Posts Tagged ‘chuva em Salvador’

Chuva em Salvador: Quantidade de solicitações assusta Defesa Civil

sexta-feira, maio 22nd, 2020

Muita água. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registrou até às 11h desta sexta-feira 22/5, 145 ocorrências, por conta da chuva que tem ocorrido ao longo da semana, provocadas por uma frente fria. O número de solicitações assustou a Defesa Civil.

Ao todo, foram contabilizados 41 deslizamentos de terra, 29 ameaças de desabamento, 19 infiltrações, 17 avaliações de imóvel alagado, 16 suspeitas de deslizamentos, sete desabamentos parciais, cinco árvores ameaçando cair, três desabamentos de muro, dois desabamentos de imóvel, duas avaliações de área, duas árvores caídas, um imóvel alagado e alagamento de área.

Foto: Reprodução

Chuva em Salvador: Codesal registra mais de 80 solicitações de emergência

quinta-feira, maio 21st, 2020

Muita água. Por causa da chuva forte que atinge Salvador nesta semana, foram registradas 88 solicitações até às 11h desta quinta-feira 21/5, pela Defesa Civil da capital baiana (Codesal).

Segundo o órgão, foram 21 deslizamentos de terra, 19 ameaças de desabamento, 13 ameaças deslizamentos, sete avaliações de imóvel alagado, seis imóveis alagados, cinco árvores ameaçando cair, cinco desabamentos parciais, quatro infiltrações, três desabamentos de imóvel, duas orientações técnicas, uma árvore caída, uma ameaça desabamentos de muro e uma avaliação de área.

A Codesal atende normalmente a população pelo telefone gratuito 199.

Foto: Reprodução

Temporal: Bairro de Brotas registra mais de 40 mm de chuva em uma hora

segunda-feira, abril 6th, 2020

Chuva firme. Os Bairros do Matatu, Pituba, Brotas e o Centro da Cidade, registraram os maiores acumulados de chuva em seis horas, segundo dados divulgados às 07h40 desta segunda-feira, dia 6/4, pela Defesa Civil de Salvador (Codesal).

Segundo números atualizados, no Matatu, choveu 56,4 milímetros entre a madrugada e o início da manhã. Já o bairro de Brotas teve 41,2 milímetros de chuva em apenas uma hora.

Ainda segundo a Codesal, o órgão está em nível de atenção porque a chuva deve continuar nas próximas 24 horas. Até as 08h10 da manhã, foram registradas 20 ocorrências, sendo cinco desabamentos de muro e cinco deslizamentos de terra.

Foto: Reprodução

Chuva forte deixa Salvador em nível de atenção, alerta Codesal

sábado, março 7th, 2020

A madrugada deste sábado 7/3, em Salvador, foi marcada por chuvas fortes que caem desde a noite de sexta-feira 6/3, acompanhadas de raios, relâmpagos e trovões. De acordo com a Defesa Civil, a capital baiana está em “nível de atenção” devido às fortes. A mudança de nível foi divulgada pelo órgão na manhã deste sábado.

Nas últimas 12h, o bairri da Liberdade acumulou 155,4mm. Em seguida, o bairro do Caminho das Àrvores aparece como segundo acumulado de chuvas, com 146,2mm. Depois, o bairro do Stiep, com 140mm e o Parque da Cidade, com 127mm.

Ainda de acordo com a Codesal, a previsão é de que as chuvas continuem, com possibilidade de alagamentos em algumas áreas da cidade. Pela imagem do radar meteorológico, ainda são esperadas pancadas de chuvas entre 20 a 40mm por hora.

As chuvas são causadas por causa da influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), proporcionando chuvas intensas, acompanhada de trovoadas. 

Foto: Reprodução

Codesal alerta para deslizamentos de terra e alagamentos nesta quarta (19)

quarta-feira, fevereiro 19th, 2020

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) emitiu na manhã desta quarta-feira 19/2, um alerta diante das chuvas que atingem capital baiana. De acordo com o órgão, há risco de alagamentos e deslizamentos de terra por conta da possibilidade de chuvas fracas, por vezes moderadas, na cidade.

