Posts Tagged ‘Polícia Federal’

SSP-BA comanda operação de combate a quadrilha que agia em 4 estados

terça-feira, maio 21st, 2019

Uma ação integrada da Polícia Militar da Bahia, com a Polícia Federal e forças de segurança dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Paraná, terça-feira, dia 21/5, resultou na desarticulação de uma organização criminosa envolvida com tráfico de drogas, de armas, homicídios, roubos, entre outras práticas ilícitas. Em território baiano foram apreendidos pouco mais de 20 kg de drogas e três armas de fogo. Dois criminosos acabaram presos.

Na Cidade de Alcobaça, Extremo Sul da Bahia, guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica, da 88ª CIPM (Alcobaça) e da PF cumpriram mandado de prisão contra Lídio do Rosário Fonseca, 38 anos. Em sua residência, no bairro Farol, foram encontrados sete quilos de maconha, meio quilo de cocaína e um revólver calibre 32.

Ainda na mesma Cidade, só que na Rua do Atum, os policiais vasculharam uma casa com mandado de busca e apreensão e localizaram mais 1 kg de cocaína com Bruno Paixão Tavares, 22, que terminou preso em flagrante. Em um último endereço descoberto durante a investigação da PF, na zona rural, as forças de segurança acharam mais 10 kg de maconha, três quilos de cocaína e duas espingardas.

Em Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, a PF interceptou José Antônio da Paixão Júnior, o ‘Juninho Bajon’, quando tentava fugir para o Paraguai. Ele é apontado como líder da organização criminosa com atuação interestadual.

“Grande trabalho integrado. Estamos à disposição da nossa coirmã PF para qualquer tipo de missão. Diariamente desempenhamos ações integradas ampliando a nossa parceria e respeito”, comentou o subcomandante-geral da PM, coronel Paulo Uzêda.

Fotos/fonte: SSP e PM-BA

Ex-presidente Temer se apresenta à Polícia Federal

quinta-feira, maio 9th, 2019

Voltou. Michel Temer, ex-presidente da República, se apresentou nesta quinta-feira, dia 9/5, à Polícia Federal em São Paulo. Temer teve habeas corpus revogado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

A juíza Carolina Figueiredo, da 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, havia estabelecido prazo até às 5 da tarde,  para que o político se entregasse.

Michel Temer deixou a casa dele em um carro preto com quatro veículos de escolta, sem falar com a imprensa, a caminho da sede da Polícia Federal.

 

Foto: Reprodução

Lava Jato deflagra 61ª fase para apurar esquema de lavagem de dinheiro em banco

quarta-feira, maio 8th, 2019

Êta. A Operação Lava Jato deflagrou na manhã desta quarta-feira 8/5, sua 61ª fase. Batizada de “Disfarces de Mamom”, a incursão cumpre três mandados de prisão preventiva e 41 mandados de busca e apreensão em 35 cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

A ação mira um esquema de lavagem de dinheiro em um banco.

De acordo com a PF, os presos são funcionários do banco investigado. Um deles trabalhava na mesa de câmbio, um era diretor da área de operações de câmbio e outro era diretor geral da instituição. Os nomes deles não foram divulgados, até o momento.

Esses altos funcionários faziam a contratação de empresas de fachada, que emitiam notas fiscais e contratos fictícios para justificar serviços não prestados. Dessa maneira, pagamentos feitos e recebidos pelo banco no exterior eram encobertos.

A PF informou que as investigações, que originaram esta nova fase da operação, começaram a partir de depoimentos e colaborações de três administradores de uma instituição financeira no exterior.

O nome da operação remete a uma passagem bíblica “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Mateus 6.24). 

 

 

 

Foto: Divulgação

PF apreende helicóptero avaliado em 4 milhões com 500 quilos de cocaína

sábado, abril 13th, 2019

Não corre ninguém! Um helicóptero avaliado em R$ 4 milhões e carros de luxo foram apreendidos neste sábado, dia 13/4, numa operação de combate ao tráfico de drogas no estado de São Paulo. Ainda foram apreendidos quase 500 kg de cocaína. Segundo a imprensa local, dois caras acabaram presos, o piloto da aeronave e o ajudante dele. Outros dois integrantes da quadrilha estão sendo procurados.

