Posts Tagged ‘Câmara Municipal de Salvador’

“Vai atender os anseios da população de Salvador”, diz Kiki Bispo sobre regulamentação dos aplicativos

quarta-feira, agosto 28th, 2019

O vereador Kiki Bispo (PTB) conversou com o Portal Hora do Bico e falou sobre o projeto de regulamentação do transporte por aplicativo, que foi aprovado no final da tarde desta quarta-feira 28/8, na Câmara Municipal de Salvador. “ Foi uma ampla discussão, com as partes envolvidas tanto os representantes dos motoristas de aplicativos, quanto os taxistas. Fizemos uma modulação ideal. Fizemos uma mudança no estatuto dos taxistas, para que eles tenham uma maior flexibilidade e pudessem a partir disso ter uma maior competitividade. Vai ser uma modulação moderna que vai atender os anseios da população de Salvador”, disse. 

Foto: Hora do Bico

Veto ao Estatuto da Igualdade Racial será votado quarta-feira (28)

segunda-feira, agosto 26th, 2019

Por estar sobrestando a Ordem do Dia da Câmara Municipal de Salvador, o veto do prefeito ACM Neto a um artigo do Estatuto Municipal da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa será votado na sessão ordinária de quarta-feira (28). O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, vereador Geraldo Júnior (SD), na sessão desta segunda-feira (26), frisando que se isso não acontecer a pauta de votação ficará travada, incluindo o projeto de regulamentação do transporte por aplicativo, com apreciação prevista para o mesmo dia.
Antes da sessão ordinária o veto foi debatido em reunião conjunta das comissões de Reparação, presidida pelo vereador Moisés Rocha (PT), e de Cultura, sob a presidência de Sílvio Humberto (PSB). Os vereadores decidiram que votarão contra a retirada do Artigo nº 44 do Estatuto, que assegura cota de vagas em obras públicas a moradores de rua. 
A maioria dos titulares opinou contra os argumentos do Executivo para vetar a cota, “entre eles o de que remete à Política Nacional da População de Rua”, frisou Moisés Rocha. Participaram da reunião também Luiz Carlos Suíca (PT), Pedro Godinho (MDB) e Aladilce Souza (PCdoB).

Cultura – O presidente da Comissão de Cultura, Sílvio Humberto, falou da importância de convidar o presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, para comparecer a reunião ampliada do colegiado, em setembro (data ainda a ser definida), para apresentar a Política Municipal de Cultura aos vereadores. Serão agendadas, também, audiências públicas temáticas para discutir as diferentes linguagens culturais. Fonte: Diretoria de Comunicação

Foto: Divulgação

Câmara aprova isenção de ISS para empresas de transporte público

quarta-feira, agosto 7th, 2019

A Câmara Municipal de Salvador aprovou por 36 votos, na noite desta quarta-feira, dia 7/8, o Projeto de Lei nº 133/19, do Executivo, que concede isenção de ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) às concessionárias de transporte público. A votação encerrou um longo processo de discussão da proposta, que gerou três emendas.

Votaram contra as vereadoras Aladilce Souza (PCdoB) e Marta Rodrigues (PT), além dos vereadores Sílvio Humberto (PSB) e Marcos Mendes (PSOL).
O presidente Geraldo Júnior (SD) disse que a Câmara cumpriu seu papel de legislar levando em consideração os interesses da Cidade e preservando a autonomia do poder, sem pressa e ouvindo todos os envolvidos no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público, que originou o pedido de isenção. E frisou que os vereadores tiveram a oportunidade de contribuir para a melhoria do texto original, atuando como protagonistas do processo.
“A Câmara Municipal de Salvador demonstrou habilidade, competência e determinação, deixando de lado as questões partidárias, ideológicas e pensando no que é melhor para a cidade”, declarou o chefe do Legislativo após a votação. 