As trovoadas também devem se estender ao longo do dia. As chuvas ocorrem por conta de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), além de ventos úmidos provenientes do oceano.

O alerta da Codesal aponta ainda que na quinta-feira 20/2, primeiro dia oficial de Carnaval, há predominância de chuvas fracas e isoladas, mas sem riscos de deslizamentos de terra ou alagamentos, com céu nublado a parcialmente nublado. A mesma previsão se repete para a sexta-feira 21/2.

Foto: Secom/PMS

Salvador amanhece com chuva e pontos de alagamentos

terça-feira, fevereiro 18th, 2020

Olha aí. Salvador amanheceu com muita chuva nesta terça-feira 18/2 e com registro de alagamentos. Durante a madrugada, fortes rajadas de vento assustaram os moradores da capital baiana. Na Avenida Octávio Mangabeira, Orla Marítima, a ventania atingiu a marca de 30 km/h, três vezes superior ao registrado normalmente (entre 7 e 10 km/h).

Segundo informações de leitores do Hora do Bico, sanitários químicos foram derrubados e arrastados na Praia do Corsário e na Praia dos Artistas, em Patamares.

De acordo com o boletim informativo da Defesa Civil de Salvador (Codesal), o período chuvoso deve se estender até quarta 19/2, com céu nublado e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.

Foto: Hora do Bico

A chuva em Salvador

quarta-feira, janeiro 22nd, 2020

A forte chuva que caiu no fim da manhã desta quarta-feira 22/1, em Salvador deixou o trânsito travado em vários pontos da cidade. Há alagamentos registrados na orla de Salvador, nos bairros de Itapuã e Boca do Rio. Próxima à praia de Itapoan teve a água tomando completamente a área do asfalto. Na Boca do Rio, alguns carros ficaram ilhados por conta da chuva.

Foto: Reprodução

Moradores relatam chuva de granizo em Salvador e no interior

quinta-feira, janeiro 2nd, 2020

Vixe. Moradores relataram que ocorreu chuva de granizo em Salvador durante o primeiro dia do ano. Um dos bairros mais afetados foi o Cabula, segundo publicações nas redes sociais.

O granizo é um fenômeno caracterizado pela precipitação de água no estado sólido, ou seja, em forma de gelo.

De acordo com o diretor geral da Defesa Civil de Salvador, Sosthenes Macêdo, a formação de granizo ocorre por fatores de contraste no clima quente e frio em nuvens do tipo “cúmulo-nimbo” (que se desenvolvem verticalmente).

“O clima quente e os ventos fortes geraram um ambiente propício para a precipitação de granizo. No Nordeste não é comum a formação de granizo devido à temperatura alta, mas o fato de ocorrer ventos fortes no período desenvolveu o fenômeno”, disse. O órgão já havia emitido um alerta de continuidade de chuvas na cidade hoje.

Os relatos de moradores também ocorreram nas Cidades de Itapetinga, Vitória da Conquista e Alagoinhas, no interior da Bahia.

Foto: Reprodução

Forte chuva provoca alagamentos em Salvador

terça-feira, dezembro 31st, 2019

A forte chuva que caiu desde a noite de segunda 30/12, até o início da manhã desta terça-feira 31/12, registrou quase 50 pontos de alagamento em na capital baiana, segundo a Defesa Civil de Salvador (Codesal). Os bairros mais atingidos foram Itapuã e Piatã.

Moradores regristraram alagamento de casas, deslizamento de terra e árvores caídas.

Ainda estão previstas chuvas pontuais durante a tarde e a noite.

Foto: Reprodução

Bombeiros resgatam mais de 20 pessoas ilhadas na capital

terça-feira, novembro 26th, 2019

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM) resgataram 24 pessoas, entre idosos, adultos e crianças, que estavam Ilhadas na região da Baixa dos Sapateiros, após terem as casas inundadas pela água na manha desta terça-feira (26). As equipes utilizaram boias próprias para salvamento aquático e botes para a retirada da população.

A ação teve que ser bastante rápida e precisa, pois a água estava subindo muito rápido. As pessoas foram levadas para uma escola e o Corpo de Bombeiros orientou que fosse solicitada vistoria da Defesa Civil de Salvador (Codesal) para avaliação das estruturas e que só depois eles retornem às residências. 

