Posts Tagged ‘Marina Silva’

Marina é oficializada candidata à Presidência da República

domingo, agosto 5th, 2018

Estreante em eleições gerais, a primeira Convenção Nacional da Rede Sustentabilidade confirmou, por aclamação, neste sábado (4) o nome Marina Silva como candidata da sigla à Presidência da República. Sob aplausos, o candidato à vice na chapa, o médico sanitarista, Eduardo Jorge, do Partido Verde (PV), também foi apresentado oficialmente no encontro.

Ao lado de lideranças da sigla como o senador, Randolfe Rodrigues (AP), do deputado federal, Miro Teixeira (RJ) e da vereadora Heloísa Helena (AL), Marina agradeceu o apoio da família e disse que a candidatura dela e de Eduardo Jorge é a que está em melhores condições de unir o Brasil. A candidata rechaçou as críticas de que ela e o vice não representam uma candidatura viável. “Nossa aliança não é por conveniência, por tempo de TV, por dinheiro para pagar marqueteiro. É uma aliança para ajudar a transformar o Brasil”, disse.

Marina defendeu que o compromisso é o melhor antídoto para o medo de enfrentar situações difíceis. A presidenciável defendeu uma campanha limpa, sem notícias falsas e sem destruir biografias. Se comprometeu com as reformas da Previdência, tributária e política, que acabe com a reeleição e incentive candidaturas independentes. Se eleita, Marina também disse que pretende fazer uma revisão dos “pontos draconianos” da reforma trabalhista que, segundo ela, seriam feitas a partir de um diálogo com o Congresso. Reafirmou compromisso com programas como Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, além de melhorias no Sistema Único de Saúde.

O vice na chapa, Eduardo Jorge, ressaltou a preocupação com a sustentabilidade e com o meio ambiente.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Pesquisa CNT/MDA aponta empate entre Marina Silva e Dilma

terça-feira, setembro 9th, 2014

P

Disputada retada. Ao contrário da pesquisa anterior, as candidatas Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) subiram na intenção espontânea de voto, segundo a 121ª Pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira, dia 8.

Dilma, que é candidata à reeleição, passou de 26,4% para 30,9% e Marina pulou de 18,6% para 25,8%. O candidato Aécio Neves (PSDB) caiu mais uma vez e foi de 11,3% para 10,1%.

A situação se repete na intenção estimulada de voto. Dilma, que antes tinha 34,2% das intenções, agora tem 38,1% das respostas dos entrevistados. De 28,2%, Marina vai para 33,5%.

Aécio continua caindo e passou de 16% para 14,7%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 7 deste mês. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Numa simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a candidata do PSB leva vantagem: Marina fica com 45,5% dos votos, e Dilma, com 42,7%.

No outro cenário, Dilma vence Aécio. Ela com 47,5%, ele com 33,7%. Em uma terceira possibilidade, Marina aparece com 52,2% e ganha de Aécio, que fica com 26,7%.

Foto: Reprodução
*Com informações da Rádio Bandeirantes

Marina dá risada de comparação com Collor feita por Dilma

quarta-feira, setembro 3rd, 2014

Marina Silva durante entrevista ao Estadão

Êta.A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, deu risadas nesta terça-feira, dia 2, ao ser perguntada sobre a campanha de Dilma Rousseff (PT) na TV, que tentou associar a presidenciável com as imagens de Jânio Quadros e Fernando Collor, ex-presidentes que não completaram o mandato.

Marina disse que a comparação não tem fundamento e lembrou que ela sim poderia ter comparado Dilma a Collor em 2010, por ambos não terem “experiências políticas” antes de ser eleito. “A sociedade me conhece com os valores que eu defendo e a luta que eu tenho há mais de 30 anos. Comecei como vereadora, como deputada, senadora por 16 anos e ministra. Imagina se eu dissesse que uma pessoa que nunca foi eleita nem vereadora, essa sim poderia parecer com Collor de Mello”.

Em sabatina ao jornal O Estado de S. Paulo, Marina também afirmou que buscará contar com as melhores pessoas dos partidos para garantir a governabilidade e disse que mudará a estrutura política de Brasília. “É democrático governar com políticos que a sociedade diz que não os representa? E quando eu falo que vou buscar o melhor dos partidos sou acusada de ser antidemocrática.”

Após a subida da candidata do PSB na última pesquisa Datafolha, que mostra empate com Dilma na liderança, a campanha do PT decidiu adotar uma linha mais ofensiva. Nesta terça-feira, em campanha em São Bernardo (SP), Dilma atacou Marina ao falar que ela reduzirá a pó a economia brasileira.

