Posts Tagged ‘MORTE MILITAR’

Presidente Bolsonaro vai a enterro de soldado vítima de acidente

domingo, junho 21st, 2020

O presidente da República Jair Bolsonaro esteve na manhã deste domingo, dia 21/6, no funeral do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves, no Rio de Janeiro. Ele pegou voo de volta para Brasília por volta das 11h.

Segundo o Comando Militar do Leste do Exército, o soldado morreu na manhã de sábado, dia 20/6, após acidente durante o lançamento de paraquedistas na Base Aérea dos Afonsos, no Rio de Janeiro.

De acordo com a nota do comando militar, durante o salto, o soldado ficou preso à aeronave e, após os procedimentos de emergência, a abertura do paraquedas do militar não ocorreu adequadamente.

“O soldado Chaves sofreu ferimentos graves por ocasião de sua chegada ao solo, recebendo, de imediato, os primeiros socorros por parte da equipe médica local. Foi conduzido, na sequência, ao Hospital Geral do Rio de Janeiro (HGeRJ), na Vila Militar, onde foi atendido, mas infelizmente foi a óbito”, diz a nota.

Segundo o comando militar, foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente. Fonte: Agência Brasil

Fotografia: Marcello Casal Jr/Divulgação/Agência Brasil

Polícia já sabe quem matou sargento da Aeronáutica

quinta-feira, fevereiro 8th, 2018

Violência sem freio. O Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), informou, nesta quinta-feira, dia 8/2, que já identificou os matadores do sargento da Aeronáutica, Ricardo Cerqueira Dias. O crime ocorreu durante assalto a um ônibus, na noite de quarta-feira, dia 7/2, na Avenida Bonocô, em Salvador. Segundo o delegado José Nélis Araújo, titular da unidade policial, os autores foram reconhecidos por prática de estelionato, com cartões de gratuidade, na Estação da Lapa.

A Polícia já solicitou à empresa Integra CSN, as imagens das câmeras de segurança do ônibus. O buzu fazia linha Estação da Lapa x Patamares, e trafegava pela Avenida Bonocô, quando foi invadido pelos assaltantes. O militar que segundo testemunhas voltava do jogo do Bahia, na Arena Fonte Nova, teria entrado em luta corporal com um dos criminosos, quando um comparsa atirou na cabeça da vítima.

 

 

 

Foto: Reprodução

Bombeiro militar é morto quando prestava socorro a homem ferido em acidente

terça-feira, janeiro 10th, 2017

001-415

Violência se espalhando. O cabo do Corpo de Bombeiros Militar, Ademon Gomes de Santana, de 46 anos, lotado no 17º GBM/Barreiras, foi baleado no peito, na Praça Sabino Dourado, bairro Barreirinhas, Cidade Barreiras, na região Oeste da Bahia, na noite de segunda-feira, dia 9/1.

Segundo a assessoria de Comunicação do GBM, o crime aconteceu quando o bombeiro militar parou o carro para prestar socorro ao motorista de outro veículo que tinha se chocado contra poste de iluminação.
Ao tentar prestar socorro às vítimas, o cabo foi abordado por homens em uma moto, que efetuaram vários disparos. O militar não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
O sepultamento está marcado para quarta-feira, dia 11/1, às 4 da tarde, no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro Vila Nova, em Barreiras.
Foto: Divulgação

Militar morre atropelado por caminhonete depois de cair de moto

terça-feira, setembro 20th, 2016

239898

Misericórdia. Um militar morreu atropelado na BR-135, trecho da Cidade de Barreiras, no Oeste baiano, na noite de domingo, dia 18/9. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), o acidente ocorreu no km 194 da rodovia. O oficial do exército, teria desviado de um homem com um animal, caindo na pista em seguida.

Conforme a imprensa local, ele fazia o trajeto Barreiras-São Desidério. Uma caminhonete que seguia no sentido contrário não conseguiu reduzir a velocidade e atropelou o militar. O oficial chegou a ser socorrido para o Hospital do Oeste, mas não resistiu. Ainda segundo a PRF, outra pessoa, não identificada, que trafegava no carona da moto foi arremessada para fora da pista. O carona teve ferimentos leves. Após o acidente, o motorista da caminhonete fugiu do local. Ele se apresentou depois a uma Delegacia local.

 

Foto: Reprodução/Internet