Posts Tagged ‘FORÇA NACIONAL’

Sergio Moro manda Forças Armadas para conter violência no Ceará

sexta-feira, janeiro 4th, 2019

Forças federais de segurança começaram a se deslocar para o Ceará e devem iniciar a atuação neste sábado. Cerca de 70 integrantes da Força Nacional que estavam no Rio Grande do Norte e 30 em Sergipe já começaram a se dirigir para a capital cearense, informou hoje (4) o secretário nacional de Segurança Pública, Guilherme Teophilo. O emprego da Força Nacional foi autorizado hoje pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, por um período inicial de 30 dias.

“Às 15h nós estamos deslocando mais 88 homens num Hércules 630 da Força Aérea Brasileira e durante a madrugada um Boeing 767 vai levar o restante dos 300 homens que o nosso governador do estado do Ceará pediu. E mais 30 viaturas estão iniciando comboio para Fortaleza no dia de hoje. Acredito que em 48h elas estejam lá”, afirmou.

O envio das forças foi autorizado por Sergio Moro após pedido do governador do estado, Camilo Santana. Foram designados agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Penitenciário Nacional e homens da Força Nacional e das Forças Armadas. As forças atuarão em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social e as polícias locais. Segundo Guilherme Teophilo, o tempo de resposta foi de 24 horas, período necessário para o planejamento da ação e organização dos integrantes.

O secretário disse que equipes de inteligência têm acompanhado a situação do estado desde a morte de um líder criminoso, GG do Mangue, no ano passado. O estudo, acrescentou ele, indicou a necessidade do emprego dos 300 integrantes das forças, inclusive de militares.

Ataques

Desde quarta-feira (2), ataques vêm sendo registrados na região metropolitana de Fortaleza e no interior do estado. Segundo último balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública, foram registrados incêndios, crimes e episódios de depredação de estruturas públicas em diversos bairros de Fortaleza. Também foram identificados ataques com veículos em três cidades da região metropolitana (Guaiuba, Pindoterama e Horizonte).

No interior, as forças de segurança estaduais foram informadas de crime contra estruturas públicas em nove cidades: Pacatuba, Acaraú, Aracoiaba, Jaguaruana, Morada Nova, Morrinhos, Massapê, Piquet Carneiro e Tianguá. Entre as ocorrências foram registrados ataques contra agências bancárias, prédios públicos e veículos.

De acordo com o governo do estado, até o momento, 45 pessoas foram presas ou apreendidas por participação nos atos. Hoje, após reunião entre órgãos do Executivo e de outros poderes, como o Ministério Público estadual, a administração anunciou medidas de reação à ofensiva, como a nomeação de 220 agentes penitenciários e de 373 policiais do último concurso realizado.

Em entrevista à Agência Brasil, o defensor público Carlos Castelo Branco afirmou que as causas da ofensiva precisam ser apuradas, mas lembrou que os ataques começaram após o novo secretário estadual de administração penitenciária, Luís Mauro de Albuquerque, ter anunciado endurecimento contra presos e ter dito não reconhecer facções criminosas.

Na entrevista coletiva hoje, o secretário nacional de Segurança Pública não foi assertivo sobre as causas, mas apontou relação com a disputa entre grupos criminosos.

“Para quem trabalha com segurança pública, só tem mais violência ou aumento da taxa de homicídio onde tem uma disputa entre as facções no território. Como no estado do Ceará nós temos Comando Vermelho, PCC [Primeiro Comando da Capital], GDE [Guardiões do Estado], Família do Norte e tantas outras, há ainda uma disputa muito grande por territórios. E é isso o que eles fazem”, disse. Agência Brasil

 

 

 

Foto: Reprodução/Agência Brasil
 

 

Morre policial da Força Nacional baleado no Rio de Janeiro

sexta-feira, agosto 12th, 2016

001 (230)

O policial Hélio Andrade, integrante da Força Nacional, que baleado durante um ataque a uma viatura da corporação no complexo de favelas da Maré, no Rio de Janeiro, morreu na noite desta quinta-feira, dia 11/8. A informação é o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em mensagem postada em seu perfil no Facebook.

O ataque ocorreu na quarta, dia 10/8, depois que três policiai da Força Nacional, entraram por engano na favela. Depois de ser baleado na cabeça e socorrido em estado grave no Hospital Salgado Filho, Hélio foi submetido a uma cirurgia de três horas e meia. Quando foi baleado, o soldado perdeu muita massa encefálica.

Conforme o comando da PM de Roraima, o soldado morava no Rio de Janeiro desde 2015 e atuava na Força Nacional durante as Olimpíadas. Ele ingressou na PM de Roraima em 2003 e integrava a Força Nacional desde 2014.

