Posts Tagged ‘Operação Lava Jato’

Polícia Federal deflagra 29ª fase da Operação Lava Jato

segunda-feira, maio 23rd, 2016

f_341335

Não corre ninguém. A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta segunda-feira,  dia 23,  a 29ª fase da Operação Lava Jato, executada em Brasília, no Rio de Janeiro e Recife.

A  nova fase da operação cumpre dois mandados de prisão temporária, seis mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva, referentes a crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva a ativa envolvendo verbas desviadas do esquema criminoso revelado no âmbito da Petrobrás.

Segundo a Polícia Federal, um dos investigados é João Cláudio Genu, que foi assessor do ex-deputado federal José Janene, morto em 2010.

“Foi, juntamente com o deputado, denunciado na Ação Penal 470 do STF (Mensalão), acusado de sacar cerca de um milhão e cem mil reais de propinas em espécie das contas da empresa SMP&B Comunicação Ltda., controlada por Marcos Valério Fernandes de Souza, para entrega a parlamentares federais do Partido Progressista, no escândalo criminal conhecido vulgarmente por “Mensalão”, afirmou a PF em nota.

A operação foi batizada de Repescagem justamente porque o ex-assessor, o principal investigado desta fase, já foi processado no mensalão.

Foto: Reprodução

Lava jato: Dirceu é condenado a 23 anos de prisão

quinta-feira, maio 19th, 2016

1863,justica-nega-habeas-corpus-preventivo-de-dirceu-2

Maior pena. O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, condenou nesta quarta-feira, dia 18, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a 23 anos e 3 meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Aos 70 anos de idade, Dirceu recebe sua segunda condenação por corrupção. Em 2012 recebeu pena no mensalão. Ele ainda pode recorrer, já que a decisão é de primeira instância.

Dirceu está preso em Curitiba, sede da Lava Jato, desde agosto de 2015. Ele cumpria prisão em regime domiciliar, decorrente da pena no mensalão, quando foi detido pela Polícia Federal acusado de envolvimento no caso Petrobras. Fonte R7

 

Foto: Reprodução

 

Lula quer punição para procurador que o investiga

quinta-feira, abril 28th, 2016

Lula fala de erros, adversidade momentânea e espera que PT esteja mais forte ano que vem

Êta. Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram, nesta quarta-feira, dia 27, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), um pedido para que um dos principais integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, seja afastado das investigações que envolvem o petista. É que, segundo o procurador, uma linha de investigação aponta Lula como o chefe da quadrilha que roubou a Petrobras. Diário do Poder

Foto: Divulgação

 

 

Juiz Sérgio Moro determina sequestro da casa onde vive a mãe de José Dirceu

sábado, abril 16th, 2016

O juiz federal Sérgio Moro disse, em nota, que a condução coercitiva de Lula não é antecipação de culpa

Vixe. O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, determinou o sequestro da casa onde mora a mãe do ex-ministro José Dirceu. O imóvel está localizado em Passa Quatro (MG).

A decisão de Moro atende a um pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF). A casa está em nome da TGS Consultoria e Assessoria e Administração Ltda, embora supostamente pertença ao ex-ministro.

No ano passado, o juiz Sérgio Moro determinou o sequestro de bens do ex-ministro, também a pedido do MPF, e permitiu a tomada de outros bens, mesmo que não houvesse conexão entre eles e os crimes cometidos por Dirceu. A justificativa é que os bens apresentados no pedido do MPF não cobririam o valor estimado das propinas recebidas pelo ex-ministro, de acordo com a denúncia.

Na mesma decisão, Moro também autorizou o sequestro de bens em nome de Dirceu e da TGS, já que havia indícios de que a empresa “era utilizada para ocultar” patrimônios do ex-ministro.

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi preso na 17ª fase da Operação Lava Jato, em agosto do ano passado. A operação foi batizada de Pixuleco. Em setembro de 2015, Moro aceitou a denúncia contra Dirceu pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Além do ex-ministro, passaram à condição de réus o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e mais 13 investigados.