 
Foto: Reprodução

Empatadas em pesquisa, Dilma Rousseff e Marina Silva trocam farpas em debate no SBT

segunda-feira, setembro 1st, 2014

MARINAEDILMA

Êta. A presidente Dilma Rousseff (PT) resolveu adotar uma postura diferente e atacou Marina Silva (PSB) no segundo debate entre os candidatos promovido por Folha, UOL, SBT e Jovem Pan, nesta segunda-feira, dia 1.

Pela primeira vez Dilma fez um tom mais agressivo na campanha. Logo de início, a petista questionou Marina como ela anteciparia 10% do PIB para a educação. “Você diz que irá antecipar R$ 70 bilhões para a educação, mais 10% da receita bruta para a saúde, R$ 40 bilhões. Passe livre estudantil, R$ 14 bilhões. Mais dinheiro para os municípios, R$ 9 bilhões. Todas as promessas dão R$ 140 bilhões. De onde a senhora vai arranjar dinheiro?”, questionou Dilma.

Marina então respondeu à petista. “Não são promessas, são compromissos. E esses compromissos são assumidos a partir dos esforços que iremos fazer. Temos um desperdício muito grande dos recursos públicos, inclusive nos projetos que estão desencontrados. Quando se trata de subsidiar o juro dos bancos, não ficam preocupados em saber de onde veio o dinheiro, mas para a educação, aí vem essa pergunta”.

Dilma disse que a resposta de Marina foi ineficiente. “Candidata, quero dizer que você falou, mas não respondeu a pergunta. Quem governa tem de responder como vai fazer, não basta se comprometer. O montante prometido pela senhora equivale a quase tudo que se gasta em saúde e educação”.

Em sua tréplica, Marina atacou Dilma. “O pensamento da ideia cartesiana de governo só consegue olhar para uma alternativa, nesse momento, o mundo caminha para ter várias alternativas”.

Marina aparece empatada em primeiro lugar com Dilma na última pesquisa Datafolha.

Foto: Reprodução/Folhapress

Marina Silva denuncia ataque ao seu site

segunda-feira, setembro 1st, 2014

marina2

Fora do ar. A candidata à presidência da República pelo PSB, Marina Silva divulgou na noite deste domingo, dia 31, uma nota em seu perfil do Facebook informando que o site de sua campanha foi alvo de dois ataques virtuais.

De acordo com a nota emitida, o primeiro ataque aconteceu no sábado, dia 30, e deixou o site fora do ar por cerca de uma hora. O segundo aconteceu neste domingo, deixando o site inacessível por 20 minutos.

Marina disse que todas as medidas necessárias foram tomadas e reforçou o sistema de segurança. Ela também informou que medidas judiciais estão sendo providenciadas para tentar impedir novos ataques.

Confira a nota na íntegra:

O site da campanha de Marina Silva e Beto Albuquerque, candidatos à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, sofreu dois ataques virtuais, o primeiro no sábado (30) e o segundo neste domingo. Os ataques deixaram o site fora da rede por uma hora no sábado (entre 21h e 22h) e por cerca de 20 minutos neste domingo, no começo da tarde.

Nos dois episódios, a equipe técnica ligada à coordenação da campanha restabeleceu a normalidade das conexões, tomou as medidas necessárias para que o site reaja aos ataques e reforçou os sistemas de segurança. Novas instabilidades, porém, podem voltar a ocorrer. Medidas judiciais também estão sendo providenciadas para apurar a origem desta ação criminosa e antidemocrática.

Enquanto isso, pedimos a compreensão de todos os apoiadores da campanha de Marina e Beto Albuquerque. Práticas criminosas não impedirão que o desejo de mudança do povo brasileiro prevaleça. Não vamos desistir do Brasil.

Foto: Reprodução

Depois de campanha em PE, Marina Silva faz selfie com eleitores em São Paulo

segunda-feira, agosto 25th, 2014

marinaselfie

Após fazer uma caminhada pelo Recife, em Pernambuco, dando início à sua campanha, Marina Silva desembarcou em São Paulo para um corpo a corpo com os eleitores paulistanos.

No domingo, dia 24, a candidata à Presidência da República esteve no Centro de Tradições Nordestinas (CTN) acompanhada de seu vice, Beto Albuquerque. Seguida por uma multidão, ela posou para ‘selfies’ com alguns visitantes enquanto tentava angariar votos.

Marina foi escolhida pelo PSB para substituir Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo no último dia 13 em Santos, no litoral de paulista.

Foto: Reprodução/Folhapress

Marina faz caminhada em Recife e diz que terá o apoio de Serra, se for eleita

domingo, agosto 24th, 2014

marinacaminhada

A candidata à Presidência da República Marina Silva, realizou uma caminhada no bairro Casa Amarela, em Recife (PE), durante seu primeiro evento de campanha como candidata, Marina afirmou que se for eleita, terá o apoio de políticos de outros partidos, como José Serra (PSDB). “Mesmo que estejamos em palanques diferentes, se não for o [Eduardo] Suplicy e for o Serra, eu tenho certeza que ele não vai nos faltar. Porque não é possível que as pessoas não aprendam que nós temos que nos libertar da velha República”, disse em discurso, quando criticava “alianças inadequadas”.

