Posts Tagged ‘PPS’

Deputado de São Paulo é o novo presidente do PPS

domingo, dezembro 4th, 2016

imagem_noticia_5-17

Mudança. O deputado estadual por São Paulo e ex-secretário-geral do PPS, Davi Zaia, é o novo presidente nacional do partido. Ele ocupa o cargo de maneira interina, enquanto o atual ex-presidente Roberto Freire, está no comando do Ministério da Cultra. A eleição do novo presidente do partido será em 2017. A vaga de Zaia na Assembleia de São Paulo, será assumida pelo ex-deputado Wober Júnior. O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, Joceval Rodrigues (PPS), disse gostar da mudança e a vê como positiva para a Bahia. “Davi é um nome interessante e que conhece muito a política da Bahia. Ele esteve diversas vezes reunido conosco e isso vai ser muito bom para fortalecer o PPS baiano”, frisou.

 

 

Foto: Divulgação/PPS

Com nome na lista da Odebrecht, Arthur Maia diz que doação foi “conforme a legislação”

quinta-feira, março 24th, 2016

untitled (27)

Saiu de baixo. Arthur Maia, deputado federal (PPS), afirmou que todas as doações que recebeu da Odebrecht em 2010 foram legais. O nome do deputado apareceu na lista da empreiteira que poderia ser da contabilidade paralela. De acordo com Maia, os R$ 40 mil recebidos à época foram “depositados em conta corrente de campanha, aberta com CNPJ específico para minha candidatura à Deputado Federal”. Ainda de acordo com o congressista, “em 2012 os valores foram depositados pela Odebrecht na conta corrente do PMDB Nacional e repassados, pelo Partido, a campanhas eleitorais por mim indicadas, no Estado da Bahia”. “Tudo documentado e realizado conforme a legislação”, confirma.

 

Foto: Divulgação

 

Ministro Gilmar Mendes suspende nomeação de Lula para Casa Civil

sábado, março 19th, 2016

lula-jf-diorio-estadao

Vai e vem. Gilmar Mendes, ministro do STF, suspendeu nesta sexta-feira, dia 18, a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para ministro chefe da Casa Civil. Lula tomou posse nesta quinta, dia 16. A decisão foi proferida em ação apresentada pelo PSDB e pelo PPS.

Na decisão, o ministro afirma ter visto intenção de Lula em fraudar as investigações sobre ele na Operação Lava Jato. O petista ainda pode recorrer da decisão ao plenário do Supremo.
Além de suspender a nomeação de Lula, Gilmar Mendes também determinou, na mesma decisão, que a investigação do ex-presidente seja mantida com o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância judicial.
Foto: Reprodução

PPS, da base de Marina, é o primeiro partido a fechar com Aécio Neves

quarta-feira, outubro 8th, 2014

f_271434

Olha aí. O candidato Aécio Neves (PSDB) recebeu o primeiro apoio oficial nesta terça-feira, dia 7. O PPS, que fez parte da coligação de Marina Silva (PSB) no 1º turno, decidiu fechar com o senador mineiro para o segundo turno da eleição presidencial, contra Dilma Rousseff (PT).

As lideranças do PPS estiveram reunidas nesta terça-feira, em Brasília. O presidente nacional do partido, Roberto Freire, defendeu a decisão. “A sociedade deu um recado muito claro nas urnas contra o governo. Defendemos a união das oposições para derrotar o lulopetismo”, afirmou.

Freire disse também que Aécio poderá facilmente agregar as propostas que fizeram parte do programa de Marina. “Precisamos nos lembrar do que disse Eduardo Campos [morto em acidente aéreo em agosto]. ‘O Brasil não aguenta mais quatro anos de governo Dilma’. Não fazemos política em proveito próprio, mas sim com perspectivas que interessam ao país”, afirmou.

Marina faz reuniões com os membros da Rede Sustentabilidade para definir se fecha com Aécio. Para selar o acordo, ela quer que o senador assuma o compromisso de acabar com a reeleição.

Confira a nota divulgada pelo PPS
A Comissão Executiva do Partido Popular Socialista, reunida em Brasília, no dia 7 de outubro de 2014, em defesa dos compromissos do partido com a democracia, os valores republicanos, o desenvolvimento sustentável, a inclusão social, a reforma política e a retomada do crescimento, conclama todas as forças favoráveis à mudança, em especial aquelas que apoiaram, no primeiro turno, Marina Silva (PSB), à unidade em torno da candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República.

Foto: Reprodução