Posts Tagged ‘Jorge Portugal’

Rui empossa Arany Santana como secretária de Cultura

segunda-feira, outubro 2nd, 2017

O governador Rui Costa deu posse à nova secretária de Cultura do Estado, na tarde desta segunda-feira (2), em cerimônia realizada no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A pasta passa a ser comandada por Arany Santana, que deixa a diretoria do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), vinculado à Secretaria de Cultura (SecultBA), e assume o lugar deixado por Jorge Portugal. É a primeira vez que uma mulher está à frente do órgão.

“Eu desejo toda a sorte do mundo à Arany, uma mulher sensível, guerreira, que tem a cultura na alma, no coração. Tenho certeza que ela vai reunir todo mundo da cultura, ouvir. E quero agradecer ao nosso ex-secretário Jorge Portugal pelo esforço, trabalho e dedicação ao longo desses meses”, declarou o governador, que defendeu a regionalização da cultura como uma prioridade da pasta. “É a primeira mulher na Secult, negra, e a sugestão que eu dei a ela é que ela consiga ouvir todas as linguagens, todas as áreas da cultura”, completou Rui Costa.

“É uma missão desafiadora. Primeiro, substituir Jorge Portugal, uma pessoa com o carisma e conhecimento que ele tem, que é uma referência para a juventude negra desta cidade. Segundo, eu, enquanto mulher, assumir a gestão de uma Secretaria da Cultura, faltando um ano e meio para terminar. Me sinto absolutamente à vontade porque já estava lá há algum tempo e a gente vai dar continuidade, fortalecer as ações importantes e estruturantes da nossa Secretaria”, afirmou Arany, que já passou por secretarias municipais e estaduais, é educadora, atriz e ex-diretora do bloco afro Ilê Aiyê.

Compareceram à cerimônia de posse deputados, vereadores e secretários de Governo de diversas pastas. Jorge Portugal falou sobre a chegada de Arany ao cargo. “Sai um negro, entra uma negra e esta é uma forma da Bahia mostrar o quanto ela tem avançado em determinadas pautas e reivindicações. Não vai haver transformações abruptas de maneira nenhuma, o que está engatilhado vai ser feito. O que vai acontecer é se aprofundar naquilo que foi pensado até aqui”, afirmou Portugal.

Artistas, personalidades e representantes de entidades culturais também prestigiaram o evento. “Estou duplamente feliz. A primeira vez que estamos vendo uma secretária negra que vai substituir um secretário negro, coisa inédita aqui na Bahia e a expectativa é que não pare por aí”, destacou o presidente do bloco afro Ilê Aiyê, Antônio Carlos Santos, o Vovô, que participou da mesa da cerimônia. Secom

 

 

Foto: Pedro Moraes/Divulgação/GOVBA

Terceiro dia da Flipelô movimenta Centro Histórico de Salvador

sábado, agosto 12th, 2017

A programação diversificada da Primeira Feira Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô) continua movimentando as ruas e espaços do Centro Histórico de Salvador. Na sexta-feira (11), terceiro dia de atrações, baianos e turistas puderam curtir uma série de atividades como saraus, encontros literários e debates. As apresentações e intervenções artísticas são abertas ao público e gratuitas e continuam até este domingo (13).

Para o secretário da Cultura do Estado, Jorge Portugal, o grande sucesso da Flipelô é a forte participação de jovens. “É o que nos encanta, porque a maior realização de um escritor é continuar sendo lido, e quando a nova geração começa a tomar contato com os livros que os escritores criaram, você tem garantidamente a continuidade da literatura”.

Portugal também mostrou seu lado escritor na feira literária, na sexta-feira. Ele fez o lançamento de seu livro `Por que o Subaé não molha o mapa’ e participou do bate- papo com o professor Pasquale Cipro Neto sobre aspectos da oralidade brasileira. Pasquale acredita que é uma oportunidade de disseminar conhecimento. “Eventos como esse ajudam a população a entrar mais em contato com cultura brasileira. É uma delicia poder participar”.

A Flipelô é uma iniciativa da Fundação Casa de Jorge Amado, com suporte do Serviço Social do Comércio (Sesc) e apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa). A expectativa é que durante os cinco dias de evento cerca de 30 mil pessoas visitem as mais de 60 atividades que serão oferecidas, entre saraus, debates, apresentações musicais e oficinas literárias e outras atividades.

Programação

No Terreiro de Jesus foi realizado o 2º encontro de Coletivos de poesia, com Sarau de Poesia, Sarau da Onça, Grupo Resistência Poética e Sarau Enegrescência, grupo formado por jovens do bairro de Sussuarana que abordam temáticas como racismo e preconceito contra a população das periferias.

