Posts Tagged ‘força tarefa’

Ação conjunta apreende 200 quilos de maconha e prende 3 envolvidos

segunda-feira, outubro 2nd, 2017

Polícia neles. A Polícia prendeu Reinam, José Alves e Daiane, na manhã de domingo, dia 1º/10, na Cidade de Feira de Santana. Juntos eles integravam uma quadrilha de tráfico de drogas que só no momento da prisão guardava 200 quilos de maconha é um de cocaína.

A primeira parte da droga, 59 quilos de maconha prensada, foi interceptada dentro de um carro de passeio quando passava pelo posto policial da PRF, na BR 116 Sul. Condutor do veículo, Reinam informou a origem da maconha seguindo com os policiais para Santo Estevão onde, no bairro Marambaia, José Alves foi encontrado. Ele assumiu ter entregue a droga a Reinam.

Reinam contou ainda que encontraria uma mulher nas proximidades da Rodoviária de Feira de Santana para a entrega de mais drogas. Assim se deu a prisão de Daiane, que escondia em duas malas 104 tabletes de maconha e um de cocaína.

“Nossa meta é que os próximos meses sigam o mesmo ritmo de setembro, período em que a polícia baiana bateu o recorde do ano de apreensões de drogas. As operações conjuntas estão nos permitindo maiores resultados nas ações”, destacou o coordenador da Força Tarefa, major Marcelo Barreto.

Na operação conjunta, que contou com a união de esforços de policiais da Força Tarefa da SSP, PRF, Batalhão de Choque e Cipe/Litoral Norte foram recolhidos ainda cinco celulares. Os flagranteados e o material apreendido foram apresentados na Central de Flagrantes de Feira de Santana.

Fotos/fonte: SSP-BA

Motorista de aplicativo é preso com 3 quilos de maconha durante viagem

sábado, agosto 26th, 2017

Vixe. Um motorista de Uber foi preso em flagrante com três quilos de maconha no carro na Cidade de Feira de Santana, distante 120 quilômetros de Salvador. O flagrante segundo a Polícia, aconteceu na quinta-feira, dia 24/8, quando ele voltava da Cidade de Entre Rios, onde recebeu a droga.

Segundo informações a imprensa de Feira de Santana e o site Acorda Cidade, o carro na cor prata foi abordado por policiais da Cipe/Caatinga e Rondesp Leste na BR-324, após denúncia de taxistas à Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). O condutor foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com policiais que participaram da operação, a viagem estava registrada no aplicativo no valor de R$ 190, mas o acusado informou que cobrou R$ 350,00, considerando o risco do “serviço”. No carro também estavam uma mulher identificada como Leda e uma adolescente. Uma agenda com anotações que podem ter relação com o tráfico foi apreendida. A droga e os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes do Sobradinho, em Feira de Santana.

 

 

Foto: Reprodução/Acorda Cidade

Polícia desarticula organização criminosa que agia na BA e SE

sábado, agosto 19th, 2017

A Operação Balão Mágico, que integrou unidades das polícias Civil e Militar da Bahia e de Sergipe, além da Força-Tarefa e Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública, deflagrada na madrugada desta sexta-feira (18), desmontou uma organização criminosa que praticava tráfico de drogas, roubos a bancos e lavagem de dinheiro na Bahia, mais precisamente na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e em Sergipe. Cerca de 100 policiais participaram da ação que resultou em 10 prisões. Nove com mandado de prisão e um capturado em flagrante. Três adolescentes foram apreendidos.

Foram presos na RMS Mariana Oliveira Costa, André Luís Bacelar de França, Geraldo Silva dos Santos, Wagner Bacelar Costa, Daniela Santos Canuto, Caio Vinícius Nascimento Santos, Maria Auxiliadora Bacelar Costa e Sérgio de Jesus Lima foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e tráfico de droga. Em Aracaju, os policiais capturaram Luís Henrique Oliveira de Freitas e Juliana Santos Teles da Silva. Todo esse grupo, exceto Sérgio, possuía mandado de prisão.

Laelson Santana, mais conhecido como ‘Galego’, responsável pelas decisões estratégicas da organização criminosa, chefiava toda a quadrilha. Ele também tinha mandado de prisão expedido pela Justiça, atirou contra as equipes durante a perseguição e acabou sendo atingido. Foi socorrido para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiu aos ferimentos.

