro turno concluído no dia 16 de junho.

Confira como votaram os deputados baianos no segundo turno da apreciação da reforma política:
Bahia (BA)
Afonso Florence PT Não
Alice Portugal PCdoB Sim
Antonio Brito PTB PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Antonio Imbassahy PSDB Sim
Arthur Oliveira Maia Solidaried Sim
Bebeto PSB Sim
Benito Gama PTB PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Cacá Leão PP PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Caetano PT Sim
Claudio Cajado DEM Sim
Daniel Almeida PCdoB Sim
Elmar Nascimento DEM Sim
Erivelton Santana PSC PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Félix Mendonça Júnior PDT Sim
Irmão Lazaro PSC PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
João Carlos Bacelar PR Sim
Jorge Solla PT Sim
José Carlos Aleluia DEM Sim
José Carlos Araújo PSD Sim
José Nunes PSD Sim
José Rocha PR Sim
Josias Gomes PT Sim
Jutahy Junior PSDB Sim
Márcio Marinho PRB PrbPtnPmnPrpPsdcPrtbPtcPslPtdoB Sim
Mário Negromonte Jr. PP PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Moema Gramacho PT Não
Nelson Pellegrino PT Sim
Paulo Azi DEM Sim
Paulo Magalhães PSD Sim
Roberto Britto PP PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Ronaldo Carletto PP PmdbPpPtbPscPhsPen Sim
Sérgio Brito PSD Sim
Tia Eron PRB PrbPtnPmnPrpPsdcPrtbPtcPslPtdoB Sim
Uldurico Junior PTC PrbPtnPmnPrpPsdcPrtbPtcPslPtdoB Sim
Valmir Assunção PT Não
Waldenor Pereira PT Não
Total Bahia: 36

Fonte: Agência Câmara de Notícias.

Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Corrupção, crise de água e troca de farpas marcam último debate presidencial

sábado, outubro 25th, 2014

aeciodilma

Eu hein. O último debate presidencial deste segundo turno entre Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), realizado na noite desta sexta-feira, dia 24, pela TV Globo, foi marcado por troca de farpas sobre corrupção, revista Veja, falta de água em São Paulo e governo Fernando Henrique Cardoso. A votação do segundo turno acontece neste domingo, dia 26.

Logo de cara, Aécio questionou Dilma sobre a reportagem da revista Veja, que envolvia a petista e o ex-presidente Lula como “sabedores” do esquema de propina na Petrobras. “Dou a oportunidade para você se explicar”, atacou. “As declarações do doleiro [Alberto Youssef] foram em delação premiada, que só dá o benefício se ele apresentar provas.”

Dilma se defendeu afirmando que a revista faz campanha para Aécio. “Candidato, eu jamais persegui jornalista na minha vida pública. Jamais reprimi a imprensa porque vivi os anos escuros desse País. As duas revistas que o senhor menciona, nós sabemos para quem fazem campanha”, declarou.

O tema corrupção voltou a ser destaque quando uma eleitora mineira perguntou quais medidas os candidatos utilizariam para tentar amenizar o problema. Dilma prometeu criar cinco normas. “Transformar em crime eleitoral o Caixa Dois, criminalizar funcionários públicos com enriquecimento ilícito, que o poder público possa reaver o bem, e uma instância especial para julgamento rápido dos crimes”, afirmou.

O tucano, por sua vez, afirmou que a melhor solução contra a corrupção seria tirar o PT do poder. “Minha conterrânea expressa os sentimentos de milhões de brasileiros. A Dilma apresenta propostas que o próprio PT não se moveu para que andasse no Congresso. O PT não se preocupou em combater a corrupção. A melhor maneira é tirar o PT do governo”.

Falta de água
A crise hídrica em São Paulo não foi deixada de lado por Dilma, que acusou Aécio e Geraldo Alckmin (PSDB) de não planejarem o futuro. “Vou concordar com o humorista José Simão [BandNewsFM]. Você vai levar para o Estado o programa Meu Banho, Minha Vida”, afirmou a petista.

Aécio se defendeu e afirmou que a culpa pela falta de água é da petista. “O seu governo não acionou os órgãos na região Sudeste. Não é só São Paulo que passa pelo problema. O Alckmin propôs um bônus e acabou reeleito pela população. A ausência de planejamento é uma vergonha no seu governo no Brasil”.