 

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Ex-senador preso pela Lava Jato era próximo de Dilma

terça-feira, abril 12th, 2016

Argello era visto como amigo de Dilma / Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Êta. Preso preventivamente nesta terça-feira, dia 12, na 28ª fase da Operação Lava Jato, o ex-senador Gim Argello (PTB) era visto como um parlamentar próximo à presidente Dilma Rousseff. Ele também chegou a ser vice-líder do governo.

O político do PTB era suplente do ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz e assumiu o posto de senador com a renúncia do titular no escândalo Bezerra de Ouro. Roriz foi acusado de pegar um empréstimo fraudado no Banco de Brasília para comprar o embrião de uma bezerra.

Já senador, Argello se aproximou da presidente Dilma e era visto como amigo da petista, após a divulgação de fotos dos dois caminhando no Lago Sul de Brasília.

O petebista chegou a ser indicado para o TCU (Tribunal de Contas da União), mas foi alvo de um protesto de servidores do tribunal, que não o queriam no posto já que tinha seis processos de investigação abertos no STF (Supremo Tribunal Federal), acusado de peculato, corrupção e outros crimes.

Argello renunciou a vaga no TCU antes mesmo da votação que poderia confirmá-lo no cargo.

Em 2014, ele tentou a reeleição, mas foi derrotado por José Reguffe.

Foto: Reprodução

Polícia Federal deflagra 28ª fase da Operação Lava-Jato

terça-feira, abril 12th, 2016

pf

Olha aí. A Polícia Federal (PF) deflagrou, na madrugada desta terça-feira, dia 12, a 28ª fase da Operação Lava-Jato. Até as 6h37, não havia detalhes sobre os mandados e onde estaria sendo realizada a nova etapa.

A nova etapa da investigação ocorre 12 dias depois da última fase, que ocorreu no dia 1º de abril e foi batizada de Carbono 14. A ação cumpriu 12 mandados judiciais em São Paulo, Osasco, Santo André e Carapicuíba.

Na 27ª fase, o empresário Ronan Maria Pinto, dono do jornal Diário do Grande ABC, e o ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira foram presos. O ex-tesoureiro petista Delúbio Soares e o jornalista Breno Altman, amigo do ex-ministro José Dirceu, foram conduzidos coercitivamente.

A Carbono 14 investiga crimes de extorsão, falsidade ideológica, fraude, lavagem de dinheiro, além de corrupção ativa e passiva.

As informações são do Portal G1.

 

 

 

Foto: Reprodução

Juiz manda soltar nove presos da operação xepa; oito são baianos

sábado, março 26th, 2016

5038,policia-federal-realiza-operacao-no-edificio-costa-verde-em-salvador-2

 

De boa. O juiz Sérgio Moro decretou neste sábado, dia 26,a liberdade de nove investigados na Operação Xepa. Dos nove acusados, oito foram presos na terça-feira, dia 23, em Salvador e na Cidade de Mata de São João. A ação investiga suspeitas de pagamento de propina e lavagem de dinheiro pela construtora Odebrecht. Os acusados haviam sido presos em caráter temporário, na 26ª fase da Lava Jato, e deviam ser liberados neste sábado, dia 26, quando venciam as prisões temporárias.

 

Foto: Reprodução

Com nome na lista da Odebrecht, Arthur Maia diz que doação foi “conforme a legislação”

quinta-feira, março 24th, 2016

untitled (27)

Saiu de baixo. Arthur Maia, deputado federal (PPS), afirmou que todas as doações que recebeu da Odebrecht em 2010 foram legais. O nome do deputado apareceu na lista da empreiteira que poderia ser da contabilidade paralela. De acordo com Maia, os R$ 40 mil recebidos à época foram “depositados em conta corrente de campanha, aberta com CNPJ específico para minha candidatura à Deputado Federal”. Ainda de acordo com o congressista, “em 2012 os valores foram depositados pela Odebrecht na conta corrente do PMDB Nacional e repassados, pelo Partido, a campanhas eleitorais por mim indicadas, no Estado da Bahia”. “Tudo documentado e realizado conforme a legislação”, confirma.

