Posts Tagged ‘Polícia Federal’

Governo oficializa troca de comando da PF na Bahia

quinta-feira, abril 28th, 2022

Mudanças no comando. A Polícia Federal divulgou na quarta-feira 27/4, que o delegado Leandro Almada da Costa assumiu a chefia da Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia. A nomeação do delegado foi publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira 25/4.

Almada estava como superintendente da Polícia Federal de Amazonas desde 2021. 

A delegada Virgínia Vieira Rodrigues Palharini deixou o cargo de superintendente e retornou para sua antiga lotação, na Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DICOR), em Brasília. A PF não informou o motivo da troca na chefia na Bahia.

No início deste mês, o novo diretor-geral da Polícia Federal, Márcio Nunes, anunciou mudanças no comando da PF no Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, e Bahia. 

Fotografia: Divulgação/PF

PF apreende R$ 1 mil em cédulas falsas

segunda-feira, abril 25th, 2022

Polícia pra cima. A Polícia Federal realizou a apreensão de R$ 1 mil em cédulas falsas na quarta-feira, dia 20/4, em Juazeiro do Norte, Cidade do Interior do Ceará. Um homem, de 20 anos, foi preso em flagrante.

A ação aconteceu quando o suspeito estava recebendo uma encomenda postal com os R$ 1 mil em notas falsas, dispostos em 50 notas de R$ 10, 3 notas de R$ 100 e 1 nota de R$ 200.

A prisão aconteceu após troca de informações com os Correios. O preso negou o crime, tendo sido indiciado por crime de moeda falsa, conforme o artigo 289, parágrafo primeiro, do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de reclusão de três a doze anos, e encontra-se à disposição da Justiça Federal. As investigações continuam para identificação de demais participantes do crime.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Fotografia: Divulgação

Polícia Federal faz operação contra tráfico interestadual de drogas na Bahia

terça-feira, abril 12th, 2022

Não corre ninguém. Uma operação da Polícia Federal (PF) contra o tráfico interestadual de drogas prendeu oito pessoas  na manhã desta terça-feira 12/4. Na Bahia, as prisões aconteceram nas Cidades de Feira de Santana e Luís Eduardo Magalhães, no interior da Bahia.

Batizada de Incógnito, a operação ainda cumpre cinco mandados de busca e apreensão. De acordo com a PF, as investigações começaram em março de 2020. Na época, dois caminhões usados pelo grupo criminoso foram apreendidos.

O primeiro veículo foi encontrado em Feira de Santana, com cerca de 600 kg de cocaína. O segundo, foi encontrado em Luís Eduardo Magalhães, com 500 kg da mesma droga.

A PF detalhou que a quadrilha acolhia e guardava a droga nas duas cidades, e usava os caminhões para distribuir a cocaína por todo o Nordeste.

Além das cidades baianas, mandados de prisão também foram cumpridos em Recife (PE), Goiânia (GO) e Aparecida de Goiânia (GO). A PF não detalhou quantos foram presos em cada cidade. Os envolvidos responderão pelos crimes de tráfico interestadual de entorpecentes.

Fotografia/Fonte: PF

Polícia Federal investiga fraudes no auxílio emergencial

segunda-feira, março 21st, 2022

Não corre ninguém. A Polícia Federal (PF) cumpre nesta segunda-feira 21/3 oito mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudarem o auxílio emergencial. Segundo a PF, o prejuízo causado pela organização criminosa pode chegar a R$ 1 milhão.

Os mandados da operação Decipit estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, Angra dos Reis (RJ), Barueri e Carapicuíba (ambas em SP).

De acordo com as investigações, o grupo usava listas de pessoas publicadas nos sites dos tribunais regionais eleitorais (TREs) que não votaram nas últimas três eleições.

Com essas informações, os suspeitos de fraude captavam dados em sites privados e faziam o cadastro no portal do governo federal.

A organização criminosa fazia, então, o requerimento indevido do benefício pelo aplicativo Caixa Tem.

