Posts Tagged ‘Chapada Diamantina’

Suspeito de roubo é preso em ônibus de turismo na BR-242

terça-feira, setembro 20th, 2022

Cadeia pra ele. Um homem suspeito de roubo, foi preso em meio a fiscalização de ônibus de turismo na segunda-feira, dia 19/9, na BR-242, trecho da Cidade de Seabra, na Chapada Diamantina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a ação aconteceu no Km 408, com foco no combate à criminalidade. O homem de 23 anos estava com mandado de prisão aberto emitido em 29 de julho de 2022 pela 2ª Vara Mista de Cuité (PB). A PRF informou que o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Seabra.

SIGA @sitehoradobico NO INSTAGRAM

Fotografia: Divulgação/PRF


Cidade baiana antecipa São João com atrações do forró “raiz”

quarta-feira, junho 15th, 2022

Antecipou. Começou nea terça-feira, dia 14/6, o São João antecipado da Cidade de Iraquara, na Chapada Diamantina. Os festejos do município localizado a quase 500 quilômetros de Salvador.

Estão confirmadas atrações como Alcymar Monteiro, Filomena Bagaceira, Zé Vaqueiro, Flávio Leandro, Targino Gondim, Xinela de Couro, Licor com Mel, Caviar com Rapadura, dentre outros.

O arraiá de Iraquara segue até domingo, dia 19 de junho com muito forró e arrastapé. Com 25 mil habitantes, a Cidade possui diversos atrativos turísticos como grutas, a exemplo da Pratinha, Lapa Doce, Torrinha, Gruta Azul, Gruta da Fumaça e outras.

Fotografia: Divulgação

Com futuro político incerto, Leão festeja nova vinícola na Bahia: “Hoje é dia de comemorar”

quinta-feira, março 10th, 2022

Emprego e renda. A vinícola UVVA abriu suas portas na segunda-feira, dia 7/3, em um cenário paradisíaco eem Mucugê, Cidade da Chapada Diamantina, e o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento e incentivador da criação de um Polo Viticultor na Bahia, comemorou. Para ele, a nova vinícola tem um alto padrão que eleva o estado a um patamar internacional de enoturismo e fortalece o segmento viticultor baiano.

Mesmo abalado por conta das incertezas sobre o futuro político, Leão vibrou com a abertura do empreendimento: “Hoje é dia de comemorar. A Chapada Diamantina junta-se ao Sertão do São Francisco e promete tornar a Bahia um dos melhores destinos enoturísticos do país”, afirma o vice-governador.

A UVVA, mais novo projeto da Fazenda Progresso, do já consagrado café Latitude 13, promete aos amantes do vinho requinte e sofisticação. São 52 hectares (ha) de vinhedo plantado. O projeto é concebido para produzir 400 mil garrafas por ano, entre vinhos tintos de guarda, brancos e espumantes.

De acordo com o Leão, em breve, a região do Médio São Francisco se juntará aos outros dois territórios na produção de uvas e vinhos. Existe um cronograma para implantar um Polo Viticultor, que irá integrar o Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco, no município de Barra.

“Firmamos termo de intenção com 14 investidores de Santa Catarina, produtores de uvas. Estima-se que na fase inicial do projeto serão gerados entre 500 e 1 mil empregos diretos e indiretos. Na fase final, deve chegar a 2 mil empregos. Os investidores catarinenses irão montar em Barra uma cooperativa específica para a iniciativa, que inicialmente se dedicará ao plantio de uva e posteriormente a agroindústria, para produção de vinho, suco de uva integral e uva de mesa”, destaca Leão.

Fotografias: Divulgação/Seplan

Incêndio atinge rodovia perto do Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina

sábado, setembro 11th, 2021

Bombeiros atuaram no incêndio que atinge uma rodovia nas proximidades do Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina. Os especialistas conseguiram proteger o orquidário, e a partir deste sábado 11/9 dois aviões modelo Air Tractor estarão realizando o combate aéreo.

Os especialistas estão fazendo aceiros para que o fogo não se alastre. Neste sábado os bombeiros vão atuar para que o incêndio não atinja o Morro dos Brejões. A causa do incêndio ainda é desconhecida. 