 

Foto: Divulgação

 

Ministro Teori determina que Moro envie ao STF investigações sobre Lula

quarta-feira, março 23rd, 2016

Teori Zavascki atendeu a um pedido do governo / Alan Marques/Folhapress

Olha aí. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou na terça-feira, dia 22, que o juiz federal Sérgio Moro envie de volta ao STF as investigações da Operação Lava Jato que envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A nomeação de Lula como ministro-chefe da Casa Civil, porém, continua suspensa.

Teori Zavascki atendeu a um pedido do governo, que apontou irregularidades na divulgação de conversas telefônicas do ex-presidente. O ministro colocou ainda as gravações interceptadas na operação, que também envolveram a presidente Dilma Rousseff, em sigilo.

Para Zavascki, as investigações atingiram pessoas com foro privilegiado; sendo assim, a competência passa a ser da Suprema Corte.

A decisão de Teori inviabiliza, portanto, o que determinou Gilmar Mendes ao manter ações contra Lula nas mãos de Moro.

Foto: Reprodução

Lula pode virar ministro de Dilma, diz jornal

quarta-feira, março 9th, 2016

Dilma e Lula podem voltar a trabalhar juntos; atual presidente foi ministra durante a gestão do colega de partido / Reuters

E aí? O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ocupar um dos ministérios do governo de Dilma Rousseff para evitar uma possível prisão durante a operação Lava Jato. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, que garante ter a informação de que a presidente aceitou oferecer tal cargo ao colega de partido.

Caso se torne ministro, Lula terá foro privilegiado e, desta forma, uma eventual prisão do ex-presidente precisaria ser autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

De acordo com a Folha de S. Paulo, o próximo passo agora é convencer Lula a aceitar compor o governo de Dilma. Para isso, ministros próximos tanto ao ex-presidente quanto a sua sucessora já começaram os trabalhos para fazer com que Lula aceite a ideia.

Lula, porém, resiste até então à possibilidade de ser ministro de Dilma, segundo a Folha de S. Paulo. Desde que deixou a presidência, o petista vem realizando palestras pelo Brasil – ato que também levantou suspeitas do juiz Sérgio Moro na investigação da Lava Jato, por conta de verbas recebidas pelo ex-presidente de empreiteiras que são alvo da operação.

Foto: Reprodução/Reuters

Marcelo Odebrecht é condenado a 19 anos e 4 meses de prisão

terça-feira, março 8th, 2016

Êta. O empresário Marcelo Odebrecht, dono da empreiteira Odebrecht , foi condenado a 19 anos e 4 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa em processo da Operação Lava Jato. A sentença foi anunciada nesta terça-feira, dia 8.

“Entre os crimes de corrupção, de lavagem e de associação criminosa, há concurso material, motivo pelo qual as penas somadas chegam a dezenove anos e quatro meses de reclusão, que reputo definitivas para Marcelo Bahia Odebrecht”, disse o juiz federal Sérgio Moro em sua sentença.

Além dele, o juiz Sérgio Moro também condenou os executivos Márcio Faria e Rogério Araújo pelos mesmos crimes. Ainda foram condenados outros dois ex-executivos da empresa por corrupção e associação criminosa. Alexandrino Alencar, foi condenado a 15 anos e dez dias e César Ramos Rocha a 9 anos, 10 meses e 20 dias.

O jornal “O Globo” noticiou  nesta terça-feira, dia 8, que Odebrecht e Léo Pinheiro, o dono da empreiteira OAS, pretendem fazer delação premiada simultânea para salvar as empresas até mesmo de uma eventual falência caso as investigações da Lava Jato se prolonguem.