A PF informou que helicóptero estava num canavial na Cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Os veículos estavam na capital.

Através de nota, a assessoria de imprensa da PF informou que a operação Flying Low foi deflagrada neste sábado, dia 13/4, com o objetivo de combater organização criminosa envolvida com tráfico ilícito de entorpecente, realizado por meio aéreo. As investigações estavam em curso por pelo menos um ano.

Ainda de acordo com a imprensa local, a cocaína era transportada em um helicóptero. A organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a transportava para o estado de São Paulo. O fato de a aeronave ser em avaliada aproximadamente em R$ 4 milhões e não ter autonomia para o percurso todo, fazia uma parada para reabastecimento em matagal ermo na Cidade de Presidente Prudente, onde os traficantes terminaram abordados pelos federais. Duas pessoas foram presas, sendo que as ações continuam com o apoio da Polícia Militar (PM).

Segundo informações, vinte policiais federias participaram do trabalho, contando com o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional da PF (CAOP ) e da PM.

Na operação, foram apreendidos arma, veículos e dinheiro em espécie. As diligências continuam para desarticulação da organização criminosa.

 

 

 

Foto: Divulgação/PF-SP

Urgente: Jogador de futebol é preso pela Polícia Federal

terça-feira, abril 9th, 2019

Vixe. Um jogador de futebol foi preso em flagrante pela Polícia Federal,  na segunda-feira 8/4, na Cidade de Feira de Santana, no interior da Bahia. Segundo a PF, o atleta apresentou documento falso para retirar o passaporte brasileiro no SAC da Cidade.

O jogador afirmou aos policiais que conseguiu uma certidão de nascimento falsa com um “olheiro” com o objetivo de diminuir a sua idade e possibilitar a contratação por times de futebol.

De posse da certidão de nascimento falsa, o jogador conseguiu obter carteira de identidade em Sergipe e com este documento, requereu um passaporte brasileiro em Feira de Santana.

O sistema da Polícia Federal detectou a compatibilidade biométrica das digitais coletadas do jogador com o de pessoa diversa da do requerente do passaporte.

Ao ser abordado pelos policiais federais e questionado sobre a sua real identidade, o jogador confessou o crime e informou que pretendia tirar o passaporte para poder viajar para a Europa em busca de realizar o seu sonho de jogar em um time estrangeiro.

O jogador foi autuado em flagrante por ter cometido os crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso e fica custodiado no Presídio da Cidade, à disposição da Justiça Federal de Feira de Santana.

 

 

 

 

Foto: Divulgação

Polícia Federal cumpre mandados em operação na Bahia,Sergipe e Pernambuco

quinta-feira, abril 4th, 2019

Não corre ninguém. A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira 4/4, a Operação Acesso Negado, nas cidades de Aracaju, Poço Redondo, Frei Paulo, Macambira, Campo do Brito, Salvador e Petrolina. A ação é comandada pela Polícia Federal e visa desarticular uma organização criminosa responsável por desvio de recursos públicos.

A ação compõe a terceira, quarta e quinta fases da Operação Acesso Negado, que foi desencadeada em novembro de 2015, com segunda fase deflagrada em fevereiro de 2019. As novas fases investigam irregularidades na contratação feita pelos municípios de Frei paulo, Macambira e Poço Redondo, da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), denominada Instituto Sócio Educacional Solidariedade (ISES).

A operação

De acordo com a PF, as operações indicam que após vencer um concurso de projetos que seriam corrompidos, o ISES foi contratado pelas prefeituras de Frei Paulo, Macambira e Poço Redondo. O instituto teria realizado contratos superfaturados com pessoas físicas e jurídicas, que seriam integrantes do seu próprio grupo econômico. Os contratados não estariam prestando os serviços que estavam obrigados e assim, o ISES estaria recolhendo os valores pagos pelos municípios.