 Durante o combate os militares também orientam os moradores das proximidades sobre como evitar os incêndios florestais. É importante que a população não realize queimas em pastos, por exemplo, pois o fogo pode sair do controle de forma rápida e atingir outras áreas.

Fonte: Ascom CBM

Qualidade do café produzido na Chapada Diamantina garante preços acima do mercado

terça-feira, maio 25th, 2021

Produção abençoada. Com uma produção anual de quatro a cinco mil sacas de café e atentos à potencialidade da produção de cafés da Chapada Diamantina, a Cooperativa de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã (Coopiatã) celebraram o Dia Nacional do Café, na segunda-feira, 24/5, com avanços nas vendas e valorização do produto. O café da Coopiatã, produzido por famílias agricultoras de Piatã e Ibicoara, é um dos destaques da Bahia no cenário nacional e internacional.

A excelência na produção de cafés de alta qualidade, garantiu à cooperativa, em 2020, um faturamento de aproximadamente R$ 1.400,00, gerando, somente com a venda do café, uma renda média mensal para cada cooperado e cooperada de R$ 2.500,00.

Entre os diferencias que permitem obter esses resultados estão a localização das lavouras, em áreas que chegam a altitudes entre 1.260 a 1.400 metros, temperaturas amenas, ideais para o cultivo, e solo favorável. As condições climáticas somadas às melhorias do processo de produção e o apoio do Governo do Estado, geram excelentes resultados na produção de grãos de cafés 100% arábica, especiais e gourmets, de alta qualidade e valor agregado.

Os cafés, classificados como tradicional, gourmet, especial e superior, são comercializadas pela cooperativa, em grãos ou moídos, no Brasil e também por meio de exportação para a Austrália e Estados Unidos, nas marcas: Coopiatã, Rigno, Rarefeito, Taperinha, Café da Lucineia, Café do João, Entrevales, Cafundó e Reserva da Chapada.

O reconhecimento dos elevados níveis de classificação de café da Coopiatã já rendeu mais de 50 premiações em concursos nacionais e internacionais, entre elas a da Associação Brasileira da Indústria de Torrefação e Moagem de Café (ABIC), do Coffee of The Year, e a do Cup Off Excellence, promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). Com as classificações no Cup of Excellence 2020, foi possível participar de um disputado leilão internacional, via internet, alcançando preços que vão muito além dos praticados no mercado convencional.

Renato Rodrigues, um dos 47 cooperados da Coopiatã, com café premiado, destaca que a boa colocação do café em concursos mostra a força da produção dos agricultores familiares baianos: “Ganhar esse prêmio traz uma conquista para todos nós, produtores de café de Piatã, da Bahia. É resultado de muita dedicação, trabalho e paixão por esse fruto que nos enche de orgulho. O nosso café está entre os melhores do Brasil e é da agricultura familiar”.

De acordo com o presidente da Coopiatã, Rodolfo Moreno, a saca de 60 kg do café arábica convencional sai hoje, em média, por R$ 500,00. O preço de um especial é comercializado, em média, a R$ 1.750,00, a saca, no mercado. Já a saca de um café classificado como especial, bem colocado em um concurso como esse, pode chegar a mais de R$ 50 mil.

Diferenciais que atraem novos consumidores

O conhecimento sobre a procedência e a qualidade do café da Coopiatã conquistaram a coordenadora pedagógica Ingrid Pedrett, de Salvador: “Eu gosto muito de consumir um produto do qual eu sei a origem e como funciona toda a cadeia produtiva. Saber quem faz e como e onde é feito. O café da Coopiatã tem esses requisitos. É feito por produtor rural, tem um sabor único e é daqui da nossa terra, da Bahia. É um caminho sem volta, quando a gente consome um café de qualidade, não aceita outro qualquer, virei fã”.

Investimentos

Alguns desses resultados alcançados pela Coopiatã se devem aos investimentos do Governo do Estado, via projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial. São cerca de R$ 1,8 milhão, destinado a ações como a de implantação de uma agroindústria de torrefação, visando à redução dos custos na produção e no beneficiamento de cafés especiais.

A cooperativa conta ainda com o serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater), para a melhoria da qualidade na produção dos grãos e com a assistência técnica em gestão (Ateg), para atuar na melhoria da gestão e nas estratégias para viabilizar o acesso aos mercados para o café. Está prevista também a aquisição de um veículo utilitário, para o apoio à logística.