No total foram apreendidos com a quadrilha 13 armas, entre elas um fuzil M15, de fabricação norte-americana, calibre 556, nove pistolas dos calibres 9 milímetros, ponto 40, 45 e 380 e três revólveres calibres 38. A polícia encontrou ainda 85 mil reais em espécie, 21 kg de maconha e alguns veículos utilizados pela quadrilha.

Participaram da operação policiais dos departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Polícia do Interior, de Inteligência Policial (DIP), Coordenadoria de Operações Policiais, dos batalhões de Choque e de Operações Policiais Especiais (Bope).

“Essa foi uma resposta do Estado para o crime organizado e, feita de maneira integrada entre as forças de segurança”, frisou o comandante do Policiamento Especializado da PM, coronel Humberto Sturaro. O diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, por sua vez, ressaltou também as parcerias com a polícia sergipana e o Judiciário. Conforme Ascom/SSP-BA

Fotos: Divulgação/Ascom/SSP-BA

Líder do tráfico e comparsa morrem durante confronto com policiais na Via Parafuso

quinta-feira, agosto 10th, 2017

Se deu mal. O líder de uma quadrilha de tráfico de drogas morreu depois de confrontar com a Polícia na noite da quarta-feira, dia 9/8, na Via Parafuso, Camaçari. Marcelo, vulgo “Marreno”, estava com o comparsa e motorista Anselmo, em um carro branco quando foi abordado por policiais da força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). “Marreno”, era um dos primeiros lugares da lista com cerca de 80 alvos da SSP e, segundo monitoramento feito pela Polícia. Ele estava morando em uma Cidade no interior de Alagoas.

Conforme a Polícia, as ordens à quadrilha eram dadas via ligações telefônicas e redes sociais. “Eles estava usando um documento falso de identidade com o nome de Mário Batista dos Santos. Isso nos fez perder um pouco de tempo para localizá-lo, mas no final achamos”, relatou o major Marcelo Barreto, coordenador da força-tarefa. “Marreno” tinha passagem por assalto a banco e tráfico de drogas, fazia contato com custodiados no sistema prisional e determinava assassinatos de rivais. O auto de resistência foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O material apreendido – pistola ponto 40 e espingarda calibre 12, dois tabletes de maconha e munição, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica.

Foto: Reprodução

Operação da PM e PF apreende meia tonelada de maconha e cocaína

quinta-feira, junho 8th, 2017

Equipes da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, do Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar e da Polícia Federal localizaram, na tarde desta terça-feira (6), meia tonelada de maconha e cocaína em um galpão, no município de Lauro de Freitas. No local foram capturadas três pessoas, ainda sem identificação, além da apreensão de dois veículos.

As drogas e os presos foram encaminhados para a sede da PF, em Água de Meninos. “A determinação do secretário é que as forças de segurança estaduais caminhem em parceria com as instituições federais. Ações de inteligência vinham sendo realizadas, acompanhando a movimentação desta quadrilha”, explicou o coordenador da Força-Tarefa da SSP, major Marcelo Barreto.

Foto/fonte: SSP-BA

SSP e Polícia Federal apreendem quase 2 toneladas de maconha

sexta-feira, abril 7th, 2017

Haja droga. Uma mega operação conjunta da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública e as polícias Federal e Militar, com as Companhias Independentes Cacaueira e Sudoeste, apreendeu na tarde desta quinta-feira, dia 6/4, cerca de 1 tonelada e 500 quilos de maconha na Cidade de Vitória da Conquista. Conforme a Polícia, a droga seria distribuída em Itabuna, e está avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão e 300 mil.
 
A carga de maconha foi localizada em uma caminhonete branca. No carro, havia também uma escopeta calibre 12 e munições. Conforme a Polícia, outros dois carros que faziam a escolta da droga conseguiram escapar ao cerco policial.
Três homens foram presos em flagrante e autuados na Delegacia da Polícia Federal em Vitória da Conquista. As buscas pelos demais integrantes da quadrilha continuam.
“Esta é a terceira grande apreensão das policias só nos últimos 15 dias. Ações como esta ajudam a desestruturar as quadrilhas de tráfico de drogas, que financiam outros tipos de crimes”, disse o secretário da SSP, Maurício Barbosa, lembrando das operações ocorridas em Cafarnaum, onde um roça com aproximadamente 10 toneladas foi erradicada, e na zona rural da Cidade de Lençóis, onde cinco mil pés foram destruídos na tarde de quarta-feira, dia 5/4.

