Posts Tagged ‘PSL’

Datafolha: Bolsonaro 55% X Haddad 45%

sábado, outubro 27th, 2018

Última pesquisa. O Instituto Datafolha divulgou neste sábado, dia 27/10, pesquisa que aponta Jair Bolsonaro com 55% dos votos válidos, contra 45% de Fernando Haddad.

Segundo o Instituto, nos votos totais, o candidato Bolsonaro aparece com 47%; Haddad, com 39%. Brancos e nulos somam 8%; não souberam responder, 5%.

Ibope: Bolsonaro dispara e chega a 59%; Haddad tem 41%

segunda-feira, outubro 15th, 2018

 

Olha aí. O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) disparou contra o adversário Fernando Haddad (PT), nas intenções de votos pelo segundo turno, conforme pesquisa Ibope divulgada na tarde desta segunda-feira, dia 15/10. Nos votos válidos, Bolsonaro chega a 59% das intenções, contra 41% do petista. Quando são consultados os votos totais, o candidato do PSL, registra 52% contra 37% do segundo colocado. Votos brancos/nulos 9% e não sabem 2%.

A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e “O Estado de S.Paulo”. Foram entrevistados 2506 eleitores em 176 Cidades nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Registro no TSE sob número BR‐01112/2018.
Fotos: Divulgação

IBOPE: Bolsonaro chega a 41%; Haddad, 25%; Ciro, 13%

domingo, outubro 7th, 2018

Subiu. No sábado, dia 6/10, o Ibope, divulgou o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República. Conforme o Instituto, desde a pesquisa divulgada no dia 3, e realizada nos dias 1º e 2 de outubro, o líder, Jair Bolsonaro, cresceu quatro pontos, enquanto Fernando Haddad, em segundo lugar, caiu um ponto.

Segundo o Ibope, a probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, considerando a margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores na sexta-feira, dia 5/10 e sábado, dia 6/10.

Votos válidos:

Bolsonaro (PSL): 41%

Haddad (PT): 23%

Ciro Gomes (PDT): 13%

Alckmin (PSDB): 8%

Marina Silva (REDE): 3%

João Amoêdo (NOVO): 3%

Álvaro Dias (PODE): 3%

Cabo Daciolo (PATRI): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Boulos (PSOL): 1%

Eymael (DC): 0%

Vera (PSTU): 0%

João Goulart Filho (PPL): 0%

Para ACM Neto, crime contra Bolsonaro é “atentado à democracia”

quinta-feira, setembro 6th, 2018

Não à violência. ACM Neto, prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, repudiou, por meio de nota,  o que classificou de “ato de violência contra o deputado Jair Bolsonaro, esfaqueado na Cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira, dia 6/9.

“Repudio o que aconteceu com o deputado Bolsonaro. Eleição a gente ganha e perde com base em palavras, propostas e debates, jamais com violência”, disse Neto.

Neto classificou que o crime contra o deputado é um atentado à democracia e não traduz o sentimento do povo brasileiro. “Desejo pronto restabelecimento ao deputado, que foi meu colega na Câmara por muitos anos”, repudiou Neto.

PSL oficializa candidatura de Bolsonaro à Presidência

domingo, julho 22nd, 2018

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, foi confirmado neste domingo, dia 22/7, como o candidato à Presidência da República nas eleições deste ano pelo Partido Social Liberal (PSL). Embora presente à convenção do partido ao qual se filiou, a advogada Janaina Paschoal disse que ainda não aceitou o convite para ser vice.

O partido tem até 5 de agosto para anunciar quem irá compor a chapa. “Nenhum partido anunciou seu vice ainda. A gente não foge de um filiado ao PSL ou de algum militar que esteja na ativa. A nossa lagoa é muito pequena para pegar um vice, mas vai sair um de qualquer maneira”, disse o deputado.

O candidato do PSL discursou por 55 minutos para uma plateia inflamada que encheu o salão do Centro de Convenções Sul-América, no centro do Rio de Janeiro, com capacidade para 3 mil pessoas.

“Eu sei o desconforto que venho causando. Eu sou o patinho feio desta história, mas tenho certeza que seremos bonito brevemente”, disse Bolsonaro.

Propostas

Apesar de afirmar que seu programa de governo não está concluído, Bolsonaro adiantou que quer excluir o das Cidades e fundir pastas como Fazenda e Planejamento, assim como Agricultura e Meio Ambiente.

O candidato prometeu ainda, se eleito for, privatizar estatais. Também não adiantou nomes, mas garantiu enxugar a Petrobras, que segundo ele “tem muitos braços”. Também afastou qualquer possibilidade de ocupação política em cargos executivos nos Bancos Central, do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Sem vice

A advogada Janaina Paschoal frustrou a plateia, que já a saudava como vice, ao anunciar que ainda não tem resposta ao convite feito pelo partido. Inicialmente, ela pensou no cargo de deputada estadual por São Paulo.

