Posts Tagged ‘HOSPITAL DE CAMPANHA’

Hospital de Campanha Arena Fonte Nova é desativado

sábado, outubro 17th, 2020

Com a alta médica de Sebastião das Virgens nesta sexta-feira (16), último paciente do Hospital de Campanha Arena Fonte Nova, a unidade teve suas atividades encerradas. Aberto no início de junho para atender exclusivamente pacientes com coronavírus (Covid-19), o hospital do Governo do Estado chegou a ter 240 leitos, sendo 100 de terapia intensiva (UTI).

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, explica que foi montada a melhor estrutura do país em termos de hospital de campanha. “Optamos por instalar a unidade numa área coberta e climatizada da Arena, ao invés de utilizar o graMado. Com a abertura dos leitos, conseguimos ampliar a oferta de UTI e fazer com que nenhum paciente ficasse sem atendimento”, afirma Vilas-Boas. Ele ainda destaca que parte da estrutura, como a rede de gases será mantida para que, em caso de necessidade, seja reativado rapidamente.

Após o procedimento de inventário dos equipamentos utilizados, o espaço passará por uma desinfecção terminal como medida de sanitização do ambiente a fim de, posteriormente, ser liberado para o uso em eventos esportivos. Itens como respiradores, tomógrafo computadorizado, aparelho de raio-X, dentre outros, que estavam sendo utilizados na unidade serão redistribuídos para a rede estadual.

Fotografia/Fonte: Ascom-Sesab

Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova será desativado

quinta-feira, outubro 15th, 2020

Com mais de 480 altas contabilizadas, o Hospital de Campanha instalado pelo Estado na Arena Fonte Nova será desativado até esta sexta-feira 16/10, em função da ampla queda na demanda. Aberta em junho, para tratar exclusivamente de pacientes com sintomas graves da Covid-19, a unidade contava, até o início da tarde desta quarta-feira 14/10, com apenas três pacientes internados.


“Realmente, estamos na fase final de desmobilização. Desde o dia 30 de setembro, deixamos de receber pacientes regulados e passamos a cuidar apenas dos que já estavam internados, que pouco a pouco foram tendo alta. Permanecemos apenas com alguns leitos de UTI e de enfermaria que serão desativados até a próxima sexta”, explica a diretora da unidade, a médica infectologista Ledívia Espinheira.

Implantado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o centro de tratamento chegou a contar com 240 leitos no momento de maior atividade registrada. Apenas a rede de gases será mantida, a fim de facilitar a montagem da estrutura, em uma eventual necessidade.

Fotografia/Fonte: GOVBA

Hospital de Campanha já atende pacientes com coronavírus

terça-feira, maio 12th, 2020

O Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro, celebrado nesta terça-feira, dia 12/5, foi marcado em Salvador pela entrega do hospital de campanha para tratar pacientes com o novo coronavírus, localizado na área do antigo Wet’n Wild, na Avenida Luis Viana Filho (Paralela). Com investimento da Prefeitura de quase R$30,5 milhões, a estrutura foi entregue pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis e do secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, corpo técnico e imprensa. Também esteve presente na ocasião o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins.

A unidade de alta complexidade possui duas tendas, sendo que uma delas, totalmente equipada, já atende pacientes com a Covid-19 a partir da tarde de hoje. No entanto, o atendimento não será de demanda aberta, ou seja, será feito apenas aos encaminhados pelo sistema de regulação. Nesta primeira fase, são oferecidas 50 vagas de UTI e outros 40 leitos clínicos – estes para casos de menor gravidade. O serviço é administrado pela Associação Saúde em Movimento (ASM), vencedora da licitação municipal.

O prefeito lembrou do desafio em construir uma unidade de alta complexidade desse porte em apenas 40 dias na cidade. “Quando os primeiros casos surgidos na China evoluíram para problemas no sistema de saúde local, e vendo as notícias de um hospital construído em poucos dias lá, com toda a estrutura de pessoal e dinheiro que aquele país possui, achava que algo assim aqui seria impossível. No entanto, tivemos que aproveitar a área de um antigo parque aquático, fazer todo o trabalho de adaptação, construção, contratação de equipes e instalação de equipamentos. Da ordem de serviço dada no dia 1º de abril para a entrega hoje, está sendo comprovado que o impossível é possível e se tornou realidade”, ressaltou ACM Neto.

Estrutura – O funcionamento do Hospital de Campanha será em esquema 24 horas e conta com quase 600 profissionais especializados. São 18 médicos intensivistas plantonistas, 35 médicos intensivistas diaristas, 28 médicos plantonistas e cinco diaristas, dois infectologistas, um cirurgião-geral, um pneumologista, um neurologista, um cardiologista, um nefrologista, um radiologista, 36 fisioterapeutas, 27 enfermeiros especializados em UTI, 12 enfermeiros especializados em internação, quatro bioquímicos, seis farmacêuticos, 13 nutricionistas, nove assistentes sociais, 135 técnicos de enfermagem especializados em UTI, 27 técnicos de enfermagem especializados em internação, 13 técnicos de laboratório e 14 técnicos de radiologia, dentre outros colaboradores.

A unidade também possui uma câmara fria com capacidade para 28 corpos e um outro equipamento semelhante será instalado no local para 42 corpos. O protocolo adotado atualmente é de que pessoas que venham a falecer com Covid-19 até as 14h sejam sepultadas no mesmo dia e, após este horário, somente no dia seguinte. “Sabemos que muitas pessoas falecem em casa e, caso aconteça após às 14h, os corpos serão trazidos para cá”, afirmou o prefeito.  

