Posts Tagged ‘paralisação rodoviários’

Em dia de protesto de rodoviários, Neto avisa: “gratuidade do metrô cabe ao governo do estado”

quarta-feira, novembro 8th, 2017

Retou. ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, disse nesta quarta-feira, dia 8/11, resolveu falar dos protestos realizados pelos rodoviários em Salvador. Os rodoviários reivindicam a (integração), gratuidade da tarifa aos profissionais no metrô da Capital. Segundo Neto, um encontro deve acontecer até sexta-feira, dia 10/11, a pedido do próprio Sindicato dos Rodoviários, para ouvir as reivindicações e tentar soluções que estejam dentro da competência da Prefeitura de Salvador.

O prefeito falou que sua gestão sempre teve diálogo com os rodoviários. “É preciso saber os limites de cada um. Aproveito para chamar a atenção de que o nosso sistema urbano está vivendo momentos difíceis, a Prefeitura impôs uma série de situações. Além disso, a definição de tarifa e gratuidade do metrô cabe ao governo do estado, que é o poder concedente, não cabe à Prefeitura”.

O prefeito ACM Neto falou com a imprensa durante a abertura do 1º Encontro de Gestores Municipais, no Sheraton da Bahia Hotel, localizado no Campo Grande, Centro de Salvador.

 

 

Foto: Divulgação/Arquivo

Rodoviários paralisam atividades em Lauro de Freitas; trânsito fica travado

terça-feira, setembro 6th, 2016

vvvggg_redenewsbahia569

Dia de caos. A rodovia estadual BA 099, conhecida também como Estrada do Coco em Lauro de Freitas ficou completamente congestionada na manhã desta terça-feira, dia 6/9, em função de uma manifestação dos rodoviários metropolitanos de algumas empresas

Os ônibus ficaram parados no lado direito da pista no sentido Salvador, deixando o trânsito complicado nos dois sentidos. Informações que dão conta da motivação do protesto seria em função do grande número de assaltos e a violência nos transportes públicos da Região Metropolitana.

De acordo com a categoria, motoristas, cobradores e passageiros estão sendo sequestrados juntamente com os ônibus e levados para o CIA, e o consórcio não teria sinalizado nenhuma providência.

Segundo leitores do site Hora do Bico, o congestionamento começa no bairro de Portão, em Lauro de Freitas e segue até São Cristóvão e já afeta a rotina de várias pessoas.

 

Foto: Reprodução

 

Secretário Fábio Mota se reúne com grupo de rodoviários na Lapa

terça-feira, maio 19th, 2015

O secretário de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, se reúne com um grupo de rodoviários na Estação da Lapa, na noite desta terça-feira, dia 19. Mota afirmou que quer ouvir o que este grupo tem a dizer. “Preciso entender o que querem e o porque deste movimento, já que não são do sindicato e todas as propostas foram discutidas”, afirmou.

Ainda segundo Mota, o reajuste oferecido é o maior do país. “Aqui demos 10%. A proposta de Fábio é a maior do país”, ressaltou.
Porém, os rodoviários pedem que o secretário acate à proposta do Ministério Público, que é um reajuste de 10,75%. Na reunião realizada na segunda, dia 18, com a a superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia (SETRE) foi apresentada a proposta de de reajuste salarial de 10%; reflexo do reajuste sobre todos os itens econômicos cabíveis; ticket refeição no valor de R$15,40 com desconto máximo de 12% do seu valor; inclusão da contratação de mulheres nas áreas operacionais das empresas de transportes, observado os critérios de seleção e manutenção das clausulas da Convenção de 2014, no que couber. Esta foi aceita pelo sindicato e aprovado em assembleia realizada hoje.
O sceretário informou ainda que com esta ação apenas 40% dos ônibus estão circulando. “Tem ônibus dentro das estaçõe e os que querem entrar não consegue”, disse. Por conta disso, cerca de 300 ônibus já estão rodando na cidade. “Amanhã estaremos com força total no intuito que tudo se normalize”, disse.
Foto: Reprodução

Rodoviários param, passageiros seguem a pé e trânsito fica congestionado

quinta-feira, maio 14th, 2015

Com a paralisação dos rodoviários que acontece quinta-feira, dia 14, em Salvador, passageiros encontram dificuldade para se locomover pela Cidade. Na Avenida ACM, sentido Paralela, todos os ônibus estão parados em fila indiana. Com o grande volume de carros, um engarrafamento já se forma na via. Sem opção de locomoção, passageiros fazem o caminho a pé.

 

Foto: Reprodução/Internet

 

Rodoviários fazem paralisação nesta quinta (14) e preparam greve para o dia 19

quinta-feira, maio 14th, 2015

IMG_3388.JPG

Xi. O Sindicato dos Rodoviários no Estado da Bahia (Sintroba) , vai fazer uma paralisação de duas horas durante a tarde desta quinta-feira, dia 14, entre 3 e 5h e decretou greve a partir da próxima terça-feira, dia 19. A decisão foi tomada durante assembleia realizada na manhã de hoje no Ginásio de Esporte dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos. Segundo o vice-presidente do Sintroba, Fabio Primo, ainda hoje os rodoviários vão fazer uma passeata como forma de protesto. “A paralisação é para mostrar nossa importância para a população e para o poder público e para que não seja necessária uma greve”, afirmou. Os rodoviários vão se reunir na tarde de hoje para nova assembleia no Ginásio de Esporte dos Bancários às 3h e de lá vão fazer uma passeata até a Estação da Lapa. Entre as reivindicações da categoria está o ganho real de 2,5%, ticket de R$ 16 e redução da contrapartida no plano de saúde de R$ 27 para R$ 13,50. 