As investigações também constataram que os suspeitos recorriam a outras fraudes como o cadastramento de chips de celular em nome dos beneficiários e documentos falsos. Isso servia para dar aparência de que o cadastro para o auxílio emergencial era verdadeiro.

O suspeito de liderar o grupo já tinha sido preso em 2016 pela Polícia Civil do Paraná por estelionato e falsificação de documentos. Além dele, outras cinco pessoas são investigadas pela operação Decipit.

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

Polícia Federal apura superfaturamento de R$ 63 milhões na compra de respiradores

terça-feira, fevereiro 22nd, 2022

A pressão subiu. A Polícia Federal realiza nesta terça-feira, dia 22/2, operação que apura superfaturamento na venda de ventiladores pulmonares para o Governo de São Paulo durante a pandemia de covid-19.

De acordo com im´prensa paulista, a investigação aponta sobrepreço estimado em R$ 63 milhões, além de direcionamento indevido. Sete mandados de busca e apreensão são cumpridos em empresas suspeitas.

Segundo a investigação, a gestão Estadual paulista adquiriu 1.280 ventiladores pulmonares fabricados na China, de empresa estrangeira, com sócios brasileiros, escolhida por dispensa de licitação, pelo valor de USD 44 milhões (R$ 242.247.500,00), em abril de 2020.

Por meio de nota, a Secretaria da Saúde disse que está à disposição para prestar qualquer esclarecimento e irá colaborar com as investigações.

No texto, a pasta condenou o que considera “espetacularização da ação”.

“A compra dos respiradores foi essencial no início da pandemia e fundamental para salvar vidas, em um momento de inércia do Governo Federal”.

O governo ainda afirma que os 1.280 respiradores da repactuação do contrato com Hichens Harrison foram entregues, mesmo após a Secretaria ter iniciado os trâmites para a rescisão do contrato devido a descumprimento de prazo.

“A empresa conseguiu liminar na Justiça para assim proceder. A aquisição cumpriu as exigências legais e aos decretos estadual e nacional de calamidade pública e todos os esclarecimentos têm sido devidamente prestados aos órgãos de controle.”

Fotografia: Reprodução/Ilustrativa

Polícia Federal encerra curso de formação com presença do presidente Bolsonaro

sexta-feira, dezembro 17th, 2021

Encerramento. Presidente da República, Jair Bolsonaro, participou da solenidade de encerramento do Curso de Formação Profissional de Agente de Polícia Federal, na quinta-feira, dia 16/12. A cerimônia ocorreu na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, e contou com a presença do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e autoridades.

Ao todo, 674 alunos se formaram na cerimônia. O curso é a segunda e última fase do concurso público para o cargo de Agente de Polícia Federal. Ao longo de oito semanas, os alunos tiveram aulas práticas e teóricas de Tiro, Abordagem e Defesa Pessoal, entre outras disciplinas curriculares. Este foi o 58º curso de formação na área.

Em seu discurso, o Presidente Jair Bolsonaro falou sobre a importante missão dos formandos. “Uma coisa nos iguala, é o dia da formatura. É o dia de satisfação do dever cumprido. É o dia que saímos da nossa querida Academia e partimos para os quatro cantos desse Brasil maravilhoso, para cumprir nossas missões”, disse.

“Vocês são importantíssimos para o nosso Brasil. A presença de vocês transmite um sentimento de que nós queremos fazer a coisa certa. Se associa muito a Polícia Federal ao combate à corrupção. Sim, é uma das missões mais importantes de vocês. E vocês, cada vez mais, levam à nossa população esse verdadeiro sentimento de que o Brasil pode dar certo”, acrescentou o Presidente Jair Bolsonaro.

“É fácil combater à corrupção? Não é fácil, mas é o objetivo a ser perseguido, porque isso dá esperança a todos nós brasileiros. Então, neste dia, só quero agradecer a vocês”, destacou.

Durante a cerimônia, o Diretor-Geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino, falou sobre a contribuição do Governo Federal para a manutenção da qualidade do trabalho exercido pela Polícia Federal pelo país.