A ação policial possui 76 agentes federais que cumprem 27 mandados de busca e apreensão expedidos pela 6ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Itabaiana (SE). Os mandados serão cumpridos nos estados de Sergipe Bahia e Pernambuco. Também foram expedidas medidas cautelares de proibição de contratar com o poder público por parte da OSCIP e de bloqueio de cerca de R$ 440.000 do patrimônio dos suspeitos.

Os envolvidos no crime irão responder por delitos de participação em organização criminosa, desvio de verbas públicas praticado por prefeito, fraude em licitação e lavagem de dinheiro.

 

 

 

Foto: Divulgação | Polícia Federal

Deputada vai à PF e cobra investigação contra grupo de whatsapp por fake news

terça-feira, abril 2nd, 2019

Caso de Polícia. A deputada federal Dayane Pimentel (PSL/BA) , à sede da Polícia Federal em Salvador, na segunda-feira, dia 1º/4, para pedir uma investigação sobre um crime de calúnia e de falsidade ideológica cometidos contra a congressista e sua secretária parlamentar.

Segundo informações, em um grupo de WhatsApp intitulado “Dayane (saiba a verdade)”, foi divulgada uma suposta montagem de uma conversa, onde a assessora teria dito a um interlocutor que repassaria parte de seu salário ao marido da parlamentar, o secretário-geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel.

Conforme a assessoria de comunicação da parlamentar, o “print” da falsa conversa do WhatsApp contém erro brutal que denuncia a manipulação da imagem. O fato criminoso, segundo a assessoria, foi descoberto imediatamente pela Polícia Federal.

“Vim à sede da Polícia Federal pedir a investigação imediata dessa calúnia. Trouxemos à autoridade policial os prints das mensagens que estão em grupos criminosos de WhatsApp. Eu, inclusive, pedi para ser ouvida na condição de investigada, de maneira que toda essa monstruosidade seja esclarecida e os culpados punidos. Autorizei a PF a devassar a minha vida. Me coloco à disposição da Polícia Federal e da Justiça para que sejam apurados todos esses fatos”, bradou a deputada, ao deixar a sede da PF em Salvador.

 

 

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão contra ex-governador

quinta-feira, março 28th, 2019

Êta. A Polícia Federal cumpre, nesta quinta-feira 28/3, mandados de busca e de prisão na Operação Decantação 2, que apura fraude em licitações e desvio de dinheiro na Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).

O ex-governador José Eliton (PSDB) é alvo de mandados de busca e apreensão.

Segundo informações da PF, empresários, dirigentes da empresa e agentes públicos são investigados por envolvimento pelos desvios, cometidos entre os anos de 2012 e 2016.

Ao todo, a ação cumpre cinco mandados de prisão temporária e oito de busca, em endereços de investigados e pessoas ligadas ao ex-governador, em Goiânia e Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

 

 

 

Foto: Reprodução

Presos ex-presidente Temer e ex-ministro Moreira Franco

quinta-feira, março 21st, 2019

Na cadeia. O ex-presidente da República Michel Temer (MDB), foi preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira, dia 21/3, pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Agentes da Polícia Federal também prenderam o ex-ministro Moreira Franco no Rio de Janeiro. Franco é ex-governador do Rio. Segundo a imprensa nacional, a PF cumpre mandados contra mais seis pessoas, entre elas empresários.

Em poder da Polícia, Michel Temer será levado para o Aeroporto de Guarulhos, e de lá, embarca em um voo para o Rio de Janeiro em um avião da Polícia Federal. Temer deve fazer exame de corpo de delito no IML em um local reservado e não deve ser levado à sede da PF de São Paulo.

Foto: Reprodução

 

 

 

Salvador: PF e CGU deflagram operação contra desvio de recursos na secretaria de saúde

quarta-feira, março 20th, 2019

A Controladoria Geral da União (CGU) participa, nesta quarta-feira (20), no estado da Bahia, da Operação Kepler. O trabalho é realizado em parceria com a Polícia Federal (PF). O objetivo é combater esquema de desvio de recursos da Saúde em Salvador (BA).