Apesar de contrariar a ex-ministra, o PSB está aliado ao PSDB em São Paulo. Serra chegou a ser cogitado para ser o candidato tucano nas eleições deste ano, mas a sigla escolheu o senador de Minas Gerais, Aécio Neves.

Foto: Reprodução/Facebook

Marina Silva é oficializada presidenciável pelo PSB

quinta-feira, agosto 21st, 2014

marinapsb

Agora vai. O PSB formalizou na noite desta quarta-feira, dia 20, a candidatura de Marina Silva para a Presidência da República. O deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS) também foi confirmado como candidato a vice da ex-ministra do Meio Ambiente.

Ao falar sobre a oficialização da candidatura na sede do partido em Brasília, Marina disse que iria ler um discurso, ato que, nas suas palavras, não costuma fazer, mesmo porque “tem dificuldades pela contaminação por mercúrio”.

Em seu discurso, Marina lembrou o legado deixado por Eduardo Campos, que era o candidato a Presidência pelo PSB. A trajetória do político foi interrompida após a queda do avião de sua campanha, ocorrida no último dia 13 em Santos, no litoral de São Paulo, na qual morreram o ex-governador de Pernambuco e mais seis pessoas.

“A despedida de Eduardo foi afirmação da dignidade na política”, disse Marina, notando a comoção que a morte do político causou. Em certo ponto do discurso, a candidata chegou a ficar com a voz embargada ao falar sobre o primeiro programa da coligação que foi ao ar na TV.

Foto: Reprodução

Deputado Beto Albuquerque confirma que será vice de Marina Silva e diz que ela não fará o que quer

quarta-feira, agosto 20th, 2014

f_263987

A espera acabou. O deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) confirmou na segunda-feira, dia 19, que será vice de Marina Silva na chapa do partido à Presidência da República, que será oficializada nesta terça-feira, dia 20, e disse no Recife, que Marina, ao substituir Eduardo Campos na corrida ao Palácio do Planalto, não fará o que ela quer, mas o que o Brasil precisa. Ele, que recebeu ontem durante o dia o apoio de Renata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco para compor a chapa ao lado de Marina, disse que representará a legenda nos estados em que Marina não concordar com as alianças.

“Marina não será presidenta para fazer o que ela quer, será presidenta para fazer aquilo que o Brasil precisa, o que o povo exige, o que o povo quer, seja na agricultura, na indústria, na geração de emprego, no desenvolvimento urbano, no transporte público. Vamos dialogar com todos os setores, apresentando o nosso programa de governo”, disse Albuquerque após a missa de sétimo dia em memória de Campos.

Preocupado em manter os acordo firmados por Campos, Beto Albuquerque disse que ele representará o PSB nos palanques em que Marina não apoiar o candidato ao governo estadual. “Fizemos alianças no Brasil de acordo com a realidade de cada região. O presidente Eduardo Campos construiu o que foi possível, o máximo de acordos. Alguns estados não houve acordo e isso não mudará nada. As decisões já foram tomadas. Onde a Marina não estiver, estarei eu representando o Partido Socialista Brasileiro [PSB] e as decisões que o companheiro Eduardo tomou na condição de candidato a presidente”.

Segundo o gaúcho, Renata Campos abriu mão do convite do partido para ser vice de Marina e apoiou seu nome por entender que terá “uma outra tarefa” na disputa. “No diálogo com o partido em Pernambuco, com a família Campos – com a Renata, os filhos, dona Ana [Arraes, mãe de Eduardo], entenderam que a melhor composição que está sendo recomendada à Executiva Nacional [amanhã] é a de Marina, como presidente, e do meu nome como vice. Saio de Pernambuco tendo recebido uma grande missão”, disse Beto Albuquerque.

Foto: Reprodução
Fonte: Agência Brasil

Datafolha: Com 21% no 1º turno, Marina Silva empataria com Dilma no 2º

segunda-feira, agosto 18th, 2014

A

A pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta segunda-feira, dia 18, já colocando Marina Silva como candidata do PSB à Presidência da República, mostra que a ex-ministra entra no páreo com 21% das intenções de voto no 1º turno, um ponto à frente de Aécio Neves (PSDB), que tem 20%.

De acordo com o Datafolha, a ex-ministra tem um desempenho que afasta a chance de a eleição ser resolvida no primeiro turno. Dilma (PT) lidera com 36%, segundo a sondagem.

