Posts Tagged ‘salário’

Salário mínimo chega em 954 reais a partir de 1° de janeiro

sexta-feira, dezembro 29th, 2017

O salário mínimo em 2018 será de R$ 954, conforme decreto assinado nesta sexta-feira, dia 29/12, pelo presidente Michel Temer. O novo salário valerá a partir de 1º de janeiro. O decreto sairá em edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta sexta-feira. O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O salário-mínimo atual é de R$ 937. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

Foto: Agência Brasil

Milhares de pessoas vão usar 13º nas compras de Natal, segundo pesquisa

terça-feira, novembro 15th, 2016

mercado_0

Dos trabalhadores que recebem 13º salário, 52,9% pretende gastar pelo menos parte do salário com compras de Natal, segundo pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em todas as capitais do país. Desse total, 60% é do sexo masculino.

Entre os entrevistados que recebem 13º salário, 42,1% vão usá-lo em parte para compras de Natal; 27%, não vão usá-lo na data com compras e presentes; 7,5%, vão gastar tudo em presentes e comemorações; 3,3%, vão gastar tudo em compras, e 20,1% não sabem o que farão. O levantamento mostrou ainda que 41% dos entrevistados farão bicos para aumentar a renda e comprar mais presentes ou presentes melhores no Natal.

Foto: Agência Brasil

Mesmo afastado, Eduardo Cunha custa mais de 125 mil por mês, diz colunista

sábado, maio 14th, 2016

Eduardo Cunha

Ê vidão. Ainda que esteja sem trabalhar, o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), custa mais de R$ 125 mil por mês, de acordo com informações do colunista Claudio Humberto.

Só o salário de mais de R$ 33,7 mil somado aos R$ 92 mil de verba de gabinete batem os R$ 125 mil. De acordo com o primeiro secretário da Mesa Diretora da Casa, Beto Mansur (PRB-SP), Cunha perdeu apenas a boquinha do “cotão”: cerca de R$ 35 mil. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Custo das regalias como carros oficiais e motoristas, seguranças, e os jatinhos da FAB não se encontram nos custos mensais de Cunha. Segundo a publicação, Eduardo Cunha ainda desfruta da Residência Oficial de 800 metros quadrados no Lago Sul, em Brasília, com 4 quartos, escritório e piscina.
Foto: Divulgação

Codesal abre concurso com salário de até R$ 6 mil; confira

terça-feira, fevereiro 16th, 2016

defesa-civil-salvador-codesal-foto-agecom-divulgacao

Olha ai. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) abriu inscrições para novo processo seletivo. Os salários variam entre R$ 2.340 e R$ 6.066. Os selecionados serão contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

São oferecidas 12 vagas de nível médio (técnico de edificações) e 20 para candidatos com o nível superior (engenheiro civil, arquiteto, pedagogo, geólogo, jornalista, assistente social e uma vaga para profissional de qualquer área). Os interessados devem se cadastrar até 28 de fevereiro no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). A taxa de inscrição varia entre R$ 30 e R$ 40.

Foto: João Cardoso / Agecom

Polícia Federal paralisa as atividades por 24h nesta quarta, contra ministro da Justiça

terça-feira, abril 22nd, 2014

pf

De braços cruzados. Convocados pela federação nacional da categoria, a Fenapef, os policiais federais cruzam os braços por 24h nesta quarta, dia  23. O protesto é contra a atuação ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. De acordo com a entidade, ele é “o pior ministro de todos os tempos”.

Em nota, o Sindicato da categoria na Bahia, Sindipol, diz que convocou os trabalhadores a saírem em manifestação, com tinta vermelha nas mãos (representando o sangue das vítimas da violência no país) e narizes de palhaço.

“Cardozo está incentivando a militarização da segurança pública brasileira, tornando-a ainda mais ineficiente e ultrapassada, indo na contramão dos planos criados pelo próprio PT, que tem ideais de desmilitarização, direitos humanos e modernização dos organismos policiais”, diz a nota.

Ainda segundo a Fenapef, Cardoso “priorizou o controle político das investigações policiais, tornou a PF mais burocrática, e é omisso em relação às estatísticas de trabalhadores doentes”.

Foto: Reprodução