Foto: Valdemiro Lopes/Divulgação/CMS

Câmara retoma atividades após recesso

segunda-feira, agosto 5th, 2019

A Câmara Municipal de Salvador retoma as atividades legislativas nesta segunda-feira, dia 5/8, após o período de recesso parlamentar. Além das sessões ordinárias, realizadas de segunda a quarta, às 3 da tarde no Plenário Cosme de Farias, a Casa Legislativa mantém sua agenda de cerimônias especiais, que homenageiam personalidades e instituições que contribuem com a cidade.

O primeiro evento solene acontecerá nesta segunda, às 7 da noite, com sessão solene que concederá o Título de Cidadão da Cidade do Salvador ao diretor regional do Assaí Atacadista, Sandro Oliveira. A homenagem, idealizada pelo ex-vereador Leo Prates, será dirigida pelo vereador Demetrio Oliveira (DEM).

Na quinta-feira, dia 8/8, por iniciativa do vereador Marcos Mendes (PSOL), a Câmara renderá homenagem em sessão especial ao mestre de capoeira Moa do Katendê (In memoriam), assassinado por motivação política em 2018. O almirante-de-esquadra Álvaro Luís Pinto será condecorado com a Medalha Zumbi dos Palmares, no dia 13. A autoria da resolução é do vereador Pedro Godinho (DEM). 

Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), o coronel Anselmo Brandão será agraciado no dia 14 de agosto, por requerimento do presidente da Casa, vereador Geraldo Júnior (SD), com duas honrarias: Título de Cidadão da Cidade do Salvador e Medalha Thomé de Souza.  No dia seguinte, 15, também de autoria do chefe do Legislativo, a Casa outorgará a cidadania soteropolitana à jornalista carioca Letícia Muhana.

Foto: Divulgação

Salvador: Marta Rodrigues cobra atualização do Plano Diretor de Encostas

quarta-feira, julho 10th, 2019

Líder do PT na Câmara, a vereadora Marta Rodrigues cobra mais uma vez da prefeitura a criação de um Plano Municipal de Saneamento Básico e a atualização do Plano Diretor de Encostas (PDE) para mapear com precisão o número de áreas de risco na capital baiana, segundo ela, desatualizado desde 2004, quando o último PDE foi realizado.

“Não existe em Salvador, até hoje, um Plano Municipal de Saneamento. O Plano Diretor de Encostas (PDE), de 2004, cuja atualização foi prometida pela Prefeitura para setembro de 2015, até agora não ficou pronto.  Trabalha-se com a estimativa de 433 áreas de riscos em Salvador, número muito antigo e que pode ser bem maior”, pontua Marta. 

Para a parlamentar, a situação deixa nítido que a prefeitura não prioriza as áreas de risco na cidade. “Hoje, vimos uma situação trágica na Gamboa, com o desabamento de uma casa e o risco de mais deslizamentos. A prefeitura gasta muito dinheiro com obras superficiais, mas em qualquer chuva a cidade fica um caos”, disse.

Segundo a parlamentar, a Gamboa foi considerada pelo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) de 2016 como uma Zona Especial de Interesse Social (Zeis) de comunidade tradicional de pescadores e até hoje não dispõe, por exemplo, de uma rede de drenagem pluvial, cuja instalação e manutenção é de responsabilidade da prefeitura.

“O encharcamento do solo na Gamboa se agravou ainda mais nessas chuvas porque a área não tem rede de drenagem pluvial. Este tipo de rede é implantado e mantido pela prefeitura municipal. A prefeitura precisa regulamentar as Zeis da cidade e priorizar os investimentos públicos, conforme manda a lei, nas áreas previamente marcadas como carentes de infraestrutura urbana e equipamentos”, declarou. Fonte: Diretoria de Comunicação da CMS

Foto: Divulgação

Clima pesado faz Neto rebater Geraldo JR.: “Quem manda na pauta da Câmara é maioria dos vereadores”

quinta-feira, julho 4th, 2019

Largou a joça. ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, rebateu o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo

Jr. (SD), nesta quinta-feira, dia 4/7. O parlamentar afirmou que quem manda na pauta de votação da Câmara é ele. Para o prefeito ACM Neto, quem manda na pauta do Legislativo é “a maioria dos vereadores”.

