Posts Tagged ‘morte guarda municipal’

Guarda municipal e outro homem são assassinados em via pública

sábado, janeiro 13th, 2018

Deus é mais. Um guarda municipal de 37 anos, e outro homem foram assassinados a tiros em Salvador. O duplo homicídio aconteceu no bairro de Águas Claras, Periferia de Salvador às 11 da noite da sexta-feira, dia 12/1. Não há informações sobre os crimes.

Segundo Secretaria de Segurança Pública do Estado, o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o caso.

 

 

 

Foto: Reprodução

Guarda municipal é assassinado com 50 facadas

sábado, outubro 22nd, 2016

111164-3-2

Crime bárbaro. Um guarda municipal de 36 anos, foi assassinado perto de 2 da madrugada desta sexta-feira, dia 21/10, om cerca de 50 facadas. O crime aconteceu no interior da casa onde ele morava. O corpo foi encontrado sem roupas com a boca amordaçada em um quarto. O rapaz era guarda municipal na Cidade de São Gonçalo dos Campos e morava no conjunto Feira 9, em Feira de Santana.

Em entrevista à imprensa local, o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, informou que havia várias pessoas bebendo na casa da vítima desde cedo, e que um casal suspeito foi visto saindo da garagem da residência em um carro branco, logo após o crime.

Ainda segundo o delegado, os vizinhos ouviram os gritos da vítima pedindo socorro e falando: “Não me mate, Tamires”. Os golpes de faca atingiram várias partes do corpo, enquanto a vítima tentava se proteger, e um corte profundo pescoço, que quase degolou o guarda municipal.

A Polícia já iniciou a investigação do crime e procura a mulher de prenome Tamires. Conforme informações obtidas no local, Otávio morava só e frequentemente realizava festas em sua casa com muita bebida alcoólica.

 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Guarda municipal é morto a tiros; vítima foi baleada no rosto

segunda-feira, agosto 8th, 2016

001 (227)

Violência que apavora. Um Guarda Municipal da Cidade de Mirangaba, distante 380 km de Salvador, morreu após ser baleado no rosto enquanto trabalhava. Nelinho, como era conhecido, morreu na tarde do sábado, dia 6/8, no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

De acordo com a Guarda Municipal da Cidade, a vítima tinha melhorado e até chegou a sair da UTI, mas teve uma piora repentina e acabou não resistindo. Nenhum dos matadores do GM foi preso até o momento.

 

Foto: Reprodução

Conceição do Coité: Encapuzados invadem casa e executam suspeito de matar guarda municipal

quarta-feira, outubro 15th, 2014

20141015-063334.jpg

Não conseguiu escapar. O jovem Evandro da Silva Pereira Junior, de 18 anos, mais conhecido como Juninho, morador do Bairro do Cruzeiro, em Conceição do Coité, foi executado com vários balaços de escopeta calibre 12 e também de revólver quando dormia na casa de uma tia na Fazenda Tanque, próximo ao Riacho do Morro, Distrito de Juazeirinho – Conceição do Coité.
Equipe do rabecão de Serrinha recolheu o corpo depois do trabalho dos peritos.
Segundo informações dos próprios familiares, quatro caras encapuzados em dois veículos, chegaram na residência da avó de Juninho e reviraram tudo, enquanto outros dois se dirigiram para a casa vizinha, onde mora uma tia de Juninho, arrombaram a porta e o encontraram dormindo ao lado da companheira. A jovem disse aos policias que ao perceber os homens no quarto, Evandro a empurrou para se afastar dele, como se imaginasse que iria receber os tiros e só ouviu os disparos. A vítima caiu ao lado da cama sem vida. A Brigada Voluntária Anjos da Vida até foi solicitada, mas ao chegar nada pôde fazer.
Além de Juninho e a companheira havia pelo menos quatro pessoas na casa que não foram atingidas. Segundo a Policia configura como crime de execução.
Segundo relatos da Policia Civil de Conceição do Coité, Evandro Junior era suspeito de participação da morte do guarda municipal Marcelo Cardoso, quando estava em uma mercearia no Bairro Nova Esperança, no dia 05 de outubro, por volta das 5 da tarde. Um policial que preferiu não se identificar, disse que no mesmo dia do homicídio havia informações da participação de Juninho, que teria sido visto minutos antes no Bairro e após o crime não mais foi encontrado. No dia seguinte, a polícia militar foi informada que o mesmo estaria escondido na região da Fazenda Correia, também na zona rural de Coité. e na companhia de outro rapaz conhecido por Veludo, ao chegar na referida localidade encontrou apenas Junior e apresentou o mesmo a Delegacia com quatro pedras de crack. Interrogado quanto a sua participação na morte de Marcelo, ele negou, como não havia testemunhas e a droga encontrada não era suficiente para mantê-lo preso, foi feito o Termo Circunstanciado e o suspeito foi liberado.

Guarda municipal Marcelo Cardoso foi assassinado dia 5 de outubro

 

Fotos: Reprodução/Calila Notícias