Ação de Museus

Os museus administrados pela Diretoria de Museus (Dimus) do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), promovem programação durante todos os dias do Flipelô. Na sexta (12), a oficina Poemusik foi realizada em frente ao Museu Udo Knoff, com apresentações artísticas de colaboradores do museus. Secom

 

 

 

Foto: Mateus Pereira/Divulgação/GOVBA

Rui reforça cooperação entre países de língua portuguesa

quinta-feira, maio 4th, 2017

Até 2018, Salvador será a capital da cultura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O título simbólico foi oficializado nesta quinta-feira (4), durante a cerimônia de abertura da 10ª Reunião de Ministros da Cultura da CPLP, no Forte São Diogo, na capital baiana. Com a presença do governador Rui Costa e outras autoridades, o evento reuniu os ministros da cultura de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
Na solenidade, Rui comentou que “neste momento, em que, infelizmente, opiniões de racismo, preconceito e exclusão têm voltado a ter audiência, é preciso reafirmar que a solução para a humanidade é a cooperação, a fraternidade e a solidariedade. É a cooperação entre os povos e as nações. Esses países aqui reunidos têm uma identidade muito grande na língua, nos costumes e nos hábitos. Este é o ponto a partir do qual podemos desdobrar em outras relações de cooperação, além das culturais, como nas áreas de educação, economia e saúde. Essa aproximação pode resultar em mais cooperação e ajuda mútua entre os povos”.
A escolha de Salvador foi baseada no fato da cidade ter sido a primeira capital do Brasil, ter uma forte ligação histórica com as culturas europeias, africanas e ameríndias e difundir a língua portuguesa de forma intensa em suas diversas manifestações culturais. Para o secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, a capital baiana representa toda a diversidade do país. “É, sem dúvida alguma, o âmago da diáspora africana e do reencontro de vários outros povos completamente diferenciados e que se harmonizam aqui de forma muito singular”, afirmou o secretário.
Para o ministro da Cultura do Brasil, Roberto Freire, o encontro também reforça os laços de amizade e de cooperação entre os cidadãos dos países lusófonos por meio da cultura. “Nosso país é um dos mais capacitados para ajudar nesse processo de integração e de afirmação da língua portuguesa pela capacidade que nós temos de ser vanguardistas no campo da cultura. Nós temos uma indústria cultural muito desenvolvida e isso deve ser usado para fortalecer a nossa comunidade de países”.  Secom
Foto: Amanda Oliveira/Divulgação/GOVBA

Jorge Portugal dispara: “Rui não contigencia verba da cultura”,

quarta-feira, julho 13th, 2016

jorgeportugal

A resposta. Jorge Portugal, secretário de cultura da Bahia, garantiu que o governador Rui Costa, não dá ordens no sentido de contingenciar a verba destinada para a cultura.

“Ele pensa muito cultura como eu. Às vezes ele me chama pra umas reuniões com uns chineses e eu pergunto se tenho utilidade lá. Ele diz que tudo começa na cultura”, disparou.

Conforme Portugal, a execução das verbas do Fundo de Cultura aumentou exponencialmente de 2005 até 2015. “Você vê a nossa árvore frondosa. Em 2005, a verba despendida foi de R$ 6,60 milhões. Em 2015, isso aumentou para R$ 31,4 milhões”, noticiou.

O edital lançado nesta terça-feira, dia 12/7, destinado para o audiovisual, segundo o chefe da cultura, é algo “nunca visto na história desse Estado”.

 

Foto: Hora do Bico

 

Vídeo: Professor Jorge Portugal ensina como falar corretamente

quarta-feira, setembro 23rd, 2015

jorgeportugaleadelson

Sabe tudo. O professor de português e secretário de cultura do Governo da Bahia, Jorge Portugal, foi entrevistado pelo apresentador Adelson Carvalho com exclusividade para o site AC. Portugal deu dicas importantes para o público não errar mais.

 

 

Assista

SecultBA lança edital no valor de 15 milhões de reais para apoiar Espaços Culturais

quarta-feira, setembro 2nd, 2015

Edital_Agitacao _Cultural-Foto Rosilda_Cruz (4)

Apoiar propostas de dinamização cultural em espaços públicos e privados é o objetivo do Agitação Cultural: Edital de Dinamização em Espaços Culturais, que foi lançado na terça-feira, dia 1, no Palácio Rio Branco. O investimento será de R$ 15 milhões, com recursos do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), e contemplará ações de qualquer segmento cultural que aconteçam com frequência mínima de uma vez por mês, em um período de três a seis meses, sendo o teto de apoio por proposta de R$ 150 mil. Os projetos devem ser realizados de janeiro a julho de 2016. As inscrições contemplam pessoas físicas e jurídicas e podem ser feitas de 02 a 30 de setembro.

“A grande riqueza da Bahia é a sua gente, a sua cultura. Somos referência no país inteiro. Nós temos que dar espaço às artes e culturas, como forma de combater a violência e de gerar empregos e transformação social. Elas são alimento da alma e vetor de desenvolvimento econômico”, ressaltou o governador Rui Costa durante o evento.

