Posts Tagged ‘Independência da Bahia’

Povo baiano homenageia heróis da independência no 2 de Julho

terça-feira, julho 2nd, 2019

Desde 1824, a conquista da liberdade, no 2 de Julho, é comemorada pelo povo baiano com o desfile que sai da Lapinha até o Campo Grande. Os carros do caboclo e da cabocla são cortejados por milhares de pessoas, que celebram a expulsão dos últimos portugueses do Brasil. 

Este ano, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e governador em exercício, João Leão, representou o governador Rui Costa no hasteamento da bandeiras, na homenagem ao general Labatut e na saída do cortejo. “O 2 de Julho é um dia muito importante para a Bahia e o Brasil. É uma data que marca o coração dos baianos. É uma felicidade grande ver esse povo reunido, comemorando”, afirmou Leão. 

Com as sacadas das casas enfeitadas e ruas cheias, a festa reúne todos os elementos da luta pela libertação da Bahia e do Brasil da dominação portuguesa. Entre os personagens históricos homenageados, Maria Quitéria é lembrada por pessoas como a dona de casa Romilda Anunciação. “Eu saio vestida de Maria Quitéria há 39 anos. Venho desde pequena, quando minha tia me trazia. Minha história de luta tem tudo a ver com Maria Quitéria. Ela é uma guerreira e eu também sou. Ano que vem, estarei aqui novamente”, disse. 

Os povos indígenas também estão representados no figurino do casal Antônio Brandão, guia de turismo, e Ivanete da Silva, promotora de eventos. A história do Brasil é revisitada. “No 2 de Julho, o povo é representado por ele mesmo. Então, nada melhor que a gente representar as pessoas que lutaram, como os índios e escravos”, destacou Antônio. 

Apoio cultural e policiamento

O percurso inclui policiamento reforçado pelo Comando de Policiamento Regional da Capital (BTS), além do Comando do Policiamento Especializado – CPE, BOPE, BEPETur, GRAER, Apolo, Gêmeos, Companhias de Policiamento Especializado, Esquadrão de Motociclista Águia e Cavalaria. Também são empregadas sete Bases Móveis, quatro no turno matutino e três no vespertino, assim como ocupação de pontos sensíveis com tropa especializada e utilização de drone do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer). 

Dentro da programação, 10 bandas filarmônicas e mais três grupos de manifestação de cultura popular, sendo estes últimos oriundos das cidades da Rota Histórica da Independência do Brasil na Bahia, foram selecionadas pela Fundação Cultural do Estado (Funceb) para participação no desfile.  Fonte: Secom/GOVBA

Foto: Carol Garcia/Divulgação/GOVBA

Depois de criticar Rui Costa, ACM Neto participa do desfile do Dois de Julho

terça-feira, julho 2nd, 2019

Confirmado. Depois de criticar o governador Rui Costa pela ausência no desfile do dois de julho, o prefeito ACM Neto participa, nesta terça-feira, dia 2/7, das homenagens à Independência do Brasil na Bahia. A partir das 8h30, no Largo da Lapinha, o prefeito marca presença na cerimônia de hasteamento das bandeiras ao lado de outras autoridades civis e militares, com execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha. 

O evento é precedido por uma alvorada de fogos e ACM Neto também acompanha a colocação de flores no túmulo do General Labatut, entre outros atos simbólicos e homenagens. Logo depois, com previsão de saída às 9h do Largo da Lapinha, ACM Neto acompanha o cortejo cívico até a Praça Municipal. 

Confira abaixo a programação das comemorações pela manhã:

* 6h – Alvorada com queima de fogos no Largo da Lapinha.

* 7h – Organização do cortejo cívico.

* 8h30 – Hasteamento das bandeiras por autoridades, com a execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha do Brasil. A partir deste horário também acontecem: 

– Colocação de flores, pelas autoridades, no monumento ao General Labatut pelo governador, prefeito, presidente da Assembleia, presidente da Câmara de Vereadores de Salvador e comandantes militares;
 
– Entrega dos carros emblemáticos – Discurso do Exmº Sr. Eduardo Morais de Castro – presidente do IGHB (Instituto Geográfico e Histórico da Bahia); 
 
– Execução do Hino ao Dois de Julho pela Banda de Música da Marinha do Brasil;
 
* 9h Início do cortejo cívico, com: 
 
– Homenagem aos heróis da Independência: breve parada em frente ao Convento da Soledade.
 