Para Rodolfo Moreno, o Bahia Produtiva trouxe um olhar diferenciado sobre a sua atuação comercial da Coopiatã, com suporte técnico adequado, que possibilitou a inserção em novos mercados e a implementação de estratégias para que a cooperativa consiga se posicionar no mercado de forma mais adequada: “A gente tem uma gestora que trabalha firme nos nossos protocolos e operações e um engenheiro agrônomo que roda o campo, então, estamos constatando melhoria na produtividade e na qualidade. A gente tem potencial e nosso café é reconhecido mundialmente”.

Onde encontrar os produtos da Coopiatã

Os cafés da Coopiatã são comercializados em lojas especializadas e também por meio de plataformas digitais como o site: coophub.com.br e a startup Escoaf, além das redes sociais (@coopiata).

Fonte: Ascom/SDR

Fotografia: Divulgação

Suspeitos de envolvimento no sequestro de empresário são mortos em confronto com a Polícia

sexta-feira, abril 30th, 2021

Se deram mal. Dois suspeitos de participação no sequestro de um empresário na Cidade de Iraquara, na Chapada Diamantina, foram mortos em confronto com a Polícia e outros três foram presos presos na quinta-feira, dia 29/4.

Segundo a Polícia Civil, um dos envolvidos foi localizado com o veículo usado para deixar a vítima e os sequestradores no cativeiro. O empresário, de 72 anos, foi levado do seu estabelecimento por quatro criminosos, na noite de terça-feira, dia 27/4. O grupo estava em um carro e chegou a efetuar um disparo contra a companheira do idoso. 

O veículo usado pelos caras se envolveu em um acidente e foi abandonado por eles. Conforme a Polícia, o primeiro preso indicou aos policiais o local do cativeiro, um imóvel abandonado na Zona Rural, localizada na divisa entre as Cidades de Iraquara e Souto Soares. Equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE) participaram das negociações e do resgate. 

“A equipe foi recebida a tiros pelos sequestradores. Houve confronto e dois deles não resistiram aos ferimentos”, destacou o coordenador da 13ª Coorpin/Seabra, delegado Marcus Alessandro de Oliveira Araújo

Armas, drogas, balanças, munições, três celulares e embalagens para acondicionar entorpecentes foram apreendidos no local. Já os três criminosos presos devem responder pelos crimes de extorsão mediante sequestro e tentativa de homicídio. Ainda conforme a Polícia, a vítima foi liberada em perfeito estado de saúde.

Fotografia/fonte: SSP-BA

Idosas são atacadas a pauladas

sexta-feira, dezembro 4th, 2020

Pai do céu. Duas idosas, de 70 e 72 anos, foram atacadas a pauladas na Cidade de Andaraí, na Chapada Diamantina, interior da Bahia, enquanto caminhavam em direção a uma igreja. As duas, que são cunhadas, foram agredidas por um homem após se recusarem a dar dinheiro a ele.

De acordo com informações da imprensa local, a agressão causou lesões graves. Ainda de acordo com os parentes, uma das vítimas chegou a ver a tatuagem acima do pulso e poderia identificar o suspeito.

A polícia, por meio da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), registrou o caso como lesão corporal de natureza grave motivada por roubo, mas até o criminoso não foi preso.

Fotografia: Reprodução

Bahia: Café da agricultura familiar está entre os cinco melhores do Brasil

quarta-feira, novembro 11th, 2020

Coisa boa. O principal concurso de qualidade para café do mundo, o Cup of Excellence, teve mais uma vez o café da agricultura familiar entre os primeiros colocados. O café produzido na Chapada Diamantina, pela Cooperativa de Cafés Especiais e Agropecuária da Cidade de Piatã (Coopiatã), foi premiado e está entre os melhores do Brasil.

O concurso, realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Alliance for Coffee Excellence (ACE), tem como foco a promoção comercial do produto brasileiro no mercado externo.

Nas primeiras amostras premiadas, a do cooperado da Coopiatã, Renato Rodrigues, ficou em quinto lugar no concurso, com a pontuação 88,7. “Em um ano tão atípico e que a BSCA avaliou como o mais concorrido da história do concurso, ter ganho esse prêmio traz muita felicidade pra todos nós da cooperativa. É resultado de muita dedicação e paixão por esse fruto que nos enche de orgulho. O café da agricultura familiar está entre os melhores do Brasil”, afirma.