O conceito ampliado de espaço cultural e o investimento elevado do mecanismo de fomento na Bahia, comparado ao de outros estados, foram destaques na apresentação do secretário Jorge Portugal. “Nossa prioridade, este ano, foi pagar os valores de editais anteriores que estavam em aberto, e isso foi feito. Mas estávamos determinados a celebrar os dez anos Fundo de Cultura com novidades. Por isso, resolvemos ampliar o Edital de Dinamização de Espaços Culturais, com esse novo formato e investimento maior”, afirma Jorge Portugal.

As propostas podem ser realizadas em espaços culturais convencionais – como um teatro, um museu, um arquivo público ou biblioteca – e também em espaços que funcionam ou possuem possibilidades reais para funcionar como centros e elos de difusão, fruição, formação e produção de conteúdos artístico-culturais, com ambientes capazes de abrigar ações culturais abertas à população, como shows, espetáculos, exposições, exibições audiovisuais, realização de oficinas, dinâmicas sócio-educativas de conteúdo cultural e outras atividades afins. Dessa forma, uma praça, um salão paroquial, um terreiro ou uma aldeia também poderão ser incluídos.

“A ideia é envolver todos os elos da cadeia produtiva da cultura. Através dessa circulação, queremos atingir os 27 territórios de identidade do Estado e, inclusive, fazer circular muito do que ajudamos a produzir através do Fundo ao longo dos últimos anos”, explica o superintendente de Promoção Cultural da SecultBA, Alexandre Simões. Um dos objetivos da seleção é contribuir para manter a vivacidade cultural e incentivar a utilização mais intensa dos espaços culturais do estado, em especial os gerenciados pela própria Secretaria.

A SecultBA irá monitorar a execução das ações pactuadas e será gerada uma programação artística e cultural que merecerá todo o suporte de comunicação e divulgação em todas as regiões do Estado, estimulando o acesso e a fruição. A seleção buscará contemplar propostas nos 27 territórios de identidade. Caso não haja propostas inscritas ou pré-selecionadas suficientes para seguir esta regra, serão priorizadas as propostas melhor avaliadas, independentemente de território.

Agitação Cultural: Edital de Dinamização em Espaços Culturais do Fundo de Cultura da Bahia
Período de inscrições: 02/09 a 30/09
Investimento: R$ 15 milhões, sendo teto de R$ 150 mil por proposta
Todos os segmentos culturais
Onde: Espaços culturais nos 27 territórios de identidade da Bahia
Informações e inscrições: www.cultura.ba.gov.br

 

Jorge Portugal diz que fez contrato com educação pensando nos alunos

sexta-feira, fevereiro 6th, 2015

20150206-093517.jpg

Exclusivo! O secretário de Cultura da Bahia, professor Jorge Portugal, concedeu entrevista exclusiva ao apresentador Adelson Carvalho, na Rádio Sociedade, na manhã desta sexta, dia 6 e afirmou estar “totalmente tranquilo” no impasse que envolveu um contrato entre a Secretaria Estadual de Educação (SEC) e a Abaís Conteúdos Educativos & Produção Cultural Ltda, empresa de sua propriedade, ao ser questionado por um ouvinte. O Ministério Público chegou a ser acionado para investigar o contrato que forneceu a quantia de 1.591.774,80 para realização de aulas para alunos do 3º ano da rede pública como preparação para o Enem em 2012. “O Ministério Público foi acionado e verificou que eu estou absolutamente limpo nesse caso.
Portugal disse ainda que não é professor conversado do Estado e que fez o convênio pensando nos alunos que estavam sem aulas.

Foto: adelsoncarvalho.com.br

Jorge Portugal toma posse na Secretaria de Cultura terça-feira (6)

sábado, janeiro 3rd, 2015

jorgeportugal

Olha aí. O professor e pesquisador Albino Rubim transmite o cargo de secretário de Cultura do Estado da Bahia ao educador, poeta e compositor Jorge Portugal, na próxima terça-feira, dia 6.
A cerimônia acontece às 10h, no Palácio Rio Branco, na Praça Thomé de Souza, e é aberto ao público.

Nascido em Santo Amaro da Purificação, no recôncavo baiano, e formado em Letras, Jorge Portugal antecipa que sua gestão será de continuidade.
“Vou ser secretário de um projeto político que continua. Não haverá interrupção das políticas culturais vigentes. Poderemos e deveremos ampliar no que for possível, assim como o secretário Albino Rubim ampliou as políticas desenvolvidas pelo secretário Márcio Meirelles. Agora, travaremos uma luta incessante para somar mais recursos ao orçamento da Cultura”, afirma Portugal, que idealizou projetos culturais e educativos como Aprovado, Tô Sabendo, Manoel Faustino e Circulador Cultural.

Foto: Reprodução