FHC
O ex-presidente tucano também foi lembrado no debate. Dilma disse que FHC não tinha como prioridade a área social e a manutenção do emprego, além de ter “engavetado todas as suspeitas de corrupção”. Aécio, por sua vez, defendeu o governo tucano e disse que FHC “adotou as medidas necessárias naquele governo”, além de ter garantido “a estabilidade da moeda”.

 
Foto: Reprodução
*Com informações do Portal da Band

Mesário convocado no primeiro turno deve comparecer também no segundo

quarta-feira, outubro 15th, 2014

mesariosTRE

Atenção. As pessoas que foram convocadas pela Justiça Eleitoral para trabalhar como mesário no dia da votação deve comparecer para ambos os turnos das eleições. A convocação é única e válida não apenas para o dia 5 de outubro, mas também para um eventual segundo, já marcado para o próximo dia 26.

Vale destacar que mesmo que o convocado tenha faltado no primeiro turno do pleito, deve comparecer na segunda fase de votação.

Foto: Divulgação

Primeiro debate do segundo turno entre Aécio e Dilma “pega fogo”

quarta-feira, outubro 15th, 2014

20141015-060854.jpg

A pressão subiu. O primeiro debate presidencial do segundo turno foi marcado por troca de acusações e alta pressão entre a presidente Dilma Rousseff (PT), e Aécio Neves (PSDB), principalmente quando o tema corrupção foi abordado no final do segundo bloco do encontro promovido pela TV Band, nesta terça-feira, dia 14. Em um dos momentos mais tensos, Aécio acusou sua adversária de “estar sendo leviana” ao dizer que o tucano entregou a um tio as chaves do aeroporto de Cláudio (MG), construído pelo governo de Minas Gerais. Em seguida, Aécio afirmou que o governo atual “virou um mar de lama”, em referência às denúncias de pagamento de propinas em obras realizadas pela Petrobras, investigação feita pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. Dilma reagiu e acusou o tucano de praticar o nepotismo ao nomear parentes para cargos públicos, sem citar quais.
A pressão começou a subir quando, no início desse bloco, Aécio disse que o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, preso na Lava-Jato, recebeu elogios em ata de reunião da empresa pelos “bons serviços prestados”, ao se demitir do cargo. O tucano perguntou a Dilma que “bons serviços” eram esses. Em resposta, Dilma disse que sua indignação em relação ao que foi descoberto pela PF “era a mesma de todos os brasileiros”. E passou a enumerar casos de corrupção durante os governos tucanos que, segundo ela, não levaram ninguém à prisão, como o mensalão em Minas e as denúncias de cartel nas licitações do serviço de transporte sob trilhos em São Paulo. Em seguida,citou o Aeroporto de Cláudio:
“Como o senhor explica ter construído um aeroporto que na época custava 13 milhões e 900 mil e agora custa 18 milhões. E foi construído em terreno de sua família, no terreno de seu tio e chave fica em poder dele? Eu não acho isso nada moral e nem ético”.

Aécio reagiu:

“Eu quero responder à candidata Dilma olhando nos seus olhos. A senhora está sendo leviana. O Ministério Público Federal atestou a regularidade dessa obra. Fiz milhares de obras no meu governo. Todas elas atestadas como obras corretas. A obra de Cláudio, que a senhora insiste em repetir e também de forma leviana no seu horário eleitoral, tanto que o TSE retirou do ar, foi uma obra feita em área desapropriada em desfavor de um tio avô meu para beneficiar uma região próspera, onde estão mais de 150 indústrias. O Ministério Público Federal disse que a obra é correta”.

Foto: Reprodução

ACM Neto reforça apoio a Aécio Neves no 2º turno

sábado, outubro 11th, 2014

acmaecio

O prefeito da capital baiana, ACM Neto, reforçou o apoio ao candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno na corrida eleitoral para a Presidência da República. Em um evento realizado na sexta-feira, dia 10, em um hotel no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, Neto – acompanhado de Paulo Souto, Geddel Vieira Lima, o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, vários deputados federais e estaduais – apresentou algumas ações e diretrizes para a reta final da campanha de Aécio Neves na Bahia.
Para ganhar os votos dos baianos, Neto afirmou que a coligação “Unidos pela Bahia” está procurando manter ativa a ação dos candidatos a deputados que disputaram as eleições e definiu 32 polos regionais no Estado e, a partir desses polos, espera chegar a todas as cidades do interior com a campanha do tucano.

— Em cada um desses 32 polos nós vamos ter uma estrutura de trabalho, ter uma estrutura de campanha, pessoas engajadas, envolvidas e comprometidas com a eleição nesse segundo turno.