As investigações tiveram início a partir de fiscalização da CGU na Secretaria Municipal da Saúde (SMS), quando foram constatadas irregularidades na contratação do Instituto Médico de Gestão Integrada (IMEGI) para prestação de serviços na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paripe, no Multicentro Liberdade e no Multicentro Carlos Gomes.

Os certames vencidos pelo IMEGI foram direcionados, mediante alteração injustificada das exigências de habilitação e do tipo de licitação (de técnica e preço para menor preço), além de ter ocorrido favorecimento no julgamento das propostas. Tais irregularidades permitiram que o Instituto, que não possuía a capacidade operacional exigida pela Prefeitura, se sagrasse vencedor das licitações.

Os serviços foram contratados em valor superior ao custo efetivo de manutenção das unidades de saúde, chegando a 34% para os Multicentros e 16% para a UPA. Segundo as apurações, o IMEGI, que formalmente se define como organização sem fins lucrativos, recebeu, em função dos três contratos firmados com a SMS, um total de R$ 30.671.289,90, sendo R$ 8.099.345,01 em valores superfaturados.

A Operação Kepler consiste no cumprimento, na capital baiana, de 10 mandados de busca e apreensão; e sequestro de bens dos principais envolvidos. O trabalho conta com a participação de policiais federais e de 17 auditores da CGU.

Expertise em fraude 

O IMEGI foi precedido em seu modus operandi pelo Instituto Médico Cardiológico da Bahia (IMCBA), outra entidade que também atuava na área de Saúde, praticando desvios de recursos, fraude a licitações e lavagem de dinheiro. O esquema criminoso foi descortinado na Operação Copérnico, deflagrada em julho de 2016.

À época, os dirigentes do IMEGI eram funcionários do IMCBA. Com isso, adquiriram a expertise no modelo de fraude praticado, dando continuidade ao esquema por meio de outra associação civil de direito privado, que supostamente não possuía fins lucrativos nem econômicos. Conforme CGU

 

 

Foto: Divulgação

Policiais civis e federais protestam contra mudanças propostas na reforma da Previdência

segunda-feira, fevereiro 25th, 2019

E aí? As entidades que representam policiais federais e civis vão procurar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para falar sobre a reforma da Previdência, segundo informou a coluna Painel, do jornal Folha de Paulo.

O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Edvandir Felix de Paiva, na quarta-feira 20/2, antecipou ao diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, a insatisfação da categoria. 

“A aposentadoria é a única coisa palpável que o policial tem. O resto é dificuldade no orçamento, no trabalho, e morte”, afirmou.

 

 

 

Foto: Reprodução

Polícia Federal encontra mais de 20 mil pés de maconha durante operação

sexta-feira, fevereiro 22nd, 2019

A Polícia Federal encontrou cerca de 23 mil pés de maconha em Cidades do norte da Bahia durante uma operação realizada entre os dias 14 e 21 de fevereiro. A informação foi divulgada pelo órgão nesta sexta-feira 22/2.

Segundo a PF, a ação, batizada de Facheiro I, foi feita nas Cidades de Curaçá, Várzea Nova, Xique-Xique e Pilão Arcado.

De acordo com a Polícia Federal, estudos científicos feitos pelo Instituto Nacional de Criminalística do órgão, a quantidade de maconha achada na operação seria capaz de produzir aproximadamente sete toneladas da droga pronta para o consumo. As plantações foram erradicadas.

A operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro, também no norte baiano, com a participação de equipes de aviação operacional da PF e da Polícia Militar do Distrito Federal, do Exército Brasileiro, das Polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros da Bahia.

Foto: Polícia Federal/ Divulgação

Ex-Policial e comparsas são presos por contrabando

quinta-feira, fevereiro 21st, 2019

Cadeia neles. Uma quadrilha de contrabando de cigarros foi desarticulada, na manhã desta quinta-feira 21/2, na Cidade de Irecê, no interior da Bahia, numa ação conjunta executada pelas Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Semiárido e Litoral Norte e Polícia Federal.

