Posts Tagged ‘Rio de Janeiro’

MP faz operação contra roubo de combustível da Petrobras

terça-feira, novembro 5th, 2019

Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil cumprem nesta terça-feira, dia 5/11, sete mandados de prisão e 12 de busca e apreensão contra acusados de integrar uma organização criminosa que rouba petróleo e derivados de dutos da Petrobras, no Rio de Janeiro.

A Operação Sete Capitães é feita nos municípios de Carapebus, Quissamã e Macaé.  Entre os integrantes da quadrilha, estão um policial militar, lotado no 32º Batalhão (Macaé), e dois vigilantes da empresa Transpetro, contratada pela Petrobras para fazer a segurança patrimonial dos dutos da empresa na região.

Todos são acusados de organização criminosa, corrupção passiva, corrupção ativa e furto qualificado.

Através de quebra de sigilo bancário e de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, as investigações mostraram que o combustível roubado é levado para uma empresa no município de Rolândia, no Paraná. Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação/Transpetro

Governador Witzel lamenta morte de Ágatha e defende política de segurança

terça-feira, setembro 24th, 2019

O governador do Rio, Wilson Witzel, lamentou na segunda-feira, dia 23/9, a morte da menina Ágatha Vitória Sales Félix, de 8 anos, e defendeu a política de segurança que implementou no estado. A estudante foi vítima de bala perdida, no Complexo do Alemão, na sexta-feira, dia 20/9.

Moradores dizem que a bala partiu de um policial militar. A Polícia Militar (PM), no entanto, informou que naquele dia equipes policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, na esquina da Rua Antônio Austragésilo com a Rua Nossa Senhora, foram atacadas de várias localidades da comunidade de forma simultânea e que os policiais teriam então revidado à agressão.

Nesta segunda-feira, o governador reuniu seus secretários da área de segurança para uma coletiva no Palácio Guanabara. “Eu lamento profundamente a perda. Meu sentimento é de pai, que também tem uma filha de 9 anos. Olhando a minha filha, você acha que eu não choro, pensando na dor de qualquer pai ou mãe? Eu sou pai, tenho meus filhos em casa. Olho para eles na cama e penso: ‘amanhã aquela mãe não vai ter mais um filho deitado na cama, para olhar, acariciar, passar a mão no cabelo’. Vocês pensam que eu não penso nisto? Eu não sou um desalmado. Eu sou uma pessoa de sentimento. Mas não é porque nós temos um fato terrível como este que nós vamos parar o estado”, disse o governador, ao final da coletiva, visivelmente emocionado.

Witzel aproveitou a coletiva para fazer uma defesa da política de segurança implementada por seu governo, que tem gerado um alto número de mortes em confrontos e também várias vítimas inocentes, atingidas por balas perdidas. Só este ano, cinco crianças morreram por causa do fogo cruzado.

“A sensação de segurança é nítida. Nós hoje estamos em um ritmo de trabalho como nunca houve na história do estado e isto está incomodando demasiadamente o crime organizado, pois eles sabem que vão sofrer mais perdas ainda e nós não temos a menor intenção de parar de fazer o que está sendo feito. No caso da menina Ágatha, não era uma operação. O que o tráfico e o crime organizado fazem é fustigar a polícia para que ela seja obrigada a enfrentá-los. A polícia não cria o confronto. Quem cria o confronto são as organizações criminosas”, disse.

Palanque

Em outro momento da coletiva, o governador afirmou que parte da oposição estava fazendo da morte da menina um palanque político para atacar seu governo e também o pacote anticrime defendido pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“Não transformem em palanque político o caixão das vítimas da violência. É indecente usar um caixão como palanque, principalmente o de uma criança. A oposição está fazendo um palanque em cima do fato. E como a situação se desbordou, eu preferi reunir o nosso governo para que nós déssemos uma explicação de estado”, declarou.

Questionado sobre a demora em se pronunciar, Witzel que estava reunindo informações, para se manifestar: “No caso da menina Ágatha eu não estava no momento. Eu estava acompanhando, recebi a notícia de forma indireta. Eu conversei com o secretário [de Polícia Civil] Marcos Vinícius, fiz várias ligações para ele. Fiz várias ligações para o comandante [da Polícia Militar, Rogério] Figueiredo, até que eu pudesse fazer um juízo de convicção para o momento”. Ambos os secretários estavam ao lado do governador na coletiva.