– Homenagem da Ordem Terceira do Carmo: breve parada em frente à Ordem, para pronunciamento de um membro da instituição.
 
– Homenagem da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos: breve parada em frente à igreja.
 
* 11h30 – Recolhimento dos carros emblemáticos dos caboclos nos caramanchões da Praça Thomé de Souza. 

Foto: Reprodução

Homenagem da Marinha e Desfile Cívico marcam 2 de Julho no Campo Grande

terça-feira, julho 3rd, 2018

As vitórias conquistadas pelos brasileiros contra as tropas portuguesas durante as lutas pela independência baiana foram relembradas pela Marinha do Brasil com a cerimônia de hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Salvador. A solenidade, realizada no Comando do 2° Distrito Naval, no Comércio, contou com a presença de autoridades e de representantes das Forças Armadas. 

O governador Rui Costa participou da cerimônia e de lá seguiu para o Campo Grande, onde colocou flores no monumento ao 2 de Julho e acompanhou o acendimento da Pira do Fogo Simbólico com a tocha vinda de Cachoeira. 

“O sentimento do 2 de Julho está no povo baiano. Desde 7h30 da manhã as ruas estão lotadas, representando a paixão que é o significado histórico e simbólico do 2 de Julho pro povo da Bahia. É uma referência da história e da determinação do povo, e esperamos que os princípios que moveram a liberdade e a independência permaneçam ainda hoje, pela busca de uma melhor qualidade de vida para o povo”, disse o governador.

Antes de chegar a Salvador, a tocha saiu, no sábado (30), da cidade de Cachoeira, um dos pontos-chaves para a conquista da independência, passou por Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho. A chama representa a união de todos os que lutaram por essa conquista.
Foto: Divulgação/Secom Bahia

Milhares de pessoas se reúnem na festa da Independência da Bahia

segunda-feira, julho 2nd, 2018
A caminhada do 2 de Julho, que teve o horário antecipado pela organização neste ano, contou com a presença de organizações, manifestações culturais, gestores e representantes do Governo do Estado. Todos os anos, milhares de pessoas se concentram no Largo da Lapinha para celebrar a Independência da Bahia. De lá sai o tradicional cortejo em direção à Praça da Sé, no Pelourinho e, em seguida, até o Campo Grande, rememorando as lutas em busca da separação do Brasil do domínio português, que começaram em 1822 e alcançaram seu objetivo no ano seguinte.
Presente nas festividades, o governador Rui Costa comentou a importância da data para a história do povo baiano e brasileiro. “Aqui se materializou a independência do Brasil, e essa paixão carrega os baianos. Num dia em que temos jogo do Brasil na Copa do Mundo, as ruas já estão lotadas desde cedo, com o povo querendo participar do cortejo. É um orgulho que está no sangue do povo da Bahia”, afirmou o governador Rui Costa.

Durante o cortejo, figuras como Maria Felipa, Joana Angélica e Maria Quitéria, personagens centrais desta conquista histórica, recebem homenagens. No caminho, o desfile ganhou a adesão do Caboclo e da Cabocla, ícones das batalhas travadas, em direção ao Terreiro de Jesus, no Centro Histórico.

 

Foto: Divulgação GOVBA

 

 

“É muito cedo para falar em eleições 2018”, diz Rui Costa

domingo, julho 2nd, 2017

Dia cívico. Durante o desfile do 2 de Julho, o governador Rui Costa não aceitou falar de eleições 2018, ao chegar no Largo da Lapinha. O comandante da máquina estadual, disse que não ia dar início ao debate político, já que o país vive uma instabilidade e não há regras eleitorais definidas. “É muito cedo para falar em eleições 2018″, disse.

