Posts Tagged ‘RECONHECIMENTO FACIAL’

Foragido é preso depois de reconhecimento facial perto da Fonte Nova

segunda-feira, junho 24th, 2019

No flagra. Um homem de 31 terminou sendo preso logo depois de ser identificado pelo sistema de reconhecimento facial no entorno da Arena Fonte Nova. Wellington da Cruz Santos possuía mandado de prisão em aberto por homicídio, cometido em Feira de Santana, segundo a SSP-BA.

O caso aconteceu na tarde do domingo, véspera de São João, dia 23/6, quando Paraguai e Colômbia jogavam pela Copa América, na Arena Fonte Nova.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Wellington passou pelo portal de abordagem localizado próximo à Ladeira do Pepino, no bairro de Brotas, quando equipes das forças de segurança receberam o alerta do sistema.

Na Base Avançada do Departamento de Polícia Técnica (DPT), através de técnicas para identificação humana, peritos constataram que o homem era foragido por homicídio.

Equipes da Polícia Civil registraram o flagrante e conduziram Wellington para delegacia da Polícia Interestadual (Polinter), no bairro da Piedade.

Foto/fonte: SSP-BA

Bahia utilizará Reconhecimento Facial nos jogos da Copa América

quarta-feira, junho 12th, 2019

Destaque nos maiores eventos esportivos do mundo, a polícia baiana inova mais uma vez, na Copa América, com a estreia do sistema de Reconhecimento Facial em um torneio internacional. Disponível dentro e no entorno da Arena Fonte Nova, nas Estações de Metrô, Aeroporto e em pontos estratégicos, a tecnologia é mais uma aliada para a prevenção de crimes. Além das câmeras que permitem a identificação de pessoas procuradas, mais 190 aparelhos vão auxiliar o monitoramento no perímetro do evento.

À frente da tecnologia, mais de 11 mil profissionais vão garantir a segurança dentro e fora da Arena. Do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), policiais civis, militares, técnicos e bombeiros, além de representantes de forças federais e municipais, defesa civil e saúde, têm acesso às imagens da festa, facilitando o acionamento das instituições em casos de emergência. No total, 28 instituições públicas e privadas integram o CICC. Drones serão utilizados para captar situações de crise.

O Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC-M) ficará estacionado na frente da Arena, recebendo as imagens do entorno e de dentro do estádio. O veículo tecnológico também recebe informações do sistema de Reconhecimento Facial, facilitando a comunicação das equipes.

Esquema

As atividades da Polícia Militar já tiveram início, com a escolta das delegações e a varredura dos hotéis onde as equipes do primeiro jogo, as seleções de Colômbia e Argentina, estão acomodadas. Os Centros de Treinamento e a Arena ainda passam por revistas.

Também é a PM que fará o controle do que entra no perímetro que cerca a Arena Fonte Nova. O trabalho desenvolvido no entorno e dentro da Fonte Nova contará com o apoio de diversas unidades especializadas como o Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), de Polícia Montada, de choque (BPChq), de Operações Policiais Especiais (Bope) e de Motociclistas (Águia), entre outros.

A instalação de nove portais de abordagem vai permitir a revista dos torcedores e profissionais que vão atuar no estádio e nos arredores, evitando o acesso de objetos que possam oferecer riscos à vida. Outros quatro pontos de verificação veicular também vão auxiliar a fiscalização das pessoas que terão acesso ao estádio.

Já a Polícia Civil atuará com policiais infiltrados nas áreas interna e externa do estádio, em atividade semelhante à realizada no Carnaval de Salvador. As equipes veladas fazem a observação de suspeitos e, confirmado o delito, acionam guarnição mais próxima para condução. A Delegacia Móvel ficará estacionada em frente à Arena e um posto do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) será montado na área interna do estádio, caso haja necessidade de registro de ocorrência. Equipes de pronto emprego da Coordenação de Operações Especiais (COE) e integrantes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) também estarão disponíveis.

O Corpo de Bombeiros Militar, por sua vez, estará de prontidão com equipes especializadas em atendimento pré hospitalar, tendo à disposição uma ambulância, além de profissionais de combate a incêndio e de outras áreas de atuação, como de engenharia.

Já o Departamento de Polícia Técnica vai disponibilizar o serviço de identificação humana, promovendo o confrontamento de informações captadas pelo sistema de Reconhecimento Facial. Equipes especializadas permitirão a análise de documentos, detectando peças falsificadas. Unidades móveis realizarão exames das áreas criminalísticas e de Medicina Legal e estarão à disposição, com a realização de laudos de identificação de drogas e de lesões corporais.

Foto/fonte: SSP-BA

Reconhecimento Facial identifica homicida em estação de metrô

sexta-feira, maio 31st, 2019

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia identificou um homicida, foragido da Justiça, em uma das estações de metrô, em Salvador, nesta sexta-feira, dia 31/5. Henrique Gonçalves dos Santos Nascimento, conhecido como “Léo”, possuía mandado de prisão em aberto pela comarca de Lauro de Freitas e foi capturado por equipes das polícias Militar e Civil.

O criminoso caminhava tranquilamente, por volta de 7h20, quando o sistema gerou um alerta com 91% de probabilidade. De imediato, integrantes da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) da SSP, no Centro de Operações e Inteligência (COI), entraram em contato com equipes mais próximas da estação. Léo foi cercado e detido para averiguação.

Na 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves), os policiais confirmaram que se tratava do homicida. Henrique prestou depoimento e será encaminhado para o sistema prisional. “Importante demonstração da ação combinada somando tecnologia, inteligência e agilidade. Estamos aperfeiçoando o sistema para conseguirmos a ampliação dos bons resultados”, comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. 

Foto/fonte: SSP-BA