Mesmo com a orientação de evacuação, alguns moradores cujas casas não foram tão atingidas pela água, se recusaram a sair dos imóveis.

“Nossas equipes permanecem de prontidão para atender todas as demandas com celeridade e pessoal capacitado. Nosso principal objetivo é salvaguardar a integridade física dos cidadãos”, disse o comandante-geral da corporação, o coronel BM Francisco Telles.

Foto/fonte: SSP-BA

“Maior chuva da história de Salvador”, diz ACM Neto

terça-feira, novembro 26th, 2019

Diante da intensa chuva que atingiu Salvador de surpresa na manhã desta terça-feira, dia 26/11, quando algumas localidades tiveram picos de quase 250mm de precipitação nas últimas 12 horas, a exemplo de São Caetano e da Liberdade, a Prefeitura trabalha intensamente para que a cidade retome a normalidade o mais breve possível. Acompanhado de dirigentes e técnicos municipais, o prefeito ACM Neto esteve nas ruas da cidade pela tarde para vistoriar áreas mais castigadas e adotar providências. 

Uma das áreas vistoriadas foi a Ladeira do Cacau, em São Caetano, onde houve um deslizamento da encosta do lado oposto do local onde a Prefeitura já fez a obra de contenção. Essa é a única via da cidade que sofreu transtornos mas que continua interditada até que a Limpurb termine a limpeza e que seja feita uma avaliação sobre se há risco de novos deslizamentos. Além disso, o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, anunciou que fará um projeto para a realização da contenção desse lado da ladeira.

“Salvador vem enfrentando, nas últimas horas, uma das maiores chuvas dos últimos anos. Chegou a chover 170 milímetros em três horas. Nunca choveu tanto em um mês de dezembro nos últimos dez anos, com uma média histórica de 106,5mm, graças ao dia de hoje. As informações que a população da Ladeira do Cacau nos traz é de que havia alguém escavando uma parte da base da encosta que desabou, felizmente sem vítimas fatais. Mas o fato é que já estamos tomando todas as providências para que a via seja liberada o mais rápido possível”, disse ACM Neto. 

O prefeito ressaltou que, se não fossem os investimentos de mais de R$120 milhões em obras de contenção de encosta (76 já entregues e outras 18 em execução), a cidade teria sofrido muito mais. Além disso, ACM Neto destacou os investimentos em tecnologia de prevenção e alerta destinados à Defesa Civil de Salvador (Codesal), a exemplo da instalação de pluviômetros e 48 pluviômetros, duas estações meteorológicas, e duas estações hidrológicas.

Coletiva – Após a vistoria na Ladeira do Cacau, ACM Neto comandou uma coletiva na sede da Codesal, na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), ao lado de Bruno Reis, do diretor-presidente da Defesa Civil, Sosthenes Macêdo, e outros dirigentes municipais. Na ocasião, o prefeito fez um balanço da atuação de todos os órgãos que participam da chamada Operação Chuva, a exemplo das secretarias de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Manutenção (Seman) e Limpurb, além da própria Codesal. 

ACM Neto lembrou que autorizou o acionamento das sirenes em áreas mais atingidas pelas chuvas e com risco maior à vida das pessoas, conforme rege o Plano de Proteção e Defesa Civil (PPDC) da Codesal. As sirenes foram acionadas na Baixa de Santa Rita (São Marcos), no Calabetão, no Bom Juá, na Vila Picasso, na Voluntários da Pátria (Santa Luzia), na Baixa do Cacau, nas comunidades do Mamede I e Mamede II (Alto da Teresinha), na localidade de Moscou (Vila Canária) e no Bosque Real (Sete de Abril).

“Acolhemos todas essas famílias, que foram encaminhadas para locais seguros. Por isso, pedimos sempre a essas pessoas que não insistam em permanecer em áreas de risco e procurem a Prefeitura. As equipes da Codesal e da Sempre estão sempre prontas para essas famílias. Somente este ano, já pagamos o equivalente a R$10 milhões em auxílios moradias”, salientou ACM Neto. 

