Posts Tagged ‘chuvas’

Marinha alerta para ventos de até 90 km/h na Bahia durante ciclone

quarta-feira, janeiro 22nd, 2020

A Marinha do Brasil emitiu um alerta na noite de terça-feira 21/1 para o índice de ventos fortes na Bahia por conta da passagem de um ciclone no litoral do estado. Segundo o comando militar, a partir desta quinta-feira 23/1, o fenômeno pode apresentar características subtropicais, quando poderá ser classificado como Depressão Subtropical.

A formação do ciclone está associada ao estabelecimento de uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está sendo observada entre 26ºC e 27ºC. Caso a intensidade dos ventos observados alcance ou supere 63 km/h (34 nós), o fenômeno será reclassificado como Tempestade Subtropical “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”.

De acordo com a Marinha, a provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir de quinta-feira pela manhã.

São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também são esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, no estado da Bahia, entre as cidades de Caravelas (BA) e Ilhéus (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. 

Os ventos poderão ocasionar agitação marítima resultando em ondas de direção de Sudeste a Leste e
altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado de Santa Catarina, ao Norte de Laguna (SC) e o
estado do Rio de Janeiro, ao Sul de Arraial do Cabo (RJ), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também é
esperada agitação marítima resultando em ondas de direção de Nordeste a Norte e altura entre 3,0 e 4,0
metros em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia,
ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. 

O alerta foi emitido por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB).

Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Parte de muro de Colégio Estadual desaba com chuva

domingo, janeiro 5th, 2020

Misericórdia. Uma parte do muro do Colégio Estadual de Brumado, no interior da Bahia, desabou, na madrugada deste domingo 5/1, após fortes chuvas na Cidade, segundo informações da imprensa local.

Ainda segundo informações, casas próximas à escola também ficaram alagadas.

“Quando a gente acordou a água já estava dentro de casa. Minha família estava com a vassoura e o rodo puxando a água. Tomei um susto”, relatou uma moradora em entrevista a um site.

Foto: Reprodução/Achei Sudoeste

Chuvas deixam mais de 100 desabrigados em Ipiaú e prefeito decreta estado de emergência

quinta-feira, dezembro 18th, 2014

desabrigada

As chuvas ocorridas na Cidade de Ipiaú, já deixou mais de 100 desabrigados, segundo dados divulgados pela secretária de Assistência Social, Jamine Barros. As famílias estão abrigadas em colégios municipais e receberam colchões, cobertores e alimentação. A titular da pasta ainda informou que 240 pessoas foram atingidas de forma grave pela chuva e que 15 imóveis foram danificados. A Defesa Civil do município distribuiu equipes pelas ruas da cidade para avaliar o risco de desabamento. Nesta quarta-feira, dia 17, o prefeito Deraldino Araújo decretou estado de emergência.

Foto/Fonte: Giro em Ipiaú

Após chuvas e raios, cidade de Lajedinho fica sem luz

quarta-feira, novembro 19th, 2014

lajedinho

Vixe. Os moradores da cidade de Lajedinho, que fica região da Chapada Diamantina, estão com fornecimento de energia elétrica deficiente desde a sexta-feira, dia 14, o que tem provocado prejuízos, principalmente aos comerciantes. Na terça-feira, dia 18, a queda de luz foi geral na cidade, de acordo com informações da Coelba, concessionária responsável pelo abastecimento. Até por volta das 11h desta quarta, dia 19, a situação não tinha sido resolvida.
Através de nota oficial, a Coelba informou que a situação acontece em função do mau tempo, com a ocorrência de chuva e raios na cidade.
A concessionária afirma ainda que houve interrupções parciais, e de curta duração (inferiores a cinco segundos), entre a quinta-feira, dia 13, e segunda, dia 17, mas que na noite de terça houve queda geral no fornecimento.
O prefeito do município Antônio Mario diz que a energia teve queda parcial na sexta-feira e a partir de terça-feira todo o município ficou sem luz. “Entramos em contato com a Coelba, mas nada foi solucionado”, afirma o prefeito em entrevista ao G1.

A Coelba informa que técnicos trabalham para solucionar o problema.

 

Foto: Reprodução

*Com informações do G1