Posts Tagged ‘Suzane Richthofen’

Justiça nega pedido de liberdade de Suzane Richthofen

quarta-feira, setembro 12th, 2018

A Justiça de São Paulo negou o pedido de Suzane von Richtofen para que ela pudesse cumprir o restante de sua pena em liberdade. Ainda cabe recurso.

De acordo com informações da imprensa, o pedido foi recusado no último dia 4/9, mais de um ano após o pedido da defesa da detenta, que cumpre pena na penitenciária feminina de Tremembé, no interior paulista.

Condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, em 2002, Suzane já cumpriu mais de 15. A decisão da Justiça acompanha parecer do Ministério Público, que também se manifestou contrário à progressão de regime após análise de teste de personalidade apontar traços de egocentrismo, narcisismo e de influência para a adoção de condutas violentas.

De acordo com a Promotoria, Suzane, de 34 anos, não deve retomar o convívio social. Ela cumpre regime semiaberto desde outubro de 2015 e, desde então, pode ser autorizada à saída temporária. 

Em 2017, Suzane foi impedida de sair durante o Dia das Mães por ter sido acusada de informar um endereço falso de onde ficaria hospedada.

A expectativa era que ela conseguisse a concessão do cumprimento do restante da pena em liberdade. Sua defesa apresentou, inclusive, outro laudo psicológico da detenta, em que afirmava que os traços poderiam ser encontrados em qualquer pessoa e que não seriam indicadores de que ela voltaria a cometer algum crime.

Segundo o G1, a Defensoria Pública, que faz a defesa de Suzane, informou que não pode se manifestar acerca do processo por ele tramitar em segredo de justiça. *Com informações da Folhapress. 

 

 

 

Foto: Reprodução

Suzane Richthofen é selecionada para o Fies no curso de administração

terça-feira, fevereiro 14th, 2017

Olha, aí. Suzane Von Richthofen, que cumpre pena por ter assassinado os pais em 2002, foi selecionada para o programa de Financiamento Estudantil (Fies) do governo federal. A lista do programa foi divulgada nesta segunda-feira, 13/2, pelo Ministério da Educação.

Condenada a 39 anos de prisão, ela concorreu para administração, na Faculdade Dehoniana, instituição particular e católica, em Taubaté, São Paulo. O curso é oferecido no período noturno, na modalidade presencial.

Para estudar usando o Fies, Suzane terá que obter autorização judicial. A detenta fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dentro da prisão em Tremembé (SP) no fim de 2016. Com a nota obtida, 675,08, ela foi uma das selecionadas para ganhar o financiamento. Na época em que foi presa, a detenta era estudante de direito e não concluiu o curso.

A presa já obteve autorização para estudar fora da penitenciária, no entanto, decidiu não cursar por medo da reação dos colegas da faculdade. Na época, ela pediu para estudar à distância e não teve sucesso por falta de recursos tecnológicos. Richthofen está cumprindo a pena no regime semi-aberto desde 2015. A detenta já teve concessão de outros benefícios como a saída para passar o Dia dos Pais e Dia das Crianças em liberdade.

Foto: reprodução

Na cadeia, Suzane Richthofen se casa com sequestradora

quarta-feira, outubro 29th, 2014

20141029-064004.jpg

Novidade. Condenada a 38 anos de prisão pela morte dos pais, Suzane von Richthofen se “casou”, no presídio de Tremembé, em São Paulo, com a ex-namorada de Elize Matsunaga, presa por ter esquartejado e matado o marido. Suzane já cumpriu 12 anos da pena, mas se recusou a cumprir o regime semiaberto. Ela agora ocupa uma ampla cela das presas casadas. A parceira de Suzane é Sandra Regina Gomes, condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária em São Paulo. No começo deste ano, Sandra havia se casado com a também famosa Elize, que matou o marido Marcos Kitano Matsunaga, de 41 anos, em junho de 2012. Suzane e a parceira assinaram um documento de reconhecimento do relacionamento afetivo, o que não tem valor legal de casamento civil, mas garante a união dentro da cadeia. Após assinatura desse compromisso, por exemplo, caso se separe, a presa terá que cumprir o prazo de seis meses para voltar à cela especial, destinada às “casadas”. Informações da Folha.

Foto: Reprodução