Perícia

Na manhã desta segunda-feira, foi realizada perícia na Kombi que transportava Ágatha e seu avô, que passava pela comunidade da Fazendinha, quando a menina foi atingida por disparos.

De acordo com o delegado Antônio Ricardo, diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP), o calibre da bala será anunciado em breve, após perícia em fragmentos retirados do corpo da menina. Ele disse que uma reprodução simulada será feita no local, provavelmente ainda nesta semana.

Policiais militares foram à Delegacia de Homicídios da capital, na Barra da Tijuca, na tarde desta segunda-feira, para serem ouvidos. Eles integram a UPP da Fazendinha. Fonte: Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Divulgação/Agência Brasil

Sobe para 14 número de mortes em incêndio no hospital

terça-feira, setembro 17th, 2019

O Hospital Badim confirmou nesta terça-feira, dia 17/9, a morte de mais um paciente transferido depois do incêndio que destruiu o prédio na quinta-feira, dia 12/9. A paciente internada estava no Hospital Israelita Albert Sabin. No total, já são 14 mortes desde o incidente, três das quais ocorreram entre ontem e hoje.

Entre as vítimas, dez morreram no próprio local do incêndio, uma delas morreu momentos depois, quando já tinha sido transferida para o Hospital Albert Sabin. Ontem, o hospital confirmou a morte de um paciente que tinha sido encaminhado para o Copa D’Or.

Hoje, foram confirmadas mais esta vítima, no Albert Sabin, e outra, que morreu durante a madrugada, no Hospital Samaritano. Fonte: Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Divulgação/Agência Brasil

Vereador Carlos Bolsonaro pede licença sem remuneração da Câmara Municipal

terça-feira, setembro 10th, 2019

Licença. O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), pediu licença sem remuneração da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. 

O parlamentar enviou ofício ao presidente da Casa, Jorge Felippe, no dia 6/9, mas o documento foi despachado nesta terça-feira, dia 10/9.

Segundo a imprensa carioca, o vereador não explicou o motivo do pedido. O afastamento se baseia no artigo 11, inciso I, do Regimento Interno da Câmara, sobre afastamento para “tratar de assuntos particulares” em período que não pode ultrapassar 120 dias. 

Foto: Reprodução/redes Sociais

Ex-governadores Garotinho e Rosinha são presos

terça-feira, setembro 3rd, 2019

Vixe. Anthony e Rosinha Garotinho, ex-governadores do Rio de Janeiro, foram presos nesta terça-feira, dia 3/9, no Rio de Janeiro. O casal e outras três pessoas são suspeitos de fraudes em contratos da prefeitura de Campos dos Goytacazes e de uma empreiteira.

Segundo a imprensa carioca, as investigações são conduzidas pelo Ministério Público estadual e as ordens de prisão foram emitidas pela 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, Cidade que já foi administrada por Garotinho e Rosinha.

Ainda de acordo com a imprensa local, a denúncia foi baseada em suspeitas de superfaturamento na construção de casas populares em dois programas habitacionais do município em licitações que suspeitam o valor de R$ 1 bilhão.

Foto: Roberto Stuckert/Divulgação/PR

Urgente: Viaduto desaba sobre caminhão e deixa mortos

quinta-feira, agosto 8th, 2019

Deus é mais. A queda parcial de um viaduto, provocou a morte de duas pessoas no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira, dia 8/8. As mortes foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros, segundo a imprensa carioca.

Ainda segundo a imprensa local, policiais militares e agentes da companhia de trânsito do Rio de Janeiro foram atender a ocorrência.  O acidente causou interdição nas principais vias do entorno, na Avenida Brasil.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

PM apreende mais de duas toneladas de drogas; confronto deixou 2 mortos

quinta-feira, agosto 1st, 2019

O Comando de Operações da Polícia Militar (COE) realizou quarta-feira, dia 31/7, uma grande operação contra o tráfico de drogas nas comunidades que integram o Complexo da Maré, zona norte do Rio. Na ação, duas pessoas foram mortas em confronto com os militares da tropa de elite da corporação. Eles chegaram a ser levados para o Hospital Federal de Bonsucesso, mas não resistiram aos ferimentos. Duas pistolas automáticas foram apreendidas com as vítimas.

