Posts Tagged ‘PCC’

Troca de tiros entre assaltantes e polícia em joalheria deixa 5 mortos

quinta-feira, julho 13th, 2017

Bandidagem aterrorizando. Uma troca de tiros entre assaltantes e policiais deixou pelo menos 5 pessoas mortas nesta quinta-feira, dia 13/7, durante assalto a uma joalheria.

Segundo a Polícia local, os mortos são um policial, uma refém que tentou escapar e três ladrões, dois deles brasileiros, segundo a imprensa local. Outro assaltante e uma mulher foram presos no centro de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Conforme o secretário de governo da Bolívia, Carlos Romero o governo trabalha com a hipótese de que os ladrões são fugitivos de outro assalto a uma joalheria e membros da facção criminosa PCC.

Foto: Reprodução/Foto: AbyaYalatv/La Razon

Rebelião realizada por detentos em presídio deixa 10 mortos; vários degolados

domingo, janeiro 15th, 2017

28891,motim-realizado-por-detentos-em-presidio-do-rio-grande-do-norte-deixa-10-mortos-2

O bicho pegou. Presos da Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte detonaram uma rebelião no fim da tarde deste sábado, dia 14/1, que deixou pelo menos 10 mortos, segundo o governo estadual. O presídio onde a parafernália aconteceu é o maior do estado.

A rebelião foi motivada por uma disputa entre as fações Primeiro Comando da Capital (PCC) e Sindicato do Crime, após um pavilhão ser invadido por membros de presos inimigos.

Atualmente, esta penitenciária tem 1.083 presos, apesar de ter capacidade para comportar apenas 620. Alcaçuz está localizada na Cidade de Nísia Floresta, a 25 km da capital.

 

 

Foto: Divulgação

Polícia prende quase 60 integrantes do PCC

quinta-feira, junho 2nd, 2016

f_348208

Não corre ninguém. A polícia de São Paulo prendeu 57 integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) depois de uma operação de oito meses contra o tráfico internacional de drogas.

Durante a operação foram apreendidas 2,5 toneladas de drogas e 21 armas, sendo dez delas fuzis.

Ao todo, foram gravadas cerca de 200 mil ligações telefônicas. A polícia descobriu que grande roubos financiam o tráfico de drogas e de armas no país.

“O tráfico de armas hoje, compensa muito mais do que de drogas. O preço de um fuzil no mercado negro é de R$ 50 mil”, afirmou o delegado Ítalo Zaccaro Neto, da Polícia Civil em entrevista a TV Band. “Ele (o criminoso) ganha cinco vezes mais em um fuzil do que em um quilo de cocaína.”

A polícia também descobriu que os líderes da organização criminosa estão vivendo em países vizinhos ao Brasil que são grandes produtores de cocaína.

Foto: Reprodução/Band

Polícia Federal prende irmão de líder do PCC

quarta-feira, março 30th, 2016

pf

Não corre ninguém. Uma operação conjunta, coordenada pela Polícia Federal (PF) em Araçatuba (SP) e executada na terça-feira, dia 29,  em quatro estados do Brasil, culminou com a prisão, em Fortaleza, do traficante de drogas e armas Alejandro Juvenal Herbas Camacho Júnior, 44. Mais conhecido como Júnior, ele é integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), irmão de Marcos Willians Herbas Camacho, 48, o Marcola — líder da facção criminosa fundada nos presídios de São Paulo.

A primeira fase da Operação Quinta Roda, deflagrada em São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará, terminou com a prisão de 29 criminosos e apreensão de mais de meia tonelada de cocaína (560 kg), mais de 26 toneladas de maconha, oito caminhões, dois veículos de passeio, um fuzil 5.56, uma pistola 9 mm, R$ 105 mil e U$ 160 mil.

Alejandro Camacho havia sido preso em Fortaleza e, em seguida, apresentado em uma audiência de custódia na Justiça Federal. O juiz da 2ª Vara Federal de Araçatuba havia determinado a prisão preventiva dele no Ceará.

Alejandro e os 28 presos estavam sendo investigados, há meses, por tráfico internacional de drogas. Grandes quantidades de cocaína e maconha — pertencentes ao PCC — vinham sistematicamente do Paraguai e da Bolívia e entravam no Brasil por Corumbá/MS e Ponta Porã/MS. Depois, as cargas eram distribuídas para o resto do País. Principalmente para a cidade de São Paulo e para Fortaleza.

Segundo o setor de Comunicação Social da Polícia Federal em Araçatuba, no Brasil, a droga era transportada em caminhões e, muitas vezes, dentro de pneus sobressalentes — daí o nome de Operação Quinta Roda. Os traficantes também camuflavam a cocaína e a maconha no meio de cargas de milho, madeira e farinha.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

Fonte: Site O Povo

VÍDEO: Presas comemoram aniversário do PCC com festa do pó dentro do presídio

sexta-feira, setembro 4th, 2015
Vixe. Uma das maiores facções criminosas do Brasil, o Primeiro Comando da Capital, conhecida como PCC, completou 22 anos, que foi celebrado com uma festa do pó. No entanto, a comemoração aconteceu dentro de um presídio feminino de São Paulo.
Nos vídeos, as detentas aparecem celebrando a data consumindo drogas e muitas outras regalias. Em algumas imagens, uma interna organiza a distribuição de cocaína e maconha para as presidiárias.
Assista:

 

Sete detentos morrem durante rebelião em presídio de Feira de Santana

domingo, maio 24th, 2015

Deus é mais. A rebelião no Presídio Regional de Feira de Santana, que teve início por volta das 2 da tarde deste domingo, dia 24, deixou um rastro de sangue. De acordo com a Polícia Militar de Feira de Santana foram sete mortos, quatro decapitados e cinco detentos estão feridos, após uma briga de facções. Os feridos já foram encaminhados ao Hospital Clériston Andrade. Os corpos ainda não foram removidos.

No momento do motim, muitas famílias visitavam detentos. No entanto, segundo a Polícia, não houve feridos, nem reféns. Todos os mortos eram presidiários.

Segundo informações, um dos principais líderes do PCC, identificado apenas como Aroldo, foi morto pelos detentos. Ainda cerca de 80 internos pularam o muro do pavilhão 10 para que não fossem mortos pelos outros. A operação contou com mais de 80 policiais militares que se preocuparam também com os visitantes deste domingo.

“Infelizmente foi uma fatalidade. Os presos iniciaram uma briga e começaram a se matar”, disse à Folha o secretário de Administração Penitenciária, Nestor Duarte.

 

Foto: Reprodução/Internet