Na ação, foram apreendidas 700 caixas de cigarros e sete criminosos, no momento em que descarregavam os produtos num depósito localizado às margens da BA-052, em Irecê. Um deles é ex-policial militar, excluído da corporação em 2007, por prática de extorsão.

“Fomos acionados pela PF, na terça-feira, dia 19/2, depois da instituição receber informes sobre o bando. Dividimos as equipes e, enquanto umas faziam o acompanhamento do caminhão, outras foram ao local, onde seria descarregado o material”, explicou o comandante da Cipe Semiário, major Carlos Maltez, acrescentando que parte dos criminosos já estava no depósito “e, quando o restante do grupo chegou, demos o flagrante”.

Além dos cigarros contrabandeados, também foram apreendidos três caminhões e um veículo. O grupo criminoso e todo material apreendido foram encaminhados para a sede da Polícia Federal, em Salvador. 

Foto: Divulgação SSP

Polícia Federal deflagra ação para desarticular organização internacional de drogas

quinta-feira, fevereiro 21st, 2019

A Polícia Federal deflagrou a Operação Flak nesta quinta-feira 21/2, para desarticular uma organização criminosa especializada no transporte aéreo de drogas para o Brasil, Estados Unidos e Europa. No total, são cumpridos 54 mandados de prisão e 81 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas (TO).

A investigação começou há dois anos, no período de 2017 a 2018. Foram identificados 23 voos transportando em média 400 quilos de cocaína cada, no total de mais de nove toneladas.

Segundo os investigadores, aviões eram adulterados para ter mais tempo de vôo.

 

 

 

Foto: Agência Brasil

Polícia Federal deflagra 60ª Fase da Operação Lava Jato para investigar lavagem de dinheiro

terça-feira, fevereiro 19th, 2019

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira 19/2, em cooperação com o Ministério Público Federal e com a Receita Federal,  a 60ª fase da Operação Lava Jato, denominada Ad Infinitum.

O objetivo é apurar a existência de um complexo e sofisticado método de lavagem de dinheiro envolvendo o repasse de quantias milionárias ao chamado Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.

O esquema funcionava por meio da atuação de operadores financeiros, entre os anos de 2010 a 2011, para que a empresa irrigasse campanhas eleitorais e efetuasse o pagamento de propina a agentes públicos e políticos aqui no Brasil.

Cerca de 46 policiais  federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão em 10 localidades diferentes, além de 01 mandado de prisão preventiva, nas cidades de São Paulo, capital, São José do Rio Preto, Guarujá e Ubatuba, todas no estado de São Paulo.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Polícia Federal apreende quase 2 toneladas de droga

domingo, fevereiro 17th, 2019

Haja droga. Quase 1.600 quilos de maconha foram apreendidos no sábado 16/2, pela Polícia Federal (PF) durante uma abordagem a uma carreta que transportava farelo de milho, após denúncia anônima.

O veículo trafegava pela BR 277, quando foi parado pelos policiais no posto da PRF de Santa Terezinha do Itaipu, no Paraná.

Na carga, o motorista que ia para Anápolis, Cidade do estado de Goiás, não soube explicar o itinerário para os policiais, que decidiram inspecionar a carga.

Em meio ao farelo, os policiais constataram a presença de vários fardos com tabletes de maconha, totalizando 1.594 quilos da droga.

O motorista foi preso em flagrante e a carga e o caminhão aprendidos, sendo conduzidos para a Delegacia da PF em Foz do Iguaçu.

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Polícia Federal desarticula quadrilha especializada em roubo de carga em Feira de Santana

quinta-feira, fevereiro 14th, 2019

Não corre ninguém. As Polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF) deflagraram na manhã desta quinta-feira 14/2,  a operação “Feira Livre”, que visa desarticular associação criminosa, radicada na Cidade de Feira de Santana, no interior da Bahia, onde era praticado furto e receptação de mercadorias.

A atuação da quadrilha era baseada no aliciamento de caminhoneiros, mediante vantagem financeira, para que realizassem o desvio, total ou parcial, da carga transportada. Os presos foram indiciados pelos crimes de furto e receptação qualificados, além de associação criminosa.