Em entrevista à imprensa durante entrega de novos veículos para a Prefeitura, Neto detonou: “A gente não manda na pauta de votação da Câmara, pelo contrário, eu nunca diria isso. Mas eu acho que quem manda na pauta de votação da Casa é a maioria dos vereadores. A Câmara não é só do presidente, é da maioria dos vereadores”.

na segunda-feira, dia 1º/7, o secretário de mobilidade urbana de Salvador, Fábio Mota, alertou para o risco de a tarifa do ônibus em Salvador subir dos atuais R$ 4 para R$ 4,12, caso a Câmara de Vereadores não vote e aprove o projeto de lei que concede isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) às empresas de transporte público da capital.

Foto: Hora do Bico

Pedro Godinho quer acabar com ligações abusivas dos call centers

quarta-feira, junho 26th, 2019

A Câmara Municipal de Salvador aprovou o Projeto de Indicação nº 173/19, de autoria do vereador Pedro Godinho (MDB). A proposta sugere ao presidente Jair Bolsonaro a elaboração de uma legislação específica no sentido de regulamentar as ligações originadas de call centers.
Segundo o parlamentar, “ocorrem de forma demasiada essas ligações dos call centers aos consumidores, muitas vezes em horários impróprios. Não há o mínimo controle e este tema precisa ser normatizado”.

Privacidade

Na justificativa do projeto de indicação, Godinho argumentou que o Artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor garante que o cidadão não seja submetido a constrangimentos. O código também estabelece a defesa dos direitos dos consumidores não só na celebração do contrato, mas também na fase pré-contratual ou de oferta do serviço ou produto. 
O vereador reforçou a sua indicação citando o Artigo 5º da Constituição Federal, que determina o direito do indivíduo na “privacidade do seu lar”. 
“Este tema é competência da esfera federal. Entretanto, muitos cidadãos vão ao nosso gabinete para protestar contra esses excessos dessas centrais de telefonia, seja na área de telemarketing ou cobranças”, frisou Pedro Godinho. Ascom/CMS

Foto: Divulgação

Vereadores aprovam projeto que autoriza locação de imóveis pela prefeitura

quarta-feira, junho 5th, 2019

A pressão subiu. Durante votação conturbada, foi aprovado nesta quarta-feira, dia 5/6, o projeto de lei que autoriza a locação por encomenda (built to suit) de imóveis, sem licitação, pela prefeitura de Salvador, por um período de até 30 anos.

Parcialmente ou integralmente, votaram contra a proposta os vereadores Aladilce Souza (PCdoB), Silvio Humberto (PSB), Ana Rita Tavares (PMB), Marta Rodrigues (PT), Silvio Humberto (PSB), Cezar Leite (PSDB), Edvaldo Brito (PSD), Moisés Rocha (PT) e Marcos Mendes (PSOL).

Uma das alterações feitas fala de imóveis no bairro do Comércio. Conforme o texto original, o aluguel pago todo mês pela prefeitura aos donos dos imóveis não poderia exceder 1% do valor de mercado do bem. Para imóveis no Comércio, esse limite será de 1,5%.

Foto: Divulgação

Depois de muita polêmica, Câmara aprova por unanimidade o Estatuto da Igualdade Racial

quarta-feira, maio 29th, 2019

Por unanimidade, depois de mais de quatro horas de debate, os vereadores de Salvador aprovaram o Estatuto Municipal da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa (Projeto de Lei nº 549/13), em sessão classificada como histórica pelo presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (SD). “É um presente para a nossa cidade, um compromisso que assumimos com a população. E aqui não temos vencedores nem vencidos”, frisou, agradecendo aos líderes das bancadas pelo entendimento para que a matéria fosse votada em consenso.

“Não tenho palavras pra traduzir a felicidade que estou sentindo em dar esse presente a Salvador”, enfatizou Geraldo Júnior. O projeto foi aprovado com uma emenda que alterou a redação do Artigo 42 (sobre cota de 30% para mulheres negras em cargos na administração municipal) e a supressão do Artigo 61, que previa, entre outras coisas, cassação de licença a estabelecimentos envolvidos em atos de racismo. 