O concurso avaliou 655 amostras de café da safra 2020. Desse total, 628 foram avaliadas com nota superior a 86 pontos na escala de zero a 100 do concurso. Os cafés foram avaliados por especialistas do Japão, Austrália, Noruega, Estados Unidos, China, Inglaterra, Coreia do Sul e do próprio Brasil, que fizeram a análise final.

O concurso premiou 25 amostras, que ganharam o direito de participar de um disputado leilão internacional, via internet. Os preços alcançados nesses pregões vão muito além do mercado convencional, como o campeão do certame brasileiro, em 2018, que obteve o maior valor pago por uma saca (60 kg) de café no país: R$ 73 mil.

Além da amostra de café do produtor Renato, a amostra do produtor da Coopiatã, Merce Jordan Araujo Silva, também foi selecionada, e ficou em 24° lugar. Foi classificada entre os vencedores nacionais da competição e também estará à disposição para aquisição em uma plataforma de vendas on-line.

Bahia Produtiva

A Coopiatã está recebendo do Governo do Estado recursos da ordem de R$ 1,8 milhão, com ações que incluem a implantação de uma agroindústria de torrefação, que vai reduzir os custos com produção: no beneficiamento de cafés especiais, antes um serviço terceirizado; assistência técnica e extensão rural (Ater), para a melhoria da qualidade dos grãos; aquisição de um veículo utilitário; e investimentos voltados para estratégias de acesso ao mercado.

Os investimentos estão sendo realizados pelo Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Fotografia/fonte: SDR

Vinho baiano produzido na Chapada Diamantina ganha prêmio nacional

segunda-feira, novembro 9th, 2020

A vinícola baiana Vaz, localizada na Cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, ganhou a 9ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB) e a 4ª edição da Grande Prova Sucos de Uva do Brasil. Na categoria de vinhos, o premiado foi o Tinto Malbec, nos rótulos de espumantes os premiados foram o Brut Branco Charmat e o Brut Rosé Charmat, ambos de 2019. Para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), que comemorou a premiação, a localização estratégica, que facilita a distribuição dos produtos, o clima, a qualidade da água e o potencial frutífero são fatores responsáveis pela qualidade dos produtos do segmento de bebidas na Bahia.  

Os primeiros vinhos, explica empresário Jairo Pinto Vaz, proprietário da vinícola, foram elaborados em 2018, em uma produção de aproximadamente 1,2 mil garrafas – Malbec, Syrah, Sauvignon Blanc e Viognier. Na safra 2019, foram produzidos os espumantes Brut elaborados pelo método Charmat (Pinot Noir e Chardonnay), Brut Rosé (Malbec, Sauvignon Blanc e Viognier), Moscatel (Muscat Petit Grain) e também os vinhos tintos Malbec e Syrah, em um total de cerca de 10 mil garrafas. 

“A nossa pequena vinícola é muita nova, os vinhedos têm apenas 4 anos e, diría, estamos ainda engatinhando no complexo mundo dos vinhos. A premiação do Vinho Tinto Malbec e do Espumante Brut Branco na Grande Prova de Vinhos Brasileiros 2020, classificados com 88 pontos com a medalha ‘Good Wine’, traz o incentivo e o reconhecimento de um persistente trabalho, feito com muito carinho, realizando o sonho de se produzir vinhos e espumantes de qualidade na Chapada Diamantina e, colocando, definitivamente, esta região como um novo polo vitivinícola brasileiro”, comemora Vaz. 

Importante para a economia baiana, o setor de Bebidas possui 23 empresas implantadas incentivadas pelo Governo do Estado, que geram 8,8 mil empregos e já investiram mais de R$ 4 bilhões no estado, segundo a SDE. Além de abrigar grandes cervejarias, fábricas de bebidas não alcoólicas, a Bahia produz uvas viníferas de alta qualidade no meio do semiárido. 

“A Bahia é um estado forte no cultivo de uvas para fabricação de vinhos, espumantes e sucos. O clima, a qualidade da água e o potencial frutífero favorecem o cultivo para a elaboração das bebidas. Fico satisfeito e feliz com essa conquista para o segmento de vinhos da Bahia”, destaca o titular da SDE, João Leão. 

