Posts Tagged ‘temporal’

“Ciclone bomba” provoca temporal e mortes em Santa Catarina

quarta-feira, julho 1st, 2020

Pai do céu. Os ventos fortes e chuvas que atingiram Santa Catarina nesta terça-feira (30) deixaram três mortos, segundo levantamento do Corpo de Bombeiros Militar do estado, até as 18h. O fenômeno “ciclone-bomba”, aconteceu em partes da Região Sul do país, provocando grandes estragos devido aos ventos que atingiram 120 km/h.

Uma idosa de 78 anos morreu em Chapecó atingida por uma árvore, e um homem, em Santo Amaro da Imperatriz, morreu após ser atingido por fios de alta-tensão. A terceira morte aconteceu na cidade de Tijucas após um desabamento. No local, outra pessoa está desaparecida. 

Segundo levantamento das coordenadorias regionais da Defesa Civil de Santa Catarina, 25 municípios foram atingidos no estado e os bombeiros atenderam a 900 ocorrências. A Defesa Civil relatou que ventos chegaram a 120km/h no Morro da Igreja, no Parque Nacional de São Joaquim, próximo ao município de Bom Jardim da Serra.

Paraná

As fortes chuvas também chegaram ao Paraná, atingindo entre outras, a capital do estado, Curitiba, e cidades próximas. Até as 19h desta terça-feira (30), a prefeitura de Curitiba registrou 406 solicitações de ocorrências com quedas de árvores ou galhos, em vias públicas e terrenos particulares. No entanto, muitas chamadas foram para um mesmo endereço.

“Enquanto estiver chovendo, a orientação da Defesa Civil é que se evite sair de casa. Se a pessoa já estiver na rua, deve evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, estando a pé ou de carro. Redobre a atenção e reduza a velocidade”, diz boletim da Defesa Civil de Curitiba.

Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), site de meteorologia oficial do Paraná, uma nova frente fria formou-se nesta terça-feira sobre o Sul do Brasil, com acumulados acima dos 100 milimetros em alguns municípios dos dois estados. 

“Este sistema frontal avança também pelo Paraná ao longo do dia, mas com chuva menos expressiva prevista. Algum temporal pontual não está descartado, e os ventos de norte/noroeste sopram com intensidade moderada a forte por alguns momentos”, diz nota no site.

ASSISTA AO VÍDEO:

Fotografia: Agência Brasil

*Com informações da Agência Brasil

Carros e ambulância são arrastados pela forte chuva

sexta-feira, março 6th, 2020

O temporal que caiu na Cidade de Vitória da Conquista, na Região Sudoeste da Bahia, teve raios, trovões, e veículos arrastados, na madrugada desta sexta-feira 6/3.

Segundo informações da imprensa local, a água invadiu o estacionamento do Escritório Regional da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) e arrastou vários carros para o meio da rua. Uma ambulância também foi arrastada pela enxurrada.

Foto: Reprodução/Blog Anderson

Temporal causa alagamentos no interior da Bahia

quarta-feira, março 4th, 2020

Um temporal que atingiu a Cidade de Barra, no interior da Bahia, durante a madrugada de terça-feira, 3/2, causou grandes estragos para muitos moradores. Alagamentos foram registrados em vários pontos da Cidade. Não houve registro de vítimas.

De acordo com relatos nas redes sociais, a força da água chegou a invadir residências. O cais do Rio São Francisco, um dos pontos turísticos da cidade, foi um das regiões mais atingidas pelo temporal. Parte da estrutura do local acabou desabando durante a chuva.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O temporal e os milhares de desabrigados

terça-feira, março 3rd, 2020
Moradores numa rua inundada do Rio de Janeiro

Misericórdia. Cerca de 5 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas por causa da chuva no estado do Rio de Janeiro. A informação é do último boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual (Sedec-RJ) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. Os números dos boletins são atualizados pela Defesa Civil dos municípios e mudam a todo instante.

