Posts Tagged ‘índios’

TRF suspende ordem de retirada de índios pataxó de fazenda no extremo sul da Bahia

quinta-feira, novembro 30th, 2017

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) suspendeu uma decisão da Subseção Judiciária de Teixeira de Freitas, que tinha acolhido o pedido dos proprietários de uma fazenda do litoral do extremo sul da Bahia e determinado a reintegração de posse do imóvel, ocupado por índios pataxó desde setembro de 2015.

O recurso contra a retirada das 30 famílias indígenas foi ajuizado pela Fundação Nacional do Índio (Funai), por intermédio da Advocacia-Geral da União (AGU). Nos autos, a Funai argumenta que a Fazenda Taj Mahal encontra-se em área já identificada como território tradicional indígena, já delimitado e em processo de regularização fundiária desde julho de 2015, faltando apenas ser declarado como reserva de usufruto indígena pelo Ministério da Justiça e homologado pela Presidência da República.

Para a Funai, o aproveitamento da área referente à Terra Indígena Comexatibá “prescinde da conclusão do processo demarcatório, sendo suficiente a conclusão do laudo antropológico que confirme a posse indígena na região”. Além disso, segundo a fundação indigenista, a execução da ordem de reintegração de posse agravaria a animosidade entre índios e não-índios na região.

A reportagem não conseguiu contatar a dona da fazenda ou seu advogado.

Foto: Agência Brasil

Disputa por terra: Ataque a aldeia deixa 13 índios feridos

terça-feira, maio 2nd, 2017

Haja violência. Uma aldeia indígena foi atacada neste domingo, dia 30/4, por homens armados com facões e armas de fogo. De acordo com o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), pelo menos 13 índios foram feridos, dois deles tiveram as mãos decepadas e cinco foram baleados.

O caso ocorreu na aldeia localizada em Viana, no Maranhão. Na região, está localizado o Povoado das Bahias, área da etnia gamela.

Segundo informações do Cimi, os índios feridos foram socorridos no Hospital Socorrão 2, em São Luís. Dois índios foram alvo de tiros de raspão no rosto e já receberam alta. Os demais seguem internados. No caso mais grave, um deles teve uma mão decepada, o joelho cortado e está com uma bala alojada na coluna e outra na costela.

Ainda não há confirmação sobre a autoria do ataque, mas a área é disputada por fazendeiros da região. Após o registro do ataque, a Polícia Militar do estado foi deslocada para a região para intervir no conflito.

Foto: Cimi

Homens são mortos a tiros e golpes de facão

quinta-feira, dezembro 8th, 2016

687ac2a4-79bf-4236-8abe-ca6b8f69ff45

Misericórdia. Duas pessoas foram mortas na manhã de quarta-feira, dia 7/12 a tiros e golpes de facão que arrancaram pedaços dos corpos, na Vila Brasil, Cidade de Uma, Sul da Bahia. Policiais Militares estiveram no local e constataram que dois homens estavam mortos em função de vários cortes de facão e com perfurações de arma de fogo. Ainda de acordo com informações de populares,uma terceira vítima foi socorrida por uma ambulância local do Hospital Regional Luiz Viana Filho, em Ilhéus. Informações ainda dão conta de que os autores dos crimes seriam índios proprietários de terras na zona rural de Una.

bd1d8e03-c584-4c30-84d6-b025198405b9

ab7f6b4e-87b4-46e4-9fca-0a48563e328d

 

Fotos: Reprodução/Vermelhinho

 

Conflito entre índios e fazendeiros deixa clima fervendo no Extremo-Sul da Bahia

sexta-feira, maio 2nd, 2014

20140502-062227.jpg

Pressão, pressão. A invasão de quase 10 propriedades rurais por índios pataxó, na área fronteiriça das Cidares de Itabela, Porto Seguro e Prado, na semana passada, criou nova área de tensão na Bahia.
Além de ocupar as fazendas, os indígenas cercaram estradas que dão acesso às propriedades rurais e ao assentamento Terra Nova, impondo restrições à passagem de pessoas. Algumas famílias que não deixaram suas casas estão se sentindo aprisionadas e até ameaçadas de morte.
Com a invasão, os índios desejam pressionar o governo federal a apressar a demarcação de terras consideradas indígenas na região. Os índios reivindicam uma área de 54 mil hectares.
Em resposta, cerca de 150 fazendeiros e assentados fecharam a rodovia BR-101 por mais de três horas, sábado passado, em São João do Monte (Montinho). Alguns atritos foram registrados, porem, não houve mortes.
Chamada para intervir, a Polícia Federal esteve no local, apaziguou os ânimos e realizou, esta semana, uma reunião em Porto Seguro, quando as partes decidiram esperar por uma solução nos próximos dias. O delegado da Polícia Federal Florisvaldo Renovato teme um confronto.

Foto: Reprodução