Por conta da pandemia causada pela Covid-19, a celebração dessa conquista será em abril de 2021, no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde a GPVB levará os vinhos premiados e a vinícola ao encontro do trade e público consumidor, em um evento, com feira de vinhos, chamado “Vinhos do Brasil 2021”. 

Fotografia/fonte: Ascom/SDE

Cidade de Itaberaba chega a 40 dias sem morte violenta

sábado, setembro 26th, 2020

Boa notícia. A Cidade de Itaberaba – participante da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Chapada  – completou nesta sexta-feira, dia 25/9, 40 dias sem registro de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs). A última ocorrência desta categoria, formada por homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e latrocínio, foi computada no dia 16 de agosto. 

A Cidade, com 64 mil habitantes, conta com emprego dos efetivos das Rondas Especiais (Rondesp) Chapada, do 11º Batalhão da Polícia Militar, da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada e da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

A intensificação nas ações promovidas pelas unidades policiais no município – que vão desde as abordagens a pessoas e veículos, até aquelas realizadas após levantamentos, investigações e denúncias sobre criminosos – têm contribuído para que a localidade apresente queda nos índices criminais. Com a ajuda do canil da Rondesp Chapada, alguns pontos de drogas foram descobertos na Cidade e criminosos conduzidos para Delegacias.

Fotografia/fonte: SSP-BA

No xilindró: Organizador de festa ilegal é preso com porções de cocaína

quinta-feira, agosto 20th, 2020

E agora xadrezinho. Guarnições da 42ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Lençóis) capturaram um traficante que havia organizado uma festa irregular, no Distrito de Tanquinho, Cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina. O flagrante aconteceu, na madrugada de terça-feira 18/8, após denúncia anônima.

Quando os PMs chegaram ao imóvel, o evento tinha sido encerrado, mas algumas pessoas permaneciam no local. As equipes se deslocaram até uma casa que seria do organizador da festa e, no imóvel, encontraram 216 pinos de cocaína, 508 embalagens vazias, 20 gramas de pasta base de cocaína, 100 sacos plásticos, um celular e acetona usada no preparo da droga.

Segundo o comandante da 42ªCIPM/Lençóis, major PM Jorge Antônio de Souza Maia, essas festas têm se tornado frequentes na região. “Estamos intensificando o trabalho preventivo, principalmente na zona rural. A população tem ajudado através do disque denúncia da unidade”, contou o oficial.

O homem, juntamente com os entorpecentes, foi apresentado na Delegacia Territorial (DT) da Cidade de Seabra, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Fotografia/Fonte: SSP-BA

Polícia Civil encontra dezenas de pés de maconha plantados em baldes

quinta-feira, março 26th, 2020

Erva maldita. Durante um verdadeiro baculejo e intenso trabalho de investigação, a Polícia Civil localizou cinquenta e três pés de maconha em baldes na terça-feira, dia 24/3, na Zona Rural da Cidade de Palmeiras, na Chapada Diamantina.

Segundo a Polícia Civil, a plantação foi localizada no povoado de Passagem da Pedra, Cidade dePalmeiras, após investigações realizadas por equipes da Delegacia da Cidade de Seabra.

A droga foi encaminhada para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). A Polícia informou que segue realizando buscas para encontrador o proprietário da plantação. Ninguém foi preso.

Foto/fonte: SSP-BA

O policiamento e o 27º Festival da Cachaça de Abaíra

quarta-feira, setembro 18th, 2019

Sem registros de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) há cinco anos e nove meses, a Cidade de Abaíra, localizada na Chapada Diamantina, sedia entre os dias 19 e 22 deste mês a 27ª edição do Festival da Cachaça e já encontra-se com o esquema de policiamento preparado para o evento.
Aproximadamente 110 profissionais da segurança pública estadual atuarão na festa, que acontece a cada dois anos e atrai pessoas de diferentes cidades. A Polícia Militar, assim como a Civil, estará presente durante os quatro dias de folia, com postos elevados de observação, patrulhas e unidades no entorno para atendimento de possíveis ocorrências.