 

 

 

 

Foto: Reprodução/Reuters

Lula chora ao falar com militantes

sábado, março 5th, 2016

Ex-presidente Lula em ato de apoio na quadra dos Bancários, em São Paulo

Ficou emocionado. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “caiu no choro” ao falar das mudanças realizadas pelo PT durante os anos no poder durante participação em ato de apoio a ele na quadra dos Bancários, em São Paulo, na noite de sexta-feira, dia 4. Centenas de militantes do PT participaram do evento.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, também estava no local e lamentou a condução coercitiva de Lula.

No discurso, o ex-presidente citou diversos programas de inclusão social. “Nós conseguimos as proezas de provar aos economistas da USP, da Unicamp, que diferentemente do que diziam os estudos, o pobre não era o problema, porque o pobre passou a ser a solução deste país.”

Durante o ato da Frente Brasil Popular, o ex-presidente fez um grande pronunciamento, dizendo que sofreu durante toda a sua vida, mas que deu a volta por cima respeitando a democracia. Segundo o ex-presidente, “o Lula enquanto presidente é resultado da consciência politica do brasileiro.”

Em nota divulgada na tarde de sexta, dia 4, o Instituto Lula rebateu as acusações de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha recebido vantagens indevidas de empresas investigadas na Operação Lava Jato, conforme apontaram integrantes da força tarefa.

 

 

 

 

Foto:Reprodução

Lula dispara após depoimento: ‘não devo e não temo’

sexta-feira, março 4th, 2016

Lula falou sobre ação da PF no diretório do PT  / Paulo Whitaker/Reuteres

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou o resultado do mandado de condução coercitiva expedido contra ele largando a joça: “Não devo e não temo.” Lula foi conduzido pela Polícia Federal a uma unidade da corporação no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira, dia 4.

Em pronunciamento no diretório do PT, localizado no Centro da capital paulista, Lula disse que a medida, que acontece quando alguém é obrigado a prestar esclarecimentos e depois liberado, foi desnecessária.

“Se o juiz [Sérgio] Moro ou o Ministério Público quisessem me ouvir, era só me convocarem”, afirmou o ex-presidente.
“Estamos vivendo um processo em que a pirotecnia vale mais do que qualquer coisa. O que vale mais é o show midiático, não a apuração séria”, criticou.

O político acrescentou que já havia ido a Brasilia, durante as férias, para responder “as mesmas preguntas” que foram feitas nesta sexta.
Lula também disse que esse tipo de ação, ao invés de diminuir seu ímpeto, acende “uma chama” em sua vontade. “As coisas que eu faço aumentam a minha tesão em participar das coisas desse país”, afirmou.

Ex-presidente disse ainda que se sentiu ofendido e indignado com o julgamento precipitado: “já passei por muita coisa, mas hoje me senti prisioneiro”.

No fim do pronunciamento, Lula pediu desculpas a ex-primeira dama Marisa e a seus filhos por terem sido envolvidos nas investigações. Ele disse também que não sabe se será candidato à Presidência em 2018, aos 70 anos, “a natureza às vezes é implacável”.

Foto: Reprodução

“Indicativos apontam que o Brasil vem sendo gerido por uma organização criminosa”; dispara Imbassahy

sexta-feira, março 4th, 2016

imbassahy

Largou a joça. Para um dos mais ferrenhos opositores do governo federal, deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA), a operação da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta sexta-feira, dia 4, que pegou em cheio no ex-presidente Lula não foi recebida com surpresa. De acordo com líder tucano, os indicativos apontam que o Brasil vem sendo gerido por uma organização criminosa.

“Verdadeiramente não surpreende os brasileiros, porque toda investigação da Lava Jato já tinha indicação clara que chegaria na questão do ex-presidente Lula, face às denúncias de envolvimento com negociatas que aconteceram durante seu governo, e também após, com aquelas operações feitas no Instituto Lula”, relatou o parlamentar durante entrevista exclusiva ao apresentador Adelson Carvalho, no programa Sociedade Urgente, da Rádio Sociedade.

