Posts Tagged ‘Peru’

Brasil derrota o Peru e ganha Copa América 2019

domingo, julho 7th, 2019

Se deu bem. A Seleção Brasileira conquistou mais um título da Copa América ao derrotar o Peru por 3 a 1, neste domingo, dia 7/7, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. A equipe comandada por Tite encerrou o jejum de 12 anos na competição e conquistou o 9ª título da competição.

Foto: Copa América/Divulgação/redes Sociais

Peru vence o Paraguai por 2 a 0 e conquista 3º lugar na Copa América

sexta-feira, julho 3rd, 2015

1888,peru-vence-o-paraguai-por-2-a-0-e-conquista-3-lugar-na-copa-america-2

Olha aí. O Peru encerrou a Copa América em terceiro lugar após vencer o Paraguai por 2 a 0 nesta sexta-feira,  dia 3,  no Chile. A seleção peruana marcou com Carrillo e Guerrero, artilheiro da equipe na competição com 4 gols. Com o resultado, a seleção paraguaia ficou em quarto lugar. Na última edição da Copa América, o Peru também conquistou o 3º lugar na competição. O campeão e o vice da Copa América serão decididos neste sábado,  dia 4,  no duelo entre Chile e Argentina.

 

 

 

 

Foto:Reprodução

Chile vence o Peru por 2 a 1 e se garante na final da Copa América

terça-feira, junho 30th, 2015

1673,chile-vence-o-peru-por-2-a-1-e-garante-vaga-na-final-da-copa-america-2

O Chile terá a chance de conquistar o primeiro título da Copa América dentro de casa. Os anfitriões do torneio venceram o Peru por 2 a 1 e garantiram a presença na final da competição. Com o triunfo, os chilenos aguardam o vencedor do confronto entre Argentina e Paraguai, nesta terça-feira dia 30. Os gols do Chile foram marcados por Vargas. Medel, contra, fez o gol do Peru.

 

 

 

 

Foto: Reprodução/Getty Images

Bahia faz jogo de volta com o César Vallejo nesta quarta no Peru

quarta-feira, outubro 15th, 2014

kieza-bahia-cesarvallejo-afp

Após vencer o Universidad César Vallejo no jogo de ida por 2 a 0 na Arena Fonte Nova, o Bahia agora visita o mesmo adversário no Estádio Mansiche, no Peru, nesta quarta-feira,dia 15, às 22 horas (de Brasília), podendo perder até por um gol de diferença para avançar para as quartas de final da Copa Sul-Americana. A delegação tricolor desembarcou na capital peruana na última segunda-feira, de onde seguiu para a cidade de Trujillo na manhã desta terça.

O Bahia vem de derrota para a Chapecoense por 1 a 0, mas a palavra de ordem do técnico Gilson Kleina é de assimilar o revés rapidamente para garantir a classificação no Peru. O discurso do comandante foi repetido pelo elenco.

“Foi um jogo difícil, mas temos que esquecer e focar na partida contra o César Vallejo”, afirmou o meia Emanuel Biancucchi. O argentino também admitiu que o Tricolor de Aço entra em campo pressionado pelo baixo rendimento apresentado na Série A, já que a equipe aparece apenas na 17ª posição com 30 pontos – apenas um a mais do que o lanterna Coritiba – e briga contra o rebaixamento.

“Podia ser com mais tranquilidade, sim. Contra a Chape nós precisávamos ganhar, era importante. Mas infelizmente perdemos, então agora precisamos nos classificar e continuar trabalhando. A Sul-Americana sempre foi importante para nós. Vamos brigar até o final nas duas competições”, garantiu o jogador, que também falou sobre a possibilidade de enfrentar o rival Vitória nas quartas, caso ambos se classifiquem (na quinta-feira, o Vitória recebe o Nacional de Medellín, no Barradão, precisando apenas de uma vitória mínima ou de um empate em 1 a 1 para garantir a vaga, já que o jogo de ida terminou empatado em 2 a 2).

“Primeiro precisamos pensar na classificação. Depois, se enfrentarmos Vitória ou Nacional, será igualmente complicado. É claro que o clássico Ba-Vi é sempre diferente, mas o importante é esse jogo de agora”, afirmou o meia.

Somando a viagem para o Peru com a ida para São Paulo, onde enfrenta o Tricolor Paulista no sábado, o Bahia passará sete dias longe de Salvador. Pressionado, o time de Gilson Kleina trata a “maratona” como fundamental, já que dois resultados negativos poderiam acarretar na eliminação do torneio continental e na descida à lanterna da Série A na mesma semana.

Para o confronto em Trujllo, a equipe baiana não contará com o meia Branquinho e com o atacante Maxi Biancucchi, que estão lesionados. Além deles, visando poupar o time para o duelo contra o São Paulo, Kleina não relacionou o zagueiro Demerson, os laterais Diego Macedo e Guilherme Santos, o volante Rafael Miranda, o meia Lincoln e o atacante Potita. Dessa forma, o Bahia deve ir para campo com: Marcelo Lomba; Railan, Adailton, Lucas Fonseca e Pará; Ueliton, Bruno Paulista, Marcos Aurélio e Emanuel Biancucchi; Kieza e Henrique.

Do lado peruano, o César Vallejo terá quatro desfalques para o confronto: o zagueiro Jesús Álvarez, os laterais Pedro Requena e Branco Serrano, e o volante Emiliano Ciucci. O meia Ronald Quinteros foi o único a se pronunciar sobre o duelo.

“É sempre complicado enfrentar um brasileiro na casa deles. Mas posso garantir que, apesar dos gols, não foram melhores do que nós. Estou confiante de que em Trujillo selaremos a classificação e continuaremos sonhando com o título. Colocamos medo neles no primeiro jogo, eles se surpreenderam, esperavam um adversário fechado, mas nós saímos para tentar o resultado. Vamos surpreender de novo”, garantiu o peruano. O César Vallejo deve atuar com: Libman; Rabanal, Cardoza, Guadalupe e Rostaing; Millán, Hinostroza, Morales e Quinteros; Daniel Chávez e Andy Pando.

Foto: AFP
*Com informações do Portal Terra

Bahia já está no Peru para partida contra o César Vallejo nesta quinta

terça-feira, outubro 14th, 2014

foto-1-610x360

O Bahia já está no Peru para a partida contra o Universidad César Vallejo, pela copa Sul-Americana, na quarta-feira, dia 15. O tricolor foi com um time misto para pegar o clube peruano. O restante do grupo ficou em Salvador treinando para jogar no sábado, dia 18, contra o São Paulo, na capital paulista.

Depois de sair de Salvador às 8h50 na segunda-feira, dia 13, e fazer uma conexão às 17h em São Paulo, a delegação do Bahia pousou em Lima, capital do Peru, por volta das 22h. Os jogadores chegaram ao hotel, jantaram e, em seguida, foram repousar nos seus quartos. Às 8h (de Brasília, 6h locais) da manhã desta terça-feira, dia 14, o grupo viajou novamente para Trujillo, cidade onde ocorrerá a partida.

O tricolor venceu o jogo de ida, na Arena Fonte Nova, por dois a zero.

Foto: Divulgação