Posts Tagged ‘MS’

Jornalista leva facada no testículo durante cobertura de operação policial

quinta-feira, junho 5th, 2014

1228571066

O jornalista Roberto Jorge Guimaro, 38 anos, conhecido como “Robertinho”, foi agredido enquanto cobria um acontecimento policial em Maracaju, na noite desta terça-feira, dia 03,  no Mato Grosso Sul. Ele levou uma facada nos órgãos genitais e durante a cirurgia reparadora teve que retirar um dos testículos.

O fato aconteceu depois que uma equipe do Corpo de Bombeiros foi solicitada para atender uma pessoa agredida a golpes de faca em uma boate. A guarnição foi até a periferia da cidade e encontrou um adolescente de 16 anos, fora de controle devido ao uso de drogas. Segundo o Tenente Edimar Santos Gonçalves, uma equipe da polícia levou o adolescente descontrolado até o hospital.

Ao chegar no pronto socorro ele mostrou-se agressivo, tirou do short uma faca e tentou agredir médicos e enfermeiros, a confusão gerou um corre-corre dentro da instituição. Um segurança de 40 anos tentou conter o adolescente e foi agredido a chutes e socos, o jornalista estava no local e o menor avançou sobre ele com a faca, o atingindo entre as pernas.

Um dos bombeiros deu tiro pro alto mas o menor não parou, foi então que o soldado o atingiu com um disparo do abdomen. O adolescente está internado e foi atuado em flagrante por tentativa de homicídio. Ainda segundo a policia ele é usuário de drogas e faz uso de medicamentos controlados.

Foto: Reprodução/ Facebook

As informações são da 94 FM/ Site Correio do Estado

Ex-presidiário mata enteado porque a criança não parava de chorar

quarta-feira, abril 30th, 2014

crimeMS

Demônio puro. Um cramunhão, ex-presidiário, identificado como Rogério Avelino da Silva, 31 anos, matou na terça-feira, dia 29, o enteado de um ano e seis meses, no Jardim Santo André, em Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia, Rogério espancou a criança porque ela não parava de chorar. O rapaz também confessou ter utilizado entorpecentes na tarde do crime.

O CASO
Ele a mulher de 19 anos, teriam discutido na tarde desta terça e durante a briga, a criança foi empurrada pelo acusado, batendo a cabeça no chão.

Depois da confusão, o acusado e a mulher se acertaram. Por volta das 21h, a esposa do acusado saiu para comprar alguns produtos para a casa.

No intervalo, a outra filha da mulher, de três anos, dormiu, enquanto o menor começou a chorar. O rapaz teria agredido a criança com o travesseiro, na intenção de fazer com que parasse.

O padrasto então teria prendido a respiração apertando o nariz do menino até que ele ficasse desacordado. O acusado chamou a vizinha e levou o garoto para o Hospital da Vida, onde foi constatada a morte da criança.

Enquanto realizava o exame na criança, o médico percebeu a agressão e entrou em contato com a Polícia Civil.

Encaminhado para o 1º Distrito Policial, Rogério tentou negar o crime, porém acabou confessando o caso.

De acordo com a polícia, o rapaz já foi preso por tráfico de drogas, apropriação indébita e vias de fato. Ele confessou ser usuário de drogas.

A mãe do menino nega participação no caso e será ouvida.

Foto: Reprodução/ Douradosnews

*Com informações Douradosnews e Douradosagora

 

TRAGÉDIA: Pai e filho de três anos morrem após veículo colidir de frente em ônibus escolar

segunda-feira, abril 28th, 2014

acidenteMS

Fim trágico. Um jovem identificado como Cleiton Domingues da Cunha, de 28 anos, e o filho Nikael Back, de 3 anos, morreram na manhã desta segunda-feira, dia 28, em um grave acidente de trânsito, que ocorreu no km 622 da BR-163, em São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul.

Segundo informações, Cleiton era condutor do veículo Palio, que tinha como passageiros o filho Nikael e a esposa Cintia Antônia Barbosa Back, de 26 anos.

As primeiras informações são de que o veículo Palio, que seguia sentido Rio Verde / Campo Grande, teria invadido a pista contrária e colidido frontalmente com um ônibus escolar.

O condutor do ônibus, que estava vazio, Antônio Álvaro Campos, de 63 anos, saiu ileso do acidente. Cintia sofreu ferimentos e foi encaminhada ao Hospital Municipal de São Gabriel.

Foto: Reprodução/ Idest

Com informações do Idest