Oportunidade

A polêmica ficou por conta de emenda apresentada em plenário por vereadores da base do prefeito, acrescentando a expressão “e demais religiões” sempre que o artigo se referir a “religiões de matriz africana”. Moisés Rocha (PT), presidente da Comissão de Reparação, foi o primeiro a protestar, argumentando que a alteração “desfigura completamente o Estatuto”. A pedido do líder da bancada do governo, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), do presidente da Casa e de outros vereadores, a emenda foi retirada pelos que a subscreveram para possibilitar o acordo.

Geraldo Júnior ressaltou o trabalho desenvolvido pela Comissão de Reparação, que teve como relator o vereador Sílvio Humberto (PSB). Destacou, também, o parecer de Duda Sanches (DEM) aprovando o Estatuto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), assim como o posicionamento do vereador Edvaldo Brito (PSD) durante todo o processo de tramitação do Estatuto. Edvaldo Brito, emocionado, ressaltou: “O Estatuto é da igualdade Racial e não da igualdade religiosa. Quero que outros negros tenham as oportunidades que eu tive para estar aqui hoje”.

A ex-vereadora e deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), autora da proposta original, de 2013, acompanhou a sessão de votação do Estatuto, tendo sido convidada pelo presidente para ocupar um lugar na mesa diretora. Vários vereadores exibiram durante todo o debate cartazes com mensagens do tipo “Vidas negras importas”. No momento da aprovação, representantes do movimento negro e de religiões de origem africana, que ocupavam a galeria do plenário, comemoraram cantando: “Povo negro unido, povo negro forte / que não teme a luta e não teme a morte”. Secom/CMS

Foto: Divulgação

Salvador: Estatuto da igualdade racial causa polêmica na Câmara Municipal

quarta-feira, maio 1st, 2019

O voto em separado apresentado pelo vereador Alfredo Mangueira (MDB), na Comissão de Constituição e Justiça, ao Estatuto da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa (Projeto de Lei nº 549/13), provocou polêmica e levou a discussão do colegiado para a sessão ordinária da terça-feira, dia 30/4. Apesar do parecer do relator Duda Sanches (DEM) acatar o projeto com a inclusão de emendas, Mangueira arguiu a inconstitucionalidade da proposta da Comissão de Reparação, por entender que fere a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara.
“Está fadado ao veto total do Executivo”, disse ele defendendo a rejeição total do Estatuto. E sugeriu um diálogo com o prefeito ACM Neto para que encaminhe uma proposta de Estatuto à Câmara. As vereadoras Lorena Brandão (PSC) e Marcelle Moraes (sem partido) acompanharam o voto de Mangueira.
Os vereadores Luiz Carlos Suíca (PT) e Aladilce Souza (PCdoB) protestaram contra o que chamaram de desrespeito ao trabalho da Comissão de Reparação, presidida pelo vereador Moisés Rocha (PT), que se debruçou sobre a proposta original, de 2013, adaptando-a aos estatutos Federal e Estadual. A reunião da CCJ, presidida pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM), foi suspensa para o início da sessão ordinária e o voto em separado de Suíca ficou para ser lido no próximo encontro do colegiado, dia 8 de maio (quarta-feira).

Diferenças ideológicas

Autor do relatório final da Comissão de Reparação, o vereador Sílvio Humberto (PSB) reagiu da tribuna: “Triste Bahia”. E pediu respeito ao trabalho do colegiado, que envolveu consultas à população e aos segmentos organizados interessados no debate: “Esse já não é o Estatuto que nós queríamos e sim o possível, diante de discursos falaciosos e práticas racistas e preconceituosas”.
As vereadoras Marta Rodrigues (PT) e Aladilce Souza pediram a mediação do presidente da Casa, Geraldo Júnior (SD), lembrando que a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa foi um compromisso de campanha. E que o presidente da CCJ, Aleluia, retomasse o debate sobre a admissibilidade da proposição, que tramita há 6 anos na Casa.
Geraldo Júnior fez um apelo ao diálogo: “Esperamos que sejam vencidas as diferenças ideológicas para que a matéria seja colocada em votação”. O vereador Joceval Rodrigues (PP) e a vereadora Lorena Brandão criticaram a proposta da Comissão de Reparação, frisando que da forma como está é “Estatuto da Desigualdade”. Fonte: Comunicação/CMS

Recado aos invejosos: “Estou satisfeito na base do prefeito ACM Neto”, diz Geraldo Jr

quinta-feira, março 14th, 2019

Mandou recado. O vereador residente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior negou mais uma vez sua saída da base do prefeito ACM Neto (DEM). 

