Posts Tagged ‘ex-deputado’

Cândido Vaccarezza é preso na Lava Jato

sexta-feira, agosto 18th, 2017

O ex-deputado Cândido Vaccarezza foi preso temporariamente hoje (18) na capital paulista pela Polícia Federal, como parte da Operação Lava Jato. Ele será transferido, via terrestre, para a cidade de Curitiba, onde se concentram as investigações.

Além dessa prisão, a Polícia Federal (PF) cumpre 46 mandados judiciais, sendo 29 de busca e apreensão, 11 de condução coercitiva e mais cinco de prisão temporária em São Paulo, Santos e Rio de Janeiro. Os mandados são cumpridos em duas operações, a 43ª fase, chamada de Operação Sem Fronteiras, e a 44ª, denominada Operação Abate.

A Operação Abate, em que Vaccarezza é investigado, quer desarticular o grupo criminoso que usava da influência do ex-deputado para obter contratos da Petrobras com empresa estrangeira. O dinheiro era usado para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-parlamentar.

“As provas colhidas apontam que Vaccarezza, líder do PT na Câmara dos Deputados entre janeiro de 2010 e março de 2012, utilizou a influência decorrente do cargo em favor da contratação da empresa Sargeant Marine pela Petrobras, o que culminou na celebração de 12 contratos, entre 2010 e 2013, no valor de aproximadamente US$ 180 milhões”, diz o Ministério Público Federal em Curitiba (MPF-PR) em nota.

“As evidências indicam ainda que sua atuação ocorreu no contexto do esquema político-partidário que drenou a Petrobras, agindo em nome do PT. Na divisão de valores das propinas, há documentos indicando seu direcionamento tanto para a ‘casa’ (funcionários da Petrobras) como para o PT”, acrescenta.

Na Operação Sem Fronteiras, é investigada “a relação espúria entre executivos da Petrobras e grupo de armadores estrangeiros para obtenção de informações privilegiadas e favorecimento na obtenção de contratos milionários com a empresa brasileira”, diz a nota da PF. Agência Brasil

 

 

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Polícia Federal prende Henrique Eduardo Alves, ex-presidente da Câmara e ex-ministro

terça-feira, junho 6th, 2017

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira, dia 6/6, o ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
O mandado de prisão foi expedido pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte e é um desdobramento das delações da Odebrecht. Existe também mandado de prisão contra o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já preso no em Curitiba, no Paraná.
Foto: Gustavo Lima/Divulgação/Câmara dos Deputados

Ex-deputado Rocha Loures é preso em Brasília

domingo, junho 4th, 2017

A Polícia Federal (PF) confirmou prendeu no sábado, dia 3/6, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Ele foi preso preventivamente em Brasília e levado para a Superintendência da PF no Distrito Federal. A prisão foi solicitada na noite do sábado, dia 2/6, em mandado assinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin,  a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O ex-assessor especial do presidente Michel Temer, Rocha Loures flagrado pela PF recebendo em São Paulo uma mala com R$ 500 mil que, segundo delações de executivos da JBS feitas no âmbito da Operação Lava Jato, seriam dinheiro de propina.

 

 

Foto: Reprodução

Ex-deputado tem liberdade negada pelo STF e continua preso

quarta-feira, agosto 3rd, 2016

untitled (90)

Continua preso. A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), negou por unanimidade nesta terça-feira, dia 2/8, o pedido da defesa para soltar o ex-deputado federal Luiz Argôlo, condenado a 11 anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro. O ex-parlamentar está preso desde abril de 2015 no Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no Paraná. No julgamento, o relator da Lava Jato, ministro Teori Zavascki, disse que as investigações mostraram que o ex-parlamentar recebeu pagamentos do doleiro Alberto Yousseff até os dias que antecederam sua prisão preventiva. Dessa forma, segundo o ministro, a soltura de Argôlo traria riscos à investigação. O voto do relator foi seguido pelos ministros Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Celso de Mello e o presidente da Turma, Gilmar Mendes. Argôlo foi o terceiro político condenado no âmbito da Lava Jato. Nas investigações, o ex-parlamentar foi acusado de receber R$ 1,4 milhão de propina do esquema de corrupção investigado na operação. Segundo a Agência Brasil, a defesa alegou que a prisão preventiva pode ser substituída por medidas cautelares, porque a sentença já foi proferida e não há como o ex-deputado influir nas investigações. Os advogados também afirmaram, durante o julgamento, que o doleiro Alberto Youssef, um dos delatores da Lava Jato, afirmou nunca ter repassado propina para Argôlo.

 

Foto: Divulgação

Ministro Teori nega pedido de liberdade para Luiz Argôlo

terça-feira, fevereiro 9th, 2016

8342,ex-deputado-baiano-luiz-argolo-e-condenado-a-11-anos-de-prisao-2

Continua na cadeia. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido de liminar da defesa do ex-deputado federal da Bahia Luiz Argôlo (afastado SD/BA), para a soltura. As informações foram divulgadas no site do Supremo na sexta-feira, dia 5. Condenado à pena de 11 anos e 11 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, por corrupção e lavagem de dinheiro no esquema de propinas instalado na Petrobras, o ex-parlamentar foi investigado no âmbito da Operação Lava Jato e está preso preventivamente desde 1º de abril de 2015. No fim de janeiro, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4) manteve a prisão preventiva de Argôlo. Os desembargadores julgaram o mérito do habeas corpus do ex-parlamentar.

 

Foto: Reprodução

 

 

Popó é vítima de roubo na Barra

sábado, fevereiro 6th, 2016

IMG_6840.JPG

Vixe. Acelino Freitas, mais conhecido como Popó, pugilista e ex-deputado federal, foi vítima de roubo na madrugada de sexta-feira, dia 5, no Carnaval de Salvador. Conforme informações da Polícia, ele teve a camisa rasgada durante a ação de um cara que arrancou seu cordão de ouro do pescoço. O fato ocorreu por volta das duas horas, no circuito Barra / Ondina, próximo a um camarote.

Na fuga, o suspeito, identificado como Marcos Andrade do Nascimento, de 21 anos, foi abordado por uma guarnição da Polícia Militar que passava pelo local. A corrente foi recuperada e um Boletim de Ocorrência foi registrado na Central de Flagrantes da 1ª Delegacia Territorial.
Foto: Reprodução/Itambé Agora

Ex-deputado José Genoino é internado em SP

quarta-feira, julho 15th, 2015

Genoíno é um dos réus do processo do mensalão / Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Vixe. O ex-deputado federal José Genoino, de 69 anos, foi internado na manhã desta quarta-feira dia 15 no Hospital Santa Cruz, em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital.

 

A família de Genoino não autorizou, porém, a divulgação de informações como causa da internação, estado de saúde e previsão de alta do ex-deputado.

 

Em 2013, Genoino passou por uma cirurgia cardíaca no Hospital Sírio Libanês, também em São Paulo.

 

Em 2012, o ex-deputado foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão por corrupção ativa no esquema do Mensalão. Em março deste ano, ele recebeu o perdão judicial do Supremo Tribunal Federal.

 

 

 

 

Foto Reprodução