Posts Tagged ‘MARIELLE FRANCO’

“Qual relação de Marielle com nosso estado?”, pergunta deputada a Hilton Coelho

quinta-feira, abril 4th, 2019

Vixe. Talita Oliveira (PSL), deputada estadual, detonou o projeto presentado pelo também deputado Hilton Coelho (PSOL) na Assembleia Legislativa da Bahia, para mudar o nome da estação Acesso Norte do metrô da Capital Baiana para Marielle Franco.

“O deputado Hilton Coelho quer prestar homenagem a sua ex-correligionária alterando o nome de uma estação de metrô em Salvador. Agora quando você pegar seu transporte, poderá esperar pelo ônibus ou metrô na “Estação Marielle Franco”. É quase como dizer que estará aguardando na frente do diretório do PSOL”, bradou a deputada em sua página no Instagram.

“Não pretendo entrar no mérito do lamentável incidente que tirou a vida da ex-vereadora. Mas qual foi a relação de Marielle com o nosso estado? Quais foram seus serviços prestados em prol dos baianos? Um parlamentar precisa ter cautela e prezar pelo respeito à Bahia e ao seu povo na hora de propôr homenagens. Nossos heróis devem ser lembrados pela sua contribuição e legado deixados à Bahia. Nomes de locais públicos não devem estar a serviço de narrativas e símbolos meramente ideológicos ou partidários”, detonou.

 

 

 

Foto: Divulgação/ALBA

Polícia encontra mais de 100 fuzis incompletos na casa de amigo do suspeito de atirar em Marielle e no motorista dela

terça-feira, março 12th, 2019

Misericórdia. A Polícia Civil encontrou 117 fuzis. A Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil do Rio de Janeiro, localizou os fuzis incompletos, do tipo M-16, na casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa.

Conforme as investigações da DH e Ministério Público, Lessa foi responsável por atirar na vereadora Marielle Franco e no motorista Anderson Gomes no dia 14 de março de 2018. Segundo a Polícia, as armas, todas novas, estavam desmontadas em caixas em um guarda-roupas, sem os canos na casa de um amigo do suspeito de atirar na vereadora e no motorista dela.

Foto: Divulgação

Vereador nega interesse na morte de Marielle e chama denúncia de “factoide”

quarta-feira, maio 9th, 2018

Negou. O vereador Marcello Siciliano (PHS) negou que tivesse interesse na morte da colega vereadora Marielle Franco, assassinada com o motorista Anderson, no dia 14/3, no centro da Cidade do Rio de Janeiro. “Não estou entendendo por que esse factoide foi criado contra a minha pessoa”, disse.

O parlamentar foi citado em matéria do Jornal O Globo na terça-feira, dia 8/5, como alvo de um delator à Polícia, que teria fornecido detalhes de sua ligação com um miliciano, conhecido como “Orlando da Curicica”, que está preso, e que teriam combinado a morte da vereadora.

 

 

Foto: Divulgação

Milhares de pessoas vão à Câmara para velório de vereadora e motorista

quinta-feira, março 15th, 2018

Violência desenfreada. Milhares de pessoas foram ao Palácio Pedro Ernesto, sede da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, no centro, nesta quinta-feira, dia 15/3, para o velório da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Pedro Gomes.

O início do velório foi restrito a familiares e amigos da vereadora, morta na noite de quarta-feira, dia 14/3, quando trafegava no centro do Rio do Rio de Janeiro. Ela voltava de um evento na Lapa, e ia para casa, na Tijuca, quando um carro branco emparelhou com aquele em que ela estava e alguém disparou pelo menos nove tiros. Marielle e o motorista morreram na hora.

 

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Temer se reúne com ministros e diz que crime de vereadora “não ficará impune”

quinta-feira, março 15th, 2018

O presidente Michel Temer se reúne na manha desta quinta-feira, dia 15/3, com ministros para discutir o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) outras questões de segurança no Rio de Janeiro. Participam da reunião os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, do Gabinete de Segurança Institucional, Sério Etchegoyen, da Secretaria-Geral, Moreira Franco e o secretário-executivo do ministério extraordinário da Segurança Pública, o General Carlos Alberto Santos Cruz.

Pelas redes sociais, Temer lamentou o crime cometido contra a vereadora e reafirmou que acompanha a apuração do caso. O presidente ressaltou que o crime “não ficará impune”.

“Lamento esse ato de extrema covardia contra a vereadora Marielle Franco. Solidarizo-me com familiares e amigos, e acompanho a apuração dos fatos para a punição dos autores desse crime. ”, disse Temer em sua conta no Twitter.

Foto: Reprodução