As ações preventivas da PM foram iniciadas dias antes da festa, como explica o comandante do Policiamento Regional da Chapada, coronel Valter Araújo. “Estamos focando principalmente nas abordagens, não só em Abaíra, mas também nos municípios vizinhos e rodovias que dão acesso à cidade onde acontecerá o festival, para evitar qualquer atitude de má intenção. É uma festa tradicional e, com certeza, a ausência de CVLIs é um grande atrativo”, pontuou o oficial.

A titular da Delegacia Territorial de Abaíra, delegada Veronice Santos da Silva, além de garantir a disposição do efetivo no evento, passou algumas orientações em situações que envolvam perdas de documentos, ocorrência, na qual, segundo ela é bastante recorrente em festas de grande movimentação.

“Estamos prontos para juntos com a população realizarmos mais uma festa com muita tranquilidade. Aos que perderem qualquer documento é imprescindível que o caso seja registrado na delegacia física ou digital disponível no site da SSP. Já aqueles que encontrem qualquer material ou documento perdido, orientamos que entreguem diretamente na nossa unidade que realizaremos a divulgação por meio da sonorização”, aconselhou.

Foto/fonte: SSP-BA

Polícia Militar encontra maconha e prende criminoso

terça-feira, setembro 10th, 2019

Polícia neles. Quase um quilo de maconha seca pronta para ser separada e comercializada nas ruas da Cidade de Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina, distante 330 quilômetros de Salvador, foi encontrado na segunda-feira, dia 9/9, por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada.

A droga foi achada com um cara, preso em flagrante por tráfico. O comandante da Cipe Chapada, major Nelson Normando Souza, informou ainda que também foram apreendidos uma balança e R$ 12 com o criminoso.

A titular da Delegacia Territorial da cidade, delegada Cláudia Batista Oliveira Bensabath, destacou que Rafael foi autuado e fica à disposição da Justiça.

Foto/fonte: SSP-BA

Traficante é localizado com arma e drogas e morre em confronto com PMs

sábado, agosto 10th, 2019

Tombou no confronto. Equipes da Companhia Independente da Cipe Chapada localizaram, na quinta-feira, dia 8/8, o traficante conhecido como “Galego do Ribimba”, com drogas e arma, na Cidade de Andaraí, na Chapada Diamantina.

Ao avistar as guarnições que faziam patrulhamento na rua Alto do Ribimba, “Galego” fugiu para uma mata e começou atirar na direção dos policiais. Houve revide, o criminoso foi baleado, socorrido para um hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Com ele foram apreendidas um revólver calibre 38, 72 trouxinhas de cocaína e certa quantidade de maconha. O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Andaraí.

Foto/fonte: SSP-BA

Chapada Diamantina: Lençóis preserva São João com forró pé de serra

domingo, junho 23rd, 2019

Verdadeiro São João. O forró pé de serra vai rolar solto durante o São João de Lençóis, uma das Cidades mais importantes da Chapada Diamantina, de 20 a 24 de junho. Este ano, a organização está apostando nas tradições para conduzir a maior festa popular do Nordeste brasileiro. O cheiro de milho e o som marcante da sanfona estarão presentes nos quatro cantos do centro histórico. Cinco arraiás vão homenagear importantes nomes do forró do país e da Bahia, com apresentações de trios forrozeiros e barracas com comidas típicas.

As principais atrações ficarão no Arraiá Dominguinhos, no Mercado Cultural, e acontecem a partir das 10 da noite até a madrugada. Nos demais, a zabumba esquenta a festa das 4 da tarde até 10 da noite. As brincadeiras e quadrilhas juninas estarão presentes durante todos os dias e terão encerramento com a aula espetáculo da Banda Griô, que conta a história da sanfona com homenagem ao Seu Aurino, sanfoneiro de Lençóis. Na segunda-feira, dia 24, o forró Seca Bodega fecha os festejos com dedicação, principalmente, às pessoas da Cidade que trabalharam durante o São João.

Foto: Gary Nedelisky/Reprodução

Lençóis preserva tradicional São João com forró pé de serra

quarta-feira, junho 19th, 2019

O forró pé de serra vai rolar solto durante o São João de Lençóis, uma das Cidades mais importantes da Chapada Diamantina, de 20 a 24 de junho. Este ano, a organização está apostando nas tradições para conduzir a maior festa popular do Nordeste brasileiro. O cheiro de milho e o som marcante da sanfona estarão presentes nos quatro cantos do centro histórico. Cinco arraiás vão homenagear importantes nomes do forró do país e da Bahia, com apresentações de trios forrozeiros e barracas com comidas típicas.