“Nós iniciamos um diálogo bastante profícuo. Entendemos que para uma parceria de quatro anos. Esse diálogo precisa ser mais pormenorizado, porque é um trabalho conjunto. Então não é possível tomar uma decisão em dois dias”, disse ela.

Isolamento

Com exceção dos políticos do PSL, discursaram apenas o general de Exército Augusto Heleno (PRP), que chegou a ser convidado para o cargo de vice, mas não comporá a chapa, e o senador Magno Malta (PR-ES).

No entanto, o isolamento político na campanha até agora foi contestado por Bolsonaro, que garante já ter entendimentos de apoio com 110 parlamentares de partidos do chamado de Centrão e que aparentemente não está preocupado com os restantes.

“Agradeço ao Alckmin por juntar o que há de pior do Brasil ao seu lado”, criticou o candidato.

Participaram da convenção a mulher de Bolsonaro, Michele, os filhos Carlos, Eduardo e Flávio – este último confirmado como candidato do partido ao Senado pelo Rio de Janeiro. Também estavam presentes o coordenador do programa econômico da campanha, o economista Paulo Guedes, o presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebbiano, e o vice-presidente nacional, Julian Lemos.

 

Fonte: Agência Brasil

 

 

Foto: Fernando Frazão/Reprodução/Agência Brasil

“Não votaria nunca em João Leão para senador”, provoca Marcelo Nilo

quinta-feira, dezembro 14th, 2017

Oxente. O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PSL), foi entrevistado pelo apresentador Adelson Carvalho, na Rádio Sociedade, na manhã desta quinta-feira, dia 14/12. Nilo mostrou que ainda tem mágoa do governador Rui Costa que ficou neutro na eleição para presidente da ALBA. “Não posso garantir que vou apoiar Rui em 2018. Depende da conversa que vou ter com ele”, disse.

Marcelo Nilo se mostrou ainda mais chateado com o vice-governador João Leão. “Nunca votaria em João Leão para senador, e se ele for candidato de novo a vice de Rui, na hora de votar na chapa, vou fachar os olhos para não olhar pra cara dele (João Leão), que é o homem do buraco zero”, provocou.

 

 

 

Marcelo Nilo bate martelo e é candidato à reeleição na AL-BA

segunda-feira, dezembro 19th, 2016

001-394

Preparando terreno. Marcelo Nilo (PSL), presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, bateu o martelo e oficializou  a candidatura dele para mais um mandato à frente da casa legislativa.

Durante almoço promovido nesta segunda-feira, dia 19/12, para a imprensa, o “cacique” do PSL afirmou que postula uma cadeira na Câmara dos Deputados.

 

Foto: Reprodução

 

Marcelo Nilo diz que PDT “é apêndice do carlismo”

terça-feira, abril 19th, 2016

marcelonilo

Provocação. Depois de ficar 6 anos no PDT, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Marcelo Nilo, agora “cacique” do PSL, demonstra que é grato diretório nacional da legenda, mas não esconde as críticas e aponta instabilidade no PDT, seu ex-partido.

“O partido tomou outro rumo e eu preferi sair. Depois o próprio partido que tinha ido para a base de ACM Neto voltou para a base de Rui Costa. Eu não sei se de manhã ele está com ACM Neto, se à tarde está com Rui Costa ou à noite com ACM Neto”, provocou durante entrevista ao apresentador Adelson Carvalho, no programa Sociedade Urgente, da Rádio Sociedade, na manhã desta terça-feira, dia 19.
Nilo disse que deixou o PDT, assim como fez com o PSDB, por estes serem apêndices do carlismo. “Eu acho que as pessoas podem mudar, é um direito das pessoas mudarem, isso é normal na política. Agora eu tenho 26 anos do mesmo lado. Eu sai do PSDB porque o PSDB passou a ser apêndice do carlismo, sai do PDT porque o PDT também passou a ser apêndice do carlismo, e o PSL, eu sou presidente, está alinhado com o governador Rui Costa”, concluiu.
Foto: Hora do Bico

Em defesa do Uber, vereador Trindade detona ACM Neto

domingo, abril 10th, 2016

Jose_Trindade.ft_Reginaldo_Ipe_2016121151859940334

Vixe Jesus. Uber em Salvador continua rendendo mais polêmicas. Agora, quem partiu para cima do prefeito ACM Neto (DEM), que é contra o aplicativo de transporte, foi o vereador José Trindade (PSL). Em nota enviada por sua assessoria, o parlamentar municipal, acusa o chefe do executivo da Capital, de ser contra o Uber por “não conseguir extorquir”.