O parlamentar falou dos recentes encontros que teve com lideranças do PP e do PSD, como o senador Otto Alencar (PSD), com quem Geraldo Júnior almoçou. 

Geraldo tratou de descer a lenha nos invejosos: “As pessoas não estão acostumadas com um representante ter diálogo com outras forças. “Eu almocei com Otto, falamos da Cidade, discutimos o futuro, pensamos política. Estou satisfeito na base do prefeito ACM Neto”, afirmou. 

 

 

Foto: Divulgação

“Se Geraldo é vereador hoje, ele tem que agradecer a mim”, detona Alemão

terça-feira, fevereiro 26th, 2019

Pegou ar. Depois de ser exonerado da Câmara Municipal de Salvador (CMS) pelo atual presidente, Geraldo Júnior (SD), em janeiro, o ex-vereador  Antônio Noélio Libânio, conhecido como Alemão, não sabe o que que vai ser do sobre seu futuro político.

Alemão concedeu entrevista ao site Bahia.ba, onde falou que Geraldo prometeu resolver a situação ainda no mês de janeiro, mas até o momento nada foi feito.

“Se Geraldo é vereador hoje, ele tem que agradecer a mim, por conta de uma negociação envolvendo Junior Muniz, Bacelar e eu, ele assumiu o mandato na Câmara de Vereadores”, disse o ex-vereador na entrevista.

O político fez questão de salientar que concorda com a forma que Geraldo Jr. está comandando a Casa Legislativa. “Do jeito que tem que ser”, destacou.

 

 

 

Foto: Reprodução/Facebook

Vado Malassombrado justifica sumiço: “Meu celular deu pane”

quarta-feira, fevereiro 13th, 2019

A explicação. O vereador de Salvador Vado Malassombrado (DEM) esclareceu o motivo do desaparecimento dele em dezembro de 2018. Em entrevista à Rádio Metrópole na terça-feira 12/2, o parlamentar municipal disse que foi “agradecer” pelas conquistas em seu mandato, sem, citar o local.

“Fui agradecer por ter chegado ao lugar onde cheguei que, na maioria das vezes, é ocupado por empresários. Nunca imaginaria que uma pessoa que morava em palafitas virasse vereador numa cidade complexa como Salvador. Numa segunda-feira, fui no local, porém não avisei a ninguém. Meu celular tinha dado pane”, disse. Na ocasião, o vereador foi encontrado nas dunas da Lagoa do Abaeté, no bairro de Itapuã.

Ainda durante entrevista à Metrópole, Malassombrado negou que tivesse escrito uma carta de renúncia pouco antes de desaparecer. “Foi especulação. Não condiz. Nunca pedi. Não poderia decepcionar os mais de 8 mil votos que as pessoas me deram. Algumas pessoas levam as informações de forma distorcida”, acrescentou.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Câmara de Salvador aprova funcionamento do comércio aos domingos

quinta-feira, fevereiro 7th, 2019

E agora? A Câmara de Vereadores da capital baiana, aprovou jantares de quarta-feira 6/2, por unanimidade, o projeto de lei que prevê o funcionamento do comércio aos domingos e feriados, após articulação direta do presidente da Casa, vereador Geraldo Junior (SD).

“A aprovação desse projeto é extremamente positiva para o setor empresarial e para a economia da cidade. A prova disso é que os vereadores de oposição e situação me apoiaram, me seguiram de maneira unânime”, disse Geraldo.

A matéria de autoria do vereador Tiago Correia (PSDB), vai despreocupar os lojistas e garantir o retorno da economia de Salvador.