Por causa da chuva, os bombeiros atenderam mais de 800 chamados no estado do Rio de Janeiro desde sábado, 29/2. Os atendimentos incluem salvamentos, cortes de árvores, buscas e resgates.

As equipes da Defesa Civil Estadual estão trabalhando diretamente nos municípios mais afetados, que pediram apoio em razão dos grandes danos causados pelas precipitações.

De acordo com o boletim, aproximadamente 3 mil itens foram entregues, entre kits-dormitório e de higiene, galões de água e cestas básicas.

Foto: Reprodução/Reuters

Quatro pessoas morrem por causa das enchentes

terça-feira, fevereiro 11th, 2020

O Corpo de Bombeiros encontrou os corpos de duas mulheres que estavam em um carro que foi arrastado pelo transbordamento de um rio em Botucatu, no interior paulista. Elas estavam a 150 metros do veículo e no carro havia mais um homem, que ainda não foi encontrado.

De acordo com informações dos Bombeiros, na segunda-feira, dia 10/2, na Cidade de Marília, também interior paulista, uma cratera foi aberta no km 308 da Rodovia Dona Leonor Medes de Barros, e um caminhão e um carro caíram no buraco, matando o motorista do carro.

A quarta vítima também foi um motorista que caiu com um caminhão em outro braço aberto na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu. O caminhão com o motorista foi sugado com a força da água para o buraco e desapareceu, sendo encontrado horas depois a mais de 1 quilômetro de distância.

As buscas começaram na segunda-feira após o temporal que atingiu a cidade e foram retomadas na manhã desta terça-feira, dia 11/2. Os bombeiros seguem em buscas pelo homem que também estava no carro. Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação

Marinha alerta para ventos de até 90 km/h na Bahia durante ciclone

quarta-feira, janeiro 22nd, 2020

A Marinha do Brasil emitiu um alerta na noite de terça-feira 21/1 para o índice de ventos fortes na Bahia por conta da passagem de um ciclone no litoral do estado. Segundo o comando militar, a partir desta quinta-feira 23/1, o fenômeno pode apresentar características subtropicais, quando poderá ser classificado como Depressão Subtropical.

A formação do ciclone está associada ao estabelecimento de uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está sendo observada entre 26ºC e 27ºC. Caso a intensidade dos ventos observados alcance ou supere 63 km/h (34 nós), o fenômeno será reclassificado como Tempestade Subtropical “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”.

De acordo com a Marinha, a provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir de quinta-feira pela manhã.

São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também são esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, no estado da Bahia, entre as cidades de Caravelas (BA) e Ilhéus (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. 

Os ventos poderão ocasionar agitação marítima resultando em ondas de direção de Sudeste a Leste e
altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado de Santa Catarina, ao Norte de Laguna (SC) e o
estado do Rio de Janeiro, ao Sul de Arraial do Cabo (RJ), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também é
esperada agitação marítima resultando em ondas de direção de Nordeste a Norte e altura entre 3,0 e 4,0
metros em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia,
ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. 

O alerta foi emitido por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB).

Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Médico morre após ficar preso dentro de carro em temporal

segunda-feira, dezembro 9th, 2019

Pai do céu. A Cidade de Caetité, no Sudoeste da Bahia, foi atingida por um temporal entre o fim da tarde e início da noite de domingo 8/12. Segundo a Defesa Civil, um médico da Cidade, morreu.

De acordo com informações da imprensa local, com o aumento do volume de água nas ruas, o médico morreu após ficar preso dentro do carro que dirigia.

Foto: Reprodução

Temporal, três mortos e estágio de crise

terça-feira, abril 9th, 2019

Pelo menos três pessoas morreram durante a chuva que atinge, desde a noite de segunda-feira, dia 8/4, a Cidade do Rio de Janeiro. Duas delas foram vítimas de um deslizamento no Morro da Babilônia, no bairro do Leme.

