Posts Tagged ‘Gilberto Kassab’

Kassab e PSD teriam recebido R$ 58 milhões de esquema ilegal, diz MPF

quarta-feira, dezembro 19th, 2018

E agora? A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em petição encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) para o cumprimento dos oito mandados de busca e apreensão envolvendo o ministro de Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, e políticos do Rio Grande do Norte, menciona valores. Segundo ela, Kassab teria recebido o total de R$ 58 milhões, no período em que era vice-prefeito de São Paulo, no período de 2010 a 2016. Uma parte, no valor de R$ 30 milhões, teria ido diretamente para ele, e o restante para o Diretório Nacional do PSD.

Raquel Dodge diz que há investigações sobre o repasse de R$ 28 milhões ao Diretório Nacional do PSD, na época presidido por Gilberto Kassab. Como contrapartida, a legenda teria apoiado o Partido dos Trabalhadores (PT) na disputa nacional de 2014. As medidas cautelares foram determinadas pelo relator do caso no STF, o ministro Alexandre de Moraes.

No pedido enviado ao Supremo, Raquel Dodge destaca que são investigados os crimes de corrupção passiva (Artigo 317 do Código Penal) e de falsidade ideológica eleitoral (Artigo 350 do Código Eleitoral).

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Gilberto Kassab entrega carta de demissão ao Planalto

sábado, abril 16th, 2016

Gilberto Kassab

Êta. Após o PSD declarar voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, presidente nacional da legenda, entregou na sexta-feira, dia 15, sua carta de demissão ao Palácio do Planalto.

Kassab se reuniu no fim da tarde com o ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Jaques Wagner, para entregar o cargo. Não há informações se o ministro se encontrou com Dilma.

O Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre a substituição de Kassab.

 

 

 

 

Foto: Divulgação

Fonte: Agência Brasil

 

Rui pede liberação de R$ 70 milhões ao Ministério das Cidades

terça-feira, abril 12th, 2016

Rui pede liberação de R$ 70 milhões ao Ministério das Cidades

Em dia de agenda na Esplanada dos Ministérios, nesta terça-feira, dia 12, o governador Rui Costa iniciou a corrida pelo Ministério das Cidades, onde pediu a liberação de R$ 70 milhões ao ministro Gilberto Kassab para concluir obras nas áreas de saneamento, mobilidade urbana e encostas.

A urgência que o Estado da Bahia tem em avançar em cada uma dessas áreas foi reiterada por Rui ao ministro, que se comprometeu a somar esforços e dar celeridade aos trâmites burocráticos, já que o montante faz parte de um pacote já liberado para a Bahia.

Conforme o secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, também presente na reunião, os recursos são para projetos em cidades do interior e da Região Metropolitana de Salvador, como as avenidas Gal Costa e Orlando Gomes, em curso na capital baiana, as obras hídricas estruturantes em Feira de Santana e em Tucano, a macrodrenagem que beneficiará Lauro de Freitas, entre outras intervenções.

O governador segue cumprindo agenda em Brasília durante todo o dia, também acompanhado pelo representante do Governo da Bahia em Brasília, Jonas Paulo.

Foto: Camila Peres/GOVBA

Ministro das Cidades assina autorização para obras de saneamento no Trobogy nesta segunda

sábado, julho 4th, 2015

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.CzEDZUjNz5

Olha ai.  O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, assina na segunda-feira,  dia 6,  a autorização para a contratação de obras de saneamento em Salvador, orçadas em R$ 67,1 milhões. Os recursos serão utilizados para a execução de obras de retificação e dragagem do Rio Trobogy, com aumento de seção e construção de reservatórios de retenção, além da licitação do empreendimento. A estimativa, segundo informações da pasta, é de que 6.624 famílias, ou 26.496 habitantes, sejam beneficiadas com as intervenções. 

