Posts Tagged ‘presos por tráfico’

Polícia prende três por tráfico de drogas e porte de arma

quarta-feira, setembro 6th, 2017

Trio da pesada. A população da Cidade de Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia, está mais tranquila depois da prisão em flagrante de três cramunhões por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Um deles foi conduzido por suspeita de homicídio nesta quarta-feira, dia 6/9.

Com os presos, policiais encontraram um revólver calibre 32, porções de maconha e porções de crack. Eles estão custodiados na Delegacia da Cidade à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Suspeitos de tráfico são presos pela Rondesp

terça-feira, fevereiro 21st, 2017

Operação pente fino. Políciais da Rondesp/Atlântico prenderam três homens, na madrugada desta terça-feira, dia 21/2, suspeitos de tráfico de drogas na Ladeira das Carmelitas, no Engenho Velho da Federação, em Salvador.
Conforme policiais, Anderson, Jeferson, e Cosme, foram flagrados com quase 50 trouxinhas de maconha; uma balança de precisão; um revólver calibre 38, com 6 cartuchos intactos; 6 aparelhos celulares; um caderno com anotações relacionadas ao tráfico; 16 pinos de cocaína; além de R$ 41 em espécie. O suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes.
Foto: Divulgação/PM

PF prende 4 por tráfico de drogas e 1 por evasão de divisas

terça-feira, agosto 16th, 2016

image_mini (3)

A Polícia Federal prendeu, durante o fim de semana (12 a 15/8), quatro pessoas por tráfico de drogas e uma por evasão de divisas.

Um homem, de 29 anos, natural da Letônia, foi abordado por policiais federais na sexta-feira (12/8) no momento em que realizava o check-in em voo com destino a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Com ele, foram encontrados quase 2 kg de cocaína escondidos dentro de bolsas femininas e estojo de jóias.

Três prisões ocorreram no domingo (14/8). Foram apreendidos com dois nigerianos, que ingressaram no Brasil beneficiados pela Lei do Refúgio, quase 7 kg de cocaína. Um deles escondeu a droga sob as vestes, em uma espécie de cinta. Com o outro, os policiais encontraram mais de 4 kg de cocaína ocultos em fundos falsos de uma mochila. Eles pretendiam levar a droga para Lagos na Nigéria. A terceira prisão, a de um homem jamaicano, foi realizada após a localização das drogas por meio do espectrômetro de massa e aparelho de raio-x. Seis volumes contendo 4 kg de cocaína foram localizados dentro de uma mochila e de um case para notebook. A droga tinha como destino a cidade de Dubai, nos Emirados Árabes.

Na madrugada de hoje (15/8), um brasileiro, de 53 anos, natural de Rio Verde/GO, que embarcaria em voo com destino a Istambul, na Turquia, foi preso pelo crime de evasão de divisas. Com ele, foram apreendidos 50 mil dólares sem a devida declaração à Receita Federal. O homem disse aos policiais que pagava seus impostos e não via necessidade em efetuar qualquer tipo de declaração.

Os presos foram conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas. Conforme Ascom/PF

 

Foto: Divulgação/PF

Dona de terreiro está entre os presos por tráfico em operação policial

quinta-feira, outubro 22nd, 2015

Não corre ninguém. Entre os presos na Operação Tapuias, que combateu o tráfico de drogas em Camaçari e em Dias D´Ávila, Região Metropolitana de Salvador, estão cinco mulheres, uma delas dona de um terreiro, e quatro homens, com base em informações da Polícia Civil. Os suspeitos foram apresentados na quarta-feira, dia 21. A operação foi deflagrada ainda de madrugada para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão.

Sete mandados de prisão foram cumpridos e dois foram presos em flagrante – uma mulher foi encontrada com crack, pistola e um revólver em um terreiro de sua propriedade e um homem com um revólver e uma pistola, ambos em Camaçari.

Segundo informações da polícia, o objetivo era cumprir 15 mandados de prisão e 21 de busca e apreensão. Uma pistola calibre 9 milímetros, um tablete de crack, duas balanças de precisão e um veículo do modelo GM/Cobalt foram apreendidos.

A operação foi comandada pelos delegados Alexandre Narita e Pedro Fernandes, do Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Participaram, no total, 88 policiais civis da Draco, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Departamento de Polícia Metropolitana (Depom).