Trata-se de um desdobramento da Operação “Transbordo”, deflagrada pelas Polícias Federal e Rodoviária Federal de Alagoas em julho de 2018, ocasião emque foram cumpridos mais de 170 mandados judiciais em vários estados – 38 deles na Bahia.

Estão sendo cumpridos 17 mandados de prisão (quatro preventivas e 13 temporárias) e 17 mandados de busca nas cidades de Feira de Santana e Salvador, na Bahia; Santa Rita, na Paraíba; e São Paulo, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Sumaré, no Estado de São Paulo.

 

 

 

Foto: Agência Brasil

Operação desarticula organização criminosa na Bahia, Sergipe e Pernambuco

terça-feira, fevereiro 12th, 2019

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira 12/2, a Operação Acesso Negado – Game Over. A ação se estende a Aracaju, Salvador, Feira de Santana, Juazeiro e Petrolina, com o foco de desarticular organização criminosa responsável por desvio de recursos públicos.

Esta é a segunda fase da Operação Acesso Negado, que iniciou em novembro de 2015 e foi fruto de mais de três anos de investigação, tendo como resultado a confirmação de irregularidades na contratação pelo Município de Canindé de São Francisco, da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), denominada Instituto Sócio Educacional Solidariedade (ISES).

De acordo com PF, as apurações constataram que após vencer um concurso de projetos composto de vícios do qual resultou a sua contratação pela Prefeitura de Canindé de São Francisco, o ISES realizou contratos superfaturados com pessoas físicas e jurídicas, integrantes do seu próprio grupo econômico. Esses contratados não prestavam serviços ao que estavam relacionados, de forma que o instituto suspeito apenas recolhia para si os valores pagos pela prefeitura.

 

 

 

Foto: Divulgação/Polícia Federal

Bolsonaro pede que Polícia Federal esclareça facada que sofreu na campanha

segunda-feira, fevereiro 11th, 2019

O presidente Jair Bolsonaro cobrou, no domingo 10/2, que a Polícia Federal esclareça “nas próximas semanas“ quem foi, ou “ quem foram “, os mandantes do atentado sofrido por ele no dia 6 de setembro , em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral.

“Espero que a nossa  querida Polícia Federal, polícia que nos orgulha a todos, que tenha uma solução para o nosso caso nas próximas semanas. Esse crime, essa tentativa de homicídio, esse ato terrorista praticado por um ex-integrante do PSOL, não pode ficar impune. E nós queremos, sim, e gostaríamos, que a PF indicasse, obviamente que, com dados concretos, quem foi, ou quem foram os responsáveis por determinar que o Adélio [Bispo de Oliveira] praticasse aquele crime”, disse Bolsonaro no primeiro vídeo gravado por ele no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado.

Postado no Twitter, no vídeo, que tem duração de 1 minuto e 44 segundos, Bolsonaro agradece o tratamento que recebeu da equipe médica em São Paulo Einstein e também na Santa Casa de Juiz de Fora, onde teve o primeiro atendimento após o ataque.

O presidente destaca ainda que sabe que poucos no país podem receber um tratamento como o que ele teve direito. “Temos plena consciência [de] que nosso SUS [Sistema Único de Saúde] pode melhorar, e muito, e tudo faremos para que isso se torne uma realidade”, afirmou Bolsonaro no vídeo.

 

 

 

Foto:Reprodução

*Agência Brasil

Polícia Federal deflagra a 59ª fase da Operação Lava Jato

quinta-feira, janeiro 31st, 2019

Olha aí. A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira 31/1, a 59ª fase da Operação Lava Jato denominada Quinto Ano.

Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e 3 de prisão temporária em São Paulo e Araçatuba. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

A investigação colheu indícios de que diversas empresas pagaram vantagens indevidas de forma sistemática a executivos da Transpetro.

De acordo com a PF, o percentual de propina que alcançou o montante de até 3% do valor de 36 contratos formalizados com a estatal entre 2008/2014. Consta que os contratos somam o total de mais de R$ 682 milhões.

 

 

Foto: Reprodução/Agência Brasil