“Dentre as diversas aquisições e melhorias que já estão e estarão à disposição, podemos citar: aquisição de viaturas descaracterizadas, ostensivas e blindadas; compra de dois novos jatos Embraer E175, que permitirão deslocamento mais ágil e eficaz; a nova sede da Polícia Federal; aquisição de lanchas mais potentes e blindadas; e várias outras compras importantes que estão em fase final de contratação”, destacou o Diretor-Geral da PF, que citou ainda reformas e construção de instalações, como postos avançados, superintendências e delegacias, em todo o Brasil.

Funapol

Na ocasião, o Presidente Jair Bolsonaro, juntamente com o ministro da Justiça e Segurança Pública, realizou a assinatura da medida provisória e decreto que modernizam o Fundo para Aparelhamento e Operacionalização das Atividades-fim da Polícia Federal (Funapol).

A medida altera a destinação dos recursos do Funapol, o que permitirá o custeio de despesas com a saúde, além de transporte, hospedagem e alimentação de servidores da Polícia Federal em missões e operações de natureza oficial e de valores de caráter indenizatório.

A nova regulamentação permite que os recursos sejam aplicados sem criação ou aumento de despesas.

Fonte: Blog do Planalto

Fotografia: Clauber Cleber Caetano e Estevam Costa/Divulgação/PR

Polícia Federal apreende 265 kg de cocaína no Porto

segunda-feira, novembro 22nd, 2021

Polícia em ação. Em operação conjunta com a Receita Federal, a Polícia Federal (PF) apreendeu 265 quilos de cocaína, no Porto de Natal, no Rio Grande do Norte, no sábado, dia 20/11.

De acordo com a PF, a droga estava escondida em um carregamento de mangas e tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. A apreensão ocorreu durante uma fiscalização de rotina que envolveu o uso de cães farejadores de drogas. Não houve prisões.

A cocaína apreendida foi recolhida para o depósito da PF, que vai dar prosseguimento às investigações e irá instaurar inquérito policial para identificar os responsáveis pela ação criminosa.

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação/PF


PF apreende quase 6 toneladas de maconha em carreta carregada de argamassa

quinta-feira, agosto 19th, 2021

Haja fumaça. Cerca de 5 toneladas e 600 quilos de maconha paraguaia foram apreendidas pela Polícia Federal em uma carreta, na BR-101, perto do trevo de acesso a Cidade sergipana de Japaratuba, na terça-feira, dia 17/8. O motorista foi preso em flagrante. De acordo com a PF, esta foi a maior apreensão da droga dos últimos anos no Norte/Nordeste.

Ainda segundo os policiais, a apreensão ocorreu durante uma barreira realizada no local. A suspeita é de que o destino da droga seria Sergipe, Alagoas e Pernambuco. A maconha estava escondida no veículo, com placas do Paraná, que transportava argamassa de forma legal.

Fotografia/fonte: PF

Bahia: Polícia Federal joga no forno mais de 200 quilos de cocaína

quinta-feira, julho 22nd, 2021

Fogo. A Polícia Federal de Vitória da Conquista, no interior da Bahia, realizou na tarde de quarta-feira 21/7, a incineração de aproximadamente 226 quilos de cocaína, decorrente de prisão em flagrante. Essa foi a maior apreensão de cocaína da história da Delegacia de Polícia Federal na Cidade.

A Operação para destruição da droga é precedida de autorização judicial e realizada com a presença das Autoridades Ministerial e Sanitária, em observância a Lei de Drogas nº 11.343/2006. Foram utilizados fornos industriais para incineração, sendo o produto totalmente consumido pelas chamas e pelo calor provocado. Segundo a PF, , o processo químico é devidamente seguro e em consonância com a legislação de preservação ao meio ambiente.

O órgão ressalta ainda que, em cumprimento às medidas de combate à pandemia do coronavírus, “todas as regras de segurança sanitárias foram respeitadas, tendo em vista a continuidade desta atividade essencial da Polícia Federal e a preservação da saúde do efetivo envolvido”.