Durante todo dia de hoje, 275 pessoas, sendo 183 adultos e 92 crianças, foram removidas de suas casas em regiões de risco e acolhidas pela Prefeitura. A Sempre já distribuiu 360 colchonetes para as famílias que foram tiradas de suas casas e encaminhadas a domicílios de parentes. Até agora, a Codesal já registrou 276 ocorrências pela cidade em função das chuvas. 

O prefeito ressaltou também que equipes da Seman tiveram dificuldades em chegar aos locais de alagamento pela manhã, em função dos engarrafamentos. Mas frisou que essas equipes já estão atuando para que a cidade retome a normalidade. No caso da Avenida Antonio Carlos Magalhães, ACM Neto explicou que os alagamentos se formaram, mais uma vez, em função das obras de implantação dos corredores do BRT. “Já sabíamos que isso iria acontecer porque as obras fazem temporariamente o barramento do canal. Mas, quando estiver tudo pronto, essas intervenções irão solucionar em definitivo esse problema na ACM”.

Ainda nesta terça-feira, dia 26/11, o prefeito ACM Neto foi entrevistado pelo apresentador Adelson Carvalho, no programa Cidade Alerta da Record TV e afirmou que foi a maior chuva da história de Salvador.

Foto/fonte: Secom/PMS

Chuva em Salvador: Poste cai em cima de táxi

terça-feira, novembro 26th, 2019

Um poste caiu em cima de um táxi no bairro de Amaralina, em Salvador, na manhã desta terça-feira 26/11. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas.

Foto: Reprodução

Chuva: Codesal registra mais de 100 ocorrências nesta terça-feira (26)

terça-feira, novembro 26th, 2019

A Codesal registrou no início da manhã desta terça-feira 26/11, 106 ocorrências por conta da forte chuva que atinge a capital baiana.


Segundo informações do órgão municipal, existem 11 ameaças de deslizamento; 49 alagamentos de imóveis; sete ameaças de desabamento; 31 deslizamentos de terra, uma infiltração, seis alagamento de área, quatro desabamentos de muro, dois desabamentos de imóveis, três desabamentos parciais, uma infiltração e uma árvore caída.

As ocorrências foram registradas na região do Subúrbio Ferroviário e bairros como Pau da Lima, Liberdade, Tancredo Neves, Cajazeiras, Brotas, Itapuã, Ipitanga, Cidade Baixa, Cabula, Barra, Pituba, Liberdade e Valéria.
Além das ocorrências registradas pela Defesa Civil, um canal transbordou na Rua do Jaracatiá, no Caminho das Árvores.

Chuva em Salvador: motoristas enfrentam alagamentos

terça-feira, novembro 26th, 2019

A chuva que cai em Salvador desde a madrugada desta terça-feira 26/11, tem causado várias ocorrências. De acordo com informações da Transalvador, motoristas enfrentam pontos de alagamento na Avenida Antônio Carlos Magalhães, sentido Shopping da Bahia, nas imediações da Lar Shopping; na Avenida Luís Eduardo Magalhães; no Largo da Calçada; na Avenida Luís Tarquínio e na subida da ladeira da Estação Pirajá.
A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registrou 38 solicitações ligadas às chuvas até às 08:20Hs. Foram 11 alagamentos de imóveis, 11 ameaças de deslizamento, oito deslizamentos de terra, três alagamentos de áreas, três ameaças de desabamento, uma queda de árvore e uma infiltração. A maior parte dos casos foi registrada nas regiões do Cabula e de Tancredo Neves. O órgão está de plantão 24 horas por dia e atende às solicitações pelo telefone 199.


Nas fotos e vídeos, é possível ver que os carros ficaram impedidos de trafegar na avenida ACM, por conta do nível da água. Alguns dos veículos tiveram que voltar pela contramão.

Moradores são resgatados após desabamento

sábado, maio 11th, 2019

Equipes da Defesa Civil de Salvador (Codesal), da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar (CBPM) estiveram na rua Antônio Carlos Magalhães, no bairro de Itapuã, em Salvador,  para fazer o resgate de moradores, após o desabamento de um muro, na madrugada deste sábado 11/5, por conta da chuva.

Até o momento não houve registro de feridos.

