Posts Tagged ‘presidente da Câmara dos Deputados’

Ministro do STF abre mais dois inquéritos sobre Eduardo Cunha

terça-feira, abril 26th, 2016

Brasília - Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, recebe representantes de sete parlamentos estrangeiros, para a 6ª Reunião da Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta segunda-feira, dia 25,  abertura de mais dois inquéritos sobre o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os pedidos chegaram à Corte na semana passada, em segredo de Justiça, e citam os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Com a decisão, Cunha passa a responder a quatro inquéritos e uma ação penal no Supremo.

Na sexta-feira, dia 22, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que Eduardo Cunha é alvo de mais seis inquéritos por fatos distintos, no âmbito das investigações da Operação Lava Jato.

Em dezembro do ano passado, Janot pediu ao STF o afastamento de Cunha da presidência da Câmara. O relator do pedido é o ministro Teori Zavascki, que ainda não tem data para liberar o processo para julgamento.

Para justificar o pedido, o procurador citou 11 fatos que comprovam que Cunha usa o mandato de deputado e o cargo de presidente da Casa “para intimidar colegas, réus que assinaram acordos de delação premiada e advogados”.

No mês passado, o Supremo abriu ação penal contra Cunha por entender que há indícios de que o parlamentar recebeu US$ 5 milhões de propina por um contrato de navios-sondas da Petrobras.

Na defesa, o advogado Antonio Fernando de Souza disse que a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal contra o deputado “não reúne condições para ser admitida”.

Foto/Fonte: Agência Brasil

“Recebemos a decisão com naturalidade”, diz Aécio sobre impeachment

quinta-feira, dezembro 3rd, 2015

Aécio discursa durante convenção do PSDB

O Presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, diz que o partido recebeu “com absoluta naturalidade” a notícia de que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, aceitou  o pedido de abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff.

 

“[A decisão de Cunha] está dentro daquilo que prevê a Constituição e, obviamente, caberá agora, em primeiro lugar, à Câmara dos Deputados discutir e debater a matéria”, afirmou o senador a jornalistas na quarta-feira, dia 2.

Aécio também falou sobre os embasamentos do pedido de impeachment, produzido pelos juristas Miguel Reali e Hélio Bicudo. “É uma peça extremamente consistente. O que existe neste momento é um sentimento de todos nós da prudência para que este processo possa ter o seu trâmite adequado e que a própria presidente da República possa ter a oportunidade de apresentar as suas justificativas”, declarou.

O senador concluiu dizendo que há um crescimento de um novo momento no Brasil. “[Um momento de] retomada da confiança, de retomada dos investimentos, do crescimento e do emprego, isso terá de ser feito sem o atual governo”, finalizou.

Foto Reprodução

Eduardo Cunha desagrada bispos da Igreja Católica após votações na Câmara

sexta-feira, julho 10th, 2015

Eduardo Cunha desagrada bispos da Igreja Católica após votações na Câmara

Vixe. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), se indispôs com a Igreja Católica – não porque é um evangélico fervoroso e praticamente, mas porque não apoiou nenhuma campanha a que a Igreja Católica se dedicou.Segundo informações da coluna Radar Online, da revista Veja, os bispos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estão degradados com o Pinguim, como Cunha é chamado na Câmara, por ele os ter “derrotado” em temas como o financiamento público das campanhas eleitorais, a redução da maioridade penal e a terceirização das atividades fins nas empresas. Cunha e os bispos da CNBB também estão em campos opostos em temas como o fim do Estatuto do Desarmamento e a PEC 215, que pretende interromper a demarcação de terras indígenas.

Foto: Reprodução / Facebook