Posts Tagged ‘cela’

Detento mata companheiro de cela dentro do presídio

sexta-feira, novembro 10th, 2017

Misericórdia. Agentes penitenciários encontraram o corpo de um interno, nas últimas horas, sem sinais vitais e com marcas de violência na cela da enfermaria do Conjunto Penal da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado.

De acordo com os agentes, o detento estava com um lençol amarrado no pescoço e as paredes da cela e o corpo do mesmo apresentavam diversas marcas de sangue.

A vítima é um jovem 24 anos de idade e dividia cela apenas com outro interno. Ambos apresentavam problemas psiquiátricos e não foram aceitos por internos de nenhuma outra ala do presídio.

Conforme os agentes, a vítima cumpria pena desde o dia 24 de setembro por homicídio qualificado, crime praticado em Jucuruçu. O companheiro de cela confessou o crime.

Ipiaú: Acusado de estuprar enteada é achado morto no Complexo Policial

sexta-feira, fevereiro 5th, 2016

IMG_6832.JPG

Misericórdia. Um preso do Complexo Policial de Ipiaú foi encontrado morto na manhã desta sexta feira, dia 5, na cela onde estava preso. Samuel Marambaia Neto, chegou à unidade policial na madrugada depois de ser acusado de tentativa de estupro.

De acordo com vizinhos, Samuel e a companheira tiveram uma forte discusão por que a enteada de dez anos o teria acusado de abuso sexual.

O casal estaria embriagado e a confusão acabou atraindo a atenção de vizinhos, que chamaram a Polícia. Os dois foram levados para o Complexo Policial. Horas depois, o suspeito foi encontrado morto. A Polícia segue investigando esse caso.

Foto: Reprodução/Ipiaú On Line

 

Preso morto em presídio de Ilhéus foi agredido por detentos, diz Seap

sábado, agosto 1st, 2015

Preso morto em presídio de Ilhéus foi agredido por detentos, diz Seap

Um  detento identificado como  José Roberto Gonzaga Santos, morto na manhã de quinta-feira, dia 30, no Presídio Advogado Ariston Cardoso, em Ilhéus, foi agredido até a morte pelos colegas de cela. A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap). A pasta afirma que José Roberto, preso por latrocínio, pertencia a uma das duas facções que dividem a unidade. Ainda segundo a Seap, a direção do presídio investigará o caso, mas já foi apurado que o espancamento foi resultado de um conflito entre os dois grupos. Os companheiros de cela assumiram a autoria do crime.

Foto: Folha de Ilhéus