Posts Tagged ‘gripe’

Urgente: Campanha de vacinação contra gripe começa em todo o país

segunda-feira, março 23rd, 2020

Muita atenção. Começa nesta segunda-feira, dia 23/3, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. De acordo com Ministério da Saúde, nesta primeira etapa os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Mais duas etapas serão realizadas para públicos diferentes.

Ao todo, a campanha pode atingir cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos até o dia 22 de maio. Para alcançar esse público foram investidos R$ 1 bilhão na aquisição de 75 milhões de doses da vacina.

O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece em 9 de maio (sábado). Nessa data, os 41 mil postos de saúde ficarão abertos para atender a todos os grupos prioritários. Neste ano, a campanha foi antecipada de abril para março para reforçar a proteção aos públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe.

Novo coronavírus

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus. No entanto, em virtude da pandemia de coronavírus, poderá auxiliar profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para o covid-19, já que os sintomas são parecidos.

Segundo o ministério, casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados pelo mundo em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira etapa da campanha contempla esse público.

Próximas etapas

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril, com o objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança. A última fase, que começa no dia 9 de maio, dará prioridade a crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Até o momento, o Ministério da Saúde enviou aos estados 15 milhões de doses e mais 4 milhões serão distribuídas até o fimde março.

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Fonte: Agência Brasil

Foto: Reprodução

Dia D de vacinação contra a gripe acontece neste sábado (5) em todo o país

sábado, maio 4th, 2019

O Dia D de mobilização contra a gripe ocorre neste sábado, dia 4/5, em todo o país. A previsão, de acordo com o Ministério da Saúde, é que mais de 41 mil postos de saúde permaneçam abertos em todos os estados ao longo do dia. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no último dia 10 e prossegue até 31 de maio. A meta é imunizar pelo menos 90% de cerca de 59,5 milhões de pessoas.

Devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a fazer parte do público-alvo da campanha neste ano. Por meio de nota, o ministério informou que o grupo inclui policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, totalizando cerca de 900 mil pessoas.

Vacina Brasil

De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 30 de abril, 12,2 milhões de pessoas haviam sido imunizadas. O número representa 21% do total de grupos que devem receber a dose. O público com maior cobertura, até o momento, é o de puérperas, com 38,8%, seguido pelas gestantes (33,4%); indígenas (27,6%); crianças (26,4%); idosos (21,5%); trabalhadores de saúde (17,1%) e professores (14,2%).

“Neste ano lançamos o movimento Vacina Brasil e não só para a vacina da gripe, mas como uma oportunidade para todos atualizarem as suas cadernetas de vacinação. Amanhã é o dia D, um dia de grande mobilização e estamos fazendo um trabalho para aumentar os índices de vacinação no estado de São Paulo também”, disse hoje o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Mandetta segue no final da tarde de hoje (3) para o Rio de Janeiro, onde vai acender as luzes do Cristo Redentor. O ministro acompanha o Dia D na parte da manhã em Copacabana, e à tarde retorna para São Paulo para visitar uma Unidade Básica de Saúde da capital pauslita.

No Rio

A meta no estado do Rio de Janeiro é vacinar cerca de 4,8 milhões de pessoas. “E a gente espera atingir, no mínimo, 90% dessa população”. As vacinas estão disponíveis. A campanha está sendo desenvolvida nos 92 municípios, incluindo o Dia D. São 14 mil profissionais trabalhando em 1.845 postos de saúde, informou o subsecretário estadual de Vigilância em Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe.

Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro revelam que já foram imunizadas 15% das pessoas, entre gestantes e crianças de seis meses a menores de seis anos de idade.

O estado teve baixa transmissão de gripe neste ano, ao contrário de outros estados. “Não houve nenhum óbito por influenza confirmado no Rio de Janeiro. Esse é um dado positivo mas, por outro lado, há um desafio maior que é sensibilizar as pessoas sobre a necessidade da vacinação, para manter essa baixa transmissão”, disse Chieppe. Agência Brasil

 

 

Foto: Reprodução

Postos sem vacina: População se revolta com “desculpa” da prefeitura

quinta-feira, abril 28th, 2016

8110,campanha-contra-hpv-e-realizada-neste-mes-vacinacao-sera-em-dezembro-2

Balela. A Prefeitura de Salvador afirma que em duas semanas, foram imunizadas cerca de 249 mil pessoas contra a gripe na capital baiana, o que equivale a 40% do público alvo. A falta de vacina tem causado revolta na população que acusa a Prefeitura de incompetência. “Eu tô andando de posto em posto há uma semana e nada de vacina”, bradou dona Maria José, moradora de Paripe e leitora do site Hora do Bico.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Salvador informou na quarta-feira, dia 27, que a Cidade tem “baixo estoque” das doses de vacina contra gripe H1N1, o que começa a comprometer a imunização. Diante da situação, o público-alvo que procura postos de saúde na capital baiana tem encontrado unidades que não possuem mais as doses para aplicação.

Foto: Reprodução

Dia D da vacinação contra a gripe acontece neste sábado (17) em Salvador

sexta-feira, maio 16th, 2014

gripediaD

Atenção. Devido a baixa cobertura da campanha de vacinação contra a influenza em Salvador, a Secretaria Municipal da Saúde promove no próximo sábado, dia 17, mais um Dia D da mobilização, quando vários pontos de vacina serão instalados em áreas de grande circulação de pessoas como shoppings, supermercados, igrejas e escolas, além das unidades tradicionais, ampliando o acesso da população ao serviço.

Até o momento, pouco mais de 256 mil pessoas entre idosos (a partir de 60 anos), crianças (de 6 meses a menores de 5 anos), gestantes, puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), trabalhadores de saúde do serviço público e privado, portadores de doenças crônicas e população privada de liberdade foram imunizadas na capital, número que corresponde a apenas 41.5% dos mais de 617 mil indivíduos que compõem o público alvo no município. Em Salvador, a campanha de vacinação contra a gripe seguirá até o dia 23 maio com a meta de vacinar pelo menos 80% dessas pessoas.

A imunização é a principal medida preventiva da enfermidade que interfere no desenvolvimento das atividades rotineiras das pessoas, garantindo-lhes qualidade de vida, bem-estar e inclusão social, podendo reduzir em até 45% o número de hospitalizações por pneumonias e até 75% a mortalidade global por complicações da influenza.

Em 2013 foram notificados 495 casos da doença na Bahia com 39 óbitos confirmados. Este ano Salvador já registrou 17 casos com uma morte em decorrência de complicações da gripe.

Foto: Reprodução

Fonte: Ascom – SMS