Abertura dos trabalhos 2019: “Vamos aproximar ainda mais a Câmara do cidadão”, diz Geraldo Júnior

segunda-feira, fevereiro 4th, 2019

De volta. Na sessão solene que marcou a abertura dos trabalho da Câmara Municipal de Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM), fez a leitura da Mensagem do Executivo e um balanço dos dois últimos anos de sua administração. O vereador Geraldo Júnior (SD), presidente do Legislativo Municipal de Salvador, afirma que “a Câmara manterá o diálogo independente e harmonioso com o Executivo Municipal, como prevê o princípio republicano, e os vereadores sempre vão buscar o melhor para Salvador”.
O presidente afirma que o ano legislativo será mais um de muito trabalho, sempre em sintonia com a Cidade e o povo. “Estamos atentos às demandas da sociedade e vamos aproximar ainda mais a Câmara do cidadão, dando vez e voz para quem não tem voz”, completou Geraldo Júnior.

 

Foto: Divulgação

Fogo amigo: Marcos Mendes promete oposição a ACM Neto e até ao governo Rui

segunda-feira, fevereiro 4th, 2019

Vixe. Logo após tomar posse na Câmara Municipal de Salvador, na vaga deixada por Hilton Coelho, que agora é deputado estadual, o vereador Marcos Mendes (PSOL) reafirmou nesta segunda-feira, dia 4/2, a “independência do bloco alternativo” de oposição formado recentemente na Câmara Municipal de Salvador.

Para Mendes, o bloco não é só como uma “oposição de esquerda” ao prefeito ACM Neto (DEM), mas como oposição ao “modelo desenvolvido pelo governo Rui Costa”.

“Somos oposição de esquerda ao prefeito ACM Neto e também temos independência e autonomia para sermos oposição a esse modelo desenvolvido pelo governo Rui Costa”, disse Marcos Mendes.

 

 

 

Foto: Divulgação

 

Geraldo Júnior visita presidente do TJ-BA: “Harmonia entre os poderes”

quarta-feira, janeiro 16th, 2019

Bom relacionamento. O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), fez uma visita de cortesia nesta quarta-feira, dia 16/1, ao presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto. Na reunião, na sede da Corte, no Centro Administrativo da Bahia, os chefes dos poderes Legislativo e Judiciário destacaram a importância da relação harmônica entre as instituições.

“É uma visita de cortesia, como foi sinalizada ao presidente, para abrir as portas do Legislativo”, disse Geraldo Júnior. Para o presidente da Câmara, o encontro pautou o respeito, a autonomia e a independência dos poderes. “Hoje, com o presidente do Tribunal de Justiça, digo e reitero que o Poder Judiciário e o Poder Legislativo estão a favor do crescimento da justiça, da ordem e da moralidade, sob efeito de excelência para nossa cidade e o Estado da Bahia”, afirmou Geraldo.

“Um bom relacionamento entre os poderes, de um Estado e de um Município, é de crucial importância para o progresso e para a melhor prestação de serviços públicos”, afirmou o desembargador Gesivaldo Britto.
O presidente do TJ-BA demonstrou, ainda, satisfação com a visita do novo chefe do Legislativo municipal. “É muita satisfação receber aqui (na sede do Tribunal) a visita do nosso presidente da Câmara e desejar que ele tenha sucesso absoluto na missão (de conduzir a Casa)”, declarou. Fonte: Secom/CMS

 

 

Foto: Antônio Queirós/Divulgação/CMS

Salvador: Rui visita a Câmara Municipal e justifica: “Vim matar a saudade”

quarta-feira, janeiro 16th, 2019

“É uma alegria muito grande, nos primeiros dias de minha gestão, receber com muita honra a visita de cortesia do governador Rui Costa, que veio aqui na Casa do povo abraçar os vereadores, mostrando uma mudança de paradigma, que é o que a população espera, sem posição partidária-ideológica, buscando o melhor para o cidadão, que é o que eu quero e o governador quer”, afirmou o presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (SD), ao recepcionar o chefe do Executivo Estadual e a sua comitiva de secretários e parlamentares.