 

Foto: Reprodução

 

 

Rodoviários, patrões entram em acordo e paralisação é suspensa

terça-feira, maio 5th, 2015

IMG_3145.JPG

Trégua. Rodoviários, empresários e representantes da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) entraram em acordo durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira, dia 4. em Salvador. Com isso, a paralisação de 24 horas de motoristas e cobradores, prevista para esta terça-feira, dia 5, em diversas Cidades da Bahia, foi suspensa.

O encontro, que também contou com representantes da Associação das Empresas de Transportes Coletivos do Estado da Bahia (Abemtro), discutiu, entre outros pontos, a questão da licitação da integração com o metrô da capital e a segurança de motoristas e cobradores da capital e da região metropolitana.

O Sindicato dos Rodoviários da Bahia informou que a Agerba garantiu que, por enquanto, não haverá licitação no setor de transporte metropolitano e que, se houver, futuramente, nenhum trabalhador será desempregado.

“Fizemos acordo e a Agerba se comprometeu em nao fazer nenhuma licitação na área da RMS. Não havendo licitação, ficam garantidos os postos de trabalho e, sendo assim, a paralisação de amanhã [terça] foi suspensa”, garantiu.

 

Foto: Reprodução

Dia de sofrimento: Quarta-feira amanhece sem ônibus em Salvador

quarta-feira, abril 15th, 2015

Dia de sofrimento. A quarta-feira, dia 15, amanheceu com pontos de onibus lotados e ruas vazias. Isso porque, o sindicato dos Rodoviários aderiu à paralisação nacional das centrais sindicais que se colocam contra o projeto de Lei da Terceirização. A espera e agonia de alguns passageiros que não têm outra opção para chegar ao trabalho.

O ato acontece em concordância à greve geral de movimentos trabalhistas contra a aprovação do projeto de lei de terceirização. Os ônibus voltarão a circular normalmente a partir das 8h, de forma gradativa em toda Cidade.

 

Rodoviários decidem paralisar atividades no início da manhã de quarta (15)

terça-feira, abril 14th, 2015

IMG_3145.JPG

Fuzuê. Os rodoviários de Salvador decidiram em assembleia realizada nesta terça-feira, dia 14, paralisar as atividades nas primeiras horas da quarta-feira, dia 15, em ato coordenado com a greve geral convocada pelos movimentos trabalhistas em protesto contra o projeto de lei da terceirização.

De acordo com o sindicato, os ônibus ficarão parados na garagem a partir das 4h e voltam a circular normalmente a partir das 8h, retornando à normalidade de maneira gradual.

Também vão paralisar as atividades nesta quinta os professores das redes estadual e municipal, segundo o presidente da APLB, Rui Oliveira. Outra categoria que vai parar, em nível estadual, são os médicos ligados ao Sindimed e ao Sindsaúde. Eles só irão atender casos de emergência e de urgência. A categoria está em negociação para reajuste e decidiu aderir à manifestação de 24h. Eles fazem concentração na Assembleia Legislativa e caminhada até a Governadoria a partir das 9h.

Já o Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza também divulgou nota informando que vai participar das manifestações. Os bancários decidiram em assembleia na noite desta terça aderir ao protesto. Segundo o sindicato, as agências da avenida Sete e do Comércio permanecerão fechadas nesta quarta. As demais terão abertura atrasada. A partir das 15h, os bancários seguem para o Campo Grande para o grande protesto de trabalhadores.

Foto: Reprodução

 

Rodoviários que fecharam estações serão demitidos, diz Setps

sexta-feira, fevereiro 13th, 2015

20150213-045552.jpg

Êta parafernália. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps), informou em nota na noite desta quinta-feira, dia 12, que os rodoviários envolvidos nos protestos que fecharam duas estações Pirajá e Mussurunga em Salvador serão demitidos.
Em texto que classifica os manifestantes de “baderneiros”, o Setps diz que o protesto foi desencadeado por uma minoria que faz oposição ao Sindicato dos Rodoviários. Todos que comprovadamente tiverem participado dos atos serão demitidos por justa causa. Além disso, também serão “individualmente responsabilizados” em ação civil pelas penas e danos causados à comunidade por conta da paralisação.
O Setps diz que são “descabidas” as motivações apresentadas em relação ao valor da gratificação de Carnaval, pois o assunto foi resolvido em reunião com o sindicato das empresas, dos trabalhadores, com a Prefeitura e Ministérios Público Estadual e do Trabalho.
Além da gratificação acordada, cada trabalhador vai receber ticket alimentação adicional de 14 reais por dia trabalhado e pagamento da hora extra de na terça de Carnaval, que contará como feriado.
Os rodoviários alegam que só souberam do valor da gratificação, que deve ficar em diária de 20 reais. “Estamos protestando por conta da diária, que no ano passado foi de 34 por todos os dias trabalhados de Carnaval, e esse ano parece que vai ser 20 reais por cada dia”, disse um motorista.

Foto: Reprodução/Geo Reis