No Parque União, os militares do Batalhão de Ações com Cães apreenderam mais de duas toneladas de maconha, duas metralhadoras, uma carga com mais de mil caixas de remédios, além de quatro patinetes elétricos roubados, várias carteiras de identidade e cartões de crédito. Todo o material apreendido foi encaminhado para a Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, onde será feito o flagrante.

Na operação participaram equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Ações com Cães, Choque e Grupamento Aeromóvel, com o uso de um helicóptero blindado para dar suporte às equipes de terra. Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação/PM-RJ
 

Justiça estabelece prazo de cinco dias para Garotinho colocar tornozeleira eletrônica

sábado, junho 22nd, 2019

Êta. O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho tem que comparecer à Superintendência Geral de Inteligência do Sistema Penitenciário (SISPEN) para a colocar tornozeleira eletrônica, como determinou o juiz Leonardo Cajueiro, da 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

O prazo estipulado na decisão, assinada na quarta-feira, dia 19/6, é de cinco dias úteis, de acordo com o portal G1.

O monitoramento eletrônico foi estabelecido na sexta-feira, dia 14/6, quando o ex-governador e a esposa, a também ex-governadora Rosinha Garotinho (Patriota), tiveram R$ 18 milhões bloqueados.

O processo é um desdobramento da Operação Chequinho, que apurou um esquema de compra de votos em Campos durante a eleição municipal de 2016.

Foto: Divulgação

Túnel desaba e atinge ônibus

sexta-feira, maio 17th, 2019

Vixe. Um túnel localizado na região da Gávea, no Rio de Janeiro, foi fechado nos dois sentidos após o desabamento da estrutura de concreto do local no início da tarde desta sexta-feira 17/5.

A estrutura chegou a atingir a parte da frente de um ônibus que passava no local.Segundo informações da imprensa, não houve feridos.

Foto: Reprodução

Médica é baleada em tentativa de assalto, atropela pedestres e morre

sexta-feira, maio 10th, 2019

Muita violência. Depois de ser baleada em uma tentativa de assalto, na manhã desta sexta-feira, dia 10/5, a médica Danielle Vivian Midea Lasmar de Almeida, de 51 anos, tentou fugir do ladrão, que atirou. Com ferimentos, a profissional de saúde continuou dirigindo por cerca de 500 metros até a Rua General Canabarro, no Maracanã, Rio de Janeiro, mas acabou perdendo o controle do veículo, subindo na calçada, derrubando um hidrante e atropelando três pessoas.

De acordo com policiais militares que foram ao local, os feridos foram encaminhados para um hospital. Um trabalhador foi atendido no local e liberado.

 

 

Foto: Redes Sociais

Confronto deixa 8 mortos; 7 fuzis, pistolas e granadas foram apreendidos

segunda-feira, maio 6th, 2019

Oito pessoas morreram nesta segunda-feira, dia 6/5, em tiroteio durante operação da Polícia Civil no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela assessoria da corporação. Na ação, duas pessoas foram presas. Além disso, foram apreendidos sete fuzis, pistolas e granadas.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o objetivo da operação era prender um traficante suspeito de ser o responsável por uma guerra entre facções no Morro do Salgueiro, no município de São Gonçalo.

 

 

Foto: Divulgação

Traficante “cabeça cara” morre ao manusear fuzil; arma explodiu

segunda-feira, abril 22nd, 2019

Êta. Um traficante de 30 anos, no domingo 21/4, no Hospital Penitenciário do Rio de Janeiro. O criminoso, apontado como chefe do tráfico foi ferido por estilhaços do fuzil dele, que explodiu enquanto o manuseava.

Os estilhaços da arma perfuraram o pulmão e o abdômen do traficante. Antes de ser preso e transferido para o hospital penitenciário, o cara estava em uma unidade particular em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

No local, a Polícia confirmou a informação de que o criminoso se feriu enquanto manuseava o próprio fuzil. Ao ser questionado sobre o ferimento, ele disse que havia tido um “acidente de trabalho”.