“O único motivo pelo qual o prefeito ACM Neto é contra o Uber é porque não consegue extorquir, cobrar pedágio da empresa nem entregar o controle a seus amigos e familiares, como no caso da Estação da Lapa”, acusou.

O vereador ainda comentou que o sistema já funciona em mais de 400 cidades de 70 países. No Brasil, capitais como Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Goiânia, Belo Horizonte, São Paulo, dentre outras, além de Brasília, já oferecem o serviço aos cidadãos. “É o prefeito que pensa pequeno, porque Salvador tem que viver no atraso?”, questiona Trindade.

“Esse prefeito não tem compromisso nenhum com a população, o Uber é mais um serviço de mobilidade para soteropolitanos e turistas e nova possibilidade de trabalho para pais de família, o que é fundamental para Salvador que leva o título de capital campeã do desemprego; portanto, impedir o serviço é ser contra o município e sua população”, concluiu.

 

Foto: Divulgação/CMS

Seguindo Marcelo Nilo, prefeito de Maracás confirma filiação ao PSL

sábado, março 26th, 2016

untitled (29)

Deu no pé. O prefeito da Cidade de Maracás, Paulo dos Anjos, saiu oficialmente o PT e entrou no Partido Social Liberal (PSL). A mudança teria ocorrido após visita do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, presidente estadual do PSL. De acordo com a imprensa local, Paulo dos Anjos decidiu sair do PT por causa de desavenças com o diretório local da sigla, que ao invés de apoiar sua reeleição neste ano, tentaria emplacar como candidato o ex-prefeito Nelson Portela. A parafernália entre Portela e dos Anjos, que são primos, não seria novidade para os políticos da Cidade. O primo de Paulo deve ser candidato a prefeito de Maracás com o apoio do governador Rui Costa.

 

Foto: Divulgação

 

 

 

Manassés troca PSB por PSL, de olho em “voos mais altos”

terça-feira, março 8th, 2016

untitled (19)

O deputado Manassés, parlamentar de primeiro mandato, trocou o PSB pelo PSL – comandado pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo. Conforme o parlamentar, a ida para o PSL possibilita voos mais altos. “Olha, um partido como o PSL, que tem muito deputado de um mandato e Nilo como presidente, significa abertura política em todos os seguimentos. Não só para uma possível candidatura como prefeito, mas talvez também como deputado federal”, pontuou, nesta terça-feira, dia 8. Ainda de acordo com Manassés, sua ida para o PSL faz com que o partido seja o segundo maior na AL-BA. “Perdemos apenas para o PT”, comemora.

 

Foto: Divulgação

Marcelo Nilo comemora presença de Rui em seu ato de filiação ao PSL e “esnoba”

quinta-feira, março 3rd, 2016

untitled (15)

Cacique? Marcelo Nilo (PSL), presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, tirou onda mais uma vez, por ter relação pessoal com o governador da Bahia, Rui Costa (PT). Conforme Nilo, a presença do chefe do poder baiano no ato dele de filiação, que aconteceu nesta quinta-feira, dia 3, é uma prova de uma relação construída “com muita lealdade”. “Ele poderia, ou deveria, estar hoje em Brasília participando da posse de um baiano no ministério da justiça. Tomou a decisão de vir para minha filiação. É uma relação de muita lealdade. Conheci Rui quando ele era secretário de articulação política, e eu presidente de AL-BA. Oito anos convivendo com muito respeito e admiração”, concluiu. Marcelo Nilo relembrou também do momento que desejava a vaga de candidato a governador. “Eu fui a Wagner e disse que ele [Rui] não tinha experiência. Wagner me perguntou se eu confiava nele. Eu disse que sim e ele afirmou: ‘Rui vai ser um gestor melhor do que eu’”, largou.

 

Foto: Divulgação

 

“Tô chegando no PSL para ser índio”, diz Marcelo Nilo

sábado, fevereiro 27th, 2016

marcelonilo

Promessa é dívida. O deputado estadual e presidente da Assembleia legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PSL), falou da sua chega à nova sigla partidária, durante entrevista exclusiva ao apresentador Adelson Carvalho, na Rádio Sociedade, na manhã desta sexta-feira, dia 26. Ele disse que estava insatisfeito no PDT porque o partido mudou de lado e passou a apoiar o prefeito ACM Neto.

Perguntado se chega no PSL para ser “cacique”, o presidente do legislativo baiano, respondeu: “Que nada Adelson, eu tô chegando para ser índio e não cacique”, disse.