Operação apreende 15 Kg de cocaína em cidades baianas

quarta-feira, março 8th, 2017

Uma operação conjunta entre a Polícia Militar, a Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Polícia Federal (PF) resultou na apreensão de 15 quilos de pasta base de cocaína nas Cidades de Ipiaú e de Ubatã e na prisão de três pessoas nesta terça-feira, dia 7/3. A ação envolveu equipes das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipe)/Cacaueira, Litoral Norte e Central prenderam

Na Cidade de Ipiaú, os policiais prenderam dois indivíduos em dois carros procedentes de Brasília, Distrito Federal e encontraram com eles 11 quilos de cocaína. Já o outro acusado foi preso com quatro quilos da mesma droga em uma fazenda em Ubatã para onde seriam levados entorpecentes apreendidos nos veículos em Ipiaú.

Além das substâncias ilícitas, também foram apreendidos um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 28, dois celulares, R$ 450,00, um relógio e um carro Ford Fiesta procedente da cidade de Camamu. A operação também contatou com o apoio das 55ª e 61ª Companhias Independente de Polícia Militar (CIPM).

Todo material apreendido e os presos foram apresentados à Polícia Federal em Ilhéus.

 

 

 

Foto/fonte: Polícia Militar

Moro aceita denúncia da Lava Jato contra Lula, Marisa e mais seis acusados

terça-feira, setembro 20th, 2016

Ex-presidente Lula participa da  5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, aceitou nesta terça-feira, dia 20/9, denúncia apresentada pela força-tarefa da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia da Silva, e outras seis pessoas. Com a decisão, todos viram réus nas investigações.

Na denúncia, apresentada na semana passada, o procurador da República Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa, disse que Lula era o “comandante máximo do esquema de corrupção identificado na [Operação] Lava Jato”. O ex-presidente foi denunciado à Justiça Federal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo os procuradores, Lula recebeu R$ 3,7 milhões de propina de empresas envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras, por meio de vantagens indevidas, como a reforma de um apartamento triplex no Guarujá (SP),e pagamento de despesas com guarda-volumes para os objetos que Lula ganhou quando estava no cargo. As vantagens teriam sido pagas pela empreiteira OAS.

Após a divulgação da denúncia, os advogados de Lula afirmaram que as acusações fazem parte de um “deplorável espetáculo de verborragia da manifestação da força tarefa da Lava Jato”.

“O MPF elegeu Lula como maestro de uma organização criminosa, mas esqueceu do principal: a apresentação de provas dos crimes imputados. “Quem tinha poder?” Resposta: Lula. Logo, era o “comandante máximo” da “propinocracia” brasileira. Um novo país nasceu hoje sob a batuta de Deltan Dallagnol e, neste país, ser amigo e ter aliados políticos é crime”, argumentou a defesa.

Também foram denunciados pelo MPF o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, além de Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Paulo Roberto Valente Gordilho, Fábio Hori Yonamine e Roberto Moreira Ferreira, todos ligadas à empreiteira.

 

Foto/fonte: Agência Brasil

 

 

 

Dragão morre em confronto com policiais no calabetão

quarta-feira, agosto 24th, 2016

14022375_1099602293439902_6190400944220105387_n

Vixe. Após receber denúncia anônima dando conta de que um bandido envolvido na morte dos policiais no último sábado, na BR-324, trecho da Brasilgás, estava aterrorizando, equipes da Força Tarefa da SSP Rondesp Central, se deslocaram para o bairro do Calabetão com o objetivo de apurar a denúncia. No local, um cramunhão de vulgo “Dragão ou Cula”, portando uma pistola calibre 45, resistiu a abordagem policial efetuando disparos contra os policiais que revidaram atingindo o bandido. O acusado foi socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia, Dragão ou Cula era chefe de parte do tráfico do Nordeste de Amaralina, e tinha diversas passagens pela Polícia. Ele estava com mandado de prisão em aberto. Com o acusado, ainda foi encontrada uma certa quantidade de maconha. O registro foi realizado no DHPP.