Foto: Reprodução

Sobe para 15 o número de mortos no desabamento de prédios

terça-feira, abril 16th, 2019

Pai do céu. O Corpo de Bombeiros acaba de retirar mais três corpos dos escombros dos edifícios que desabaram na última sexta-feira 8/4, na comunidade da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Com isso, o número de mortos chega a 15. Na madrugada desta terça-feira 16/4, mais um corpo havia sido resgatado.

Oito pessoas ficaram feridas no acidente, das quais quatro continuam internadas. Os bombeiros continuam fazendo buscas por mais desaparecidos. A Delegacia de Polícia Civil da Barra da Tijuca (16ª DP) investiga o caso.

 Segundo a prefeitura do Rio, os prédios não tinham autorização para serem construídos e as obras foram interditadas e embargadas em novembro do ano passado.

Além de investigar a atuação da milícia, grupo criminoso que controla ilegalmente a comunidade da Muzema, a Polícia Civil apura a responsabilidade dos construtores e da prefeitura, que é responsável pela fiscalização de obras.

 

 

 

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Número de mortos em desabamentos sobe para 10

segunda-feira, abril 15th, 2019

Misericórdia. Subiu para dez o número de mortes no desabamento de dois edifícios na comunidade da  Muzema, no Rio de Janeiro. Os bombeiros encontraram o corpo de uma mulher sob os escombros, no final da noite de domingo 14/4. De acordo com os bombeiros, a vítima estava em um local de difícil acesso e os militares levaram cerca de três horas para retirar o corpo dos destroços.

As equipes de resgate trabalham com a possibilidade de que 14 pessoas ainda estejam desaparecidas, de acordo com informações registradas na área do desabamento. Até o momento, 18 pessoas foram resgatadas, sendo dez com vida, mas duas morreram no hospital.

A operação de resgate segue hoje com a participação de mais de 100 militares, cães farejadores, drone, helicópteros, ambulâncias e veículos de recolhimento de corpos. O trabalho, que entrou hoje no quarto dia, começou logo após o desabamento e segue ininterruptamente desde o início da manhã de sexta-feira 12/4.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Sobe o número de desaparecidos em desabamento

sábado, abril 13th, 2019

O Corpo de Bombeiros elevou no fim da manhã deste sábado, dia 13/4, para 17 o número de possíveis desaparecidos nos desabamentos de ontem na Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo o coordenador de operações Luciano Sarmento, que é coronel bombeiro, explicou que o número de desaparecidos varia porque depende de uma investigação junto a familiares e vizinhos:

“Esse número é dinâmico e varia de acordo com as informações. Paralelo ao trabalho de resgate, temos uma equipe de investigação junto as famílias e vizinhos”, disse o coronel, que afirma que as buscas se darão de forma ininterrupta até que sejam esgotadas.

Mais de 100 bombeiros e agentes da defesa civil trabalham no resgate, que conta com a ajuda de cães farejadores e equipamentos específicos para o salvamento em estruturas colapsadas.

O resgate em desabamento de prédios deixa mais esperanças de encontrar sobreviventes que no caso dos deslizamentos de terra, comparou o bombeiro.

“Podemos encontrar células [locais sob os escombros] que têm um pequeno habitat em que a pessoa pode se manter respirando. Realmente o tempo é nosso inimigo, mas já temos relatos de pessoas que sobreviveram em desastres de até sete dias”.

Ao todo, cinco corpos foram retirados dos escombros e dois dos dez resgatados com vida morreram em unidades de saúde. Entre os 17 desaparecidos, é provável que haja crianças, segundo o coronel, que não especificou o número.

 

 

 

Foto: Tânia Rêgo/Divulgação/Agência Brasil

Sobe o número de mortos em desabamento de prédios

sábado, abril 13th, 2019

Tragédia. O Corpo de Bombeiros encontrou, na madrugada deste sábado, dia 13/4, mais dois corpos nos escombros dos dois prédios que desabaram, na manhã da sexta-feira, dia 12/4, no Muzema, comunidade localizada no bairro do Itanhangá, no Rio de Janeiro. Ainda segundo a corporação, o número de pessoas que morreram na ocorrência chega a sete. Outras 12 vítimas estão desaparecidas.