Ampliação – Na ocasião, o prefeito também autorizou o início da instalação da segunda tenda, projetada para receber mais 100 leitos clínicos. No entanto, se houver necessidade, parte desse montante pode ser convertida em leitos de UTI para atender aos casos mais graves.

Atualmente, o tempo médio de ocupação de leitos nas unidades públicas de saúde de Salvador é de 14 dias para UTI e sete dias para clínicos. Antes da entrega do Hospital de Campanha, a taxa de ocupação total dos leitos públicos é de 45% para clínicos e de 73% para UTI. “A previsão era de colapso de leitos a partir do dia 14. No entanto, todo o esforço na oferta de novos leitos e de mais medidas de restrição chegaram à redução da taxa de transmissão para 7%, taxa essa que já chegou a 10%. Então, esse colapso não vai acontecer agora”, revelou ACM Neto.

Fotografia/fonte: Secom/PMS

Hospital de campanha na Paralela entra na fase final de montagem

quarta-feira, abril 29th, 2020

Perto de terminar. As ações municipais para ampliar o suporte a pacientes vítimas do coronavírus em Salvador não param. Após anunciar a implantação de 39 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), finaliza os preparativos para a abertura do hospital de campanha que é montado no Wet’n Wild, que terá, na primeira fase, 50 vagas de UTI e 40 de enfermaria.

Além disso, serão entregues até a semana que vem mais 47 novos leitos no Itaigara Memorial, no Caminho das Árvores, unidade de saúde privada requisitada pelo município para enfrentar a pandemia. Até a primeira quinzena de maio, serão 163 novos leitos de UTI e de enfermaria, incluindo os 39 já disponíveis em quatro hospitais da capital baiana.

No Wet’n Wild, na Avenida Luiz Viana Filho (Paralela), o Hospital de Campanha I (HCAMP I) já está praticamente pronto e vai oferecer 90 leitos, distribuídos entre a UTI e enfermaria. Neste momento, está em fase de finalização as instalações de rede elétrica, gás, refrigeração e câmara frigorífica.

A estrutura terá 600 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas e equipe administrativa e de serviços gerais. No mesmo local, está sendo montado o HCAMP II, que terá, numa segunda fase, a mesma quantidade de leitos e será utilizado, caso haja evolução dos casos de Covid-19 no próximo mês.

O coordenador de urgências do município de Salvador, Ivan Paiva, explica que a Prefeitura tem trabalhado de forma incansável para montar a estrutura necessária para atender os pacientes acometidos pela Covid-19, principalmente os casos mais graves da doença. “Estamos em ritmo bem acelerado, pois a Prefeitura tem trabalhado com planejamento para impedir a aceleração da doença na cidade”, afirma.

A evolução da doença em outros países tem mostrado que grande parte dos pacientes graves precisam de internamento e, consequentemente, de ventilação mecânica, ou seja, necessitam do uso de respiradores. Paiva assinala que a mortalidade pode ser reduzida, se as cidades conseguirem montar estruturas de hospitais para tratar a doença. “O caminho é o que estamos seguindo, ampliando esses leitos com assistência ventilatória”, frisa o médico.

Fotografia/fonte: Secom/PMS

Hospital de campanha vai ser construído em Teixeira de Freitas

sábado, abril 18th, 2020

Como forma de cooperar para o enfrentamento da pandemia do coronavírus e seus efeitos na região, a Suzano e a Veracel Celulose, em parceria, lançaram um conjunto de ações que incluem a montagem de um hospital de campanha na cidade de Teixeira de Freitas, no Extremo Sul da Bahia, com 20 leitos de UTI. A iniciativa inclui a doação de 20 respiradores, fixos e móveis, e toda a estrutura física que será construída contígua ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. A manutenção da unidade será realizada pelo Governo do Estado.​

“É uma honra para a Suzano poder ser parceira do Governo do Estado em um momento como este, prezando pela saúde e bem-estar da população do extremo sul da Bahia, que será assistida – em casos suspeitos de Covid-19 – por este hospital”, afirma a Head de Relações e Gestão Legal da Suzano, Mariana Lisbôa.​

As empresas doaram, no total, 35 respiradores para o território baiano (27 para o Governo do Estado e 8 para a Prefeitura Municipal de Salvador) e 80 mil máscaras hospitalares importadas da China, além da distribuição de 83 mil litros de álcool 70% glicerinado em diversos municípios do estado. O produto, essencial para este momento, será direcionado aos hospitais e instituições, tais como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.​

“A Veracel está comprometida desde o início com a luta contra os efeitos da pandemia e com o apoio às comunidades da nossa região, a Costa do Descobrimento”, destaca o CEO da companhia, Andreas Birmoser. “Por isso, é um grande orgulho estar nesta parceria. O novo hospital terá uma UTI dedicada ao tratamento de pessoas que possam vir a contrair a Covid-19 e necessitar de atendimento de maior complexidade, salvar vidas e trazer mais segurança à população de todo o extremo sul da Bahia”.​

Na avaliação do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a solidariedade do empresariado brasileiro é fundamental neste momento. “A rede de relacionamento, logística e recursos financeiros do setor privado auxilia estados e prefeituras de sobremaneira. Esses respiradores serão usados em casos graves de contaminação pelo novo coronavírus, em especial no Extremo Sul da Bahia”, ressalta Vilas-Boas.​

O vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico, comenta que “o setor florestal na Bahia, responsável pela produção e processamento de madeira para papel, celulose, entre outros, gera 200 mil empregos no estado. Temos construído uma importante agenda positiva. Essa doação da Suzano e Veracel reforça o compromisso do segmento, não apenas com o desenvolvimento econômico, mas com o bem-estar do povo baiano”. 

Foto/fonte: SESAB