Conforme Imbassahy, o suposto vazamento da delação de Delcídio do Amaral estarreceram a nação. Questionado pelo apresentador sobre a veracidade das acusações, o deputado disse que a relação estreita do senador com Lula e Dilma reforçam o teor da delação veiculada na quinta-feira, dia 3. “Deve ser verdade o que diz  Delcídio, e tudo indica (que é verdade), porque pela relação intima com Dilma e Lula a gente constata, lamentavelmente, que o Brasil estava sendo governado por uma organização criminosa. As denúncias são gravíssimas”, avaliou.

 

Foto: Hora do Bico

 

Lava Jato: Polícia Federal cumpre mandados em Salvador

sexta-feira, março 4th, 2016

operacao_policia_federal

Não corre ninguém.  A Polícia Federal cumpre um mandado de condução coercitiva e cinco de busca e apreensão nesta sexta-feira, dia 4, na capital baiana, durante a 24ª fase da Operação Lava Jato. A ação também acontece no Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Salvador, os policiais estiverami no condomínio Villaggio Panamby, no Horto Florestal. Esse seria o endereço do ex-executivo da OAS, Paulo Gordilho.

Há informações de que ele teria negociado a compra de móveis para o sítio do ex-presidente Luiz Lula da Silva, que foi conduzido coercitivamente para depor.

Segundo informações da  TV Globo, Gordilho também teria acompanhado Lula e a mulher Marisa Letícia em uma visita ao apartamento tríplex no condomínio Solaris, no Guarujá.

A PF investiga se a OAS pagou uma reforma no imóvel. Lula nega que seja proprietário da residência e disse que chegou a visitar o local, mas desistiu da compra.

Policiais federais também cumprem mandados na sede da OAS, em Salvador.

 

 

 

Foto:Reprodução/TV Bahia

Lava Jato: Polícia deflagra nova fase da operação na casa do ex-presidente Lula

sexta-feira, março 4th, 2016

Operação da Polícia Federal na casa do ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo

Olha a bomba. A  Polícia Federal iniciou a 24ª fase da Operação Lava Jato nesta sexta-feira, dia 4.De acordo com a PF, a operação ocorre na casa do ex-presidente Luiz Inácio da Silva, em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo. O ex-presidente é alvo de um dos mandados de condução coercitiva e será obrigado a prestar esclarecimentos, segundo o delegado Igor Romário de Paula.

A operação foi batizada de “Aletheia” e é uma referência a uma expressão grega que significa “busca da verdade”. Po volta das 6h50, policiais estavam em frente ao Instituto Lula, em São Paulo.

Esta etapa é cumprida em três estados – São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Ao todo, foram expedidos 44 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.

De acordo com a PF, entre os crimes investigados nesta etapa estão corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros praticados por diversas pessoas no contexto de esquema criminoso revelado e relacionado à Petrobrás.

Foto: Reprodução

*Com informações do G1

Justiça manda prender João Santana, marqueteiro de Lula e Dilma

segunda-feira, fevereiro 22nd, 2016
 

Policial Federal na sede da Odebrecht na manhã desta segunda-feira (22) / Zanone Fraissat/FolhapressViu aí? A Polícia Federal acredita que empresas ligadas à empreiteira Odebrecht,  com sede no exterior, fizeram transferências de três milhões de dólares,  (11,9 milhões de reais) ao publicitário João Santana.

Marqueteiro das campanhas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, ele teve a prisão decretada na 23 fase da Operação Lava Jato, batizada de “Acarajé”, que foi deflagrada nesta segunda-feira,  dia 22.

Santana, porém, não foi encontrado no imóvel de luxo onde mora, no Corredor da Vitória, área nobre de Salvador (BA) – até domingo,  dia 21, o publicitário estava na República Dominicana, onde comanda a tentativa de reeleição do atual presidente, Danilo Medina.

De acordo com investigações da PF, com parte do dinheiro que recebeu da construtora, Santana comprou um apartamento avaliado em R$ 3 milhões em São Paulo.

 

Em entrevista coletiva sobre a 23ª fase da operação na manhã desta segunda-feira, doia 22, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima disse que há indícios de que a Odebrecht também pagava propina no exterior. Por isso, autoridades de outros países, entre eles a Argentina, estão sendo contatados.