Último envolvido na morte de delegado é preso

quarta-feira, maio 25th, 2016

11425,policia-realiza-operacao-em-combate-ao-trafico-no-aeroporto-e-rodovias-2

Ricardo Martins Batista Santos, de 33 anos, conhecido Galego ou Mamão, terceiro envolvido no latrocínio do delegado Luís Carlos Ribeiro Couto, 59, praticado no dia 2 de abril, em Lauro de Freitas, foi apresentado à imprensa, nesta quarta-feira (25), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Ricardo teve o mandado de prisão temporária cumprido no dia 6 de maio, na Avenida Bonocô, por equipes da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM) e da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), que investiga crimes praticados contra policiais. Ao ser preso, dirigia um Fiat Siena, cinza, roubado.
Outro envolvido, o assaltante Cláudio Neves dos Santos, autor do disparo que matou o delegado Couto, fora preso, dois dias após o crime, por policiais militares, na Avenida Vasco da Gama, e já está no sistema prisional. Com ele, foi encontrado o revólver calibre 38, usado no latrocínio. Um adolescente de 16 anos, que também participou da ação, foi apreendido na companhia do assaltante e encaminhado ao Ministério Público (MP).
O delegado Odair Carneiro, integrante da Força-Tarefa da SSP, informou que os criminosos confessaram terem ido até o Loteamento Miragem, em Lauro de Freitas, a bordo de um Renault Sandero, roubado e placa adulterada, para praticar assaltos. Ricardo era o motorista do veículo que deu fuga aos comparsas.
Eles disseram que viram o delegado, que era lotado na 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves), sair de casa e ir até a calçada, usando relógio, cordão, pulseira e anel de ouro, decidindo então assaltá-lo.
Em seu interrogatório, Cláudio disse que atirou porque a vítima, ao perceber a aproximação dos bandidos, fez um movimento brusco dando a impressão que sacaria uma arma.
Durante a apresentação, o delegado Odair Carneiro estava acompanhado pelo major PM Barreto, que também integra a Força-Tarefa da SSP. O titular da DHM declarou que aguardou pela elucidação completa do caso para apresentar o resultado das investigações à imprensa. Conforme Polícia Civil/SSP-BA

 

Foto: Reprodução

Força-Tarefa desvenda assassinato de policial militar

quinta-feira, janeiro 15th, 2015

Força-Tarefa elucida  assassinato de PM

Todo mundo preso. Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar resultou na prisão de três homens e na apreensão de 239 “papelotes” de cocaína, porções de maconha, mais de R$ 8 mil em dinheiro e uma motocicleta. A Operação Globo, deflagrada na madrugada desta quarta-feira (14), no Nordeste de Amaralina, para cumprimento de 10 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão, teve como alvos os envolvidos no homicídio do soldado PM Diego Márcio Tavares de Oliveira, ocorrido em 6 de dezembro de 2014, naquele bairro.

Jeferson Rocha Pelúcio, o “Trem”,  19 anos, Wellington do Nascimento Pereira, 34, e Tiana Santos da Silva, 27, foram presos nos bairros de Santa Cruz e Nordeste de Amaralina, respectivamente. Mais de 100 policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Departamento de Narcóticos (Denarc), Operação Gêmeos, Rondesp/Atlântico e Central, e da 26ª CIPM/Brotas, participaram da operação, que é mais uma ação da Força-Tarefa criada para investigar mortes de policiais.

De acordo com o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), que coordenou a operação, sete integrantes da quadrilha, envolvidos em duplo homicídio, ocorrido em 25 de outubro de 2014, no Boqueirão, Santa Cruz, ainda estão foragidos. Os assassinatos têm relação com o tráfico de drogas da região.

Leandro Marques Cerqueira, o “Leandro P”, Alex Sandro Reis Rodrigues dos Santos, o “Trovão”, Cristiano Sodré Felicíssimo, o “Zóio”, Dimas Santos do Nascimento, Claudemir Gomes Conceição, o “Mizinho”, Paulo Roberto Anunciação da Cruz, o “Paulinho”, e Edvan dos Santos Oliveira, o “Nenga”, são  procurados pela polícia. Michel Santos Borges, o “Michel” ou “Cara de Peixe”, que também integrava o bando, morreu durante confronto com policiais militares, no domingo (11), no Nordeste de Amaralina.

 

Foto/fonte: Ascom/SSP-BA