Fotografia/Fonte: PF

Operação contra fraudes no seguro-desemprego

terça-feira, julho 20th, 2021

Muita grana. A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira 20/7, uma operação de combate a fraudes no seguro-desemprego na Bahia e em Pernambuco. O prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 230.926.

Os agentes cumprem três mandados de prisão e outro de busca e apreensão em Feira de Santana, no interior da Bahia e também fazem diligências na cidade pernambucana de Petrolina.

De acordo com a PF, a investigação mira uma organização criminosa que usava documentos falsos para abrir empresas na Junta Comercial da Bahia (Juceb). Segundo a apuração, o objetivo do grupo era registrar falsos vínculos de emprego para possibilitar o recebimento do seguro-desemprego.

A PF identificou que os suspeitos solicitaram ao menos 59 pedidos do benefício em nome de trabalhadores fictícios. 

Os criminosos utilizavam certificados digitais para fazer as transmissões dos pedidos do seguro.

A operação foi batizada de  Alarife, um adjetivo para identificar uma pessoa “patife”, “espertalhona”.

Conforme a PF, os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa e estelionato.

Fotografia/Fonte: PF

Operação da PF prende ex-prefeitos

terça-feira, junho 15th, 2021

Vixe. Operação da Polícia Federal prendeu seis pessoas nesta terça-feira, dia 15/6, nas Cidades de Eunápolis e Porto Seguro, no Extremo Sul, Vitória da Conquista, no Sudoeste da Bahia e Salvador. Entre os detidos estão os ex-prefeitos José Robério e Cláudia Oliveira, de Eunápolis e Porto Seguro respectivamente. 

A operação com nome de Fraternos teve início em 2017, e investiga uma organização criminosa responsável por fraudar e desviar cifras milionárias em licitações fraudulentas nas Cidades de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, todas no Extremo Sul da Bahia. As fraudes teriam ocorrido entre os anos de 2008 a 2017. 

Na mesma operação, foi determinado o afastamento do cargo do atual prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD). Também foi determinado o sequestro de bens e valores de cerca de 11 milhões de reais dos investigados.

Fotografia: Reprodução

PF cumpre mandados de busca na casa do prefeito de Candeias

sexta-feira, junho 11th, 2021

Vixe. A Polícia Federal (PF) iniciou na manhã desta sexta-feira 11/6, uma operação, na Cidade de Candeias, região metropolitana de Salvador. Mandados de busca são cumpridos na casa do prefeito, Pitágoras Alves (PP) e na Secretaria de Saúde do município. 

A operação investiga desvio de recursos públicos, após uma denúncia envolvendo a compra de respiradores e máscaras de proteção contra a Covid-19, em 2020. Agentes da Controladoria Geral da União (CGU) também participa da operação. 

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o prefeito não é o alvo da operação, mas sim a primeira dama, que era secretária de Saúde. A Polícia Federal ainda não confirmou essa informação.

Fotografia: Reprodução

Empresário, dono de hospital de campanha mete bala na Polícia Federal

quarta-feira, junho 2nd, 2021

Muita ousadia. Um empresário, dono do hospital alugado pelo Governo do Amazonas, recebeu a Polícia Federal a bala nesta quarta-feira, dia 2/6. A informação é da imprensa local. Logo depois, ele fugiu para o Consulado da Suécia. 

O empresário é alvo da Operação da Polícia Federal e contra eleexite mandado de prisão. O secretário da Saúde foi preso. Já é o segundo titular da pasta preso durante a pandemia. Em junho do ano passado, a ex-secretária foi presa na primeira fase da operação.

A ação foi solicitada pela Procuradoria-Geral da República e autorizada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ). O governador e o secretário já têm data marcada também para comparecerem à CPI da Covid.

O ministro do STJ, Francisco Falcão, determinou a quebra dos sigilos bancários e fiscal de Wilson Lima e dos outros suspeitos de participarem do suposto esquema.