As principais atrações ficarão no Arraiá Dominguinhos, no Mercado Cultural, e acontecem a partir das 10 da noite até a madrugada. Nos demais, a zabumba esquenta a festa das 4 da tarde até 10 da noite. As brincadeiras e quadrilhas juninas estarão presentes durante todos os dias e terão encerramento com a aula espetáculo da Banda Griô, que conta a história da sanfona com homenagem ao Seu Aurino, sanfoneiro de Lençóis. Na segunda-feira, dia 24, o forró Seca Bodega fecha os festejos com dedicação, principalmente, às pessoas da Cidade que trabalharam durante o São João.

Foto: Gary Nedelisky/Reprodução

Carreteiro bêbado provoca acidente na BR 242, diz PRF

domingo, março 31st, 2019

Misericórdia. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) efetuava fiscalização preventiva de acidentes, quando, às 10h40 de sábado, dia 30/3, no Km 375 da BR 242, trecho da Cidade de Seabra, na Chapada Diamantina, Bahia, avistou em sentido contrário e em alta velocidade uma carreta branca que transportava grãos, tracionando dois semi-reboques. Aparentava estar fora de controle.

Dessa forma, os PRFs retornaram e avistaram o veículo tombado na pista. Os policiais prestaram os primeiros socorros ao motorista que estava desacordado. Foi acionado o Corpo de Bombeiros da Cidade de Lençóis que conduziu o condutor para o Hospital Regional da Chapada.

O motorista foi submetido ao teste com etilômetro, cujo resultado aferiu 1,01 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), comprovando a embriaguez. O teste no aparelho apresentou índice 3 vezes maior do valor considerado como crime que é de 0,34 mgL. Após alta hospitalar, o condutor será encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia custa R$ 2.934,70, valor que é duplicado em caso de reincidência. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, excesso de velocidade, dentre outras, com foco na redução de acidentes.

 

 

 

Foto/fonte: PRF/BA

Homem se perde em trilha; resgate aconteceu 48 horas depois

quarta-feira, dezembro 19th, 2018

Vixe. Um homem fraturou o pé durante uma trilha entre a Cidade de Lençóis e o vale do Capão, que fica na Cidade de Palmeiras na Chapada Diamantina, no interior da Bahia, e levou mais de 48h para ser resgatado. O caso aconteceu na noite do sábado 15/12, local conhecido como poço da piaba, após pisar em um buraco. No momento do incidente, ele tentava completar o percurso junto com outros dois amigos.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-BA), o salvamento ocorreu apenas no fim da tarde da segunda-feira 17/12. O rapaz e os amigos só foram encontrados por um condutor (guia) local 24h depois. Feito por meio de uma prancha de imobilização, o resgate foi complicado e precisou passar por rios da região. A distância percorrida até a viatura dos bombeiros foi de aproximadamente 7 km.

O homem foi encaminhado ao Hospital Regional de Seabra. O transporte até a unidade de saúde só foi concluído por volta das 3h da madrugada de terça, 18/12. O Corpo de Bombeiros recomenda que não se faça trilhas sem contratação de condutores locais devido ao risco de sofrer acidentes.

 

 

 

Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros-BA

Polícia destrói plantação de maconha na Chapada Diamantina

quarta-feira, junho 20th, 2018

Polícia neles. Durante uma incursão policial na rua do Gorgulho, no Vale do Capão, Cidade de Palmeiras, Chapada Diamantina, guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE – Chapada) encontraram uma roça com 166 mudas e 45  pés de maconha,  20 gramas da mesma droga pronta para consumo, além de 538 gramas de sementes de maconha, uma  espingarda de fabricação artesanal.

A apreensão ocorreu na tarde de terça-feira 19/6, após denúncias de  populares de que vários indivíduos na região possuíam drogas. No local, os PMs encontraram uma roça onde cultivava a maconha. Na ação policial dois homens, uma mulher e uma espingarda foram apresentados e conduzidos à delegacia do município.  

 

 

 

 

Foto: Divulgação PMBA