O encontro ocorreu no Salão Nobre do Legislativo Municipal, na manhã desta quarta-feira (16). O governador Rui Costa foi ao Centro Histórico inspecionar as obras de revitalização e requalificação da Rua Chile e das áreas adjacentes.

O presidente Geraldo Júnior lembrou que a Câmara Municipal de Salvador faz parte da história política do governador Rui Costa, bem como das histórias da senadora Lídice da Mata (PSB) e das deputadas reeleita e eleita, respectivamente, Fabíola Mansur (PSB) e Olívia Santana (PCdoB). Também lembrou do ex-vereador Gilmar Santiago, presidente municipal do PT. “Essa Casa faz escola”, considerou Geraldo Júnior ao citar os ex-vereadores que foram para outras casas de poder.

Saudade

“Vim matar a saudade, cumprimentar o presidente Geraldo Júnior e rever os amigos da Câmara, a Casa do Povo, e é sempre bom voltar à Câmara de Vereadores”, afirmou o governador Rui Costa. Ele aproveitou o encontro para pedir apoio do presidente Geraldo Júnior para as ações do Governo do Estado no Município.
Segundo Rui Costa, na região histórica visitada, estão sendo aplicados R$ 43 milhões. “São 91 ruas que estamos recuperando e na Rua Chile estamos colocando a fiação elétrica subterrânea para não ter mais poluição visual. Espero que a Avenida Sete de Setembro fique do mesmo jeito”, afirmou o governador.
Também recepcionaram o governador os vereadores Edvaldo Brito (PSD), Marta Rodrigues (PT), Ana Rita Tavares (PMB), Hélio Ferreira (PCdoB), José Trindade e Carlos Muniz, ambos do Podemos. Secom/CMS

 

 

 

Foto: Reginaldo Ipê/Divulgação/CMS

Bomba: Salvador pode ter 45 vereadores em 2020, afirma Kiki Bispo

quinta-feira, janeiro 10th, 2019

Será? Com seus atuais 43 vereadores, a Câmara Municipal de Salvador, pode sofrer alteração e chegar a 45 legisladores em 2020. A afirmação foi feita em entrevista ao apresentador Adelson Carvalho, nesta quinta-feira, dia 10/1, pelo vereador Kiki Bispo (PT), que 1º vice-presidente da casa.

Segundo Kiki, o número de vereadores é determinado pela quantidade de moradores da Cidade. Se Salvador tiver sua população aumentada com dados oficiais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), pode passar a ter 45 vereadores. “Como 3ª maior Cidade do Brasil, Salvador tem hoje 43 vereadores, mas pode chegar a 45 em 2020”, disse o parlamentar.

 

 

Foto: Hora do Bico

Câmara de Vereadores de Salvador: Nova mesa diretora toma posse

quarta-feira, janeiro 2nd, 2019

Sob nova direção. Às 3 da tarde desta quarta-feira, dia 2/1, acontece na Câmara Municipal de Salvador, a solenidade de transmissão dos cargos da mesa diretora da Casa Legislativa para o período de 2019 e 2020, tendo na presidência o vereador Geraldo Júnior (SD). O parlamentar assume o lugar de Léo Prates (DEM), que deixa a presidência por ter sido eleito deputado estadual. O prefeito de Salvador ACM Neto e o vice-prefeito Bruno Reis confirmaram presença na cerimônia.

A nova Mesa Diretora, votada em eleição que ocorreu no dia 31 de outubro/2018, é formada pelos vereadores: Kiki Bipo (PTB), 1º vice-presidente; Isnard Araújo (PHS), 2º vice-presidente; Joceval Rodrigues (PPS), 3º vice-presidente; Carlos Muniz (Podemos), 1º secretário; Orlando Palhinha (DEM), 2º secretário; Téo Senna (PHS), 3º secretário; Ana Rita Tavares (PMB), 4ª secretária; Duda Sanches (DEM), corregedor; Aladilce Souza (PCdoB), ouvidora; e Daniel Rios, (MDB) ouvidor-substituto.

 

 

 

Foto: Divulgação