Fotografia: Divulgação

Polícia Federal confirma realização de concurso neste domingo (23)

domingo, maio 23rd, 2021

Confirmado. A Polícia Federal (PF) confirmou que vai realizar, neste domingo, dia 23/5, a primeira fase do concurso público para preencher imediatamante 1.500 vagas. A informação foi divulgada após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir, por dez votos a um, pela manutenção da data já anunciada.

Cerca de 320 mil candidatos se inscreveram para concorrer a uma das vagas disponíveis para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista. A aplicação das provas está a cargo do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Em nota, a Polícia Federal informou que o certame ocorrerá em todo o país. Os locais de prova e as orientações que os candidatos devem seguir a fim de se proteger contra o novo coronavírus podem ser consultadas no site do Cebraspe. Os portões serão abertos duas horas antes do horário previsto para o início das provas, e os candidatos serão autorizados a entrar de forma escalonada. Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Divulgação

PF realiza operação contra fraudes a benefícios previdenciários na Bahia

terça-feira, abril 27th, 2021

Não corre ninguém. A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira 27/4, segunda fase da Operação Nocivum, para desarticular um grupo criminoso que fraudava benefícios previdenciários na Bahia. Mandados estão sendo cumpridos na cidade de Dias D’Ávila, região metropolitana de Salvador 

A primeira fase foi deflagrada no dia 12 de março, quando dois mandados de busca foram cumpridos. De acordo com a PF, essa nova fase foi iniciada a partir da análise do material apreendido na fase anterior. Nesses documentos, a polícia identificou a possível participação de outras pessoas nos crimes investigados.

Fotografia/Fonte: PF

Ministro anuncia novo diretor-geral da Polícia Federal

terça-feira, abril 6th, 2021

O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, anunciou nesta terça-feira 6/4 a troca na direção-geral da Polícia Federal. O indicado é o delegado Paulo Maiurino, que substituirá Rolando de Souza. Souza estava no cargo desde maio do ano passado. Maiurino será o quarto diretor-geral da PF desde o início do governo Jair Bolsonaro. 

“Agradeço ao dr. Rolando Souza pelo período em que esteve à frente da direção-geral da Polícia Federal. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o dr. Paulo Maiurino, a quem desejo felicidades nessa importante função no Ministério da Justiça”, escreveu o ministro da Justiça em uma postagem nas redes sociais. 

O novo diretor-geral da PF foi secretário de segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) e secretário de Esporte, Lazer e Juventude na gestão de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo. Paulo Maiurino também integrou o Conselho de Segurança Pública do Estado Rio de Janeiro e se formou em um curso de investigação do FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, em 2010.

Polícia Rodoviária Federal

Anderson Torres também anunciou a troca no comando da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O cargo de diretor-geral será ocupado pelo inspetor Silvanei Vasques, que ocupava o cargo de superintendente da PRF no Rio de Janeiro. Ele entrará no lugar de Eduardo Aggio, que estava à frente da corporação desde maio de 2020. 

“Agradeço ao inspetor Eduardo Aggio pelo período em que esteve à frente da direção-geral da PRF. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o inspetor Silvinei Vasques, a quem desejo sucesso no Ministério da Justiça”, postou o ministro. 

Silvanei Vasques atuou como superintendente da PF em Santa Catarina, seu estado de origem e foi coordenador-geral de operações da PRF. Em 2007, foi secretário municipal de Segurança e Defesa Social de São José (SC). Foi também conselheiro titular do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), entre 2015 e 2016, representando o Ministério da Justiça. 

Fotografia/Fonte: Agência Brasil

PF deflagra operação contra fraude em licitações

quinta-feira, março 18th, 2021

Minas com Bahia. A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira 18/3, a Operação Kindergarten, que visa reprimir fraudes em licitações e o desvio de recursos públicos destinados à Educação repassados pela União ao município de Barreiras, no interior da Bahia.

São cumpridos 16 mandados de busca e apreensão nos municípios baianos de Barreiras, São Desidério e Salvador, além de Belo Horizonte, Contagem e Divinópolis, em Minas Gerais.