 

 

 

Foto: Reprodução

Dois prédios desabam e deixam mortos

sexta-feira, abril 12th, 2019

Vixe. Dois prédios desabaram na manhã desta sexta-feira 12/4, na comunidade da Muzema, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os imóveis tinham quatro andares. Segundo informações da da imprensa, dezenas de pessoas e bombeiros vasculham os escombros para tentar localizar corpos os dois corpos. Pelo menos um ferido já foi retirado por moradores e socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

A Muzema foi uma das áreas mais atingidas pelo temporal que atinge o Rio de Janeiro desde o início da semana. Segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, as construções que desabaram eram ilegais.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Assembleia Legislativa aprova porte de armas para deputados

quinta-feira, abril 11th, 2019

 

Liberou geral. A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quarta-feira, dia 10/4, o porte de armas a deputados estaduais. A proposta, do presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e líder do governo na Alerj, Márcio Pacheco (PSC), foi inserida no Projeto de Lei 1.825/16, que permite o porte a agentes do sistema socioeducativo (Degase).

Também foi incluído no texto o porte de armas para a Polícia Legislativa e auditores fiscais estaduais e municipais. O projeto de lei prevê que as armas sejam guardadas em locais seguros enquanto os profissionais estiverem em serviço.

O texto será encaminhado ao governador Wilson Witzel, que decidirá, em até 15 dias, se sanciona ou veta a proposta. Fonte: Agência Brasil

 

 

Foto: Ilustrativa

Na barriga da mãe, bebê é baleado na cabeça

quarta-feira, abril 10th, 2019

Pai do céu. Um bebê foi baleado na cabeça ainda na barriga da mãe no Rio de Janeiro. De acordo com informações da imprensa local, a mulher fez uma cesariana de emergência em um hospital, onde continua internada. Em entrevista ao UOL, a irmã dela disse que as vítimas estão se recuperando. “Graças a Deus estão melhorando”, disse.

Familiares relatam que a gestante estava com outros filhos em uma festa infantil. Ela foi atingida por três disparos de arma de fogo. Não há informações sobre a origem dos tiros.

 

 

 

 

Foto: Reprodução/Facebook

Temporal, três mortos e estágio de crise

terça-feira, abril 9th, 2019

Pelo menos três pessoas morreram durante a chuva que atinge, desde a noite de segunda-feira, dia 8/4, a Cidade do Rio de Janeiro. Duas delas foram vítimas de um deslizamento no Morro da Babilônia, no bairro do Leme.

A terceira morte, por afogamento, foi registrada na  Avenida Marquês de São Vicente, na Gávea. Segundo relatos, um homem que estava na garupa de uma moto acabou derrubado pela correnteza e arrastado pela água. Quando o alagamento na via diminuiu, o corpo foi encontrado preso embaixo de um carro.

O município do Rio de Janeiro está em estado de crise desde a noite de segunda-feira, dia 8/4. As áreas mais afetadas foram as zonas sul e oeste. O temporal alagou ruas, derrubou árvores, destruiu carros e inundou túneis por toda a Cidade.

De acordo com dados do Alerta Rio, o sistema de monitoramento meteorológico da prefeitura do Rio, o volume de chuva acumulado em apenas quatro hora na noite dessa segunda foi até 70% maior do que o esperado para todo o mês de abril em alguns pontos dessas regiões.

Na zona oeste, a estação medidora da Barrinha registrou 212 milímetros de chuva entre as 18h e as 22h. No mesmo período, na zona sul, choveu 168 milímetros em Copacabana, 164 na Rocinha e 149 no Jardim Botânico.

As sirenes de alerta para risco de deslizamento de terra foram acionadas em 21 das 103 comunidades monitoradas pela Defesa Civil Municipal. Mas, segundo moradores, o alarme não chegou a ser acionado no Morro da Babilônia porque estava faltando energia na comunidade no momento do temporal.

A chuva também provocou o desabamento de mais um trecho da Ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer. Desta vez, a parte que caiu fica próxima do bairro de São Conrado. O desabamento ocorreu por volta das 22h, quando a via já estava fechada. Foi  o quarto incidente desse tipo desde a inauguração da ciclovia, em janeiro de 2016. Um deles foi causado por ondas, durante uma ressaca, e três por temporais. Fonte: Agência Brasil

 

Foto: Reprodução/TV Record