Foto: Divulgação/PC

Polícia neles: Trio preso com armas e drogas na Muriçoca

segunda-feira, maio 25th, 2015

IMG_3742.JPG

Se deram mal. Suspeitos de participação em assassinatos no Vale da Muriçoca, pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os traficantes Luís Cláudio Evangelista Vieira,  “Nino”, de 24 anos, Gutemberg Pereira dos Santos Filho,  “Banguelo”, 20, e Deivid Silva dos Santos Júnior,  “Deivinho”, 23, foram flagrados, na terça-feira, dia 19, por policiais da 41ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no Beco do Buguelo, com um revólver calibre 38 e quarenta porções de maconha.
As investigações de homicídios ocorridos naquela região estão sendo conduzidas pela delegada Rita de Cássia Chaves, da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), que já encaminhou a arma apreendida com eles para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde será submetida ao Ibis (sistema de identificação balística). O objetivo é identificar se ela tem alguma relação com as mortes registradas naquela área.
Autuado por porte ilegal de arma, “Nino” e os comparsas já têm passagens por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes pelos quais foram autuados novamente, no DHPP. O trio já foi encaminhado ao Núcleo de Prisão em Flagrante da Justiça, no Complexo Penitenciário da Mata Escura.

 

Foto: adelsoncarvalho.com.br

 

 

Desarticulado bando envolvido em homicídios e tráfico; nove presos foram para o xilindró

quinta-feira, dezembro 18th, 2014

20141218-061918.jpg

Se ferraram. Com a prisão de nove pessoas, sete homens e duas mulheres, a Polícia Civil de Feira de Santana desarticulou uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas e homicídios naquela Codade.
Um dos presos é suspeito de envolvimento no homicídio de Marcelo Roberto Pinho, o Tenhiê, de 23 anos, que foi decapitado. A cabeça foi encontrada em uma sacola, na porta de uma residência no conjunto Feira X, na manhã do dia 23 de novembro.
De acordo com o delegado Matheus Souza, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), oito acusados foram presos após abordagem em uma van na BR-324 que seguia para Salvador, na terça-feira, dia 16. O nono suspeito, Alex Fontes Machado, foi preso na Estação Rodoviária, na manhã desta quarta-feira, dia 17.
Foram presos na van: Luanderson Santos Machado, conhecido como Ua, irmão de Alex; Ubiratania da Silva; Lucas Silva de Almeida; Edivane da Silva Farias; Moisés de Jesus; Geovan de Jesus Lobo; Neulon de Jesus Souza e Luiz Alberto Brito Euclides, condutor e proprietário do veículo.
Com eles, segundo o delegado foram encontrados munições e armamento de vários calibres, inclusive de uso restrito das forças armadas e drogas. A prisão aconteceu durante investigações em conjunto entre a DTE e a Delegacia de homicídios (DH).
“Através das investigações, ficamos sabendo que eles estavam saindo de Feira de Santana para Salvador. Eles alegaram que iriam passear, mas sabemos que eles tentavam fugir. Foi feita a abordagem e encontramos drogas e armamentos. Em seguida aprofundamos a diligência e prendemos outro envolvido”, informou o delegado destacando o trabalho em conjunto desenvolvido pelas delegacias especializadas.
“Nove pessoas perigosas foram presas. Estavam sendo procuradas pela polícia por homicídios e outros delitos”, continuou.
Matheus Souza informou que a polícia já tem o nome do suspeito de ter levado a cabeça de Tenhê em uma sacola. O mesmo está sendo procurado.
“Pelo que foi apurado nas investigações ele (Luanderson) tem participação no homicídio do Tenhê e a cabeça quem levou para o Feira X foi um indivíduo conhecido como Boquinha. Sabemos que Ua é traficante da Expansão Feira IX, e usa poder de fogo e outros métodos para amedrontar as pessoas da comunidade e se impor”, disse o delegado que o autuou em flagrante por associação ao tráfico.
Sobre o mesmo acusado a delegada Ana Cristina Paim, da Delegacia de Homicídios, disse que Ua nega o crime contra Tenhê, mas segundo ela a polícia tem provas contra ele.
“Já tínhamos informação de que além dos homicídios ele é um traficante. Com essas informações a investigação passou a ser dos dois departamentos da Polícia Civil, DTE e DH. Ele nega o crime, mas o que foi dito por ele é irrelevante diante das provas e circunstâncias que temos coletadas contra ele. Que eu me lembre, Ua é apontado como envolvido em cinco homicídios, mas a gente continua investigando e acaba tendo informações de outros homicídios nos quais ele pode ter participação também”, disse a delega Klaudine Passos. A polícia investiga a origem dos armamentos apreendidos – duas armas e munições.

 

Fotos/fonte: Polícia Civil