 

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

Cortejo 2 de Julho resgata patriotismo e leva alegria aos baianos

sábado, julho 2nd, 2016

1467464027manu_1

Uma das mais importantes datas do calendário baiano, o 2 de Julho pintou as ruas da capital com as cores do estado e do país e atraiu pessoas de todas as idades, na manhã deste sábado (2), para o cortejo cívico que este ano comemora o 193º aniversário da  Independência da Bahia. O governador Rui Costa, acompanhado da primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, e demais autoridades, participou dos festejos, iniciados em frente ao panteão, no Largo da Lapinha, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do estado, de Salvador e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB).

1467464027WhatsAppImage201607029

Ainda na Lapinha, o governador também depositou flores no túmulo do general Labatut, um dos heróis da independência e líder do exército pacificador que garantiu a vitória da Bahia contra as tropas portuguesas na histórica Batalha de Pirajá. Em seguida, Rui Costa acompanhou o cortejo que transportou a imagem dos caboclos até a Praça Thomé de Souza, no Centro Histórico de Salvador.

ruicosta

“Hoje é dia de comemorar o Dois de Julho, a liberdade da Bahia e a Independência do Brasil”, afirmou em entrevista após o hasteamento. Rui disse que a data representa a esperança em uma Bahia cada vez melhor. “Essa tem sido a minha palavra por onde eu ando, pedindo às famílias que sejam padrinhos da escola para que a gente faça uma grande transformação em nosso estado. Além da transformação que podemos fazer na infraestrutura, a maior transformação será contagiar os corações e as mentes dos baianos em favor da educação”, afirmou. O governador também ressaltou a importância do Dois de Julho no fortalecimento da democracia: “as manifestações políticas veem às ruas e isso é bom para a democracia. Eu espero um Dois de Julho de paz, de confraternização e comemoração”, concluiu.

Durante o cortejo, os principais ícones deste capítulo grandioso da história foram lembrados e homenageados, desde o início da batalha, em Cachoeira, até a expulsão das tropas portuguesas, em Salvador. Entre eles, Maria Felipa, Joana Angélica, Maria Quitéria, o General Labatut e o Dom Pedro I. As fanfarras escolares também marcaram presença no ato, tocando clássicos da música brasileira e incentivando a participação popular através das canções.

Este ano, uma novidade especial contemplou os participantes do cortejo. Eles tiveram a oportunidade de desfilar em pistas pavimentadas e calçadas reformadas e equipadas com itens de acessibilidade. O tradicional trajeto do desfile do 2 de Julho teve as vias requalificadas pelo Governo do Estado, por meio do Projeto Pelas Ruas do Centro Antigo. Resultado do lote 3 do projeto, as ruas São José de Baixo, Vital Rêgo, Perdões e Adôbes, recuperadas da degradação, garantiram mais comodidade aos baianos.

Fotos: Foto: Manu Dias/GOVBA/ Facebook

Fonte: Secom Bahia

Dois de julho: Independência da Bahia

sábado, julho 2nd, 2016

19166911210_84129d6183_o-850x563

O desfile cívico do 2 de julho começa às 9 horas com hasteamento das bandeiras da Bahia e do Brasil em frente ao panteão da Independência, no Largo da Lapinha, e segue pelo Largo da Soledade em direção ao largo do Campo Grande.

Os festejos fazem homenagem ao Caboclo e a Cabocla. Esses ícones representam os povos indígenas que participaram das lutas pela independência da Bahia e do Brasil, bem como os mestiços das cidades do Recôncavo que deram suas vidas e sacrifício pela liberdade de toda nação.

Foto: Reprodução

Rui Costa é condecorado pela Marinha durante comemorações do 2 de Julho

quinta-feira, julho 2nd, 2015

1822,rui-costa-e-condecorado-pela-marinha-durante-comemoracoes-do-dois-de-julho-2

Durante as comemorações da Independência da Bahia, na tarde desta quinta-feira, dia 2, o governador Rui Costa foi condecorado com o Grau de Grande Oficial do Quadro Suplementar da Ordem do Mérito Naval. A homenagem ocorreu em cerimônia cívico-militar no 2º Distrito Naval, no bairro do Comércio, em Salvador.

O governador aproveitou para destacar a participação da Marinha do Brasil nas batalhas que eclodiram na libertação dos brasileiros. “É um resgate importante, porque ao fazer o desfile de 2 de Julho, a gente se reporta apenas à luta em terra. A luta no mar não era lembrada, e a Marinha passou a fazer esse ato importante para a divulgação de nossa história”, disse Rui Costa.