Além do soldado Hélio, os outro policial da Força Nacional ficou ferido no ataque. O capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira, que trabalha na Cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, teve ferimentos leves. O soldado Rafael Pereira, do Piauí, que também estava no veículo, escapou ileso.

 

Foto: Reprodução

Policiais da Força Nacional são atacados a tiros em favela

quarta-feira, agosto 10th, 2016

001 (230)

Bandidagem ousada. Policiais da Força Nacional, foram recebidos a tiros no Conjunto de Favelas da Maré, no Rio de Janeiro, ao entrar por engano na Vila de João, nesta quarta-feira, dia 10/8. Conforme informações da Polícia Civil, um dos militares foi baleado na cabeça, e outro ficou ferido.

Os três militares vítimas do ataque foram identificados como um capitão que trabalha na Cidade Cruzeiro do Sul, no Acre, um soldado de Roraima, e outro do Piauí.
O soldado Hélio, de Roraima, foi baleado na cabeça e levado ao Hospital Salgado Filho, onde foi submetido a uma cirurgia de emergência. Já o capitão Alen foi atingido de raspão no rosto.
Foto: Reprodução

Depois de protesto, Força Nacional no Rio 2016 terá 150% de reajuste na diária

sexta-feira, julho 15th, 2016

forca_nacional_4

Para pra acertar. Depois de protestos da Força Nacional de Segurança no Rio para a Olimpíada por falta de diárias e más condições de alojamento, as diárias dos convocados para a Rio 2016 deverão ser reajustadas em 150%, de R$220 para R$550.

Os policiais, alojados em um condomínio do programa Minha Casa,Minha Vida, em Jacarepaguá, zona oeste, protestaram contra o atraso no pagamento de diárias, as extensas escalas de trabalho e más condições dos apartamentos. Em imagens espalhadas nas redes sociais, os agentes denunciaram a falta de camas, fogões e chuveiros, entre outros problemas.

Segundo o Ministério da Justiça, as diárias estão sendo pagas normalmente e os casos em que houve atraso representam cerca de 5% do efetivo devido a erros de preenchimento de documentação pelos colaboradores, mas já estão sendo corrigidos.

A pasta informou que os policiais e bombeiros a serviço da Força Nacional têm o transporte para Rio de Janeiro e manutenção na cidade cobertos, inclusive com previsão de “diárias majoradas”. As diárias servem para custear alimentação, alojamento e transporte dos profissionais, cujos salários continuam sendo pagos pelas corporações de seus estados de origem.

Ainda segundo o ministério, beliches chegaram hoje aos apartamentos. Os agentes também receberão novos lotes de fardas e o efetivo será aumentado, com a chegada de mais de mil profissionais, otimizando assim as escalas de serviço

No protesto, os agentes da Força Nacional também reclamaram da falta de segurança na região do condomínio, controlada pela milícia. Esta manhã, agentes da Delegacia de Repressão às Ações do Crime fizeram operações de rotina de combate a grupos paramilitares na região.

Mais de 3 mil servidores da Força Nacional estão no Rio desde o dia 5 de junho para atuar na segurança da Rio 2016, que começam no dia 5 de agosto. Mais 3 mil serão requisitados até lá.

Amanhã (15), o ministro da Defesa, Raul Jungmann, acompanhará um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) de Brasília ao Rio de Janeiro, com cerca de 200 militares que farão parte do esquema de segurança dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Fonte EBC

 

Foto: Divulgação

Força Nacional impede entrada de celulares e drogas em presídio

quinta-feira, junho 16th, 2016

img-20160615-wa0036_1

Êta joça. Policiais da Força Nacional de Segurança apreenderam no fim da noite desta quarta-feira, dia 15/6, materiais que eram jogados por cima de uma grade da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL III), na Cidade de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza, no Ceará.

De acordo com a Força Nacional, por volta das 9 da noite, quando o número de policiais era menor no local, um grupo de pessoas se aproximou da grade lateral e jogou cerca de 10 pacotes com materiais ilícitos para dentro do presídio. Quando perceberam a ação, policiais dispararam munição de impacto controlado em direção aos presos que tentavam resgatar os materiais. Uma granada – de luz e som – foi jogada em direção ao matagal para dispersar os suspeitos.

Foram apreendidos, 14 celulares, dois smartphones, 1 chip de uma operadora móvel, 12 carregadores de celular, 10 Fones de ouvido, cerca de 100 gramas de um substância que aparenta ser maconha e 20 gramas de uma substância que oficiais suspeitam de ser cocaína. Fonte G1

 

Foto: Divulgação/Força Nacional