ACM Neto afirmou que a vantagem que Aécio Neves vai ter nesse segundo turno, a “ferramenta de trabalho nacional”, é a igualdade de tempo de televisão.

— Os mesmos recursos e o mesmo tempo para fazer o enfrentamento à candidata do PT. Isso vai permitir que Aécio possa, de uma maneira mais ampla, conversar com as pessoas, apresentar suas propostas, inclusive, que possa desmistificar uma série de coisas que são disseminadas seja na televisão, seja nas bases. Por que essa campanha tem que ser da verdade contra a mentira.

O prefeito está confiante na vitória do tucano e citou as últimas pesquisas, em que Aécio Neves aparece em primeiro lugar em um quadro de empate técnico com a presidente Dilma. No primeiro turno, a candidata à reeleição conquistou mais de 60% dos votos no Estado e o PT estima que o número deve subir no dia 26 de outubro. Neto afirmou que não vai fazer um prognóstico, nem trabalhar com metas e sim com o objetivo de conquistar todos os votos possíveis.

— Ninguém esperava que no primeiro turno Aécio tivesse em Salvador mais de 21% dos votos como teve e que tivesse na Bahia, um quadro de empate com Marina com 18% dos votos. Todos os prognósticos sugeriam que Aécio ia ter 11%, 12% dos votos. A base está construída e agora ele é um candidato conhecido.

Segundo o prefeito, o candidato estará em Salvador na próxima semana, quinta ou sexta-feira, a data ainda não foi definida, pois está aguardando a agenda de debates. Na ocasião, será feira uma caminhada no centro da cidade.

— O Brasil está vivendo e respirando os ares da mudança. O sentimento dominante no primeiro turno foi o sentimento de mudança.

Foto: Divulgação
*Com informações do R7

Ibope e Datafolha: Aécio tem 51% dos votos válidos, contra 49% de Dilma

sexta-feira, outubro 10th, 2014

f_271851

Foram divulgadas na noite desta quinta-feira, dia 9, as pesquisas Ibope e Datafolha onde mostram o candidato do PSDB, Aécio Neves, na liderança com 46% das intenções de voto. Dilma Rousseff (PT) tem 44%. Pela margem de erro dos institutos, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, ambos estão empatados.

Considerando apenas os votos válidos, Aécio vence Dilma por 51% a 49%.

Segundo o Datafolha, o número de brancos e nulos é de 4%, já 6% estão indecisos. Foram ouvidos pelo instituto 2.879 eleitores em 178 municípios.

É a primeira vez que um candidato segundo colocado no primeiro turno aparece na frente na pesquisa do segundo turno.

Por sua vez, o Ibope entrevistou 3.010 eleitores entre os dias 7 e 8 de outubro. O instituto aponta 6% de brancos e nulos e 4% de indecisos.

As pesquisas foram divulgadas na noite desta quinta-feira, dia 9, pela TV Globo e pelos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo.

Foto: Reprodução

Horário eleitoral gratuito recomeça nesta quinta-feira

quarta-feira, outubro 8th, 2014

horarioeleitoral

Recomeça nesta quinta-feira, dia 9, o horário eleitoral gratuito em cadeia nacional, no bloco das 20h30, de acordo com determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na Bahia, onde o governador foi eleito já no primeiro turno, a propaganda terá duração de 20 minutos. Já nos 13 estados onde haverá a segunda parte do pleito, os postulantes ao governo terão mais 20 minutos, exibidos logo depois.

A propaganda entra no ar diaraiamente, de domingo até sexta-feira (24), dois dias antes da votação, que acontece no dia 26. O horário eleitoral terá seu tempo dividido igualmente entre a petista Dilma Rousseff e o tucano Aécio Neves, sendo que o primeiro programa a ser é o do PT. A partir de sexta, dia 10, os programas de rádio são veiculados às 7h e às 12h e os de televisão, transmitidos a partir das 13h e das 20h30.

Foto: Ilustrativa

 

Luciana Genro descarta Aécio Neves e estuda apoio a Dilma

terça-feira, outubro 7th, 2014

lucianaeaecio

Será? A ex-candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, afirmou que não vai apoiar Aécio Neves (PSDB) de forma alguma. Sobre Dilma Rousseff (PT), a candidata disse que dependerá do partido.

Luciana teve pouco mais de 1,6 milhão de votos no primeiro turno. “O segundo turno será debatido pelo partido. Eu não tenho autorização nenhuma para expressar uma posição, porque essa posição será discutida pela direção do partido. É evidente que não há nenhuma possibilidade do PSOL chamar o voto no Aécio”, afirmou.

Luciana, no entanto, não garantiu que irá dar apoio a Dilma. “Isso também não significa que o PSOL vá chamar o voto na Dilma. Nós vamos debater internamente e em alguns dias a posição será expressada.”

Foto: Reprodução
*Com informações da Band

Dilma e Aécio Neves disputam segundo turno

domingo, outubro 5th, 2014

f_271074

Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e Aécio Neves (PSDB) irão disputar o segundo turno.

Marina Silva (PSB), que chegou a estar empatada com Dilma na liderança, perdeu fôlego na reta final de campanha e acabou em terceiro lugar, com 21,11% dos votos, um total de 20.148.067 milhões de eleitores – números com 92% das urnas apuradas – veja os números completos.

Dilma somou 40,91% dos votos (39.033.861 milhões), enquanto Aécio registrou 34,38% dos votos (32.802.945 milhões).
Ainda de acordo com a apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luciana Genro (PSOL) ficou em quarto lugar, com 1,59% dos votos (1.513.002 milhão).

Pastor Everaldo (PSC) somou 0,75% dos votos (716.756 mil), em quinto lugar. Eduardo Jorge (PV) teve 0,62% dos votos (594.656 mil).

Levy Fidelix PRTB ficou em sétimo lugar, com 0,44% (415.653 mil).

Os demais candidatos (Zé Maria, do PSTU, Eymael, do PSDC, Mauro Iasi, do PCB, e Rui Pimenta, do PCO) tiveram menos de 0,5% dos votos.

Foto: Reprodução

Datafolha: Com 21% no 1º turno, Marina Silva empataria com Dilma no 2º

segunda-feira, agosto 18th, 2014

A

A pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta segunda-feira, dia 18, já colocando Marina Silva como candidata do PSB à Presidência da República, mostra que a ex-ministra entra no páreo com 21% das intenções de voto no 1º turno, um ponto à frente de Aécio Neves (PSDB), que tem 20%.

De acordo com o Datafolha, a ex-ministra tem um desempenho que afasta a chance de a eleição ser resolvida no primeiro turno. Dilma (PT) lidera com 36%, segundo a sondagem.

As intenções de voto nulo ou em branco, que eram de 13%, caem com a entrada de Marina. A taxa recua para 8%. O percentual de indecisos, que era de 14%, cai para 9%. Na simulação de segundo turno, Marina supreende e tem 47% das intenções de voto, contra 43% da atual presidente. Contra Aécio, Dilma venceria o segundo turno por 47% a 39%. Na pesquisa de julho, o cenário era de 44% a 40%, ou seja, empate técnico. O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto.

Foto: Reprodução

Datafolha aponta empate técnico entre Dilma e Aécio Neves no segundo turno

sexta-feira, julho 18th, 2014

Dilma diz que modelo de negócio em Libra é de concessão

Êta disputa retada.  Na primeira pesquisa realizada pelo Datafolha após o início oficial da campanha eleitoral, que começou no dia 6, a presidente Dilma Rousseff (PT) apareceu em primeiro lugar, com 36% dos votos, enquanto Aécio Neves (PSDB) ficou com 20% das intenções e Eduardo Campos (PSB) foi o terceiro, com 9%. O quarto colocado, o pastor Everaldo (PSC), teve 3% das intenções de voto.

Na última pesquisa feita pela Datafolha, realizada nos dias 1º e 2 de julho, Dilma tinha 38%, Aécio, 20%,  Eduardo Campos, 9%, e Everaldo, 4%.

Entre todos os candidatos, Dilma também foi a primeira na taxa de rejeição – ou seja, em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum. A presidente teve 35% no ranking negativo, seguida pelo Pasto Everaldo (PSc), com 18%, enquanto Aécio Neves também amargou 17%.

O percentual de entrevistados que não sabem em quem votar ou que não responderam, era de 11% no começo do mês e subiu para 14% na pesquisa atual. Brancos e nulos permanecem na mesma marca, 13%.

Com margem de erro percentual de dois pontos, para mais ou para menos, a pesquisa aponta que se a eleição fosse hoje, haveria segundo turno. Neste cenário, Dilma teria Rousseff 44% dos votos, enquanto Aécio Neves ficaria com 40%, praticamente empatados se a imprecisão técnica for levada em conta.

O Datafolha ouviu 5.377 eleitores em 223 municípios na terça, dia 15, e na quarta-feira, dia 16.

Foto: Folhapress/Divulgação