A terceira morte, por afogamento, foi registrada na  Avenida Marquês de São Vicente, na Gávea. Segundo relatos, um homem que estava na garupa de uma moto acabou derrubado pela correnteza e arrastado pela água. Quando o alagamento na via diminuiu, o corpo foi encontrado preso embaixo de um carro.

O município do Rio de Janeiro está em estado de crise desde a noite de segunda-feira, dia 8/4. As áreas mais afetadas foram as zonas sul e oeste. O temporal alagou ruas, derrubou árvores, destruiu carros e inundou túneis por toda a Cidade.

De acordo com dados do Alerta Rio, o sistema de monitoramento meteorológico da prefeitura do Rio, o volume de chuva acumulado em apenas quatro hora na noite dessa segunda foi até 70% maior do que o esperado para todo o mês de abril em alguns pontos dessas regiões.

Na zona oeste, a estação medidora da Barrinha registrou 212 milímetros de chuva entre as 18h e as 22h. No mesmo período, na zona sul, choveu 168 milímetros em Copacabana, 164 na Rocinha e 149 no Jardim Botânico.

As sirenes de alerta para risco de deslizamento de terra foram acionadas em 21 das 103 comunidades monitoradas pela Defesa Civil Municipal. Mas, segundo moradores, o alarme não chegou a ser acionado no Morro da Babilônia porque estava faltando energia na comunidade no momento do temporal.

A chuva também provocou o desabamento de mais um trecho da Ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer. Desta vez, a parte que caiu fica próxima do bairro de São Conrado. O desabamento ocorreu por volta das 22h, quando a via já estava fechada. Foi  o quarto incidente desse tipo desde a inauguração da ciclovia, em janeiro de 2016. Um deles foi causado por ondas, durante uma ressaca, e três por temporais. Fonte: Agência Brasil

 

Foto: Reprodução/TV Record

Temporal deixa mortos no Rio de Janeiro

quinta-feira, fevereiro 7th, 2019

Misericórdia. O temporal que atingiu todo o Estado do Rio de Janeiro na noite de quarta-feira, dia 6/2, com ventos de até 110 quilômetros por hora (km/h) já causou a morte de pelo menos cinco pessoas.

Segundo informou em entrevista coletiva, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, duas pessoas morreram em Pedra de Guaratiba, na zona oeste, em consequência do desabamento de uma casa. Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Lourenço Jorge.

Na favela da Rocinha, em São Conrado, na zona sul, uma pessoa morreu em decorrência de uma queda de barreira. Na favela do Vidigal, na Avenida Niemeyer, a queda de um muro matou outra pessoa. Ainda no Vidigal, a queda de uma árvore nas rochas matou uma jovem, que ficou presa entre as ferragens de um ônibus praticamente destruído.

O número de mortos, no entanto, pode chegar a seis: há suspeita de que uma segunda pessoa ainda se encontre entre as ferragens do mesmo ônibus. Os bombeiros ainda estão no local tentando encontrar o corpo, já que a parte da frente do coletivo ficou totalmente destruída. Fonte: Agência Brasil

Temporal provoca estragos e derruba posto de combustíveis

sexta-feira, novembro 17th, 2017

Misericórdia. Um temporal com ventos fortes provocou estragos e o teto de um posto de combustíveis cedeu no final da tarde desta quinta-feira, dia 16/11.

De acordo com a Defesa Civil, o Árvores caíram e também casas foram destelhadas. O caso ocorreu no Rio do Sul, no Vale do Itajaí, no estado de Santa Catarina. A maior velocidade do vento foi às 18h, quando a rajada chegou a 54,7 km/h. Até as 19h, choveu 23,4 milímetros na cidade.

O teto do posto de combustível foi o único relato em estabelecimento comercial ouvido pela Defesa Civil, que não foi chamada para atendimentos, mas afirmou que chegaram relatos de pequenos danos em casas, como janelas e portas de vidro, e chuva dentro de residências.