As intenções de voto nulo ou em branco, que eram de 13%, caem com a entrada de Marina. A taxa recua para 8%. O percentual de indecisos, que era de 14%, cai para 9%. Na simulação de segundo turno, Marina supreende e tem 47% das intenções de voto, contra 43% da atual presidente. Contra Aécio, Dilma venceria o segundo turno por 47% a 39%. Na pesquisa de julho, o cenário era de 44% a 40%, ou seja, empate técnico. O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto.

Foto: Reprodução

PSB sela acordo para ter Marina Silva como candidata no lugar de Eduardo Campos

sábado, agosto 16th, 2014

marinasilva

Horas depois de Marina Silva aceitar ser cabeça de chapa da coligação Unidos para o Brasil, em substituição ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu quarta-feira, dia 13, em acidente aéreo em Santos, o PSB, partido de Campos, se convenceu internamente a apoiar a candidatura da ex-senadora. O anúncio oficial deve sair na próxima quarta-feira dia 20, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”.

De acordo com a publicação, só faltava o aval do novo presidente do PSB, Roberto Amaral, para o partido ter Marina Silva como sua candidata à Presidência da República. A discussão agora é para ver quem será o vice na chapa.

Para o posto em questão, o favorito é o deputado gaúcho Beto Albuquerque, que hoje disputa o Senado – segundo a “Folha de S. Paulo”. O certo é que o PSB é quem terá a missão de indicar o vice na chapa de Marina Silva.

Aos 56 anos, Marina Silva vai disputar sua segunda eleição para a Presidência da República. A primeira foi em 2010, pelo PV, quando ficou em terceiro lugar na disputa.

Foto: Reprodução

Marina Silva aceita substituir Eduardo Campos e aguarda consulta

sexta-feira, agosto 15th, 2014

marinaecampos

E agora? A ex-ministra do Meio Ambiente e candidata à Vice-Presidência da República Marina Silva aceitou ser cabeça de chapa da coligação Unidos para o Brasil, em substituição ao ex-governador de Pernambuco  Eduardo Campos (PSB),que morreu na quarta-feira, dia 13, em acidente aéreo em Santos, no litoral de São Paulo. Nesta sexta, dia 15, o presidente do PSB, Roberto Amaral, foi à casa de Marina para saber se ela autorizava uma consulta ao partido sobre a candidatura dela ao cargo.

Segundo o líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque (RS), a ex-ministra aceitou que seja feita a consulta para saber se o partido concorda com sua candidatura à Presidência da República em substituição a Campos. Beto Albuquerque confirmou que Marina disse sim à consulta e que aceita disputar a presidência pela coligação formada pelo PSB, PPS, PPL, PRP, PHS, além da Rede Sustentabilidade, que ainda não tem registro.

O deputado, que está em São Paulo acompanhando os trabalhos de identificação das vítimas do acidente aéreo de quarta-feira, informou que foi à casa de Marina Silva na noite de ontem (14), para lhe dar um abraço e conversar sobre a necessidade de uma releitura da campanha de Campos e de ela adotar também o discurso que vinha sendo feito pelo ex-governador.

Para Albuquerque, não haverá dificuldade para que os partidos da coligação aceitem a ex-ministra como cabeça de chapa.

Foto: Reprodução

Fonte: Agência Brasil

Marina Silva acompanha Eduardo Campos durante campanha na capital baiana

quarta-feira, agosto 6th, 2014

marina-e-dudu-juntinhos

A ex-presidenciável Marina Silva (PSB), candidata a vice na chapa encabeçada por Eduardo Campos,  o acompanha durante visita nesta quinta-feira, dia 7, a Salvador. Em companhia da candidata do partido ao governo estadual, Lídice da Mata, e da candidata ao Senado, Eliana Calmon, os dois irão cumprir uma agenda de campanha na capital baiana em “homenagem à luta dos baianos pela igualdade racial”. Os candidatos socialistas cumprirão uma programação de visitas a entidades representativas da cultura negra no Estado.

Às 14h30, darão entrevista à imprensa na sede da Sociedade Protetora dos Desvalidos, no Terreiro de Jesus, e em seguida participarão de uma caminhada pela igualdade racial, com panfletagem pelas ruas do Pelourinho. No trajeto, visitarão as sedes do Cortejo Afro e do Olodum, o Projeto Axé e o restaurante Alaíde do Feijão, seguindo depois para o Teatro de Arena do Senac, onde, às 16h, participarão de um encontro com a juventude. Na pauta, falarão do projeto de universalização da escola integral, incluído nos programas de governo de Eduardo Campos, para o Brasil, e de Lídice da Mata, para a Bahia, além de outros temas de interesse da população jovem.

Foto: Reprodução