 

 

Foto: Agência  Brasil

Rui Costa autoriza início das obras do BRT em Feira de Santana

segunda-feira, junho 29th, 2015

64810d3448465e5fe87e18e5e52b75a6

Olha aí. As obras para a construção do BRT (Bus Rapid Transit) do município de Feira de Santana foram iniciadas na manhã desta segunda-feira, dia 29, depois da assinatura de ordem de serviço dada pelo governador Rui Costa e pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab, em evento no bairro Sítio Novo. O sistema de transporte, que deve ser concluído em janeiro de 2017, vai beneficiar 56 mil passageiros que atualmente utilizam o tradicional serviço de ônibus. Para Rui Costa, o BRT vai trazer melhorias na qualidade de vida da população. “Considero muito positiva a implementação do BRT. Com ele, as pessoas vão perder menos tempo no trânsito e ter mais tempo para suas atividades. Sem contar que terão mais conforto e segurança com o novo modal”, destacou Rui. O BRT contará com dois corredores – João Durval, com 4,8 quilômetros de extensão, e o Corredor Getúlio Vargas, com 4,45 quilômetros, totalizando 9,25 quilômetros que vão ligar três terminais, também parte do projeto. Ao todo, 20 ônibus especiais, com acessibilidade, GPS, ar-condicionado e capacidade para atender até cem passageiros, por viagem, vão circular pelos corredores exclusivos. A construção conta com um investimento de aproximadamente R$ 87 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal. Segundo o ministro Gilberto Kassab, o BRT é mais uma obra que é resultado da parceria entre os governos estadual e federal com o município de Feira de Santana. “A responsabilidade do Governo Federal é com os mais necessitados. Temos o entendimento de que se o Governo não estiver próximo aos municípios, as grandes obras, como a do BRT, não seriam possíveis. Um bom exemplo é no campo da habitação com o Programa Minha Casa, Minha Vida, que aqui em Feira [de Santana] já entregou 39 mil unidades habitacionais contratadas”, lembrou Kassab. De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Ebenezer Tuy, com a construção do BRT, toda a cidade será interligada. “Já temos os terminais do Norte, Sul e Central. Depois da obra concluída vamos ter mais três, que serão fundamentais para que a acessibilidade melhore em Feira de Santana”, explicou.

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Gilberto Kassab desembarca em Feira de Santana nesta segunda-feira

sábado, junho 27th, 2015

001-1

O governador da Bahia  Rui Costa (PT) e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, assinam ordem de serviço, nesta segunda-feira,  dia  29,  em Feira de Santana, às 10 horas, para dar início às obras do BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, no município. O corredor vai ligar a Avenida João Durval a Getúlio Vargas. O investimento é de R$ 94,85 milhões, sendo R$ 90,11 milhões por meio de financiamento do governo federal e R$ 4,74 milhões de contrapartida da prefeitura municipal.

 

O BRT é um sistema de transporte coletivo de passageiros que proporciona mobilidade urbana rápida, confortável, segura e eficiente por meio de infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem, operação rápida e frequente. Os corredores do BRT terão 9,25 km de extensão e beneficiarão cerca de 56 mil passageiros por dia, quando concluídos.

 

Foto:Reprodução

 

 

Sobre criação do PL, Otto Alencar pergunta: “Pra que tanto partido?” 

segunda-feira, março 30th, 2015
Vixe. Antes de sancionar a lei que dificulta fusões e criações de novos partidos, a presidente Dilma Rousseff incentivou o ministro das Cidades e presidente do PSD, Gilberto Kassab, a protocolar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o pedido de fundação do PL, de acordo com informações do jornal O Globo. Desta forma, a legenda não seria afetada pelas novas regras, mais ríspidas.
 
Em conversa na manhã desta segunda-feira, dia 30, o senador baiano, Otto Alencar (PSD), afirmou que não concorda com a criação do PL. “Aqui na Bahia eu não concordei. Ele me convidou e eu não concordei. É um erro o que ele está fazendo. Até porque ele desqualifica o nosso que foi feito. Por acaso ele é ‘coletor de partido’? Basta um partido. Para que tanto partido?”, disparou em entrevista na rádio Metrópole. 
 
O presidente nacional do partido já avisou que o PL está sendo construído por políticos que queriam entrar no PSD e que nada foi feito às escondidas. Kassab também não descarta uma fusão entre o PL e o PSD, já que o trâmite segue o estabelecido pelas regras anteriores.
 
O DEM e o PMDB vão contestar na Justiça Eleitoral a criação do PL. O argumento jurídico é que o PL não cumpriu as exigências da lei, como a coleta de 500.000 assinaturas, reconhecidas em cartório, em pelo menos nove unidades da federação. “Queremos marcar posição. Nem sempre o Ministério Público e a Justiça atentam em sua inteireza para os processo de criação de partidos”, declarou o líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE).