Posts Tagged ‘Presidência da República’

Pulou fora: “Não é prioridade”, diz ACM Neto sobre ser vice de Alckmin

quarta-feira, dezembro 6th, 2017

Tá fora. ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, disse na terça-feira, dia 5/12, que não cogita ser vice de Geraldo Alckmin (PSDB) em uma eventual do governador paulista à Presidência da República em 2018.

No evento da revista Istoé, o prefeito da Capital Baiana, afirmou que não é sua “prioridade” apoiar Alckmin para 2018, e sim um candidato próprio do DEM.

 

 

 

Foto: Reprodução

Filho de Temer se envolve em acidente de carro

sexta-feira, agosto 25th, 2017

Oxente. Um dos filhos do presidente Michel Temer, Eduardo, de 18 anos, se envolveu em um acidente de carro na manhã da quinta-feira, dia 24/8, em Brasília (DF). Segundo a imprensa local,  jovem estava em um carro com placa comum, não oficial, e trafegava pela Asa Sul, sentido Rodoviária-Aeroporto.

Ainda conforme a imprensa, o motorista perdeu o controle do automóvel e invadiu o gramado lateral da pista. O segundo carro, que transportava o filho do presidente, virou com o impacto e interrompeu o tráfego por pelos menos duas horas.

O Corpo de Bombeiros informou que ninguém ficou ferido. Um dos condutores, de 44 anos, é assistente na Assessoria Militar da Vice-Presidência da República, segundo o Diário Oficial da União. O Palácio do Planalto não se pronunciou sobre o acidente.

 

 

Foto: Reprodução

Presidência gasta 10 mil reais com café

segunda-feira, maio 30th, 2016

imagesD7N540RF

Haja café. Com menos de um mês de governo, o presidente em exercício, Michel Temer, pelo visto, quer ficar de olhos bem abertos em relação à polêmicas de seu novo ministério. Para ajudar nesse quesito, a Presidência da República reservou R$ 10 mil para a compra de 2 mil pacotes de café torrado e moído de primeira qualidade. Cada embalagem possui 500 gramas, em embalagens alemanizadas, alto vácuo ou vácuo puro. Fonte: Contas Abertas

 

Foto: Reprodução

Dilma Rousseff é reeleita presidente do Brasil

domingo, outubro 26th, 2014

20141026-193752.jpg

De novo. A presidente Dilma Rousseff (PT), se reelegeu neste domingo, dia 26, derrotando o candidato Aécio Neves (PSDB), em uma das campanhas mais acirradas da história do Brasil. Com o resultado, Dilma comanda o país por mais quatro anos, estendendo o governo do PT para 16 anos. Com 98% das urnas apuradas, Dilma fica com 51,38% e Aécio 48,62%.
Alvo de críticas por conta de escândalos que ligam o PT a casos de corrupção, Dilma destacou em sua campanha programas como o Pronatec e o “Minha Casa, Minha Vida” para conquistar o voto dos eleitores brasileiros. A presidente repetiu o bom desempenho do primeiro turno no Nordeste e venceu Aécio também em estados de grande eleitorado como Minas Gerais e Rio de Janeiro.
A eleição foi para segundo turno,após em primeiro turno, no último dia 5, Dilma Rousseff (PT), somar 41,59% dos votos contra 33,55% de Aécio Neves (PSDB).

Foto: Divulgação

“Aécio vai dar atenção especial à Bahia”, dispara ACM Neto

quinta-feira, outubro 16th, 2014

20141016-065513.jpg

Desmentindo boatos. Para alavancar a campanha do candidato Aécio Neves (PSDB) na Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse que
o estado receberá dedicação especial do tucano, caso eleito. “A Bahia vai ter uma atenção especial de Aécio Neves”, informou.
Neto disse que Aécio tem sido “claro e assertivo” nos compromissos firmados com a Bahia e falou como será uma possível relação entre o tucano e o governo petista baiano. “Ele vai dispensar todo apoio ao governador eleito, Rui Costa. Ou seja, os projetos que estão em andamento serão mantidos. Nós vamos assegurar a liberação dos recursos para que tudo que está planejado e projetado pelo governo do estado possa ter continuidade”, declarou o prefeito de Salvador.
Temeroso por mais uma baixa, ACM Neto investe pesado para conquistar votos para o tucano numa região em que Dilma Rousseff
tem bastantes aliados. “Aécio é um republicano de verdade. As portas do Palácio do Planalto estarão abertas aos pleitos baianos. Muito mais poderá ser conquistado pela Bahia com a vitória de Aécio Neves”, concluiu.