Na ocasião, autoridades civis e militares acompanharam o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Salvador no Forte São Marcelo, ao som do Hino Nacional. Participaram da solenidade os secretários estaduais: da Educação, Osvaldo Barreto; de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Geraldo Reis; de Ciência, Tecnologia e Inovação, Manoel Mendonça; de Cultura, Jorge Portugal; da Casa Civil, Bruno Dauster; de Turismo, Nelson Pelegrino; de Administração Penitenciária, Nestor Duarte; e de Segurança Pública, Maurício Barbosa.

Foto: Divulgação/ Ascom GovBa

Independência da Bahia comemora 192 anos e homenageia mulheres guerreiras

quinta-feira, julho 2nd, 2015

329u57i4d7_5xcaxuqhc0_file

Nesta quinta-feira, dia 2 de julho, é comemorado os 192 anos da Independência do Brasil na Bahia. A programação do desfile começa às 6h, quando acontece a Alvorada com queima de fogos na Lapinha. Às 8h, é feita a organização do Cortejo Cívico, que se inicia às 9h30 e segue em direção à praça Thomé de Souza, local onde os carros emblemáticos dos caboclos são recolhidos por volta das 11h30.

No período da tarde, às 13h30, acontece a Cerimônia Cívica no 2º Distrito Naval. Às 14h, o cortejo será organizado para sair uma hora depois. Às 17h, os Carros Emblemáticos chegam ao Campo Grande, onde serão realizadas as últimas homenagens das autoridades políticas e militares. A atleta que irá acender a pira do Fogo Simbólico será Marily dos Santos, líder do Circuito Brasileiro de Corrida de Rua.

Este ano, o tema do desfile de 2015 será “Guerreiras da Independência”, em homenagem às mulheres que participaram da luta pela Independência da Bahia e do Brasil, representadas por Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa.

Além disso, o cortejo irá fazer uma homenagem especial à historiadora Consuelo Pondé, às 16h, com uma parada em frente ao IGHBA (Instituto Geográfico e Histórico da Bahia), instituição que dirigiu durante 20 anos. Ela foi uma grande incentivadora e responsável por manter a tradição dos desfiles da independência da Bahia, falecendo no dia 14 de maio de 2015.

Programação Cultural 

Nesta edição, um total de 46 fanfarras irão participar do desfile, divididas em 20 no turno matutino e 26 no turno vespertino. Os grupos provêm das escolas municipais, estaduais e do interior da Bahia. Além disso, o Afoxé Filhas de Gandhy fará uma participação especial pela manhã.

A programação musical se inicia na noite após o desfile, a partir das 18h, com o XXIV Encontro de Filarmônicas e na sexta, às 19h, acontece o Baile da Independência com participação de Armandinho, ambos sob a coordenação do maestro Fred Dantas. Na sexta-feira, sábado e domingo, a Feira do Livro “Ao Pé do Caboclo” movimenta o Campo Grande das 9h30 às 18h. No domingo, às 17h, acontece a Volta dos Carros Emblemáticos, com a atuação da Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, fanfarras e grupos culturais.

 

 

 

 

 

Foto: Divulgação/Gov. da Bahia

2 de Julho: Governador participa de festejos e destaca a importância da Independência da Bahia

quarta-feira, julho 2nd, 2014

Governador Jacques Wagner

Neste 2 de Julho, data em que se comemora 191 anos da Independência da Bahia, o governador Jaques Wagner, acompanhado da primeira dama do Estado, Fátima Mendonça, entre outras autoridades, participa dos festejos que começaram com o hasteamento das bandeiras nacional, estadual, de Salvador e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, em frente ao panteão, no Largo da Lapinha.

Após depositar flores no busto do general Labatut, o governador segue com a procissão neste período da manhã, até o Terreiro de Jesus.

“Para mim, o 2 de Julho é a data mais importante da Bahia e uma das mais importantes do Brasil. É um dia em que não existem adversários, nem mesmo na política. Quando o povo se une pela independência”, afirmou Jaques Wagner.

Foto: Reprodução

Fonte: Secom-BA