O procurador ainda afirmou que o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, foi levado à Superintendência da PF em Curitiba para prestar esclarecimentos sobre o que foi descoberto nesta fase da Lava Jato.

 

 

Foto: Reprodução/Internet

*Com informações do Portal da Band

Lava jato: Depoimento de Lula é marcado para o dia 14 de março

sexta-feira, fevereiro 12th, 2016

IMG_7050.JPG

O mais esperado. A Operação Lava Jato vai ouvir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em depoimento no dia 14 de março. O juiz federal Sergio Moro decidiu a data nesta quinta-feira, dia 11. Lula será testemunha de defesa do pecuarista José Carlos Bumlai, preso em novembro de 2015. No mês seguinte, ele admitiu que houve fraude na quitação de um empréstimo de R$ 12 milhões para pagar o PT. Esta é a primeira vez que o ex-presidente vai prestar depoimento a Sergio Moro. Ele será ouvido na Justiça Federal em São Paulo, em videoconferência com a Justiça no Paraná. Outras quatro testemunhas de Bumlai vão falar no mesmo dia. Para o Ministério Público Federal (MPF) o valor dos empréstimos obtidos por Bumlai no Banco Schahin e repassados para o PT foram pagos com a contratação de uma empresa do Grupo Schahin para operar um navio sonda da Petrobras, em 2009.

 

Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Justiça libera dois presos da 22ª fase da Operação Lava Jato

segunda-feira, fevereiro 1st, 2016
Justiça libera dois presos da 22ª fase da Operação Lava Jato neste domingo

Dois dos quatro presos da 22ª fase da Operação Lava Jato deixaram a prisão, em Curitiba, no final da tarde de domingo,  dia 31. Ricardo Honório Neto e Renata Pereira Brito, ligados à Mossack Fonseca, empresa especializada na abertura de offshore, foram liberados porque o prazo da prisão temporária venceu. O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) não solicitaram a prorrogação ou conversão da prisão em preventiva.

Já a publicitária Nelci Warken teve a prisão temporária renovada. Ela permanecerá por até cinco dias a mais na carceragem da Polícia Federal. A decisão do juiz federal Sérgio Moro, foi publicada neste domingo,  dia 31. Deflagrada na última quarta-feira,  dia 27, esta fase da Operação Lava Jato investiga a abertura de offshores (empresas no exterior) e a compra de apartamentos no Condomínio Solaris, no Guarujá (SP), construído pela OAS, para lavar dinheiro do esquema de corrupção na Petrobras. Existe a suspeita de que há um mecanismo para se esconder os reais donos dos imóveis.

 

 

 

Foto:Reprodução/Estadão

Lava Jato: familiares de ex-tesoureiro do PT são investigados na 22ª fase

quarta-feira, janeiro 27th, 2016

João Vaccari Neto foi preso em abril de 2015 na 12ª fase da Lava Jato / Paulo Lisboa / Folhapress/Arquivo

Olha aí. Os familiares do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto estão sendo investigados, segundo o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, durante entrevista coletiva sobre a 22ª fase da Operação Lava Jato, batizada como Triplo X.

Esta etapa mira apartamentos da empreiteira OAS que podem ter sido usados para repasse de propina do esquema de corrupção da Petrobras.

Um dos empreendimentos imobiliários envolvido na investigação fica no mesmo condomínio Solaris, em Guarujá, em São Paulo, onde a OAS havia reservado um apartamento triplex para a família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula.

Outro apartamento, segundo a PF (Polícia Federal), está ligado a familiares de Vaccari Neto, preso pela Lava Jato em 2015.

O MPF (Ministério Público Federal) acredita que todos os apartamentos do condomínio devem ser investigados.

Nesta nova fase, a polícia investiga a abertura de empresas off-shore, contas no exterior e imóveis para ocultar valores desviados da Petrobras. Nesta etapa também são apurados crimes de corrupção, fraude, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, entre outros.

Foto: Reprodução

*Com informações do Portal da Band