Foto: reprodução

São Desidério: Chuva e ventania causam estragos

quarta-feira, fevereiro 3rd, 2016

IMG_6805.JPG

Misericórdia. Na Cidade de São Desiderio, no Oeste da Bahia, a tarde desta terça-feira, dia 2, foi de forte chuva com rajadas de vento que deixaram um rastro de estragos no centro da Cidade. Árvores e postes de energia foram arrancados no decorrer da tempestade. Até a cobertura de um posto de combustível foi danificada. De acordo com um leitor do site Hora do Bico, o desespero tomou conta de muitas famílias principalmente na Zona Rural da Cidade.

 

 

Fotos: Reprodução/Internet

 

Conde: Chuva deixa 200 famílias desabrigadas

quinta-feira, janeiro 28th, 2016

IMG_6657.JPG

Situação muito séria. A Cidade do Conde, Litoral Norte da Bahia, sofre com o temporal que atinge a Bahia há uma semana. Na manhã desta quinta-feira, dia 28, o nível do Rio Itapicuru subiu de forma rápida e tomou conta das estradas e casas da Cidade. Conforme informações da secretaria de Ação Social do Conde, 70% das ruas do centro da cidade estão alagadas e cerca de 200 famílias desabrigadas. A campanha “Conde conta com você” quer arrecadar alimentos e água para os desabrigados.

A campanha é organizada pelo deputado estadual Alex Lima (PTN). “As águas do rio Itapicuru começaram a invadir os imóveis, trazendo transtornos para moradores e comerciantes. Não podemos ver os nossos irmãos em uma situação difícil e ficarmos de braços cruzados. Peço sensibilidade aos baianos para enfrentarmos esse período”, disse o parlamentar.

Um poste de energia tombou na entrada da cidade e a força da água destruiu a tubulação de distribuição de água na cidade. Alguns moradores tiveram que abandonar as residências e as canoas dos pescadores estão sendo usadas como meios de transporte. Até o momento, três escolas públicas estão sendo usadas como abrigos para as famílias desalojadas.

 

Foto: Reprodução

Depois da chuva, moradores de Santa Rita de Cássia e Mansidão ficam ilhados

quinta-feira, janeiro 28th, 2016

IMG_6637.JPG

É muito sofrimento. As viagens de ônibus na BA-451 que liga as Cidades de Santa Rita de Cássia e Mansidão, no Extremo-Oeste da Bahia, estão sendo feitas em duas etapas com muito sofrimento.

Um ônibus sai de Mansidão e chega até o riacho que destruiu a BA-451, e do outro lado, fica outro ônibus esperando para seguir os 6 quilômetros restantes para chegar em Santa Rita de Cássia. É impossível qualquer veículo passar de um lado para o outro, os passageiros descem e têm que atravessar o rio andando com bolsas, sacolas, pertences e até crianças de colo. A população diz que a chuva trouxe muita alegria, mas também muita destruição.

 

Fotos: Reprodução

Prefeitura de Lauro de Freitas decreta estado de “alerta permanente” após forte chuva

sexta-feira, abril 10th, 2015

Foto: Reprodução/nternet

Em função das intensas chuvas dos últimos dois dias e alagamentos em diversos bairros da Cidade, o prefeito de Lauro de Freitas, Márcio Paiva (PP) determinou na tarde desta quinta-feira, dia 9, “estado de alerta permanente” para todas as secretarias e demais órgãos da administração municipal.

“Além do trabalho que já vem sendo conduzido pela Coordenação da Defesa Civil no sentido de amparar os desabrigados e moradores em região de risco, também determino que todo secretariado permaneça no município (cancelado toda e qualquer agenda/compromisso fora de Lauro de Freitas) pelo período que se fizer necessário”, disse Paiva em publicação no Facebook.

 

Foto: Reprodução/Internet