Ainda segundo Marcelo Nilo, ele chega em um partido “pequeno” , que logo, logo, vai ser grande.

 

Foto: Hora do Bico

Filiado ao PSL, Marcelo Nilo detona PDT: “Chegaram a me tirar todos os diretórios”

quarta-feira, fevereiro 24th, 2016

Cb_Io41WAAAbTL3

Em outro ninho. Marcelo Nilo, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, confirmou nesta quarta-feira, dia 24, a sua filiação ao PSL, juntamente com outros cinco parlamentares. O presidente do legislativo estadual, argumentou que a saída do PDT, partido ao qual estava filiado há anos, foi motivada por perseguição do diretório estadual e pela mudança dos rumos políticos da agremiação. “Chegaram a me tirar todos os diretórios, inclusive o da minha terra natal [Antas]”, lamentou Nilo, ao apresentar os deputados Jurandy Oliveira, Reinaldo Braga, Euclides Fernandes, Victor Bonfim e Paulo Câmera como novos filiados do PSL. “Na minha visão, o PSL deixa de ser um partido pequeno. Nasce um novo futuro político no nosso estado. São sete deputados nessa direção”, sinalizou o novo “cacique” do PSL.

 

Foto: Divulgação

 

Vereador Trindade volta a “peitar” o prefeito ACM Neto

quinta-feira, janeiro 21st, 2016

IMG_6326.JPG

Guerra declarada. A parafernália entre o prefeito ACM Neto (DEM) e o vereador Trindade (PSL) parece não ter fim.  “O prefeito tenta desviar o assunto com relação às cervejarias. O problema não é o patrocínio e sim a exclusividade total, inclusive com direito à fiscalização municipal a serviço de patrocinadores”, disse Trindade em resposta ao depoimento chefe de Neto que acusa o parlamentar de ser contra o patrocínio do Carnaval.

Segundo Trindade, ACM Neto chama o governador para o debate, mas não explica a razão do patrocínio excluir da festa a venda de outras bebidas se não da patrocinadora.
“Esse é o problema, limitar o direito dos comerciantes e consumidores de optarem por essa ou aquela marca que traga mais lucro ou que seja do desejo do cidadão”. Trindade salienta ainda que o seu compromisso é com a cidade e não com aliados políticos. “O prefeito se confunde sobre o papel do vereador que não deve submissão a ninguém, apenas ao povo. O objetivo é defender a cidade e o cidadão. Talvez o prefeito esteja desacostumado com esse tipo de comportamento democrático já que ele está acostumado a aliados submissos e subservientes ”, provocou.
Foto: Divulgação

Trindade denuncia ACM Neto ao MP alegando descumprimento da lei de publicidade

quarta-feira, janeiro 13th, 2016

IMG_6326.JPG

Largou a joça. O vereador José Trindade (PSL), entrou com representação no Ministério Público com uma denúncia contra o prefeito ACM Neto (DEM). A justificativa do parlamentar municipal é o descumprimento das leis municipais 8.648/14 e 8.888/15 que regulamentam a publicidade referente aos contratos e gastos realizados nas obras públicas ocorridas em Salvador.

“O presidente do DEM, o deputado federal José Carlos Aleluia, se deu conta de uma placa lá no sul da Bahia, mesmo sem informações precisas, mas fecha os olhos para as irregularidades do seu correligionário ACM Neto, que não obedece às leis que ele mesmo cria e sanciona”, comentou.
Conforme pontua Trindade, as normas estabelecem que as placas das obras devem conter informações sobre a modalidade de licitação adotada; número do contrato celebrado, objeto e valor; origem dos recursos; prazo para execução, entre outros aspectos. “Em placas de iluminação e pavimentação da Paralela, não encontramos estas informações, nas da requalificação do Rio Vermelho muito menos, também não estão disponíveis na placa de macrodrenagem do Vale das Pedrinhas, nem em nenhuma outra placa de obras da prefeitura”, observou.
Foto: Divulgação

Prefeito de Camacan nomeia mulher como secretária

sexta-feira, setembro 25th, 2015

Isso pode? O novo prefeito de Camacan, Arildo de Florentino (PSL), já cometeu nepotismo. Segundo o site Políticos do Sul da Bahia, o político nomeou a mulher dele, Amanda Evangelista, como secretária de Assistência Social. O fato ocorreu um dia após a sua posse.

A liderança do PSL mal havia ocupado a vaga, vacante por conta da morte da então prefeita Ângela Castro, e exonerou todo o secretário. Florentino já está se articulando para ser candidato a reeleição em 2016 e para isso está fazendo articulação política com membros da oposição a ex-prefeita Ângela Castro (PP).

Foto: Reprodução