Posts Tagged ‘pesquisa ibope’

Pesquisa Ibope: Bolsonaro lidera com 22%

quarta-feira, setembro 5th, 2018

Corrida presidencial. O Ibope divulgou nesta quarta-feira, dia 5/9, a pesquisa recente de intenção de voto na corrida presidencial. O Instituto explicou em nota que a pesquisa de intenção de votos realizada entre os dias 1º e 3 de setembro não incluiu o ex-presidente Lula (PT), devido aos decorrentes indeferimentos de sua candidatura.

“O Ibope deixou de aplicar o questionário em que o nome de Lula aparecia como postulante ao cargo de presidente da República, como constava no registro da pesquisa feita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O instituto pesquisou apenas o cenário em que o nome de Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, aparecia juntamente com os candidatos que pediram registro.  Diante disso, e convicto de que agiu de boa fé e dentro da lei, e, ainda, no intuito de não privar o eleitor de informações relevantes sobre a situação atual das intenções de voto na eleição presidencial, o Ibope decidiu liberar os resultados da pesquisa para divulgação, decisão que contou com o apoio dos contratantes TV Globo e o ‘Estado de S.Paulo‘”, disse.
Confira os números:
  • Jair Bolsonaro (PSL): 22%
  • Marina Silva (Rede): 12%
  • Ciro Gomes (PDT): 12%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
  • Fernando Haddad (PT): 6%
  • Alvaro Dias (Podemos): 3%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera (PSTU): 1%
  • João Goulart Filho (PPL): 1%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 21%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

 

 

 

Foto: Divulgação

Pesquisa Ibope: Lula lidera com 37%; sem petista Bolsonaro tem 20%

terça-feira, agosto 21st, 2018

O Ibope divulgou uma pesquisa de intenção de voto na segunda-feira 20/8. Atual candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva lidera.

Em um cenário considerando o ex-presidente na disputa, Lula surge com 37% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro (PSL) com 18%, Marina Silva (Rede) com 6% e Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), ambos com 5%, Alvaro Dias (Podemos) com 3%,Eymael (DC), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) com 1%, Cabo Daciolo (Patriota), Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL) não pontuaram. Brancos e nulos somam 16%; não sabem ou não responderam são 6%.

A pesquisa também testou a preferência do eleitorado com Lula fora e com o vice de sua chapa, Fernando Haddad, concorrendo. Neste cenário, Bolsonaro aparece na liderança com 20%,seguido de Marina Silva (12%), Ciro Gomes (9%), Geraldo Alckmin (7%), Haddad (4%), Alvaro Dias (3%), Eymael (1%), Guilherme Boulos (1%), Henrique Meirelles (1%), João Amoêdo (1%), Cabo Daciolo (1%), Vera (1%), João Goulart Filho (1%).  Brancos e nulos são 29%. Não sabem ou não responderam, 9%.

 

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Pesquisa aponta que de ACM Neto deve ganhar no primeiro turno

segunda-feira, agosto 22nd, 2016

14040165_1193568677374917_4653215537432508148_n

A pesquisa. A primeira pesquisa Ibope/BATV divulgada na noite desta segunda-feira, dia 22/8, aponta sucesso do prefeito ACM Neto (DEM), que deve ganhar no 1º turno com 68% das intenções de votos. Tecnicamente empatados estão na segunda posição a candidata Alice Portugal (PCdoB) e o Pastor Sargento Isidório (PDT) com 8% e 6% respectivamente. Fábio Nogueira (PSOL) e Rogério Da Luz (PRTB) pontuam 1%. Cláudio Silva (PP) e Célia Sacramento (PPL) não pontuaram. Brancos e nulos somam 13% e 3% não responderam.

 

Foto: Reprodução/Facebook

Nem Dilma, nem Temer: maioria quer nova eleição, diz pesquisa Ibope

terça-feira, abril 26th, 2016

Vice-presidente Michel Temer e presidente Dilma Rousseff durante cerimônia no Palácio do Planalto em 24 de novembro de 2015. REUTERS/Ueslei Marcelino

Êta. A maioria dos brasileiros opta por realização de novas eleições para a solução da crise política, segundo uma pesquisa divulgada pelo Ibope na segunda-feira, dia 25.

De acordo com o levantamento, 62% dos entrevistados disseram que a melhor forma de superar o caos político atual seria que Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) deixassem o governo, para que novas eleições fossem convocadas.
Outros 25% afirmaram que o melhor seria Dilma continuar o mandato, mas com um novo pacto entre governo e oposição.
Apesar da baixa popularidade da presidente, que enfrenta um processo de impeachment no Congresso, a rejeição de Temer é muito maior: apenas 8% por cento afirmaram que o ideal seria que o vice- presidente assumisse.

Sobre a aprovação do governo atual, 49% disseram que não estão “nada satisfeitos”, enquanto 34% declararam estar “pouco satisfeitos” – só 12% aprovam a gestão de Dilma.

Foram ouvidas 2.022 pessoas, em 142 municípios, entre os dias 14 e 18 de abril. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Foto: Reprodução/Reuters

Sete em cada 10 consideram governo Dilma péssimo

terça-feira, dezembro 15th, 2015

Vixe. Segundo uma pesquisa feita pelo Ibope e divulgada nesta terça-feira, dia 15,  pela Confederação Nacional da Indústria, sete em cada dez brasileiros consideram o governo da presidente Dilma Rousseff ruim ou péssimo. Apenas 9% das pessoas avaliaram como ótimo ou bom. No último levantamento, 10% dos eleitores aprovavam o governo.

O estudo foi realizado entre os dias 04 e 07 de dezembro, ouvindo 2.002 pessoas, em 143 municípios. O nível de confiança é de 95%.

Foto: Divulgação

Ibope diz que 55% não votariam em Lula nas eleições 2018

segunda-feira, outubro 26th, 2015

lula-jf-diorio-estadao

Êta. Segundo a pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira, dia 26, pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, o percentual daqueles que dizem que não votariam de jeito nenhum no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na próxima eleição a presidência da República em 2018, aumentou de 33% (maio de 2014) para 55%. O índice dos que votariam em Lula em 2018 é de 23%. Em maio do ano passado, o percentual de possíveis eleitores era de 33%.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 21 de outubro e testou também os nomes dos tucanos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, além de Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT). A rejeição a Lula foi a maior entre todos os nomes testados. Mas os outros nomes também apresentam aumento na rejeição. Segundo o Ibope, cresceu o percentual dos que não votariam de jeito nenhum em Aécio (de 42% para 47% em um ano), em Marina (de 31% para 50% em um ano) e em Serra (de 47% para 54% em dois anos). Não há comparativo para a rejeição a Alckmin e a Ciro Gomes, ambos com rejeição de 52%.

As taxas não somam 100% porque um eleitor pode apontar que votaria em mais de um candidato ou que não votaria em nenhum deles.

Foto: Reprodução