Foto: Reprodução

Governistas pegam estrada em busca de votos e Dilma paga a conta

terça-feira, outubro 14th, 2014

20141014-063632.jpg

Na pressão. A coligação governista baiana vai botar o pé na estrada para colher mais votos à reeleição de Dilma Rousseff (PT). O governador eleito, Rui Costa, reuniu 13 partidos, 38 deputados estaduais e 24 federais, na tarde desta segunda-feira, dia 13, para traçar as estratégias para o segundo turno. Rui quer alcançar a meta de 4 milhões de votos dos baianos e diz que não está longe, mas é preciso cumprir agenda em cada base e município.
“A chapa majoritária vai se separar para cumprir uma agenda com o maior número de municípios. Otto vai para um lugar, Leão para outro, eu para outro. Cada deputado vai assumir uma área”, revela o petista.
Como estratégia para diminuir as abstenções – 23% do eleitorado baiano -, a coligação vai se organizar para garantir transporte aos eleitores. “Muita gente está fora do estado. Vamos tentar manter mobilização de registro dos carros junto à Justiça Eleitoral, fazer legalmente, porque tem que se oferecer transporte para essas pessoas que tem que viajar 50 a 80 km”, aponta. A conta dessas atividades será paga pelo partido e a campanha da presidente.

Foto: adelsoncarvalho.com.br

Pesquisa Vox Populi: Dilma 38% ,Marina 25% e Aécio 17%

quinta-feira, setembro 25th, 2014

f_269530

Foi divulgada nesta quinta-feira, dia 25, a pesquisa Vox Populi onde mostra a candidata do PT à reeleição para a presidência, Dilma Rousseff, com 38% das intenções de voto, um crescimento de dois pontos em relação ao último levantamento.

Em segundo lugar aparece a candidata do PSB, Marina Silva, com 25%, três pontos a menos do que a última pesquisa.

Aécio Neves (PSDB) também ganhou dois pontos e soma 17%. Os outros candidatos somam 1% juntos.

O número de brancos e nulos é de 7%. Já 11% estão indecisos.

Segundo turno
Na disputa de segundo turno, Dilma tem 42%, contra 41% de Marina. Tecnicamente, elas estão empatadas.

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento foi divulgado pela revista Carta Capital.

Foto: Reprodução

Ricardo Lewandowski assume Presidência da República

terça-feira, setembro 23rd, 2014

f_269068

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, vai assumir temporariamente a Presidência da República, a partir desta terça-feira, dia 23. A presidenta Dilma Rousseff embarcou por volta de 20h para Nova York, onde vai participar da 69ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas. Seu retorno está previsto para quarta-feira (24).

Já está no Congresso Nacional um comunicado do Palácio do Planalto com pedido de licença para sair do país e informando a ausência de presidente e vice-presidente, pois Michel Temer também viaja para o exterior nesta noite. Porém, os presidentes das duas Casas também não poderão assumir por participarem de campanha eleitoral. A mensagem ao Congresso informando o motivo das ausências e que Lewandowski assume temporariamente o cargo será publicada nesta terça-feira (23) no Diário Oficial da União.

Michel Temer viajou há pouco para Montevidéu, no Uruguai, onde deve se encontrar com o presidente José Pepe Mujica. Após consultar a sua assessoria jurídica, o vice-presidente preferiu deixar o país, pois ele pode ser considerado inelegível caso assuma o Poder Executivo enquanto candidato a vice. A programação da visita ao país vizinho ainda não está fechada, de acordo com sua assessoria de imprensa.

O segundo na linha sucessória seria o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, que solicitou licença devido a “interesses particulares”, pois é candidato ao governo do Rio Grande do Norte pelo PMDB. Segundo o secretário-geral da Câmara, Mozart Vianna, o pedido vale por quatro dias, até o próximo dia 25, e quem assume a presidência da Casa é o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), 1º vice-presidente.

Situação semelhante ocorreu com o presidente do Senado, Renan Calheiros, que não poderia assumir a chefia do Poder Executivo, pois seu filho, Renan Filho, é candidato ao governo de Alagoas, também pelo PMDB. O pedido de licença de Renan também vale por quatro dias, mas já havia sido enviado na última quinta-feira (18). Segundo o secretário-geral do Senado, Luiz Fernando Bandeira, o senador Jorge Viana (PT-AC), 1º vice-presidente da Casa, assume temporariamente o lugar de Renan.

De acordo com o Artigo 14 da Constituição Federal, parentes de até segundo grau do presidente da República, governador de estado ou prefeito são inelegíveis no território de jurisdição do titular, no período de até seis meses antes das eleições. Como a Presidência da República tem todo o território nacional como jurisdição, candidatos a governador, seus cônjuges ou consanguíneos não podem assumir o cargo. A exceção é o titular de mandato que disputa a reeleição, caso da presidenta Dilma.

Foto: Reprodução

Fonte: Agência Brasil