 

 

Foto: Reprodução/ A Tarde

Salvador tem várias áreas alagadas

sábado, maio 11th, 2019

Misericórdia. Vários pontos de Salvador apresentaram alagamentos na sexta-feira 10/5. De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), o tráfego foi afetado nas Avenidas Paralela, ACM, Bonocô Cidade Baixa.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registrou 46 solicitações de atendimento de emergência. Em boletim divulgado na manhã deste sábado 11/5, o órgão informou que foram registrados 10 deslizamentos de terra na capital baiana, mas sem informações de feridos por conta dos incidentes.

 

 

Foto: Reprodução

Carros e até ônibus ficam parados no meio de alagamento na Avenida ACM

segunda-feira, março 25th, 2019

Misericórdia. A chuva forte que cai em Salvador desde a madrugada desta segunda-feira 25/3, deixou a Cidade travada. A Avenida ACM, na altura da Comercial Ramos, amanheceu alagada, o que impediu o tráfego no local nos dois sentidos. O rio que passa pelo canal transbordou, e alguns carros e ônibus com passageiros, ficaram parados no meio do alagamento.  Um motorista precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Não há registros de feridos.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registou sete ocorrências, sendo dois deslizamentos de terra, três alagamentos de imóveis e um desabamento de muro. 

 

 

 

Foto: Reprodução/Whatsapp/Leitor Hora do Bico

Salvador: Depois de chuva, mais de 20 imóveis correm risco de desabar

quinta-feira, maio 3rd, 2018

Aviso. Depois da chuva desta quinta-feira, dia 3/5, pelo menos 22 imóveis correram risco de desabar em Salvador. Conforme informações da Defesa Civil de Salvador (Codesal), o órgão recebeu 57 ocorrências até às 5 da tarde.

A Codesal afirmou que também foram registrados um alagamentos de área, um alagamento de imóvel, 17 suspeitas de deslizamento de terra, duas árvores correm risco de desabar, três avaliações de imóveis alagados, quatro deslizamentos de terra, quatro infiltrações e três orientações técnicas

O plantão do órgão acontece durante 24 horas e as solicitações podem se feitas através do telefone gratuito 199.

 

 

Foto: Ilustrativa

Cidade despreparada: Chuva deixa bairros “ilhados” e moradores revoltados com a Prefeitura

sexta-feira, abril 20th, 2018

Cidade sem preparo. Por conta da chuva intensa que cai em Salvador, desde a madrugada desta sexta-feira, dia 20/4, vários bairros, localidades e avenidas ficaram ilhados. Um córrego na Avenida Gal Costa transbordou e acabou atingindo diversas casas.

No bairro da Graça, por pouco um motorista não foi morreu após a queda de três árvores. Em Cosme de Farias, um imóvel desabou na Rua do Campo Velho. Um taxista ficou indignado com a situação em Cosme de Farias. “Isso aqui é muita humilhação, nem cachorro merece. Cadê o prefeito ?”, detonou.

A Defesa Civil, registrou um deslizamento de terra e alagamentos de casas na Rua General Figueiredo, no bairro de Águas Claras, Periferia de Salvador.

 

Em Periperi, no Subúrbio Ferroviário, a chuva intensa e a falta de atenção por parte da Prefeitura, deixaram a a população impossibilitada de sair de casa, na Rua da Gloria, em Periperi. Moradores ficaram revoltados. “Tudo outra vez, meu senhor, isso não é vida”, disse indignada, dona Rosa, que há 30 anos mora na Rua da Glória, em Periperi.

A Codesal está de plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

 

 

 

 

Foto: Reprodução/redes Sociais

Salvador: Chuva pega prefeitura no “susto”

quarta-feira, abril 18th, 2018

Cidade despreparada. A chuva que cai em Salvador desde a madrugada desta quarta-feira, dia 18/4, provoca transtornos em diversos pontos da Cidade. A Defesa Civil contabilizou um deslizamento de terra na Avenida Caravelas, bairro de Engenho Velho de Brotas, e ainda, uma queda de árvore no bairro da Boca do Rio. A Codesal está em regime de plantão 24h atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

 

 

 

Foto: Reprodução