De acordo com informações da PF, as investigações que deram origem à operação foram iniciadas no ano de 2020, com base em informações apresentadas pelo Ministério Público Federal. O inquérito indica a contratação fraudulenta de um consórcio formado por empresas sem estrutura operacional para a reforma de escolas municipais.

Após atuação conjunta da Polícia Federal com o Ministério Público Federal, identificou-se a contratação de outras empresas do ramo de Engenharia, por meio de procedimentos licitatórios fraudulentos, com indícios de superfaturamento, para a elaboração de projetos executivos, reformas e construção de escolas.

Os responsáveis pelas condutas delitivas investigadas responderão pelos crimes de fraude a licitação, falsidade ideológica, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa, crime de responsabilidade e lavagem de dinheiro.

Fotografia/Fonte: PF

Urgente: PF combate fraudes no Auxílio Emergencial

quinta-feira, fevereiro 18th, 2021

Não corre ninguém. A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira 18/2, a Operação Terceira Parcela, que mira fraudes no Auxílio Emergencial, pago pelo Governo Federal em meio à pandemia de coronavírus. A ação é fruto do trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. Os órgãos participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), cujos principais objetivos são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas voltadas ao cometimento deste tipo de delito.

De acordo com a PF, nesta primeira etapa da investigação, são alvos os beneficiários de pagamento de contas com valores obtidos com o desvio de auxílios emergenciais. O objetivo da operação é desestruturar ações que causam prejuízo ao programa assistencial e, por consequência, atingem a parcela da população que necessita desses valores.

Em Minas Gerais, aproximadamente 200 policiais federais foram destacados para o cumprimento de 66 mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e outros 38 municípios do Estado. Também estão sendo cumpridos sete mandados de busca e apreensão nos estados da Bahia, Tocantins e Paraíba.

Fotografia/Fonte: PF
 

Operação Lava Jato desmascara mais envolvidos

terça-feira, janeiro 12th, 2021

Mais uma. A Polícia Federal, em cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal, deflagrou, na manhã desta terça-feira 12/1, a Operação Vernissage, apontada como 79ª Fase da Operação Lava Jato e que investiga a formação de uma organização criminosa para fraudar licitações mediante pagamento de propina a altos executivos da Petrobras e da Transpetro.

De acordo com o órgão, são cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em Brasília, São Luís, Angra dos Reis, Rio de Janeiro e São Paulo.

Há a suspeita de que os contratos celebrados pela Transpetro com algumas empresas teriam gerado, entre os anos de 2008 e 2014, o pagamento de mais de R$ 12 milhões em propinas pagos a este grupo criminoso. O diretor da subsidiária de 2003 a 2014 faria parte do esquema.

Ainda de acordo com a PF, após o recebimento desses valores, muitas vezes pagos em espécie, eram realizadas várias operações de lavagem de capitais para ocultar e dissimular a origem ilícita do dinheiro, especialmente, por meio de aquisição de obras de arte e transações imobiliárias.

Fotografia: Divulgação

Polícia Federal realiza operação contra fraude no auxílio emergencial

quarta-feira, novembro 18th, 2020

A Polícia Federal deflagrou uma operação para combater fraudes no auxílio emergencial na manhã desta quarta-feira, 18/11. A Operação Primeira Parcela, que foi iniciada 10 dias atrás em Simões Filho, é fruto da Estratégia Integrada contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a PF, o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Cidadania (MCid), a Caixa Econômica Federal (CEF), a Receita Federal (RF), a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (CGU).

Um soldado do Exército Brasileiro é o alvo de mandado de busca e apreensão. De acordo com a PF, o investigado utilizou indevidamente os dados das vítimas para realizar o cadastro do Auxílio e em seguida transferir o dinheiro para sua conta. Foi apurado que o militar cadastrou pelo menos 13 contas, resultando em um desvio de mais de 10 mil reais,com expectativa de que o valor seja maior.

O Soldado vai responder, inicialmente, pelo crime de furto qualificado mediante fraude, passível de até oito anos de reclusão.

Fotografia: Divulgação