Posts Tagged ‘documentos’

PM inicia devolução de documentos perdidos no carnaval

segunda-feira, fevereiro 19th, 2018

A unidade da Polícia Militar localizada no SAC do Shopping Barra iniciou, nesta segunda-feira, dia 19/2, o serviço de devolução de documentos perdidos no Carnaval de Salvador. O atendimento vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e se estenderá por três meses.

Segundo o major Everaldo Maciel, coordenador da Ouvidoria da Polícia Militar, é importante que as pessoas façam uma consulta prévia na internet, antes de se deslocar para o SAC. “O interessado deve verificar no site da PM se o documento foi encontrado”, disse, observando que continuam chegando documentos perdidos durante a festa.

“Se feita a consulta, a pessoa perceber que o documento não se encontra por aqui, deve continuar acessando até esta quarta-feira, dia 21, pois ainda estamos fazendo triagem, higienização, cadastramento e disponibilização desses documentos”, acrescentou.

A consulta para saber se o documento consta entre os recolhidos está no menu ‘Documentos perdidos’, no site da PM. Confirmada a presença do documento na unidade, o interessado deve comparecer ao Posto SAC do Shopping Barra, com o código fornecido pelo sistema. Clique aqui para acessar o site da PM

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Documentos perdidos serão entregues a partir de segunda (15)

quarta-feira, fevereiro 10th, 2016

132x100_documentos-carnaval_1608331

Se ligue.  Aproximadamente dois mil documentos perdidos foram lançados no sistema da Polícia Militar até o início da noite de terça-feira,  dia 9. Segundo o major Everaldo Maciel, o número deve aumentar até a próxima sexta, dia 12.

Os documentos poderão ser resgatados, a partir de segunda, dia 15, no posto de atendimento do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), localizado no Shopping Barra, das 8h às 18h.

O cidadão pode fazer consultas no site da PM (www.pm.ba.gov.br) para confirmar se o documento perdido está entre os catalogados. O serviço de entrega funcionará por 30 dias. Após este período, os materiais serão encaminhados pela PM aos órgãos expedidores.

 

 

 

 

Foto: Divulgação

Carteira e documentos de Campos são encontrados ao lado de restos mortais

quinta-feira, agosto 14th, 2014
morteeduardo
As buscas continuam. Equipes do Corpo de Bombeiros que trabalham na área do acidente aéreo que matou o candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB), encontraram, na manhã desta quinta-feira, dia 14, uma carteira e documentos do político. O jato explodiu após se chocar contra algumas residências na cidade de Santos, no litoral de São Paulo e deixou sete pessoas mortas na manhã de quarta-feira, dia 13.

Segundo o capitão Marcos Palumbo, os objetos foram encontrados ao lado de restos mortais localizados durante uma escavação no terreno. “Às 5h10, a equipe conseguiu localizar parte de um corpo e uma carteira. Verificamos que era do candidato Eduardo Campos”, anunciou em entrevista ao G1 Santos e Região.

Ainda de acordo com informações fornecidas pelo capitão do Corpo de Bombeiros, as buscas ainda não foram concluídas porque restos mortais ainda estão perdidos na região onde caiu a aeronave. “Foram cavados alguns metros cúbicos de terra e areia onde encontramos pedaços de fuselagem que foram destruídos no momento do impacto. Ali temos uma área que não é delimitada pelos corpos das vítimas. Eles estão bem separados. Ainda tem pedaços de corpos que são encontrados de forma aleatória. Eles estão muito compactados na terra do quintal da casa”, pontuou.

Outro fator que dificulta as buscas é o fato de o avião ter sido destroçado no momento da queda, já que pedaços de fuselagem também se misturam aos corpos. “Existe uma área de cerca de dez metros onde estão desfiguradas as condições da cabine e dos corpos.  Não tem uma peça inteira, não há um padrão de uma aeronave. Cada vez que passamos a retroescavadeira conseguimos retirar, compactado, uma parte da fuselagem e também encontramos partes dos corpos”, explicou Palumbo.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, garantiu que os trabalhos de buscas não vão parar até que a área seja liberada para os cerca de 50 moradores que tiveram seus imóveis atingidos pela queda ou interditados para investigação, o que deve acontecer nas próximas horas.

Foto: Reprodução